clicRBS
Nova busca - outros

Artigos em Flexão nominal

freelance

Como se formou e como se flexiona o nome do gado GIROLANDO,? O que significa, realmente, a expressão SOLUÇÃO DE CONTINUIDADE? E FREELANCE, por que se chama assim? Veja a resposta a essas três perguntas, e muito mais!

ler completo
cãozão

Nossa língua tem três plurais diferentes para os nomes em “ÃO” — IRMÃOS, LEÕES, ALEMÃES —, mas um deles, pouco a pouco, vai deixando os outros para trás.

ler completo
O feminino nos diplomas

Foi editada, há alguns dias, uma leizinha que torna obrigatória a distinção masculino/feminino nos diplomas e certificados de todas as instituições de ensino do País. Embora ela represente mais um pequeno degrau que subimos em direção à igualdade de gêneros, sua consequência para nosso idioma, ao contrário do que muita gente andou apregoando por aí, é igual a ZERO.

ler completo
Popurri: grafia fonética, parônimos, gravidezes

Este POPURRI de questões de linguagem vai da conveniência ou não de criar uma GRAFIA FONÉTICA ao conceito de PARÔNIMO, passando pelos OSSOS DO OFÍCIO e pelo plural de GRAVIDEZ.

ler completo
Blitzes

Onde os italianos dizem raviolo, ravioli, os brasileiros mudaram para RAVIÓLI, RAVIÓLIS; onde os alemães dizem blitz, blitze, os brasileiros estão mudando para BLITZ, BLITZES.

ler completo
meados

“Em MEADO de setembro” ou “em MEADOS de setembro”? Ambas estão corretas, mas o PLURAL é a forma preferida desde o séc. XIX. Outra daquelas falsas polêmicas que seriam evitadas com um pouco mais de leitura…

ler completo
Um balaio de femininos

Assim como já fizemos com os plurais, aqui vai um balaio contendo vinte respostas rápidas sobre o feminino em nosso idioma.

ler completo
a champanha

“UM champanha GELADO” ou “UMA champanha GELADA”? Existe uma forma correta, ou tanto faz dar na cabeça ou na cabeça dar?

ler completo
presidente ou presidenta

PRESIDENTE ou PRESIDENTA Dilma? Finda a eleição, abre-se um verdadeiro plebiscito entre os falantes; o resultado, que só conheceremos com o tempo, pode apontar a vitória de uma das duas formas ou, o que é mais provável, um honroso empate entre elas.

ler completo
o terceiro balaio de plurais

Esta é a terceira — e derradeira — reunião de respostas rápidas sobre o plural de substantivos e adjetivos.

ler completo
mais um balaio de plurais

Colhido no jardim do Sua Língua, aqui vai mais um balaio contendo vinte respostas rápidas sobre o plural em nosso idioma.

ler completo
Um balaio de plurais

Na extensa correspondência do Sua Língua, o Doutor selecionou meia centena de respostas rápidas sobre o PLURAL de substantivos e adjetivos. Aqui vão as primeiras vinte.

ler completo
o pen drive

A musse ou O musse? A fondue ou O fondue? A pen drive ou O pen drive? Veja as escolhas do Doutor nessas questões de gênero.

ler completo
Pindorama é feminino?

Dizem que o Brasil era chamado de PINDORAMA por seus primitivos habitantes, numa alusão às abundantes palmeiras de nosso território. Há controvérsias sobre a origem deste nome, mas hoje o problema é outro: você, caro leitor, usa este vocábulo como masculino ou feminino?

ler completo
homem não é o masculino de mulher

“HOMEM não tem feminino, MULHER não tem masculino” — ao menos na gramática, esclarece o Doutor.

ler completo
sexismo na linguagem

O Doutor informa: embora não pareça, o Português sempre privilegiou o gênero FEMININO.

ler completo
interpretação dos vocábulos compostos

O Doutor adverte: o grande problema na flexão dos compostos é a interpretação dos seus elementos formadores.

ler completo
Estados Unidos e Nova Iorque

Um leitor americano escreve, comentando a concordância “os EUA são” e fazendo alguns reparos ao que foi dito sobre Nova Iorque. O Doutor agradece e retruca.

ler completo
a/o lingerie

Jorge Martins, que está escrevendo uma monografia a respeito de lingerie, diz que pretende considerar o termo como feminino, “conforme é corrente no dia-a-dia, e não masculino, conforme indica o Aurélio e o dicionário do WORD. Para deixar claro para a banca que não foi acidental ou desconhecimento, e para me penitenciar diante daquilo que [...]

ler completo
anos sessenta

Uma leitora não quer usar “anos sessentas”, como lhe ensinaram; o Doutor a tranqüiliza e diz que ela é que está com a razão.

ler completo