Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 11 maio 2009

Ressalvas na euforia

11 de maio de 2009 0

Mercado em dia

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um dia de vendas, com investidores aproveitando para embolsar lucros. O resultado foi queda, não muito expressiva, de 0,82%, com movimentação financeira considerada baixa, de R$ 4,12 bilhões, a menor desde a última semana de abril.

Com resultado positivo no ano superior a Wall Street, economistas fazem ressalvas ao clima de euforia na bolsa, que subiu a reboque de bilhões injetados por investidores, principalmente estrangeiros.

Em um pregão sem muitos eventos econômicos, a bolsa fechou negativa no dia em que a pesquisa Focus voltou a piorar as projeções para a economia brasileira, depois de suas semanas de melhoras. Segundo o levantamento do Banco Central (BC), o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano terá retração de 0,44%. Na pesquisa da semana anterior, a expectativa era de recuo de 0,30%.

No cenário externo, os principais índices fecharam no vermelho. A Bolsa de Nova York caiu 1,82%. Investidores europeus realizaram lucro vendendo papéis de empresas com maior exposição à recuperação, deixando no negativo a maior parte dos pregões. Na Ásia, o setor financeiro liderou a realização de lucros, com a maioria dos pregões também encerrando o dia em queda.

Postado por Marcelo Flach

Bolsas e câmbio (fechamento)

11 de maio de 2009 0

Bolsas

São Paulo/Bovespa -0,82%

Buenos Aires/Merval +0,80%

Nova York/Nyse -1,82%

Nova York/Nasdaq -0,45%

Câmbio

Dólar comercial R$ 2,0570 (compra) e R$ 2,0590 (venda). Baixa de 0,43%

Dólar flutuante  R$ 2,1200 (compra) e R$ 2,2000 (venda). Estável.

Ágio 6,84%

Variação do dólar no mês: -5,59%

No ano: -11,78%

Variação do real no mês: +5,92%

No ano: +13,35%

Euro comercial  R$ 2,7968 (compra) e R$ 2,8000 (venda). Baixa de 0,51%

Postado por Marcelo Flach

Pensar para ver mais longe

11 de maio de 2009 1

Perguntas e respostas sobre análise gráfica de ações enviadas por leitor que assina no rodapé. Foi mantido sem alteração o conteúdo do texto, mas com nota de observação no final, especialmente quanto ao segundo e terceiro parágrafos da segunda questão:

Como funciona o mercado de ações?

Todas as expectativas econômicas, políticas e até emocionais se transformam em transações de compra e venda de ações. Essas transações, pelo seu volume de dinheiro forçam os preços das ações para cima ou para baixo. Mais compras, sobe. Mais vendas, desce. Simples assim!

Como ver mais facilmente esse movimento de preços?

Usando os gráficos. Em termos práticos, nos mostram o antes e o agora, como também permitem que se visualize a tendência do amanhã… muito importante uma análise cuidadosa dos gráficos para evitar prejuízos. Evitar que se compre bem alto e se venda quando está bem baixo.

Vejam, por exemplo, na sexta-feira, 8 de maio, um dia de expressiva alta nas bolsas: no Brasil, o Ibovespa foi a mais 2,67% e nos Estados Unidos, o Dow Jones foi a mais 1,96%. Entusiasmo geral, boas noticias de todos os lados e uma euforia contagiante… Todos querem comprar!

Mas hoje, domingo, 10 de maio, os gráficos estão contando uma história bem diferente: linhas de suporte estão sendo rompidas para baixo, linhas de resistência no conseguem ser rompidas, e sinais de baixa iminente aparecem em quase todas as figuras. Os volumes negociados estão mostrando que temos pela frente muita baixa. As linhas de tendência de curto prazo (um ms) apontam para preços de ações bem menores.

O que fazer então, agora?

Vender as ações que estão na carteira, substituindo-as por papéis de renda fixa ou até simplesmente para fazer caixa (dinheiro). Poderemos recomprar essas ações mais tarde, bem mais barato! Ainda de tempo…

Atenção

Isso não significa que as altas da bolsa acabaram. A bolsa continua a flutuar em ondas, e essa é apenas uma das flutuações de curto prazo. Daqui a uns vinte dias volto com outras notícias dos gráficos.

Meu advogado me pediu apenas que avisasse a vocês que cada um é responsável por seus investimentos, para nenhum querer cobrar de mim nenhum prejuízo amanhã na Justiça. Mas ele faz isso só para mostrar que cuida de mim. Acho ele meio exagerado… Se eu errar, boto a culpa nos gráficos… (brincadeirinha…)

Chaim Kimelblat

schpekulant@gmail.com

 

Alerta importante

Assim como sábados e feriados, aos domingos não têm negócios na bolsa e, portanto, os gráficos de desempenho dos preços de ações não sofrem alteração até segunda-feira. Portanto, acredito que o autor tenha se equivocado ao descrever seu exemplo. Também é importante observar que, ao contrário do que ele diz, há no momento forte demanda por ações no mercado, gerando um giro financeiro bem elevado e, por sua vez, provocando altas seguidas. Pode até ocorrer reversão de ciclo, mas o momento no mercado ainda é de alta.

Os interessados sem conhecimento, sugiro, devem evitar atuar por conta própria. Sem ser nenhum bicho papão, atuar com base na análise gráfica de ações requer tempo, dedicação e orientação de profissionais. Há cursos para os diversos graus de investidores, assim como para principiantes, sendo muitos gratuítos. A Bovespa, por exemplo, desenvolve várias atividades voltadas para formação do investidor nas principais cidades do país.

Informações no site www.bovespa.com.br

Aproveito para comunicar que por duas semanas estarei de férias, quando as atividades de produção dos indicadores de ZH, seções Mercado em Dia e Sua Renda (caderno Dinheiro) serão conduzidas por Marcelo Flach, da Editoria de Economia do jornal.

Contato pelo e-mail marcelo.flach@zerohora.com.br ou telefone 3218-4708.

Agradeço de antemão a colaboração ao trabalho do colega (Marçal).

Postado por Marçal