Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 29 abril 2010

Trajetória de queda

29 de abril de 2010 0

Numa sessão de recuperação dos mercados mundiais, a Bolsa de São Paulo (Bovespa) avançou 1,98%, apesar de movimentar apenas R$ 5,502 bilhões. E o Banco Central (BC) precisou atuar com rigor no mercado de câmbio para evitar uma baixa mais acentuada da cotação.

A moeda dos EUA oscilou pouco no Exterior em relação ao euro, que foi negociado no patamar de US$ 1,32, mas no Brasil acelerou a trajetória de queda em decorrência da elevação da taxa básica para 9,5% ao ano. O dólar  cedeu 1,2%, atingindo o menor nível (R$ 1,7320) desde 8 de janeiro, passando a acumular perda de 0,63% em 2010.

No transcorrer das operações, o dólar chegou a ser negociado abaixo de R$ 1,73, obrigando o BC a intervir no mercado. Foram dois leilões de compra, sendo um antes do meio-dia e o outro por volta das 15h.

Juros altos tradicionalmente atraem mais recursos estrangeiros, especialmente de capitais especulativos de investidores que buscam se aproveitar do ganho em aplicações de renda fixa bem superior ao pago em seus países de origem.

A pressão de baixa também refletiu à disputa em relação à taxa média apurada nesta sexta-feira pelo BC, chamada de Ptax, que baliza a liquidação dos contratos de dólar futuro na virada do mês.

Além disso, segundo operadores, nesta semana houve muitas captações de bancos, em negócios de US$ 300 milhões e até US$ 1 bilhão, aumentando ainda mais o saldo positivo no mercado de câmbio brasileiro.

Bovespa sobe quase 2%

29 de abril de 2010 0

Contagiada pelo desempenho no Exterior, onde os principais mercados tiveram uma sessão de recuperação, a Bolsa de São Paulo (Bovespa) encerrou com ganho de 1,98% e 67.978 pontos. A Bolsa de Nova York (Nyse) teve alta de 1,10%. As bolsas europeias também alcançaram boa performance, com destaques para valorizações de 2,74% em Madri, de 1,42% em Paris e de 1% em Frankfurt.

Dólar passa a acumular perda no ano

29 de abril de 2010 0

Um dia depois de o Comitê de Política Monetária (Copom) elevar a taxa básica da economia para 9,5% ao ano, o dólar atingiu o menor valor desde 8 de janeiro no câmbio. Com isso, passou a registrar pequena queda no acumulado do ano. Isso deve-se ao fato de a cotação ter chegado até R$ 1,72 no primeiro dia de 2010, voltando a seguir ao nível de R$ 1,73. No Exterior, o euro apresenta discreta alta em relação ao dólar, sendo negociado em torno de US$ 1,3240 no mercado de divisas de Nova York.

Dólar comercial R$ 1,7300 (compra) e R$ 1,7320 (venda). Baixa de 1,20%

Dólar flutuante R$ 1,7600 (compra) e R$ 1,8600 (venda). Baixa de 1,06%

Ágio: +7,39%

Variação do dólar no mês: -2,75%

No ano: -0,63%

Variação do real no mês: +2,83%

No ano: +0,64%

Euro comercial R$ 2,2897 (compra) e R$ 2,2925 (venda). Baixa de 0,93%

Mercados têm jornada de recuperação

29 de abril de 2010 0

Atrás da reação nos mercados da Europa e dos EUA, a Bolsa de São Paulo (Bovespa) avança em torno de 1% neste momento, voltando ao patamar de 67 mil pontos. É o primeiro pregão com taxa básica de 9,5% ao ano, segundo decisão anunciada na noite de quarta-feira pelo Comitê de Política Monetária (Copom). O dólar começou o dia em baixa, cedeu nas operações da manhã, rompendo abaixo a barreira de R$ 1,74, o que zera a alta acumulada no ano. Agora é vendido a R$ 1,7390.

Na zona do euro, foco do atual estágio da crise financeira global, as altas são moderadas em comparação com as perdas dos últimos pregões. Uma exceção é a Bolsa de Paris, que aumenta mais de 1%. Wall Street sobe cerca de 0,7%, também favorecida pela manutenção pelo Federal Reserve dos juros da economia norte-americana entre zero e 0,25% ao ano.

Na Ásia, houve desempenho misto, com perdas de 1,1% em Xangai e de 0,81% em Hong Kong e valorização de 0,76% em Cingapura. Maior mercado da região, a Bolsa de Tóquio permanece fechada em razão de feriado.

Confira as cotações: