Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts de novembro 2007

Mick Fanning leva título para a Austrália

22 de novembro de 2007 1

Mick Fanning/Divulgação ASP
O australiano Mick Fanning foi o grande vencedor do Hang Lose Santa Catarina Pro, em Imbituba, e de lambuja, arrebatou o título mundial de 2007. O ultimo surfista australiano a erguer essa taça, foi Mark Occhilupo, em 1999, coincidentemente no Brasil, porém, no Rio de Janeiro. Desde o inicio do circuito mundial de surf, em 1976, conduzido pela IPS (International Professional Surfers), antiga ASP (Association of Surfing Professionals), os australianos já levaram 13 títulos, sendo 4 deles pelo lendário surfista Mark Richards, que venceu de 79 a 82. Os norte-americanos por sua vez, possuem apenas 3 campeões, onde Kelly Slater sobressai com seus 8 títulos. O “Rei do Estilo” Tom Curren possui três títulos, e o gêmeo C.J. Hobgood foi o vencedor da edição de 2001, o ano das “Torres Gêmeas”.
Os havaianos começaram a vencer somente na década de 90, com Derek Ho, em 93. Sunny Garcia venceu em 2000, enquanto em 2002 o mundo conheceu o “power” de Andy Irons, tri-campeão mundial e tetra da tríplice coroa havaiana.
O inglês Martin Potter, e o sul-africano Shaun Thomson também venceram, sendo os únicos surfistas, fora desse eixo, a conquistarem o título mundial.

O Brasil ainda não tem um campeão da elite mundial, mas é a nação com o maior numero de títulos no WQS, a segunda divisão do surf mundial. Os irmãos Padaratz tem 4 dos 8 títulos conquistados, sendo dois deles de Teco, e dois de Neco, vencedor em 2003 e 2004.
A pergunta que não quer calar: Quando o Brasil terá um campeão mundial de surf?
Façam suas apostas!

Postado por Por Ki Fornari

WCT começa com tudo na Vila

04 de novembro de 2007 0

Praia da Vila - Imbituba/Divulgação ASP
Em um dia perfeito de sol, calor, e boas ondas, iniciou neste sábado, o Hang Loose Santa Catarina Pro 2007.

O dia começou ainda com ondas fracas, que passavam pouco de 0,5m de tamanho e formação regular. Com o vento virando para nordeste no fim da manhã, a ondulação começou a entrar na Praia da Vila, em Imbituba, e após as 14 horas, as baterias foram para a água, em ondas mais fortes, com 1m nas séries mais moderadas. Com o dia perfeito de sol, não demorou muito para o público lotar a praia e fazer uma festa a cada bateria, a cada onda dos brasileiros. Alguns “gringos”também foram bem assediados, aliás, em matéria de assédio, Kelly Slater vence disparado, protagonizando uma cena inusitada, quando, ao sair da bateria, correu tentando fugir do assédio fora de controle, e acabou tendo que pular a cerca que divide a praia da área reservada. O público invadiu a área, e Slater precisou ser protegido pelos seguranças.

Dos 10 brasileiros que surfaram neste primeiro dia em Imbituba, apenas 3 venceram, avançando direto para a terceira fase. Heitor Alves, Diego Rosa e Guga Arruda surfaram bem, mas não conseguiram avançar, ficando em segundo lugar nas suas baterias. O gaúcho Rodrigo Dornelles abriu a série de vitórias brasileiras, e com uma ótima esquerda, que rendeu uma média 8.50, venceu o havaiano Pancho Sullivan e o brasileiro Jihad Kohdr.
As outras duas vitórias brasileiras vieram com os convidados. William Cardoso aproveitou a vaga de Jean da Silva (lesionado) na ultima hora, e venceu o sul-africano Greg Emslie e o australiano Bede Durbidge. O paulista Renato Galvão arrebentou, mandando para a repescagem, o australiano Phillip MacDonald e o norte-americano Bobby Martinez.
O 1º. dia de competições terminou com a praia da Vila lotada, esperando o grande confronto que reunia o octa-campeão mundial Kelly Slater e o ídolo local, Fabio Carvalho. O público delirou com a entrada dos dois surfistas na água, e até uma faixa, saudando o atleta local, foi estendida na areia. Slater mostrou surf de campeão, fazendo a melhor nota e o melhor somatório do dia. O australiano Kai Otton, coadjuvante na bateria histórica, ficou com a segunda colocação, e Fábio Carvalho, que, diga-se de passagem, surfou muito bem, ficou na terceira colocação.

HANG LOOSE SANTA CATARINA PRO – Primeira fase classificatória:
01: 14,50=Dean Morrison (AUS), 12,83=Heitor Alves (BRA-CE), 8,73=Cory Lopez (EUA)
02: 14,80=Rodrigo Dornelles (RS), 10,23=Pancho Sullivan (HAV), 6,23=Jihad Kohdr (PR)
03: 10,80=Taylor Knox (EUA), 10,50=Fredrick Patacchia (HAV), 9,65=Simão Romão (RJ)
04: 16,16=Jeremy Flores (FRA), 8,23=Fábio Gouveia (PB), 5,94=Ricky Basnett (AFR)
05: 14,17=William Cardoso (SC), 12,97=Greg Emslie (AFR), 12,86=Bede Durbidge (AUS)
06: 15,50=Renato Galvão (SP), 14,53=Phillip MacDonald (AUS), 11,93=Bobby Martinez (EUA)
07: 15,10=Joel Parkinson (AUS), 12,16=Diego Rosa (SC), 11,67=Adrian Buchan (AUS)
08: 15,67=Mick Fanning (AUS), 12,74=Guga Arruda (SC), 7,83=Bruce Irons (HAV)
09: 18,07=Kelly Slater (EUA), 11,63=Kai Otton (AUS), 11,37=Fábio Carvalho (SC)
———————baterias que vão abrir o domingo:
10: Taj Burrow (AUS), Luke Stedman (AUS), Marco Polo (SC)
11: C. J. Hobgood (EUA), Raoni Monteiro (RJ), Peterson Rosa (PR)
12: Tom Whitaker (AUS), Bernardo Pigmeu (PE), Gabe Kling (EUA)
13: Michael Campbell (AUS), Leonardo Neves (RJ), Mark Occhilupo (AUS)
14: Royden Bryson (AFR), Josh Kerr (AUS), Shaun Cansdell (AUS)
15: Chris Ward (EUA), Troy Brooks (AUS), Dayyan Neve (AUS)
16: Adriano de Souza (SP), Neco Padaratz (SC), Victor Ribas (RJ)

Postado por Por Ki Fornari – Direto de Imbituba

Imbituba - Capital mundial do Surf

03 de novembro de 2007 0

Knox, Kline e Slater /Divulgação ASP
Nesses quatro dias em que o WCT Brasil ficou paralisado, aguardando melhores condições de ondas na Praia da Vila, em Imbituba, a rotina dos atletas foi bastante alternativa e dispersa. A cidade de Imbituba, em Santa Catarina se tornou a única cidade do mundo, em que é possível sair para comprar pão, e encontrar Mick Fanning na padaria, ou, fazer um “freesurf” na Praia do Rosa, e topar com Bobby Martinez e CJ Hobgood, por exemplo. Ao chegar na quarta-feira, observei o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, dando risadas no “Living” do hotel, apreciando vídeos na Internet, e no ambiente ao lado, os norte-americanos, Taylor Knox e Kelly Slater, também com computador em mãos, esperando o tempo passar e as ondas melhorarem. Para os atletas que não estão escalados nas primeiras baterias do evento, o dia começa mais tranqüilo, pode-se tomar um café da manhã mais reforçado e demorado, enquanto outros, começam o dia de forma bem diferente. É o que comentou o cearense Heitor Alves, nesta quinta-feira. O cearense está escalado na primeira bateria da primeira fase, que tem sempre a primeira chamada programada para as 7 horas da manhã. “Eu acordo às 5 horas todos os dias, e a espera é angustiante. Fico sem saber se vai rolar ou não, o evento, e acabo comendo um açaí, para dar acalmada na angustia”, disse Heitor, atleta convidado, por sua excelente colocação no WQS em 2007.
Um outro atleta, que conta às horas para a sua estréia no WCT, é o local da Praia da Vila, Fabio Carvalho, que conseguiu sua vaga de convidado, e enfrenta nada mais nada menos que o octa-campeão mundial, Kelly Slater. Aliás, esta bateria é a mais esperada pela torcida local, e sem dúvida entrará para a história do município catarinense.
Os ídolos estão perto dos fãs, e o evento está perto de gaúchos e catarinenses.
Tá esperando o que em casa?

Postado por Ki Fornari – Direto de Imbituba

Ventania faz estrago no WCT Brasil

01 de novembro de 2007 0

Vendaval causou estragos em Imbituba/Divulgação/ASP
Uma forte ventania atingiu o litoral sul de Santa Catarina na madrugada desta quinta-feira, provocando muitos estragos e destruindo grande parte da estrutura montada para receber o WCT Brasil, na Praia da Vila, em Imbituba. O panorama era desolador. Com ferros retorcidos e lonas no chão, os organizadores se viram obrigados a cancelar mais uma vez o evento, que entra em seu terceiro dia de espera.
As ondas continuam baixas nesta quinta-feira, mas devem reagir a partir da tarde, quebrando maiores já na sexta-feira, dia previsto para a próxima chamada da organização do evento. Com a falta de ondas, os melhores surfistas do mundo aproveitam o dia para procurar picos alternativos, a fim de treinar para as disputas do Hang Loose Santa Catarina Pro 2007. Na quarta-feira, alguns surfistas foram vistos na Praia do Rosa e Ouvidor, dentre eles, o norte-americano campeão mundial CJ.Hobgood, e o seu compatriota Bobby Martinez. Alguns ficaram no hotel, descansando ou navegando na internet, como o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, campeão das duas ultimas etapas do WQS, que treinou pela manhã na Praia da Vila e à tarde permaneceu conectado no hotel.
Uma nova chamada deve rolar às 7 horas desta sexta-feira, na Praia da Vila, e os organizadores garantem que a estrutura já estará 100% para receber os atletas, imprensa, e público que lotará a praia neste feriado de finados.

Baterias do Primeira Fase do evento:

01: Dean Morrison (AUS), Cory Lopez (EUA), Heitor Alves (BRA-CE)
02: Pancho Sullivan (HAV), Rodrigo Dornelles (RS), Jihad Kohdr (PR)
03: Taylor Knox (EUA), Fredrick Patacchia (HAV), Simão Romão (RJ)
04: Jeremy Flores (FRA), Ricky Basnett (AFR), Fábio Gouveia (PB)
05: Bede Durbidge (AUS), Greg Emslie (AFR), William Cardoso (SC)
06: Bobby Martinez (EUA), Phillip MacDonald (AUS), Renato Galvão (SP)
07: Joel Parkinson (AUS), Adrian Buchan (AUS), Diego Rosa (SC)
08: Mick Fanning (AUS), Bruce Irons (HAV), Guga Arruda (SC)
09: Kelly Slater (EUA), Kai Otton (AUS), Fábio Carvalho (SC)
10: Taj Burrow (AUS), Luke Stedman (AUS), Marco Polo (SC)
11: C. J. Hobgood (EUA), Raoni Monteiro (RJ), Peterson Rosa (PR)
12: Tom Whitaker (AUS), Bernardo Pigmeu (PE), Gabe Kling (EUA)
13: Michael Campbell (AUS), Leonardo Neves (RJ), Mark Occhilupo (AUS)
14: Royden Bryson (AFR), Josh Kerr (AUS), Shaun Cansdell (AUS)
15: Chris Ward (EUA), Troy Brooks (AUS), Dayyan Neve (AUS)
16: Adriano de Souza (SP), Neco Padaratz (SC), Victor Ribas (RJ)

Postado por Ki Fornari