Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts de março 2011

Redes de pesca voltam ao mar hoje no RS

15 de março de 2011 1

As redes de pesca com cabo fixo, que já mataram 49 surfistas no litoral do Rio Grande do Sul voltam ao mar nesta terça-feira (15/3). Essas verdadeiras armadilhas humanas, ficam liberadas nas áreas destinadas à pesca até o dia 15 de dezembro, trazendo novamente risco de morte aos surfistas.


A triste estatística é lamentada apenas no litoral gaúcho, único território do mundo em que surfistas morrem fisgados como peixes. Uma lei aprovada pelo governador do estado, no dia 13 de janeiro, aumenta a área mínima destinada ao surf e lazer para 2.100m (a lei anterior era de 400m), mas até agora pouca coisa mudou. As praias continuam sem demarcação e sinalização, deixando surfistas e banhistas desinformados, e a mercê da sorte. É como uma roleta russa, neste período em que as frentes frias provenientes do sul do continente trazem fortes ondulações e correntezas marítimas.


A questão volta a ser discutida sempre após a morte de surfistas, mas passado algum tempo, acaba quase que esquecida. O blogue SURF SEGURO é a mais completa fonte de informações sobre o problema, sempre atualizando os passos em direção a solução do problema.


Desde 1978, ano em que foi registrada a primeira morte de surfista em redes de pesca, não houve sequer uma prefeitura do litoral que sinalizou a orla de maneira eficiente e eficaz. As placas de sinalização são pequenas, tem pouca informação e são facilmente destruídas por vândalos ou pelo próprio tempo de permanência na beira da praia.



Clique Aqui e confira o mapa das áreas seguras para a prática do surf.











Placas colocadas na orla de Imbé. Pouca informação…










Manifestação após a última morte, em novembro de 2010.



Billabong Collegial 2011 agita o litoral norte gaúcho

10 de março de 2011 1

Vem aí a décima edição de um dos maiores eventos esportivos estundantis do Brasil, o Billabong Colegial de Surf. Antes da competição, rola blitz todo final de semana com distribuição da revista Kzuka. Te liga no cronograma:

- 12 e 13 de março: primeira etapa
- 12 de março: festa Billabong no Bora Bora c/ DJ Ki Fornari mandando o som.
- 17 de março: na loja Billabong Barra, às 19h, tem coquetel de lançamento do Billabong Colegial + Exposição de Fotos Colegial 10 anos + premiação primeira etapa

- 19 e 20 de março: segunda etapa
- 19 de março: lançamento de filme Internacional da Billabong – Creative Destruction
- 19 de março: festa Billabong no Bora Bora c/ DJ Ki Fornari mandando o som.
- 24 de março: entrega dos prêmios da segunda etapa

- 2 e 3 de abril: terceira etapa
- 2 de abril: festa Billabong no Bora Bora com entrega de prêmios aos campeões do circuito c/ DJ Ki Fornari mandando o som.
- 3 de abril: regata de Stand Up Paddle no Mampituba e bateria demonstrativa de Kitewave

* Só vai competir na terceira etapa quem for disputar o título, ou seja, quem no término das duas primeiras etapas puder ser campeão. A terceira etapa será no sábado dia 02 de abril e ocorrerá em qualquer pico de Torres.

Os surfistas deverão apresentar no ato da inscrição o atestado de matrícula, xerox da identidade e autorização dos pais por escrito. A única exceção é na categoria OPEN POA e na Júnior, caso o surfista já tenha completado o Ensino Médio.


# Categorias:
- Sub 13 POA: só para alunos das escolas de Porto Alegre, Região Metropolitana e Interior. Nascidos até 1999, que completarão 13 anos em 2011 ou menores que essa idade;
- ABC POA: só para alunos das escolas de Porto Alegre, Região Metropolitana e Interior. Nascidos até 1995, que completarão 17 anos em 2011 ou menores que essa idade;
- OPEN POA: só para surfistas que competiram em categorias de Porto Alegre nas edições anteriores do campeonato;
- JÚNIOR: para qualquer surfista de qualquer estado do Brasil. Nascidos até 1994, que completarão 18 anos em 2011 ou menores que essa idade;
- ABC TORRES: só para alunos das escolas de Torres. Nascidos até 1995, que completarão 17 anos em 2011 ou menores que essa idade;
- FEMININO: para qualquer surfista de qualquer estado do Brasil. Nascidas até 1994, que completarão 18 anos em 2011 ou menores que essa idade;
- ESPUMEIRO: categoria exclusiva para alunos das escolas de surf convidadas;
- PAIS E FILHOS: categoria aberta, desde que o filho esteja estudando;
- VZ AIR SHOW: para oito convidados. Lista sai dia 28 de fevereiro.


# Valores das inscrições:
- Para quem quiser pagar as duas primeiras etapas de uma vez só: R$ 100 – R$ 50 por etapa
- As categorias Pais e Filhos e Espumeiro são gratuitas
- Inscrição em uma etapa até a quinta-feira anterior as etapas: R$ 55
- Inscrição na hora: R$ 65

# Premiação:
- Campeão Open POA: Peru
- ABC POA: Campeão – Bariloche
- SUB 13 POA: Campeão – Porto Seguro


# Acesse:
- Site oficial
- Twitter
- Orkut
- Facebook
- Youtube
- MSN e e-mail

Com realização da agência de marketing esportivo Enter Sports e Prefeitura de Torres, o Billabong Colegial de Surf tem o patrocínio da Carhouse Toyota, Nixon, Von Zipper, Pranchas Auckland e Six Travel. O apoio é do STB, Escola Gaúcha de Surf, site Ondas do Sul, Resting Bird, Vida Urgente, Mocas, Bora Bora Club e Brasas. A promoção é do Kzuka com supervisão técnica da FGS e AST.



Ninguém segura o Careca!

09 de março de 2011 0

Aos 39 anos de idade, Kelly Slater, ainda é o melhor surfista do planeta. Mesmo após conquistar o décimo título mundial de surf, e para muitos, o melhor momento para constituir aposentadoria no esporte, O CARA estava novamente lá, como o melhor, imbatível, perspicaz, no alto do pódio. Slater venceu a etapa de abertura do Dream Tour 2011, na Gold Coast australiana, e largou na frente em mais uma temporada do surf mundial.


O melhor brasileiro na competição – e grande surpresa – foi o estreante Alejo Muniz. O catarinense sobrou em diversas baterias, despachando alguns dos melhores surfistas do mundo e finalizando na quinta colocação. Esbarrou em Jordy Smith, em uma bateria polêmica, em que o sul-africano (número dois do mundo em 2010) virou no finalzinho.


O australiano Taj Burrow ficou com a segunda colocação, confirmando a fama de bom “largador”, já que sempre sai bem no início de temporada. O mar esteve ruim em grande parte do evento, prejudicando a performance de alguns surfistas e aproximando o nível técnico dos competidores.


A próxima etapa do ASP World Title Race 2011 acontece em Bells Beach, também na Austrália, a partir de 19 de Abril.


Confira o resultado final:

1 Kelly Slater (EUA)

2 Taj Burrow (Aus)

3 Tiago Pires (Por)

3 Jordy Smith (Afr)

5 Alejo Muniz (Bra)

5 Brett Simpson (EUA)

5 Matt Wilkinson (Aus)

5 Dusty Payne (Haw)

9 Adriano de Souza (Bra)

13 Jadson André (Bra)

13 Heitor Alves (Bra)

25 Raoni Monteiro (Bra)



Quem leva a primeira etapa do Dream Tour 2011

08 de março de 2011 0

O Quiksilver Pro começa a ser definido nesta terça-feira, por volta de 18hs (horário de Brasília), já quarta na Austrália. A primeira etapa do Dream Tour 2011, revelou algumas surpresas ao longo das diversas disputas. Oito surfistas entram na água neste dia decisivo, buscando a primeira vitória na temporada.


Apenas dois surfistas que compõem as quartas de final já venceram em Snapper. Taj Burrow, vencedor no ano passado e contumaz frequentador de pódios nas etapas iniciais do tour. E o bicampeão na Gold Coast, Kelly Slater, vencedor em 2006 e 2008. O norte-americano abre o dia de disputas contra o havaiano Dusty Payne, que na temporada passada fez campanha apenas para se manter na elite. Taj, na minha opinião, deve ter mais trabalho contra o especialista em direitas, Brett Simpson. O norte americano tem mostrado regularidade nas últimas baterias.


Na segunda bateria das quartas, o português Tiago Pires, que vem evoluindo a cada temporada no tour, pega um australiano com bem menos tempo de elite, mas que tem demonstrado personalidade crescente nas últimas apresentações. Matt Wilkinson escapou das duas repescagens, vencendo baterias casca grossas, e chega confiante às quartas.


Não tem como não estar feliz com a atuação dos brasileiros, em especial Alejo Muniz e Adriano de Souza, que demonstraram garra e arrojo, pra não errar nos momentos decisivos das baterias. Arrisco a dizer que o estreante na elite, sobrou frente a seus adversários, assim que passou seu “première” entre os melhores do planeta. Diga-se de passagem, uma bateria cascuda reunindo o especialista em Snapper, Joel Parkinson e Mineirinho. Alejo derrotou boa parte do contingente australiano, passando por Kieren Perrow (a quem coloquei nas quartas no Fluir Game), Owen Wright, melhor estreante no ano passado, e atropelando de uma só vez, dois dos maiores candidatos ao título, os aussies Joel Parkinson e Taj Burrow.


Alejo enfrenta nas quartas, o sul-africano Jordy Smith, segundo melhor surfista do mundo na temporada passada, e responsável pela eliminação de Joel Parkinson, na bateria que fechou a quinta fase da competição.


Adriano, por sua vez, teve um caminho menos espinhoso, derrotando Marc Lacomare (FRA) na repescagem, e Daniel Ross (AUS) na terceira fase. Mineirinho só ficou de fora das quartas pela incoerente interpretação dos juízes, em uma bateria histórica contra Taj Burrow. O resultado: 19.06 x 18.94 em favor do australiano.


Façam suas apostas! Quem leva o caneco em Snapper?


Clique Aqui e confira AO VIVO!

Carnaval com vento e ondulação constantes

03 de março de 2011 0

Previsão para o Litoral Gaúcho:

Depois de uma semana bastante ventosa, o feriadão de carnaval pode ter mudanças. Os principais gráficos de previsão indicam ventos mais amenos nas primeiras horas da manhã, período em que as ondas podem apresentar melhor formação. Com vento mais fraco, a ondulação perde força, mas ainda mantem média consistência. As estimativas dão conta de ondas na faixa de 0,5m até 1m de altura, e direção entre leste/sudeste. O vento segue soprando do mar (maral), com direção entre leste/nordeste, e intensidade mais moderada no período da tarde. O tempo segue bom, com predomínio de sol durante todo o feriadão. Teremos uma sucessão de dias muito parecidos, e o vento deve manter a ondulação junto a costa. Embora irregulares, as ondas quebrarão constantes nos próximos dias, e quem acordar cedo poderá encontrar boas ondas.


Na região sul do estado, a Praia do Cassino segue com ondas fracas, na faixa máxima de 0,5m de altura. Vale a conferida no pico do Navio, onde as ondas podem quebrar maiores.


Bom carnaval, e se beber não dirija!




*Ilustração do site Wind Guru nesta quinta-feira (03/mar)

Médicos anunciam cura de Richie Lovett

01 de março de 2011 0

O australiano Richie Lovett, ex-top da elite mundial do surf, e que sofria de um tumor maligno no quadril, está curado. A informação partiu dos médicos que cuidaram de todo o tratamento do surfista.


Richie Lovett esteve entre os Top’s do Circuito Mundial de Surf por mais de 10 anos, e entre os melhores resultados está uma vitória na etapa de Trestles, na Califórnia, em 2003. O filme Save The Big Fat Whales traz a participação de Lovett, momentos depois de concluir parte do tratamento contra o câncer.

Fonte: Waves