Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Surf Treino gratuito reúne galera em Capão da Canoa

28 de setembro de 2011 0

O que era pra ser uma simples confraternização entre a rapaziada que anda sobre as ondas, se transformou em um grande encontro de gerações. No último domingo (25/9) no local do antigo e já saudoso Baronda, em Capão da Canoa, aconteceram as finais do primeiro Surf Treino ASCC 2011. Contando com a presença de novos surfistas, e velhos conhecidos do surf de Capão, o evento ainda promoveu a aproximação do surf com o Bodyboard, buscando alavancar os dois esportes no município.


Dentro da água, surfistas e bodyboarders disputaram troféus em 5 categorias, além de kit’s oferecidos pelos apoiadores do evento. Os juízes caponenses, Ivan Pereira e Vagner Silveira, diplomados pela Associação Brasileira de Surf (ABRASP) emprestaram seus conhecimentos em campeonatos de surf, revezando as cadeiras da área de arbitragem com surfistas experientes e sempre atentos aos movimentos realizados dentro d’água. “Temos que agradecer à muitas pessoas que se doaram para a realização do evento, além é claro dos patrocinadores e apoiadores. Todos fizeram pelo surf e Capão da Canoa só tem a ganhar com isso. Além de agitar a orla da cidade, novos atletas surgirão, promovendo o crescimento do esporte no município”,  diz Gustavo Bertotto, surfista profissional, “juiz” e competidor no evento.


A divisão das categorias agradou a todos, dividindo os competidores por idade, e principalmente pelo nível de experiência em campeonatos de surf. Na categoria “Soul Surf”, para surfistas que nunca participaram de competições oficiais, a vitória ficou com Everson Rocha, o Magoo. Na Sub-18, Athos Silva foi o melhor na final, colocando seu primeiro troféu de surf na prateleira. Entre a galera do Bodyboard, briga dura por colocações no pódio e as vitórias de Roberto Bastos na Open e Bernardo Tazoniero na iniciantes.


Entre os surfistas mais experientes, os dois atletas profissionais Vini Fornari e Gustavo Bertotto tiveram trabalho contra amadores de peso, mostrando que o nível caponense segue entre os melhores do estado. Vini levou a melhor, com Deivid Matos, o “Gnomo”, em segundo, Bertotto em terceiro e Lucas Zagonel na quarta colocação. “Este treino com baterias é excelente, pois assim mantenho-me preparado para todas as competições. O objetivo principal, no entanto, é dar ritmo a essa gurizada nova, que precisa se espelhar nos surfistas mais experientes, com um nível de surf mais avançado pra evoluir. Acredito que eu e o Bertotto, como profissionais de Capão, somos esse espelho para eles”, diz o campeão, Vini.


A confraternização que aconteceria apenas no sábado, precisou se estender até domingo, pois as 84 inscrições surpreenderam até os mais otimistas. “Realmente a expectativa foi superada. Esperávamos apenas atletas e pessoas envolvidas com o esporte, mas para surpresa geral, além do excelente número de atletas, os moradores e veranistas de Capão compareceram, formando rodas de chimarrão na beira da praia. Foi um sucesso!”, garantiu o advogado Rodrigo Brum, atleta participante e colaborador da ASCC. A próxima etapa do Surf Treino da ASCC ainda não tem data definida, mas deve acontecer no mês de outubro. A entidade deve começar nesta semana, a busca por apoiadores e garante que a procura por inscrições já começou. O evento é inédito por ter inscrições gratuitas e está atraindo inclusive, surfistas de outros balneários do litoral norte gaúcho.


O Surf Treino ASCC teve o patrocínio da Ponto do Imovel, ADS construções, Programa Nós e Caminho da Vitória. Contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Capão da Canoa, Surf Basic e Quisque da Vó Nega. A cobertura completa você acompanha no Canal 20 da NET, no Programa Nós.



Envie seu Comentário