Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Qual é o seu limite?

02 de dezembro de 2011 1

“Dia de separar as crianças dos homens”
Esta frase cabe muito bem pra hoje. Há quem diga que quando o mar sobe além dos 2m de altura, não se pode surfar. E há quem espera ansiosamente por essas condições para que se possa experimentar uma adrenalina única, que não se sente todo dia. Cresci numa família de pilotos (automobilistas) vendo meu pai fazer curvas fechadas a quase 200km/h e junto com meus dois irmãos surfistas. Um sempre puxou o outro, e aaaai de quem não fosse cair na água porque o mar estava de ressaca. Seria zoado de “cagão” por um bom tempo. Talvez por isso, aprendemos muito cedo a experimentar a adrenalina e a respeitar o mar. Cada um sabe o seu limite, e não cabe a mim dizer qual seria ele. Nosso mar não tem pedras, corais, grandes tubarões brancos ou qualquer perigo mais ameaçador, que outros picos de ondas grandes no mundo oferecem. Mas ATENÇÃO para o alerta no fim do texto!



As ondas quebram no outside, com 2m e algumas séries maiores, mas por ocasião da ondulação de SUL, a “varada” não está tão cruel. Certo que, se fosse de LESTE seria intragável, mas assim fica melhor. Rola até uma calmaria em alguns períodos, e isso facilita a vida de todo mundo. O vento é terral (Sudoeste), e deixa o mar mais liso, com boa textura. Quem gosta de adrenalina e ondas grandes, não vai achar nada de mais, afinal, já tivemos milhares de dias com ondas até maiores e séries intermitentes, que inviabilizam a chegada ao outside. Quem curte esse tipo de onda sabe também, que uma única vaga dropada nessa condição pode valer o banho, o dia, o mês, o ano!




Previsão:

A ondulação de Sul já está em declínio gradativo, mas ainda mantém boa consistência para os próximos dias. Quem gosta dessa condição de ondas fortes, vai encontrar séries no outside com melhor formação na manhã deste sábado, quando o vento ainda deve soprar fraco. Vale “dormir com as galinhas e acordar com o galo”, pois na sequência do dia o vento nordeste embala e deve afetar a formação das ondas. O domingo deve ter o vento nordeste predominando desde o início e as ondas ficam irregulares. Os gráficos indicam sol com poucas núvens pra todo o findi, e as temperaturas voltam a subir gradativamente com a volta dos ventos do quadrante norte.

 

 

ATENÇÃO: nosso mar não tem pedras, corais, grandes tubarões brancos ou qualquer perigo mais ameaçador, que outros picos de ondas grandes no mundo oferecem, mas temos as REDES DE PESCA e áreas totalmente inseguras para a prática do esporte. Portanto, procure cair hoje apenas nas praias de TRAMANDAÍ (até o calçadão de Imbé), de ATLÂNTIDA ATÉ o fim do calçadão de CAPÃO DA CANOA, e em Torres. São os picos que oferecem condições mínimas para o surf no dia de hoje. As praias que estão dentro da lei estadual, que delimita em 2.100m de área, saibam que essa medida é RIDÍCULA, pois pode ser percorrida hoje em cerca de 30min. E a gente sabe que o surf sempre supera a 1h.

 

 

Bom dia, bom surf e bom final de semana!


+ fotos no perfil do Programa SWELL ATLÂNTIDA no facebook

Comentários (1)

  • fabianosanches diz: 2 de dezembro de 2011

    é claro que sempre temos que nos cuidar eu surf desde os12 anos na praia de magistério me chamam de chiclé surfer pois meus pés colam na prancha e pela idade que tinha era novidade um pia quebrando a vala em balneário pinhal ainda mais em magistério bom sempre surfei do lado de redes e calões perigo constante mas adrenalina a 1000 ja pegeui muitos mares de resaca muitas correntes de nordeste mas sempre quando dá to indo pro litoral hoje em dia surf mais em tramanda e toorres as condições são sempre favoraveis por exemplo hoje estou indo pra torres la pelas 18 horas galera se cuidem com as redes escutem a galera do suwel atlantida e bom find pra todos.aloha

Envie seu Comentário