Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O dia em que 'Pernilongo encharcou as asas...'

20 de dezembro de 2010 3

 

Está vendo esta turma aí? Casa de Bira Pernilongo, tarde de domingo.

Pessoal antecipou a chegada do Papai Noel e confraternizou com churrasco, cerveja e samba.

Detalhe: Bira não sabia do que estava sendo ‘tramado’.

Mais sobre o domingo em que Bira (Nazareno diz que ‘o Pernilongo encharcou as asas nas lágrimas’) chorou como um menino agarrado ao presente você verá aqui no blog.

Tamborim também esteve lá e flagrou os momentos de alegria proporcionados por compositores, amigos e amigas de Bira Pernilongo.

Dos que aparecem na foto, pois alguns como Nazareno, Irê, Mauri Candemil estavam ‘distraidos’, a lista:

Da esquerda para a direita estão Carlão, Cy, Edson do Tamborim, Simona e Fred Inspiração.

Bira (sem camisa e agachado) cercado por Antônio, Vicente e Willian Tadeu de um lado. No outro estão Mário Edson Serafim, Edinho Love e Beloni Farias.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Jeferson diz: 20 de dezembro de 2010

    Um mesa maravilhosa cheia de pessoas amigas e companheiras e com certeza o Bira Pernilongo merece, mas por que não está inserido na Protegidos? Nosso Carnaval precisa da amizade, lealdade, e de pessoas verdadeiras como a maioria presente.

    Jeferson, pelo que sei Bira Pernilongo continua na escola Os Protegidos da Princesa. Mas Bira poderá responder se assim desejar. Um abraço.

  • Barãozinho diz: 21 de dezembro de 2010

    Ih, Pernilongo na água se reproduz!!! Sai de perto que ai vem coisa!!!

    Hehehehe, Bira, acho nada mais justo tu receber o carinho de tantas pessoas que tu ajudou e que ajuda, falo por mim e por outros presentes ou não ai na foto! Sem palavras para expressar tamanha adimiração e carinho que eu tenho por ti Mestre! Um grande abraço e curti esse presente novo ai!

  • BIRA PERNILONGO diz: 21 de dezembro de 2010

    Fiquei sem palavras e só repetia: “Seus @#$%¨&*!” Me perdoem.
    Muito obrigado a todos, inclusive aos que não puderam vir mas que participaram da “sacanagem”. Como dizia meu fiho Rafael: “Vocês vão matar meu pai do coração!” Já me bastava a amizade de todos vocês. Simplesmente fantástico!

    Apesar de não ter associado o nome à pessoa, Jeferson, e já que nada me perguntaram, apenas uma sugestão: procure saber o que é fato e o que é boato. Por vezes, uma meia verdade mal interpretada pode ser entendida como fofoca ou intriga.

    Muito obrigado a todos, amigos, leais e verdadeiros. Realmente é disso que nosso carnaval precisa.

Envie seu Comentário