Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Coloninha"

Comentário gera mal estar entre Coloninha e UIM

27 de junho de 2012 43

Comentário do intérprete Marcelo Perna em seu facebook e no clicRBS, a partir da matéria dos PMs flagrados em cenas íntimas com uma mulher com a farda da corporação, provocou mal estar.

Unidos da Coloninha, que tem a PM como enredo 2013, encaminha à imprensa um e-mail onde sua Executiva mostra descontentamento.

Venho em nome da Diretoria Executiva da S.R.C. Unidos da Coloninha, e principalmente em nome do presidente Dilson Francisco Veira (Guinha) demonstrar nossa inteira indignação e tristeza sobre as declarações lamentáveis do Sr. Marcelo Perna da escola de samba União da Ilha da Magia colocadas por ele em um chat no site do Clicrbs. Pedimos respeito primeiramente com nossa Agremiação e sua história que sempre foi respeitada por todas as entidades carnavalescas de nossa cidade, e pedimos respeito também pela Policia Militar SC que nossa comunidade ira homenagear, e acima de tudo respeito com nossa comunidade. A diretoria executiva da S.R.C. Unidos da Coloninha admira e respeita muito o trabalho de todas as escolas de samba de Florianópolis inclusive da União da Ilha da Magia e sua comunidade da Lagoa da Conceição, nós da S.R.C. Unidos da Coloninha sempre trabalhamos para elevar o carnaval de Florianópolis e ser cada vez mas profissional.

Particularmente acho que Marcelo Perna não tinha intenção em ofender a escola coirmã, mas fazer uma critica sobre os fatos que envolvem atos desastrosos praticados por “alguns” PMs.
 
Agora à noite, depois de pedir desculpas pessoalmente ao presidente Guinha, Joel Costa Júnior, presidente da União da Ilha da Magia, também encaminha uma correspondência onde formaliza a atitude.

Em primeiro lugar, gostaria de ressaltar nossa surpresa e nosso pesar  ao tomar conhecimento das declarações do intérprete Marcelo Perna envolvendo a escola de samba Unidos da Coloninha e também a Polícia Militar de Santa Catarina. Em mais de dez anos de trabalho e dedicação  no Carnaval de Florianópolis, sempre tivemos como prioridade em nosso  grupo de diretores, conselheiros e colaboradores o respeito a todas as  escolas de samba de Florianópolis, as quais admiramos e rendemos  homenagens pelo aprendizado e pelo espírito de luta que sempre fizeram  parte das entidades carnavalescas de nossa cidade.  Com certeza, as  histórias de perseverança e trabalho de escolas como a Unidos da  Coloninha nos deram ânimo para trilhar os caminhos que percorremos hoje.
Sendo assim, gostaria, em meu nome, e em nome de toda a diretoria  executiva da União da Ilha da Magia, desculpar-me publicamente pelo lamentável  incidente e enfatizar que, em momento algum dentro de 
nossa entidade, houve qualquer comentário envolvendo os fatos e personagens citados de maneira infeliz e desrespeitosa por nosso intérprete.
Aproveito também para afirmar nossa admiração e respeito  pela Polícia Militar de Santa Catarina que tem a difícil e brava  missão de resguardar a vida e a dignidade dos cidadãos catarinenses.
Termino com igual sentimento de tristeza e indignação e reafirmo meu compromisso de lealdade e fraternidade com a Unidos da Coloninha e  todos os parceiros do carnaval florianopolitano.
atenciosamente.
Em primeiro lugar, gostaria de ressaltar nossa surpresa e nosso pesar  ao tomar conhecimento das declarações do intérprete Marcelo Perna envolvendo a escola de samba Unidos da Coloninha e também a Polícia Militar de Santa Catarina. Em mais de dez anos de trabalho e dedicação  no Carnaval de Florianópolis, sempre tivemos como prioridade em nosso  grupo de diretores, conselheiros e colaboradores o respeito a todas as  escolas de samba de Florianópolis, as quais admiramos e rendemos  homenagens pelo aprendizado e pelo espírito de luta que sempre fizeram  parte das entidades carnavalescas de nossa cidade.  Com certeza, as  histórias de perseverança e trabalho de escolas como a Unidos da  Coloninha nos deram ânimo para trilhar os caminhos que percorremos hoje.
Sendo assim, gostaria, em meu nome, e em nome de toda a diretoria  executiva da União da Ilha da Magia, desculpar-me publicamente pelo lamentável  incidente e enfatizar que, em momento algum dentro de 
nossa entidade, houve qualquer comentário envolvendo os fatos e personagens citados de maneira infeliz e desrespeitosa por nosso intérprete.
Aproveito também para afirmar nossa admiração e respeito  pela Polícia Militar de Santa Catarina que tem a difícil e brava  missão de resguardar a vida e a dignidade dos cidadãos catarinenses.
Termino com igual sentimento de tristeza e indignação e reafirmo meu compromisso de lealdade e fraternidade com a Unidos da Coloninha e  todos os parceiros do carnaval florianopolitano.

Considero também que agiram bem o presidente Joel, em pedir rapidamente desculpas, e o presidente Guinha, em aceitá-las, ainda que somente em nome da escola da Lagoa.

Para lembrar: Marcelo Perna está viajando pela Europa.

 

Bookmark and Share

Gilsinho na Coloninha

20 de abril de 2012 0
 
Juninho Zuação divulga evento que estará fazendo em conjunto com o Grêmio Feminino da Unidos da Coloninha.
 
Bookmark and Share

Coloninha: Efeitos no desfile

06 de março de 2012 0

Ainda passeando pelo Banco de Imagens do Diário Catarinense.

Colega Charles Guerra aplicando efeito no momento do desfile da Unidos da Coloninha, na Nego Quirido.

Bookmark and Share

Banhistas da Carica

19 de fevereiro de 2012 5

 

Para refrescar depois desse dia quente e com tantas discussões.

Imagens do desfile da Unidos da Coloninha, as banhistas das águas da Carica, no balanço do segundo carro.


Bookmark and Share

Coloninha: hora de montagem

17 de fevereiro de 2012 4

Alegoria da Unidos da Coloninha.

Peças vão sendo montadas a todo momento.

O que ontem estava assim, agora já mudou…

Bookmark and Share

"Coloninha veste ouro..."

10 de fevereiro de 2012 21

 

Está aí um dos carros que a Unidos da Coloninha prepara o desfile sobre os 50 anos da escola.


Bookmark and Share

Coloninha, emoção e técnica

30 de janeiro de 2012 73

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por uma questão editorial, o blog não esteve presente nos ensaios técnicos de sábado.

Particularmente não gosto, mas trabalho em uma empresa e preciso respeitar escalas de plantão.

A presença da blogueira não se faz sozinha. No mínimo com mais dois colegas, um motorista e um fotógrafo.

Ontem, estivemos com dois profissionais em momentos diferentes. Um para o enaio do Copa e outro, em revezamento, para a apresentação da Unidos da Coloninha.

Feito o esclarecimento, alguns registros: pela manhã alguém me informavam pelo telefone:

- A UIM matou a pau. Deu uma aula de ensaio técnico.

Sobre a Os Protegidos, que já acompanhamos um ensaio, a informação era: “Não foi tão bem como no primeiro, menos gente na bateria, mas estava boa também”.

À noite, na passarela, ouvi muitos elogios para a UIM.

Escutei de alguns que a campeã 2011 tinha sido “tecnicamente perfeita, mas que faltou um pouquinho de emoção”.

Acompanhei o ensaio técnico da Unidos da Coloninha.

Emoção não faltou. Nem organização. Foram 76 minutos de desfile. O andamento da bateria muito bom.

UIM no sábado e Coloninha no domingo foram, pelo que se ouve e viu, as escolas com o melhor desempenho nos ensaios técnicos deste final de semana.

Abro o post com a imagem do casal de cidadão e cidadã-samba. Léo e Lissá atraíram os olhares, especialmente ela:

- Vim de Oxum, minha mãe. Trago ela como símbolo do nosso Jubileu de Ouro – explicou Lissá.

 

 

Bookmark and Share

Coloninha na Praça XV: "Amor muito louco..."

27 de janeiro de 2012 59

Se a chuva é azar, a Coloninha não deu bola para ele.

Seria então o “chuê, chuê ” do samba-enredo? As água da Carica? Brincadeira de Erês?

Certo é que a passagem da escola pela Praça XV, nesta noite, foi debaixo dágua.

Atrapalhou, claro, principalmente o público.

Mas o componente não arredou pé, independente da idade. Da ala das crianças, passando pelos 10 casais de mestre-sala e porta-bandeira mirins, baiana, Velha-Guarda…

Ninguém correu. Ao contrário. Ficou todo mundo para cantar o samba com a empolgação de quem sente um “amor muito louco que faz o corpo inteiro arrepiar”.

- Viemos para fazer uma brincadeira, um desfile descontraído – explicava, antes do início da apresentação, Júlio Martins, diretor de Carnaval.

Atrás, o grupo musical e a bateria Swing do Continente confirmavam, anunciando que “roubaram o colerinha do Paru”. Celinho e sua timba presentes.

Espírito de festa pelos 50 anos

Em ano de Jubileu de Ouro, a Unidos da Coloninha foi preparada para uma festa. Lotou ônibus, estourou fogos, dançou. A aprentação durou em torno de 1h, entre 22h e 23h.

A Comissão de Frente fez graça com o uso de uma máscara, alusão aos antigos carnavais da Praça XV, explicou Sérgio Alves. As alas vestiram camisetas, como nos ensaios na passarela e Beira Mar Continental.

Corte, passistas, alas coreografadas…todo mundo esbanjando alegria, como o casais de mestre-sala e porta-bandeira. Ratinho e Carol (foto acima) estavam inspirados.

Para não dizer que não faltou ninguém: Lissá, a cidadã-samba, que na última vez na Praça XV, “estraçalhou”, não esteve formando casal com Léo Cunha (foto abaixo). Esse, dançou com a corte.

Para não esquecer de outra coisa: Além da chuva, a Coloninha enfrentou os tradicionais problemas de carros estacionados no caminho, lixo, papa-entulho.

Mas isso já é papo desgastado. O secretário Vinicius Lummertz circulou por lá acompanhado da diretoria da Liesf. Deve ter sido mais uma vez alertado.

Outras fotos que ilustram o post: Michely Silvy (Rainha da Bateria), mestre Dú e diretores, detalhe da bateria, a Corte e o cidadão-samba.

Veja o vídeo



Bookmark and Share

Ensaio técnico da Coloninha: Harmonia destaca organização

16 de janeiro de 2012 65




Foto Divulgação Assessoria de Imprensa da Unidos da Coloninha








Sem a chuva de sábado, que fez cancelar o ensaio técnico da União da Ilha da Magia, a Unidos da Coloninha esteve domingo na Nego Quirido.

A cronometragem, um dos objetivos da apresentação, cravou 72 minutos.
Todos as 21 alas estiveram representadas, e vestidas com camisetas.
Setores como Velha-Guarda e passistas em maior número.
A bateria entrou de costas no recuo. Foram 138 os ritmistas presentes.
Entre 21h35min e 22h50min, quando encerrou o ensaio técnico, a Coloninha pode fazer seus testes.
Thiago Martins, da Harmonia, destacou a organização:
– A escola, antes vista como desorganizada, está mudada. No próximo ensaio, dia 22, na Beira Mar Continental, devemos repetir o que foi na passarela. Mas dia 29, quando voltaremos aqui, certamente teremos um maior número ainda de componentes – avaliou.


Bookmark and Share

Bateria da Coloninha: camiseta pronta

14 de janeiro de 2012 6










 

 

 

 

 

 

Está aí a camiseta 2012 da Bateria da Unidos da Coloninha, a Swing do Continente.

Arte de Mizinho.

Bookmark and Share