Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Blocos"

São José: Bloco Jardim das Palmeiras é campeão

22 de fevereiro de 2012 1

Resultado oficial dos desfiles dos blocos de São José.

Bloco do Neném foi o vice.

Confira resultados.

 

Clique aqui

Bookmark and Share

Morro do Céu: samba de Cesinha na voz de Igor Sorriso

14 de janeiro de 2012 7

 

 

 

 

 

 

 

Cesinha Nunes acha que ganhou um presente antecipado de aniversário, próximo dia 22: o samba que fez para o Bloco Unidos do Morro do Céu foi gravado por Igor Sorriso.

Em 2010, no desfile das campeãs, Cesinha conheceu Igor Sorriso, que no ano passado esteve em Florianópolis. Mas foi através de um contato do mestre Marcelo Dutra que o “acontecido aconteceu”.

Cesinha, que neste ano ajuda da Harmonia da Unidos da Coloninha e fez o samba da Escola de Samba da Terceira Idade, bem que merece ter sua obra na voz de um intérprete como Igor Sorriso.

Clique aqui e ouça como ficou o samba.

 

 

Bookmark and Share

A Nossa Turma pode ser a nova escola de samba de Florianópolis

13 de janeiro de 2012 20


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Maciço do Morro da Cruz pode ganhar uma nova escola de samba, A Nossa Turma.

Em reunião, ontem à noite, a diretoria discutiu os prós e contras e tomou a decisão: se for campeão em 2012, a agremiação irá participar do Grupo de Acesso.

Para lembrar: o bloco foi campeão em 2009 e 2010 e já tinha sido convidado para entrar no Acesso, o que não foi aceito.

A diretoria aposta no título e avalia que, se não for para o Acesso, terá que desfilar no entorno da Praça XV com os demais blocos, o que seria um retrocesso pelo nível do que o A Nossa Turma tem apresentado.

O enredo deste ano é sobre o chocolate, Uma Delícia de Carnaval.

Se A Nossa Turma (área da Major Costa) vencer o desfile da LBCAF, se junta ao Dascuia, Caramuru, Os Protegidos e Copa Lord que já são escolas de samba na área central do maciço.

 


Bookmark and Share

Bloco Gaviões: enredo, camiseta e samba 2012

11 de dezembro de 2011 23

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gaviões Alvinegros, que oficialmente já assina como GRES Gaviões Alvinegros, encaminha enredo, samba e arte da camiseta 2012.

O samba é assinado por Paulinho Carioca, Vicente Marinheiro, Jacson do Cavaco, Wilson Bizzar e Juninho Zuação.

Axé para todos, especialmente para Jô Mercês, que está sendo “batizada” como autora do enredo, e com um tema que conhece muito bem, a Umbanda.

Clique aqui e ouça o samba

Sinopse:

“A GAVIÕES ALVINEGROS TRAZ A FORÇA DOS ORIXÁS”

Autora: Jô Mercês.

A GRES GAVIÕES ALVINEGROS traz para a Passarela Negro Quirido o enredo “FORÇA DOS ORIXÁS”, que são os senhores da concretização da criação divina e regente da evolução dos seres, das criaturas e das espécies, cujos fatores divinos estão na origem de tudo que o divino Olorum (Principio Criador) criou, segundo as religiões afrodescendentes.

Os orixás são guardiões dos elementos da natureza e representam todos os seus domínios e agem em todo o planeta de forma cósmica-universal, atuando por muitos meios diferentes e dentre eles encontramos os Pontos de Força da Natureza  que são: Rios, Cachoeiras, Montanhas, Matas, etc. Locais de grandes concentrações de energias destinadas ao equilíbrio da Natureza do Planeta.
Os negros africanos e também os índios, conhecedores deste mistério, desenvolviam rituais e faziam oferendas, para agradecer e pedir ajuda aos ORIXÁS. Infelizmente os brancos europeus “donos” dos escravos, não souberam entender esta ligação com DEUS através da NATUREZA. E por tal muitos dos negros que aqui se encontravam foram obrigados a adotar o sincretismo com Santos Católicos que os protegem de praticarem seu culto aos ORIXÁS.

OXALÁ - Oxalá é o Orixá associado à criação do mundo e da espécie humana.Sua saudação é ÈPA BÀBÁ! Oxalá é considerado e cultuado como o maior e mais respeitado de todos os Orixás do panteão africano. Simboliza a paz, é o pai maior nas nações das religiões de tradição africana. É calmo, sereno, pacificador; é o criador e, portanto, é respeitado por todos os Orixás e todas as nações. A Oxalá pertencem os olhos que vêem tudo. Saudação: Epa epa Babá!

OBALUAÊ – A dança é um Orixá da renovaçao dos espíritos decaídos, resgatador da suas dívidas cármicas, na manifestação de Omulu trabalha como ceifador dos erros, ou seja, é o senhor dos mortos e o regente dos cemitérios considerado o campo santo entre o mundo terrestre material e o mundo astral espiritual, trabalhando com muito amor na guia destes espíritos.  Obaluae é o senhor das doenças podendo curar uma pessoa de uma doença. Quando entra nos terreiros da umbanda sua cabeça sempre tem que ser coberta,pois,obaluae tinha muitas feridas e cobria seu rosto com palha para que ninguem pudesse ver as feridas. Diz uma lenda africana que ele estava em uma festa e ninguém queria dançar com ele sabendo de suas feridas até que Iansã veio até ele levantou a palha de seu rosto e com sua ventarola provocou um vento tão forte que as feridas de obaluae sairam do corpo dele se transformando em pipoca. Saodação: Atoto!

OGUM – Ogum é um poderoso Orixá, dono do ferro e do fogo. Ele é um guerreiro,um lutador que defende a lei e a ordem. Este Orixá abre os caminhos e vence as lutas, agindo pelo instinto para defender e proteger os mais fracos. Todas as lutas, as conquistas, as vitórias são presididas por Ogum.Ele é a lei divina em ação, que pune e premia, mas não gosta de ser invocado em vão. É fácil invocar Ogum, mas controlar as suas ações é impossível.Quanto ao mito, ogum é lembrado como conquistador e caçador, a quem sempre defendeu os seus e sempre proveu de alimentos sua tribo. Ogum é o guerreiro, general destemido e estratégico, é aquele que veio para ser o vencedor das grandes batalhas, o desbravador que busca a evolução.Defensor dos desamparados, segundo a lenda, Ogum andava pelo mundo comprando a causa dos indefesos, sempre muito justo e benevolente. Ele era o ferreiro dos orixás, senhor das armas e dono das estradas. Irreverente, pois é um orixá valente, traz na espada tudo o que busca. Saudação: Patakori Ogun!

IEMANJÁ - a grande mãe, o oceano que origina tudo.De seu ventre saíram todos os Orixás, dos seus seios correm os rios que fertilizam a terra. Como toda matriarca, é benevolente e preocupada com o bem-estar de todos, mas exerce uma autoridade mais pela astúcia que pela força. Iemanjá é a imperatriz fecunda e resoluta totalmente aberta a criatividade.Deusa da nação Egbá,  onde existe o rio IEMANJÁ,. A umbanda por influência do sincretismo, promoveu IEMANJÁ como nova entidade, criação puramente brasileira. Moralizada como mãe de todos os orixás, assimilando-a com Nossa Senhora, mãe de Deus. Nela ficam condensadas as características das diversas entidades femininas.IEMANJÁ tendo sua manifestação positiva: Magnitude, criatividade, destemor, constância, gestação. Sempre descrita como orixá mãe, para quem esplendidas oferendas florais são devotadamente depositadas em todas as praias do Brasil. Saudação: Odô iá!

YANSÃ – Senhora da Tarde, Dona dos Espíritos, Senhora dos Raios e das Tempestades. Conhecedora de todos os meandros da magia encantada, nunca se deixou abater por guerras, problemas e disputas. Foi mulher de seu primo Xangô e ajudou-o a conquistar vários reinos. Porém, abandonou-o em defesa de sua cidade natal, disposta a enfrentá-lo.Oyá (Yansã) recebeu, de Olorun, a missão de transformar e renovar a natureza através do vento, que ela sabe manipular. O vento nem sempre é tão forte, mas, algumas vezes, forma-se uma tormenta, que provoca muita destruição e mudanças por onde passa, havendo uma reciclagem natural. Normalmente, Yansã sopra a brisa, que, com sua doçura, espalha a criação, fazendo voar as sementes, que irão germinar na terra e fazer brotar uma nova vida. Além disso, esse vento manso também é responsável pelo processo de evaporação de todas as águas da terra, atuando junto aos rios e mares. Esse fenômeno é vital para a renovação dos recursos naturais, que, ao provocar as chuvas, estarão fertilizando a terra. E é o raio que abre os reservatórios do céu, para fazer cair a chuva, relação comum em todas as mitologias. Saudação: Eparrê

OXUM – Nome de um rio na Nigéria, Segunda mulher de Xangô, deusa do ouro, riqueza e do amor. Oxum é destacada como a dona da água doce e, por extensão, de todos os rios. Portanto seu elemento é a água em discreto movimento nos rios, a água semi-parada das lagoas não pantanosas e, principalmente as cachoeiras são de Oxum, Oxum tem a ela ligado o conceito de fertilidade, e é a ela que se dirigem as mulheres que querem engravidar, sendo sua a responsabilidade de zelar tanto pelos fetos em gestação como pelas crianças recém-nascidas, até que estas aprendam a falar.Oxum portanto, gosta das riquezas materiais, mas não numa perspectiva de usura nem uma mesquinhez de quem quer ter riquezas para escondê-las.É através de seu espelho de duas faces que Oxum toma consciência de sua sensualidade. Ao ver sua imagem refletida, a consciência de si nasce. Entretanto, o espelho serve também, de escudo e arma que pode cegar ou aprisionar com seu reflexo.  Saudação: Ora iê iê ô !

OXOSSI – Oxóssi na Umbanda é considerado patrono da linha dos caboclos, atuando para o bem-estar físico e espiritual dos seres humanos.É figura representativa de uma das sete forças principais de Deus: a força da luta, do trabalho, da providência e da afirmação positiva. Assim, Oxóssi representa uma das sete forças primordias de Deus, pertencendo ao pólo positivo das energias espirituais, expandindo, irradiando e impelindo os seres para a construção vigorosa de seus destinos, bem como garantindo que os mais fragilizados encontrem doutrinação firme e amorosa, desenvolvendo seu saber religioso e sua fé.Também é considerado o caçador por excelência; o arqueiro de uma flecha só – sempre certeira.Saudação: Okê arô!

XANGO – Xangô o Orixá da justiça kármica, senhor do fogo e das leis divinas.

Quando falamos de Xangô logo vamos pensar em pedra, o significado é que a pedra diferente de outros elementos da natureza, não pode ser moldada, é rígida não se curva perante nada e assim é Xangô, como a pedra bruta que só se lapida quando deseja.O fogo de Xangô não é somente a combustão dos materiais  e sim o fogo interno que nos dá ânimo para nossa vida. Saudação: Kawô Kabiecile!

IBEJI – são os Orixás africanos que protegem as crianças. Foram sincretizados a São Cosme e São Damião, são conhecidos na Umbanda como os Orixás de amor e alegria.Os santos católicos viveram no oriente e historicamente pouco se sabe sobre eles, sabe-se que eram gêmeos e foram médicos.Os espíritos trabalhadores sobre a influência de Ibejí, apresentam-se normalmente sob a forma de crianças ou espíritos de crianças, porém espíritos não têm idade, apresentam-se dessa forma de modo a facilitar a comunicação com as nossas crianças. Esses espíritos puros trazem a cura para as doenças e amparam todas as crianças enquanto elas manterem a inocência.Seus domínios são os parques, jardins e grandes gramados. Sua cor é o rosa, os espíritos que trabalham sob a irradiação de Ibejí são espíritos de grande força espiritual. Saudação: Beji, Beijada!  

PRETO VELHO – Pretos-velhos são espíritos que se apresentam em corpo fluídico de velhos africanos que viveram nas senzalas, como escravos que morreram no tronco ou de velhice, e que adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. Sábios, ternos e pacientes, dão o amor, a fé e a esperança aos “seus filhos”.São entidades desencarnadas que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria, apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida, consequentemente são espíritos guias de elevada sabedoria  trazendo esperança e quietude aos anseios dos que os procuram para amenizar suas dores,  são mandingueiros poderosos, com seu olhar observador sentado em seu banquinho, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda,rezando com seu terço e aspergindo sua água fluidificada, demandam contra o baixo astral e suas baforadas são para limpeza e harmonização das vibrações de seus médiuns e de consulentes. São os Mestres da sabedoria e da humildade. Saudação: Adorei as Almas!

EXUS – Exu é o Orixá de ligação entre os homens e os outros Orixás.  Fato este que o coloca muito próximo dos homens, quase como numa cumplicidade ou proteção. É como se ele estivesse sempre em contato constante com os homens, fazendo parte de suas vidas, desejos, ambições, sonhos, alegrias, tristezas, … Por essa intimidade com os homens ele é chamado carinhosamente de Cumpadre. No sincretismo Judaico-Cristão Exu foi associado a imagem de Santo Antônio.  Exu é o próprio sentido da vida, da criação, do amor, do bem viver. O verdadeiro exu não faz mal a ninguém, seu objetivo é auxiliar as pessoas com fé e respeito. Alguns exus foram pessoas como políticos, médicos, advogados, trabalhadores, pessoas comuns, padres etc., que cometeram alguma falha e escolheram – ou foram escolhidos para – vir nessa forma a fim de redimir seus erros passados. Outros são espíritos evoluídos que escolheram ajudar e continuar sua evolução atendendo e orientando as pessoas, e combatendo o mal.

 Assim a  GRES GAVIÕES ALVINEGROS mostra a sua FORÇA, GARRA e PAIXÃO através da FORÇA dos ÓRIXAS.


 


Bookmark and Share

Acadêmicos do Sul da Ilha:ouça o samba

31 de outubro de 2011 43
O blog publica mais um samba que estará na Nego Quirido.
É do bloco Acadêmicos do Sul da Ilha.
 
 
Veja letra e ouça clicando aqui
 
 
Um romance celestial – o encontro do sol e da lua no carnaval
(Conrado Laurindo / Sequinho do Cavaco / Willian Tadeu)
 
 
É noite de magia
Estrelas no céu emolduram o amor
Um romance que o próprio Deus criou
Como a bela ave beija a flor
Um casal se apaixonou
E a vida proibiu
A ira divina se revela
O sonho deixa a terra e vai morar no céu
Vai a noite, vem o dia
Eterna dança de paixão e fantasia
 
Divindades cultuadas, o poder da criação
Vem do alto uma luz de fascínio e adoração
Pra transformar segredos em sabedoria
E iluminar o homem que renascia
 
Imaginei, acreditei
O infinito conquistei
O meu futuro, o que será?
Feito o amor do astro-rei?
Sinto que minha alma enamorada está
Sou pierrô amante do luar
Toco em canção meu bem-querer
É paixão, um sentimento que não tem mais fim
Invade o peito e não cabe em mim
Ao ver brilhar você
 
Academia de samba raiz
O Sul da Ilha me faz feliz
Num céu azul, buquê de rosas pro meu par
Porque o sol hoje encontra o luar
Bookmark and Share

A Nossa Turma e o chocolate como enredo

24 de outubro de 2011 26








 

 

 

 

 

 Bloco A Nossa Turma e o Carnaval 2012: Chocolate é o enredo.

Bookmark and Share

Rio Caveiras: bloco divulga enredo

22 de outubro de 2011 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Associação Recreativa, Cultural e Carnaval Unidos do Rio Caveiras, em Biguaçu, pede divulgação do enredo 2012. 

É o atual campeão da disputa entre blocos.

Bookmark and Share

Amovim: ontem e hoje

12 de outubro de 2011 7

 

 

 A foto acima  mostra a antiga sede da AMOVIM, a Associação dos Moradores da Vila Ivan Matos, no Bairro João Paulo.  

Agora, a sede nova. Local de alguns eventos do samba.

No passado, as sextas-feiras eram marcadas por rodas de samba entre amigos.

Pelos anos 90 (1995), a associação tinha o Bloco da Cacalhada, que invadia o Clube Paula Ramos e ganhava espaço na imprensa.

Parte desta história pode ser acompanhada no Blog da Amovim, desenvolvido por Áureo Junior, estudante de Comunicação Social e diretor de Eventos da Associação, localizada no bairro João Paulo.

Ano que vem a AMOVIM comemora 20 anos. Quem quiser conhecer mais um pouco: www.amovim.blogspot.com


Bookmark and Share

Bloco A Nossa Turma: ouça samba vencedor

07 de outubro de 2011 37

Em 2012, o chocolate é o enredo do Bloco A Nossa Turma.

O samba escolhido para desfilar na Passarela Nego Quirido é de autoria da parceria Conrado Laurindo e Fred Inpiração e Juninho Zuação.

Confira aqui

 


Bookmark and Share

Acadêmicos do Sul da Ilha: ouça o samba

01 de outubro de 2011 0
O blog recebe mais um samba que estará na Nego Quirido no desfile dos blocos.
 
Leia e ouça o samba oficial do Acadêmicos do Sul da Ilha para o Carnaval 2012.
 
Um romance celestial – o encontro do sol e da lua no carnaval
(Conrado Laurindo / Sequinho do Cavaco / Willian Tadeu)
 
 
É noite de magia
Estrelas no céu emolduram o amor
Um romance que o próprio Deus criou
Como a bela ave beija a flor
Um casal se apaixonou 
E a vida proibiu
A ira divina se revela
O sonho deixa a terra e vai morar no céu
Vai a noite, vem o dia
Eterna dança de paixão e fantasia
 
Divindades cultuadas, o poder da criação
Vem do alto uma luz de fascínio e adoração
Pra transformar segredos em sabedoria
E iluminar o homem que renascia
 
Imaginei, acreditei
O infinito conquistei
O meu futuro, o que será?
Feito o amor do astro-rei?
Sinto que minha alma enamorada está
Sou pierrô amante do luar
Toco em canção meu bem-querer
É paixão, um sentimento que não tem mais fim
Invade o peito e não cabe em mim
Ao ver brilhar você
 
Academia de samba raiz
O Sul da Ilha me faz feliz
Num céu azul, buquê de rosas pro meu par
Porque o sol hoje encontra o luar
Bookmark and Share