Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "homenagem"

Manezinhos

05 de maio de 2012 2

Sione de Jesus encaminha material de divulgação de mais uma edição do Troféu “Manezinho da Ilha”, comenda instituída em 1987, pelo Mané Maior Aldírio Simões, seu pai. Essa edição será especial, já que a comenda completa 25 anos.

O Comissão Permanente, que vem organizando este evento, para perpetuar a memória do criador do troféu, vem fazendo a escolha dos agraciados procurando agraciar pessoas e instituições que, de alguma forma, pautam sua conduta em defesa dos interesses da grande Florianópolis ou que possua raízes de cultura e tradições.

A entrega do Troféu será no dia 31 de Maio de 2012 (Semana em que se comemora o Dia Municipal do Manezinho), a partir das 20h, no Iate Clube Veleiros da Ilha – Prainha. 
INSTITUIÇÃO: GALERIA DA VELHA-GUARDA DA ESCOLA DE SAMBA OS PROTEGIDOS DA PRINCESA  

Conheça os agraciados:

HONORÁRIOS: AFFONSO GHIZZO NETO NAZARENO MARCINEIRO (Cel. Comandante Geral Policia Militar de SC)  

MANEZINHOS:
  01- ALZEMIRO LIDIO VIEIRA   02 – CARLOS ANTONIO DA SILVA (Carlinhos da Gráfica Natal)   03 – CARLOS CÉSAR VIEIRA (DUDA )   04 – CARLOS DAMIÃO   05 – PROF. DANIEL BARRETO   06 – DR. JAMIL CHEREM SCHNEIDER (Cardiologista)   07 – JOÃO NILSON ZUNINO   08 – JOÃO RAMOS DOS SANTOS (João do Balaio – Pântano do Sul)   09 – DR. JORGE MUSSI   10 – MANOEL HERCÍLIO MARCIANO (Deca Marciano – Sambaqui)   11 – MARCELA SILVA (Barraca do Futuro)   12 – DR. MÁRIO GONZAGA PETRELLI   13 – OSNI LISBOA (Santo Antônio de Lisboa)   14 – OSVALDINO CAMPOS (Abrãao)   15 – PADRE EDGARD   16 – VERA LÚCIA RODRIGUES (Cartório do Estreito)   17 – WAGNER DO AMARAL SEGURA (Músico)

Bookmark and Share

"Clara Guerreira"

06 de março de 2012 0

Que tal?

Não é uma boa opção para a noite de sábado?

Bookmark and Share

Preto véio

13 de maio de 2011 4

Hoje tem festa de preto véio nos terreiros. Lembranças do 13 de maio.

Na imagem, um grupo de rapazes brincando o Carnaval 2011 no Centro do Rio.

 

Bookmark and Share

Imagens

20 de abril de 2011 3

 

Florianópolis vive a 4ª Semana das Religiões de Matrizes Africanas (post abaixo). 

Uma exposição fotográfica será aberta às 18h30min na Câmara de Vereadores em homenagem a Pai Leco.

Pai Leco também tem sua imagem pintada, a exemplo de outros negros como Tide, Avez-Vous, Gentil do Orocongo, João Cândido, Antonieta de Barros, Mestre Dica e Cruz e Sousa, em um muro no Largo da Alfândega.

Durante a vida Pai Leco empenhou-se em manter a identidade religiosa africana viva e envolveu-se em ações pela igualdade racial e social.

A pintura no muro é assinada por vários artistas e a iniciativa da Coppir e CUFA.

 

 

 

Bookmark and Share

Nega Tide, "o boneco"

11 de janeiro de 2011 10

 

Dia 18 fará um ano que Nega Tide partiu. Hoje, seu nome foi mais uma vez lembrado.

De um lado, o filho André, o Deko da Tide. De outro, Paulinho Abrahan, o Boca, e Leonardo Garofallis, o Nado.

Reuniram-se para oficialmente conversar sobre a homenagem que o BeBo quer prestar para a maior passista da história de Santa Catarina.

- Estamos aqui para demonstrar o imenso carinho que temos por tua mãe, a nossa Tide, nossa amiga e companheira de tantos anos. Queremos que sua imagem se perpetue, da forma mais bonita possível. Sabemos que ela falava que não queria virar boneco, assim como eu, como ninguém quer, já que como ela amamos viver - disse Boca.

André ouviu atentamente as colocações dos diretores. Considerou uma justa homenagem e explicou os motivos que o fizeram declarar, anteriormente, que atendendo a um pedido da mãe, não permitiria:

- Qualquer coisa que seja feita para Nega Tide tem que estar à altura de Tide, de sua beleza, do que ela realmente representou.

André descartou que o motivo teria sido uma briga com alguém ligado ao BeBo:

- A Tide era brigona mesmo, brigava com meia cidade, mas por isso também era respeitada. A questão maior é que ela seja homenageada com algo bonito, bem feito, não apenas caricato. Minha mãe era crítica a alguns bonecos, achando que eles nem sempre lembram a pessoa.

Boca reconheceu que, diferentemente dos bonecos de Olinda que ficam muito próximos da fisionomia da pessoa, o BeBo busca uma ‘forma mais caricata’ e irreverente do personagem.

Boca, então, ofereceu a André a possiblidade de que ele escolha a foto mais expressiva da mãe, que decida sobre a roupa do boneco e que acompanhe o trabalho da confecção do ‘maricotão’ feito pelo artista plástico Alan Cardoso.

A conversa foi longa. Com muitas recordações das histórias engraçadas de Tide, de suas tiradas, das vezes que mandava Paulinho Abrahan e sua turma ‘catar coquinho’. Mas também lembraram que bastava o Carnaval se aproximar para ela se mexer…

 

“Quem cuida da imagem de minha mãe sou eu”

 

Na conversa, André disse saber que sua reavaliação sobre a homenagem vai render-lhe elogios e críticas.

Mas, como único filho de Tide, declarou:

- Hoje, quem cuida da imagem de minha mãe sou eu. Sei o quanto ela amava o Carnaval, e por mais que fechasse o pau com vocês era ali, e junto da Embaixada Copa Lord, onde nos últimos anos vivia o imenso prazer de sambar.

Por fim, disse ainda:

- Vocês me procuraram e vieram aqui conversar. Alguém pode até me criticar e insinuar que estou ganhando alguma coisa com isso, mas minha exigência é penas que Nega Tide seja representada de uma forma linda. Como quando era Rainha do Berbigão.

Por sinal, “hors concours”.

 

A blogueira acompanhou a aproximação dos diretores do BeBo com André da Tide, provocada por um comentário de Paulinho Abraham no blog em 24 de novembro.

O mesmo não foi publicado (a pedido do próprio Boca), mas desde então o assunto passou a ser motivo de conversa sobre o que pretendia o BeBo e quais eram os motivos de Deko.

Primeiro veículo a publicar que não haveria autorização para o boneco, agora o blog trouxe a notícia em primeira mão.

E que venha o Berbigão do Boca, com aquele que promete ser ‘o boneco’.

 

Bookmark and Share

Nega Tide terá boneco no Berbigão do Boca

11 de janeiro de 2011 3

Nega Tide será mesmo homenageada pelo Berbigão do Boca. Reunião, agora esta manhã, entre diretores do BeBo e André, o filho de Tide, chegou a um consenso.

A maior sambista de todos os tempos em Santa Catarina vai ter o seu boneco.

 O Blog Tamborim acompanhou a reunião e traz mais detalhes do que foi acertado, no próximo post.

Bookmark and Share

Resistência

20 de novembro de 2010 4

 

Celina Agostinho de Jesus, 73 anos, vai ser homenageada nesta noite.

Moradora do Morro da Queimada, área do Maciço do Morro da Cruz, é uma entre as 22 pessoas da comunidade e ligadas à cultura afrodescendente que serão lembradas neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. A data lembra Zumbi dos Palmares.

A festividade cultural faz parte de uma ampla programação que tem o Palácio Cruz e Sousa como principal palco.

Nascida em Tijucas, Celina subiu o morro onde criou os filhos, netos, bisnetos. É pobre, trabalhadora, analfabeta. Celina conta que ‘a vida foi meio dura, mas a gente resistiu e está aqui’.

Sua família faz parte dos 13% da população negra (preta e parda) de SC, conforme a Coordenadoria Municipal de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial (Coppir).

Gente que também teve a dureza da vida como parceira, mas que também resistiu e continua a resistir. Hoje, especialmente, comemora com música, dança, rezas.

Celina vai receber sua homenagem a partir das 20h, no Centro de Convivência da Queimada, em festa da Escola de Samba Mirim Mensageiros da Alegria.





Bookmark and Share

Negros

18 de novembro de 2010 7

 

Hoje, a partir das 17h, cerimônia de entrega do Troféu Homem e Mulher Negra 2010, na Câmara de Vereadores de Florianópolis. 

Homenagem tem relação com o 20 de Novembro, data que lembra a luta e a resistência de Zumbi dos Palmares.

Na lista muita gente ligada ao samba. Inclusive um ‘tamboringueiro’: André Calibrina. E outros que ‘desfilam’ aqui no blog, como Jandira, seu Lidinho, Lucinha, Márcio de Souza, Sabarah…

Parabéns a todos os homenageados. O troféu é uma iniciativa do vereador Marcos Aurélio Espíndola, o Badeko, e é concedido a mulheres e homens negros que se destacam em suas áreas de atuação.

A solenidade será seguida do lançamento da exposição da artista plástica Tercília dos Santos, na galeria de arte Martinho de Haro, na Câmara Municipal.

A imagem que ilustra o post é de uma ‘jovem parceria’ que começa a ser vista nos quatro cantos da cidade: ‘Vô Sabugo’ e Ryan.

Na viagem da filha Lissá, o músico Sabarah chamou para si a responsabilidade de cuidar do menino de quatro anos.

Exercício de atenção, carinho, educação, respeito. Principalmente, diz Sabarah, ‘ensinar a ele desde pequeno a preservar sua identidade’.

- Parceria das fortes - brinca Sabarah, o ‘vô Sabugo’ de Ryan, um dos homenageados da tarde, e também intérprete da Unidos da Coloninha.

 

Homenageados

Albeneir Marques Pereira (ex jogador de futebol)
Adilson Heleno (ex jogador de futebol)
Edson Aquino (Remo Martinelle - campeão mundial de remo)
Dirceu Oliveira (Remo Martinelle - campeão mundial de remo)
Wilson Rodrigues , o Sabarah (músico)
André Jesus Luiz dos Santos, maestro Calibrina (Orquestra Sinfônica das Comunidades)
Carlos Alberto de Maria (seu Terry – Copa Lord)
Lidio Augusto Costa (seu Lidinho - Copa Lord)
Francisco Carlos Silva (professor e diretor do Colégio Definição)
Rodrigo Cardozo (jornalista)
Madson Rodrigues (dentista)
Gilson Costa (contabilista)
Luis Carlos Aguiar (padre da paróquia de Forquilhinha)
Sinatra Carlos dos Reis (área social)
Márcio de Souza (vereador)
Jandira de Souza (Grupo Um Bom Partido)
Lucia Helena da Silva (Lucinha, Velha-Guarda da Coloninha, articuladora do grupo “Amigos da Tupinambá)
Tercília dos Santos (artista plástica)
Maria Aparecida Caitano (juíza do TRT)
Vera Regina C. Maria (jornalista, TV Câmara)
Neli Goes (professora)
Maria Teresinha Augustinho (provedora da igreja Nossa Senhora do Rosário)
Sara Regina Pereira Oliveira (modelo)

Bookmark and Share

Praça Mestre Dica

24 de março de 2010 9

Mestre Dica é nome de praça em Florianópolis. A inauguração foi ontem, no Continente. O lugar tem quadra para esportes, pista para caminhada, parquinho, mirante, área verde. Também conhecida como Praça do Canto, a área atende a uma população de 35 mil pessoas. Como o processo é de auto-gestão, a comunidade tem o compromisso de cuidar e ajudar a manter. Amigos e familiares de mestre Dica, que morreu no ano passado, estiveram presentes na homenagem ao ex-presidente da Unidos da Coloninha.

Bookmark and Share