Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Passarela"

Evandro Malandro na escola Amigos do Caramuru

02 de julho de 2012 38


Está aí: Evandro Malandro cantando o samba do Caramuru.



Bookmark and Share

Os Protegidos: canto, a estrela do ensaio técnico

23 de janeiro de 2012 46

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O canto, esse que tanto preoocupa a Os Protegidos da Princesa, na minha opinião foi a estrela da noite de domingo.

Fez bonito a escola a colocar, conforme cálculo de Valcione Furtado, coordenador de Harmonia, cerca de 600 componentes na passarela.

Comissão de frente – toda formada por homes -, casais de mestre-sala e porta-bandeira (inclusive da escolinha), passistas, alas coreografadas, baianas, crianças, Velha-Guarda, compositores…

Mas foi ao ouvir o samba, especialmente quando a bateria parava, que se percebeu algo diferente no ar. Ainda não é o suficiente, reconhem, mas muito mais próximo do ideal e do que em anos anteriores.

A Harmonia estipulou em 1h10mim a apresentação total. O desenho da escola mudou e ainda vai mudar mais, pois não é o definitivo. Existe uma preocupação: a Ala das Crianças, que por determinação do Juizado da Infância tem que vir no chão e não mais em carro.

Por falar em Ala das Crianças: o presidente Moacyr Gomes, o Cy, parecia uma delas. Foi junto da molecada que ele desfilou. Mostrou confiança no trabalho feito pela equipe – coordenação de todos os setores – e com um chapéu de caboclo na cabeça se deixou levar.

Furiosa: 27 tamborins no dia do desfile, ontem 24

Mestre Marcelo Dutra avaliou como muito bom o desempenho da Furiosa, onde disse ter tido 165 ritmistas e gostado do ritmo e afinação. Testou bossas, mas manteve em sete chaves a coreografia principal exaustivamente ensaiada em local fechada.

- Vou desfilar com 27 tamborins, três filas. Hoje tinha quatro, isso é muito bom. Cravamos 150 batimentos por minuto, do Centro Sul até o portão da dispersão.

Ensaio permite errar, experimentar, reconhecer o que deu certo e o errado. Na lista da escola, que assumidamente pelo seu presidente se prepara para “ganhar o Carnaval” deve constar a atenção com detalhes.

Ontem Nize teve problema com a sandália (novinha, mas que abriu) que precisou substituir por de uma pessoa próxima; enquanto que a cidadã-samba Julina não conseguiu ficar muito à vontade por causa que a parte de cima da roupa abriu. Foi sendo “socorrida” ao longo da passarela.

Ouvi de alguém:

- Joga esses olhos pra lá, olho gordo…

Abri o post falando da estrela da noite: o canto.

Mas merece registro outra que também brilhou: Winnie Lukeni da Costa, a madrinha da bateria.

Consulado deve ensaiar hoje

Não estive no ensaio do Copa Lord, no sábado. Mas soube que atrasou. A Os Protegidos também começou a apresentação faltando 10 minutos para as dez. Perguntei aos dirigentes da Liesf.

A resposta faz pensar: “a escola vem cedo, o público que demora”.

Aliás, o público foi muito bom ontem nas arquibancadas e camarotes.

Na programação da Liesf e Setur, a passarela volta a ser ocupada hoje. GRES Consulado tem ensaio marcado para a partir das 20h.

 

 

 

Bookmark and Share

Carnaval 2011: justificativas das notas

08 de março de 2011 111

Confira abaixo a justificativa das notas dos jurados do desfile das escolas de samba de Florianópolis no Carnaval 2011.

Mapa de Notas

Justificativas das notas dos jurados

• Bateria

• Samba-enredo

• Fantasia

• Harmonia

• Alegorias e Adereços

• Enredo

• Comissão de Frente

• Evolução

• Mestre-sala e Porta-Bandeira

Bookmark and Share

Nego Quirido em 360º

04 de março de 2011 0

Talvez você tenha passado batido e não percebido na capa do site.

Volte, olhe e clique. O efeito é bem legal.

Bookmark and Share

Ingressos para os desfiles: "falta marca d´água e outros itens de segurança", diz perito

02 de março de 2011 23

 

Para assistir ao desfile das escolas de samba na Passarela do Samba Nego Quirido os foliões já sabem que, todo ano, não escapam da disputa pelos ingressos, na fila.

Ontem, muita gente virou a noite à espera.

E tudo para sair com um frágil pedaço de papel na mão, que dá direito à entrada no palco da festa.
O comentário de um leitor, aqui no blog, fez pensar: o ingresso em papel é frágil demais.

O Jornal Hora de Santa Catarina gostou da pauta: pediu a um especialista para  analisar o ingresso entregue à população, ontem, observando os itens de segurança e a qualidade da impressão.

Conforme o perito criminal Arnaldo Ferreira dos Santos, “o porte do Carnaval de Florianópolis e o público esperado deveriam ser motivo aos organizadores para investir em alguns elementos de segurança no bilhete, como selo holográfico (espelhado) e marcas d’água”.

A falta deles facilita a cópia em qualquer impressora de qualidade, diz o perito criminal e grafotécnico e  membro efetivo do Instituto Brasileiro de Criminalística.O Hora tentou ouvir o secretário de Turismo Márcio de Souza, mas ele estava viajando. Foi indicada para falar Jaqueline Aranha, diretora da Secretaria Municipal de Turismo, que garante: quem tiver bilhete falsificado não vai conseguir entrar na passarela, por causa do forte esquema de conferência.


Como é o ingresso: 

Retangular, colorido e impresso em papel encerado, por empresa especializada e terceirizada
Tem as informações: data, horário, local, valor do ingresso e arquibancada escolhida
Tem o número do RG da pessoa que adquiriu o ingresso
Tem um código de barras exclusivo para cada bilhete
No verso, possui linhas onduladas e informações de segurança do evento, como o direto de pedir a identificação, por meio de um documento com foto, antes do folião entrar na passarela
Nas extremidades, possui picotes

O que diz o especialista:

O ingresso não tem selo holográfico, marca d’água (usada em cédulas de dinheiro) ou linha louca (que apaga ao ser aquecida e depois reaparece), que são elementos de segurança básicos contra falsificação
Pode ser reproduzido em uma impressora
As linhas do código de barras podem ser modificadas em programas de computador, inclusive o RG
O picote é de fácil reprodução 
O impresso não evita que os dados sejam alterados após uso de scanner
O texto com informações de segurança no verso desafia o falsário
A conferência do ingresso com o número de RG pode ter pouco rigor, por causa da quantidade de público

O que dizem os organizadores:

É impossível falsificar os ingressos
Este formato é utilizado em grandes shows musicais
Equipamento com 11 sensores de leitura magnética fará a conferência dos códigos de barras
O código de barras inibe a duplicidade (não pode ser registrada a entrada de duas pessoas com o mesmo código de barras)
O folião terá que apresentar o ingresso e um documento com foto, além de cruzar catracas duas vezes: ao entrar na passarela e ao acessar a arquibancada escolhida
Serão instaladas 35 catracas na passarela, cada uma com uma pessoa para conferir os bilhetes e seguranças
Caso seja constatada a falsificação, não entra

Dicas de segurança

Comprar o ingresso apenas em locais autorizados
Evitar adquirir com cambistas

 A foto que ilustra o post é da montagem das passarelas de metal, nesta manhã.

Bookmark and Share

O palco das surpresas...

25 de fevereiro de 2011 3

 

O palco está sendo montado.

Mas já dá para perceber que é maior do que o do ano passado.

Na noite desta sexta-feira, 10 candidatas vão desfilar nele na busca do sonho de se tornar Rainha do Carnaval.

Mas nem só para elas o palco foi pensado.

De Jaqueline Aranha, coordenadora do evento, agora à noite, na Nego Quirido:

- O Rei Momo Hernani Hulk, que está completando 25 anos de Reinado, merecia um palco deste. A homenagem feita a ele será emocionante.

Para lembrar: O reinado de Hulk comporta 25 Rainhas e 50 princesas, com a corte 2011.

Vamos esperar pelas surpresas que passarão por este palco.

Bookmark and Share

Camarotes: todos esgotados

25 de fevereiro de 2011 4

Todos os 39 camarotes para o carnaval de passarela do Carnaval Encantado foram arrematados, via internet, nesta quinta-feira. 

Os ingressos para arquibancadas começam a ser vencidos na terça-feira. Basta acessar o endereço eletrônico: www.carnavalencantado.com.br.

Ou se dirigir a um dos cinco  pontos fixos, que serão em breve divulgados pela Secretaria de Turismo.  

Fonte: Setur

Bookmark and Share

Carros no CentroSul: Coloninha na área

23 de fevereiro de 2011 3

 

Carros da Unidos da Coloninha já começaram a chegar na área do CentroSul.

É a escada rolante do shopping center no enredo sobre comércio e fases da economia.

Até o final de semana devem estacionar os carros de todas as escolas.

O lugar vai tomando aquela cara de Carnaval que a gente tanto gosta.

 

 

Bookmark and Share

Os Protegidos: chuva força ensaio reduzido

13 de fevereiro de 2011 20

Mais uma escola prejudicada pela chuva: Os Protegidos da Princesa fizeram ensaio reduzido na noite deste domingo, bem diferente do que havia sido planejado.

De acordo com Zeca Machado, presidente da Liesf, além do custo da estrutura montada como som e segurança, existe ainda dificuldades no calendário para transferência de datas.

O público foi menor do que no sábado, quando UIM e Copa Lord se apresentaram.

Mas com uma diferença: hoje começou a chover mais cedo, o que fez muita gente ficar em casa na expectativa do cancelamento ou não.

Bateria Furiosa se vestiu com a camiseta e roupa branca.

Quarta é na Praça XV

Expectativa da apresentação completa da Os Protegidos fica para quarta-feira, quando a escola se apresenta na Praça XV.

Compromissos da Bateria Show da Furiosa e evento da Velha-Guarda na sextra forçaram a antecipação do ensaio geral antes marcado para sexta-feira, 18. Além disso, o intérprete Alan também precisa estar no Rio de Janeiro para ensaiar com a Grande Rio.

Mas ainda restam duas oportunidades para ver a escola na Nego Quirido: dias 20 e 27,  a partir das 21h.

 

Bookmark and Share

Mestre Duda, da Copa Lord: "Se tem algo errado, a gente segura. Ensaio serve para isso"

13 de fevereiro de 2011 12

A lua apareceu quando a Embaixa Copa Lord entrava na Nego Quirido.

Sinal de que a chuva tinha dado uma ‘mãozinha’ para a escola e o ensaio em melhores condições enfentadas pela UIM. 

Apesar de se perceber a falta de componentes em alas como passistas, baianas e bateria (85 segundo mestre Duda), os que foram ao desfile não desanimaram. Componente cantou o samba, passista sambou e torcida aplaudiu.

Acredito que parte das ausências ocorre por causa do tempo ruim – comunidade perto faz com que as pessoas aguardem a chuva passar – e também por compromisso das pessoas aos sábados.

Assim foi o desfile, que se encerrou por volta da 1h.As

Veio da bateria Guerreira, a surpresa: mestre Duda sentiu problema causado pelo som – no ensaio não existem caixas e o som é do próprio carro – e decidiu fazer a escola segurar e voltar:

- Ensaio técnico é para isso. A gente precisa aproveitar se algo não estiver bem. Eu não vou perder a oportunidade, atá por haver tempo disponível – explicou Duda.

Ley Vaz, abaixo, veio à frente da escola:

- Sinto um clima muito bom na Copa Lord. Vocês podem ter certeza que a escola virá muito bonita. Muito bonita mesmo.

Bookmark and Share