Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Deu a lógica

20 de agosto de 2011 8
O Farrapos segue sem pontuar no Super 10. Hoje,  recebeu o São Paulo Athletic Club, dono de doze títulos do Campeonato Brasileiro, e não surpreendeu. O time chegou a largar na frente, mas não segurou a habilidosa linha dos paulistas, que fecharam o jogo em 25 a 16.
Mais uma vez, os gaúchos oscilaram bastante durante a partida. Sintoma da falta de experiência.
Mesmo assim, o primeiro ponto na competição esteve muito perto. Já nos acréscimos, Leonardo Scopel teve a chance de converter o try de Carlitos Baldassari (derrota por sete pontos ou menos garante um ponto). Mas, mesmo em uma distância em que geralmente converte, dessa vez desperdiçou.
A realidade tem sido dura não apenas para Scopel, que parece não ter a mesma naturalidade na hora das conversões. O clube vem sentindo na pele o preço por ter subido ao topo repentinamente.
Se até o Super 10 manteve-se invicto por 694 dias, depois de ter iniciado a competição nacional, já são três derrotas seguidas. Nada que cause espanto. Mas para não cair na primeira fase, terá que derrotar o hexacampeão Niterói, no dia 03 de setembro, fora de casa. Dentro do contexto atual, terá que remar contra a lógica.
SUPER 10
3ª rodada
Bandeirantes 42×10 Curitiba
Belo Horizonte 15×24 Pasteur
Rio Branco 15×3 Niterói
Farrapos 16×25 Spac
4ª rodada – 03/09
Desterro x Pasteur
Bandeirantes x Belo Horizonte
São José x Spac
Niterói x Farrapos

Comentários (8)

  • Nizman diz: 20 de agosto de 2011

    Leonardo “The Scope” Scopel não está mais tão preciso. Lamentos mil.

    Eis que complica-se a vida dos meninos na competição.

    Se Charrua ganhar a copa do brasil e julgo que irá, caberá a Farrapos ou BH duelarem pela ultima colocação do torneio e pela grata vaga na repescagem.

    Emoção sem limites.

  • Sereninho diz: 23 de agosto de 2011

    fiasco… “the scope” tremendo..

  • Federico Mendez diz: 23 de agosto de 2011

    O que mais me impressiona é a quantidade de cartões…pelo visto no Super 10 os árbitros não fecham os olhos para as infrações do Farrapos.

  • Tio Nestor diz: 23 de agosto de 2011

    É verdade amigo Federico. Com certeza um reflexo da disparidade entre a arbitragem dos campeonatos gaúchos e o campeonato nacional. Isso só mostra que o Rio Grande do Sul precisa desenvolver uma boa arbitragem também, afim de os jogadores daqui se acostumarem quando forem enfrentar árbitros mais rígidos.

    Abraços do Tio.

  • Giga diz: 23 de agosto de 2011

    Não costumo postar nada por aqui, mas tem coisas que me revoltam. É impressionante como as pessoas daqui deste estado querem que o rugby gaucho cresça, mas torcem tanto contra o Farrapos, clube que representa o estado no Super10 hoje.
    Acho que essas pessoas deveriam deixar a inveja de lado, largarem de ser mesquinhas e mediocres e começar a apoiar o único clube que representa nosso estado no super10. E que também torçam para o Charrua na Copa do Brasil para que no próximo ano, tenhamos 2 clubes gauchos no escalão mais alto rugby brasileiro.
    No mais, fica minha torcida para que a mentalidade dessas pessoas mude e, quem sabe, num futuro próximo o Rio Grande do Sul ter o melhor rugby do Brasil.

  • Diabo Verde diz: 24 de agosto de 2011

    Falem Mal…. Mas falem de mim.
    Espero que ano que vem tenha o Charrua também para dividir os comentários com o Farrapos. E Charrua tem tudo pra subir.
    E espero que daqui dois anos, tenha o San Diego também.
    O três, no mais alto nível do Rugby nacional. Na elite. Lá, onde não é pra qualquer um.
    Hoje só temos um, e torcendo pra que caia. Infelizmente.

  • Federico Mendez diz: 24 de agosto de 2011

    Em nenhum momento torci contra o Farrapos, muito pelo contrário. Só fiz uma alusão ao número de cartões, que fique claro !

  • Vagner diz: 24 de agosto de 2011

    O Farrapos é um time que ascendeu muito rápido e admiro muito sua posição no rugby tanto no estadual quanto no nacional. É um time que conseguiu apoio da sua cidade, coisa que infelizmente quase nenhum outro time no estado tem. E também conta com uma administração muito bem organizada. Com certeza todos gostaríamos que todos os times do estado estivessem em um só patamar, mas como em todo esporte, isso não é possível. Ficamos na torcida pelo Farrapos, Charrua, San Diego e tantos outros clubes que estão iniciando seus treinos e suas experiências a fim de um único ideal que é difundir o esporte no estado. Parabéns ao Farrapos e a todos outros clubes que de forma mais silenciosa ajudam para o desenvolvimento do Rugby no estado.
    Abraço a todos

Envie seu Comentário