Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Entenda tudo o que aconteceu no pedido de demissão de Fabinho Santos do JEC

18 de junho de 2017 2

IMG_3967

Minutos antes do anúncio da permanência do técnico Fabinho Santos (foto), o blog apurou que o Joinville pretendia fazer uma reunião nesta segunda-feira para avaliar a continuidade do comandante. Mas, no vestiário da Arena, tudo mudou. O próprio treinador surpreendeu o clube ao colocar o cargo à disposição. E, segundo o superintendente de futebol, Carlos Kila, houve unanimidade pela permanência de Fabinho Santos na direção do JEC.

— Perguntamos se ele sentia estar capacitado para dar a volta por cima com a equipe. Ele disse que sim, então, decidimos mantê-lo. No futebol, é preciso ter convicção. Nós temos convicção de que o trabalho é bem conduzido, apesar da falta de resultados — explicou Kila.

De qualquer maneira, a decisão do Joinville contraria o que desejava a torcida. Basta ver nas redes sociais como repercutiu negativamente a corajosa decisão – e aqui, não há julgamento se, apesar da coragem, ela foi correta ou não. Poucos clubes rejeitam pedidos de demissão de treinadores. O JEC fugiu uma tendência do futebol.

A direção sabe dos riscos e da pressão que sofrerá a partir de agora. E o torcedor pode ter certeza que não será um resultado negativo no próximo jogo o responsável por mudar esta convicção. De acordo com a linha de trabalho do JEC, a avaliação é feita em ciclos. Certamente, haverá uma reavaliação no fim do turno, mas esta análise não implica em mudanças. Ela será feita independentemente da situação da equipe na tabela.

Aprovação
Três jogadores saíram em defesa de Fabinho Santos e cumprimentaram a diretoria pela decisão: Renan Teixeira, Lúcio Flávio e Fernandinho. Segundo eles, não é o trabalho da comissão técnica que determina o momento ruim do Joinville na Série C. Os experientes jogadores assumiram a tarefa de ajudar o treinador a superar este momento ruim. Ganham ainda mais responsabilidade. Poderiam ter se eximido — como alguns fazem no futebol —, mas não fugiram da missão de assumir esta pressão a partir de agora.

Veja também
A análise de JEC 1 x 1 São Bento

Comentários (2)

  • Junvenal dos Santos Oliveira diz: 19 de junho de 2017

    O time do Jec é ruim demais!Trazem jogador ruim e querem que o Fabinho tire leite de Pedra. Manda embora quem contrata.

  • Paulo diz: 19 de junho de 2017

    O Fabinho não é o técnico de nossos sonhos, mas trocar o técnico no meio do campeonato e ainda, correndo o risco de trazer outro pior, não é a solução.
    Não podemos esquecer que o JEC já cometeu erros terríveis na contratação de técnicos.

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: