Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Com Guto, Bahia tem o quarto melhor desempenho da Série B

30 de agosto de 2016 0
Guto Ferreira estreou na 12ª rodada pelo Bahia - Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Guto Ferreira estreou na 12ª rodada pelo Bahia – Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Se com Lisca o JEC ocuparia uma hipotética sétima colocação considerando a classificação apenas dos últimos sete jogos, o Bahia demonstra, no mesmo período, um desempenho ainda melhor. Nos últimos sete jogos, acumulou 11 pontos e ocuparia a terceira colocação. E só no período que Guto Ferreira assumiu o Bahia, o time é o quarto, com 14 pontos, um a menos do que o líder deste período.

JEC tentará quebrar tabu contra o Bahia

29 de agosto de 2016 0
No turno, Bahia, de Luisinho, venceu por 1 a 0 - Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

No turno, Bahia, de Luisinho, venceu por 1 a 0 – Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

No entanto, para vencer, o Joinville terá de quebrar um tabu histórico. Segundo o estatístico Anderson Miranda, o Tricolor nunca ganhou do Bahia. Até hoje, os times se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias do Bahia e dois empates. O detalhe que traz esperança é que apenas um destes cinco jogos aconteceu em JEC, em 1978, quando os rivais empataram por 2 a 2.

Adversário do JEC nesta terça, Bahia não tem bons números como visitante

29 de agosto de 2016 0

Edigar Júnio (centro) é um dos atacantes do Bahia – Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Apesar dos bons números no returno – são dois jogos e duas vitórias, com seis gols marcados e nenhum sofrido –, o Bahia não acumula bons números como visitante. A equipe de Guto Ferreira é apenas a 15ª colocada na classificação que considera apenas os pontos fora de casa. Em dez partidas, foram duas vitórias, dois empates e seis derrotas. O Bahia só venceu Goiás e Avaí, justamente quando não sofreu gols. Ou seja, se marcar, o JEC tem boas chances de ganhar.

JEC tem desfalques e novidades na lista de relacionados. Confira

29 de agosto de 2016 1
Fernandinho está fora da lista de relacionados do JEC para o jogo - Foto: Rodrigo Philipps

Fernandinho está fora da lista de relacionados do JEC para o jogo – Foto: Rodrigo Philipps

As ausências do goleiro Jhonatan e do lateral-esquerdo Fernandinho, lesionados, são as grandes novidades da lista de relacionados do técnico Lisca, que incluiu 23 jogadores para o confronto diante do Bahia. Com as perdas, voltaram a aparecer os volantes Luis Meneses e Tinga e o meia Juninho. O jovem goleiro Matheus também ganhou vaga no banco de reservas.

Lista para a partida contra o Bahia

  • Goleiros: Samuel e Matheus.
  • Zagueiros: Jaime, Fabiano Eller e Danrlei.
  • Laterais: Everton Silva, Diego e Reginaldo.
  • Volantes: Naldo, Paulinho Dias, Kadu, Luiz Meneses, Tinga e Bertotto.
  • Meias: Bruno Ribeiro, Bruno Farias, Carlos Alberto, Juninho e Thomás.
  • Atacantes: Giva, Heliardo, Jael e Fernando Viana.

Ex-jogador do JEC volta a treinar no clube e pode até ficar

29 de agosto de 2016 0
Atacante participou do treino desta segunda-feira - Foto: Maykon Lammerhirt

Atacante (centro) participou do treino desta segunda-feira – Foto: Maykon Lammerhirt

O atacante Aldair foi uma das novidades do treino desta segunda-feira do JEC. Destaque no Campeonato Catarinense pelo Camboriú, onde fez seis gols, o jogador teve um acerto encaminhado com o Criciúma, que não aconteceu. Depois, se transferiu para a Coreia, mas retornou por não ter se adaptado.

Por enquanto, segundo o Joinville, Aldair apenas aprimora a condição física no clube – e treina no Tricolor a pedido do empresário. No entanto, existe a possibilidade de ele ficar no clube. A definição sairá a partir de uma avaliação da comissão técnica.

Definido apito para JEC x Bahia

29 de agosto de 2016 1
Vinicius apitou dois jogos da Série B nesta temporada

Vinicius apitou dois jogos da Série B nesta temporada

Vinicius Gonçalves de Araújo, árbitro da Federação Paulista de Futebol, será o comandante do duelo entre Joinville e Bahia, nesta terça, às 19h15, na Arena. Ele terá como assistentes Fabrício Porfirio de Moura e Leandro Matos Feitosa, dupla também da Federação Paulista. Esta será apenas a terceira partida de Vinicius na Série B.

Na sexta-feira, o JEC esteve na sede da CBF e visitou o presidente da comissão de arbitragem da entidade, Sérgio Corrêa, pedindo mais atenção dos árbitros nas partidas do JEC e apitos mais experientes. A preocupação que fica é que Vinicius é outro árbitro sem muitos jogos na Série B que estará em campo contra o JEC.

JEC repete promoção de ingressos nesta terça

29 de agosto de 2016 0
JEC esper por mais torcedores nesta terça - Foto: Rodrigo Philipps

JEC espera por mais torcedores nesta terça – Foto: Rodrigo Philipps

Empolgada pela vitória diante do Criciúma, a direção do Joinville prepara uma promoção de ingressos para a partida de amanhã contra o Bahia. A ideia é a mesma do jogo diante do Luverdense: sócio paga R$ 10 para o ingresso do setor correspondente à sua associação e os não sócios pagam R$ 20, mas precisam estarem vestidos com a camisa do JEC (treino, jogo ou polo) para validar o ingresso no acesso à Arena.

Os bilhetes para os sócios só serão vendidos na Toca do Coelho da Arena Joinville, no setor dos sócios. Para os não sócios, os ingressos estão à disposição na Arena e também na loja do Shopping Mueller. As vendas começaram nesta segunda pela manhã. O JEC espera, pelo menos, seis mil torcedores – se o tempo colaborar.

Confira a análise de Criciúma 0 x 1 JEC

27 de agosto de 2016 1
JEC cumpriu missão de não sofrer gols em Criciúma - Foto: Caio Marcelo/Especial

JEC cumpriu missão de não sofrer gols em Criciúma – Foto: Caio Marcelo/Especial

O Joinville conquistou tudo o que procurava na noite desta sexta-feira, em Criciúma: vencer fora de casa; não sofrer gols; e bater um rival tradicional na Série B.

O resultado precisa ser ainda mais valorizado porque o Criciúma testou a defesa do JEC de todas as maneiras. Foram inúmeros cruzamentos para a área, justamente apostando nas falhas da equipe que aconteceram diante de Oeste, Vila Nova e Luverdense.

Tomou alguns sustos, é verdade. Raphael Silva ganhou de Fabiano Eller de cabeça no primeiro tempo e levou perigo. De cabeça também Diego Giaretta e Roberto acertaram a trave. No entanto, o Joinville atingiu o objetivo. Não sofreu gols. O adversário, jogando em casa, e lutando pelo G4 vai ter chances sim. Ninguém consegue ter 90 minutos de intensidade. Talvez seja preciso apenas tentar bloquear mais estes cruzamentos, que continuam levando perigo pelos lados.

Para a atuação ser praticamente perfeita faltou um melhor capricho nas finalizações e o acerto final no contra-ataque, especialmente no segundo tempo, quando a produção ofensiva diminuiu bastante. No primeiro tempo, o JEC teve duas chances claras com Jael (numa saiu o gol); uma com Danrlei e outra com Bruno Farias. Para quem era visitante, a produção foi boa.

E se na última análise o blog avaliava que o os gols sofridos eram um problema, nesta sexta-feira a produção ofensiva mostrou que continua crescendo. Com Lisca, o Joinville só não marcou diante do Bragantino e do Oeste. Ou seja, em sete partidas, balançou a rede em cinco. E, finalmente, venceu fora de casa, com uma boa atuação, algo que não tinha ocorrido contra Bragantino e Vila Nova.

O primeiro passo foi conquistado. Resta agora conseguir o segundo: a sequência de vitórias. Só ela será capaz de tirar o JEC desta situação. Por enquanto, o Tricolor ganhou cinco partidas na Série B, mas em nenhuma ocasião conseguiu ter dois triunfos consecutivos. Esta é a missão para o duelo contra o Bahia.

Resposta

Ainda que num tom moderado, o técnico Lisca falou na entrevista como um resposta às divergências com a imprensa (inclusive com o blog) nesta semana. Desnecessário, embora ele tenha este direito. Não é preciso concordar. Mas esta vitória é a melhor resposta que ele poderia dar. São os resultados em campo que irão credenciar o trabalho dele.

No entanto, este é um passo. Falta muito a ser feito e construído. O Joinville vai precisar de mais tempo para deixar a zona do rebaixamento. E é só lá que virá a resposta definitiva, quando a equipe ficar na Série B.

Além disso, basta olhar outras análises do blog nos jogos anteriores para ver os elogios que Lisca recebeu. Os pedidos e as cobranças de mais mobilização da diretoria, do conselho e da cidade em torno do JEC. Ou seja, não há ambiente supernegativo.

É momento para esquecer de vez este aborrecimento, afinal, a reação à primeira crítica veio como se ela estivesse desestruturando a construção da comissão técnica. Não é isso, nem será. Cobrar e exigir é o mínimo para profissionais que passam pelo clube e têm boas condições e salários para exercer o trabalho — assim como aconteceu com Hemerson Maria, PC Gusmão, Adilson Batista e outros.

E a exigência tem que existir, afinal, se o Joinville for rebaixado, quem estará cobrindo o JEC, seja qual for a série (como já aconteceu), será o blog. Quem estará apoiando o time, serão os torcedores. Então, quem mais quer o JEC numa boa condição são as pessoas que vivem em Joinville.

E, certamente, estas pessoas não trabalham para criar clima e ambiente supernegativo. Mas a análise (com cobranças e elogios) só terminam após o fim do campeonato. Se o desfecho for bom para o Joinville, certamente, diante do difícil cenário, virão mais elogios.

Definido o apito para Criciúma x JEC

25 de agosto de 2016 2
Célio Amorim apareceu em segunda escala do jogo - Foto: Cristiano Estrela/Agência RBS

Célio Amorim apareceu em segunda escala do jogo – Foto: Cristiano Estrela/Agência RBS

Célio Amorim será o árbitro da partida entre Criciúma e Joinville. Ele terá como assistentes Rosnei Hoffmann Scherer e Clair Dapper. Célio Amorim apareceu numa segunda escala. Na primeira, Péricles Bassols seria o árbitro, mas ele foi chamado para apitar uma partida da Copa Sul-americana.

Confira a lista de relacionados do JEC para a partida contra o Criciúma

25 de agosto de 2016 0

A lista de relacionados do JEC para a partida de desta sexta-feira, contra o Criciúma, teve algumas mudanças. As novidades foram as inclusões do lateral-direito Everton Silva; e dos meias Carlos Alberto e Thomás. Por outro lado, quem perdeu espaço em relação ao jogo contra o Luverdense foram os volantes Tinga e Luis Meneses e o meia Juninho. Ligger, lesionado, também saiu.

Lista de relacionados para a partida desta sexta
Goleiros: Jhonatan e Samuel.
Zagueiros: Jaime, Fabiano Eller e Danrlei.
Laterais: Everton Silva, Diego, Fernandinho e Reginaldo.
Volantes: Naldo, Paulinho Dias, Kadu e Bertotto.
Meias: Bruno Ribeiro, Bruno Farias, Carlos Alberto e Thomás.
Atacantes: Giva, Heliardo, Jael e Fernando Viana.