Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

E os valores?

20 de janeiro de 2017 0
Torcida só saberá os valores na segunda - Foto: Rodrigo Philipps

Torcida só saberá os valores na segunda – Foto: Rodrigo Philipps

O Joinville ainda não definiu os valores dos ingressos para as partidas do Campeonato Catarinense e para o jogo único na primeira fase da Primeira Liga contra o Cruzeiro. Segundo o presidente Jony Stassun, reunião na segunda-feira irá determinar os valores – é provável até que a discussão seja levada ao conselho deliberativo, no encontro que ocorrerá no mesmo dia, às 19 horas, na Acij (leia mais da reunião aqui).

Mais cedo

20 de janeiro de 2017 0
JEC venceu o mesmo rival em 2016, na Arena - Foto: Rodrigo Philipps

JEC venceu o mesmo rival em 2016, na Arena – Foto: Rodrigo Philipps

A CBF confirmou uma mudança no jogo do JEC pela Copa do Brasil, contra o Comercial-MS, em Campo Grande (MS). A partida antes marcada para o dia 15 de fevereiro, às 21h30, agora irá ocorrer no mesmo dia, mas à tarde, às 17 horas. O pedido de alteração partiu do próprio Comercial-MS devido à impossibilidade de realizar jogos noturnos no Estádio Jacques da Luz.

Vale lembrar que o duelo entre Comercial-MS e Joinville no dia 15 de fevereiro já irá definir o classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. O Tricolor poderá jogar pelo empate para avançar. Se for derrotado, estará eliminado. Neste ano, as duas primeiras fases da Copa do Brasil são disputadas em jogo único. Por isso, qualquer erro pode significar uma queda precoce.

Série C pode mudar

20 de janeiro de 2017 0
Em 2011, JEC foi campeão com outro regulamento - Foto: Cleber Gomes

Em 2011, JEC foi campeão com outro regulamento – Foto: Cleber Gomes

A Série C pode ter mudanças em seu regulamento nesta temporada. Desde 2012, a competição é disputada em dois grupos com dez clubes cada – o grupo Norte/Nordeste/Centro-oeste e o grupo Sul/Sudeste. Os quatro primeiros de cada chave avançam para as quartas de final e os vencedores do primeiro duelo desta fase de quartas de final estão promovidos à Série B.

Agora, a ideia é ter a segunda fase com octogonal em pontos corridos, em turno e returno – acabando com o mata-mata. Os maiores defensores deste regulamento são os clubes do Nordeste – em especial, o Fortaleza, derrotado nos quatro mata-matas que disputou desde 2012. A CBF vai definir o regulamento em reunião no dia 30 deste mês.

Alguns veículos do Nordeste chegaram a divulgar que a Série C seria alterada desde a primeira fase, com quatro grupos de cinco equipes, nos quais apenas dois times avançariam para este octogonal. Neste caso, os finalistas fariam 22 jogos e os eliminados na primeira fase apenas oito partidas. No atual regulamento, são, pelo menos, 18 partidas. Se a divisão de grupos for mantida em duas chaves de dez e houver o octogonal, os oito finalistas farão 32 partidas.

O Joinville também é a favor da fórmula com duas chaves de dez clubes e octogonal na reta final. Evitar o risco do mata-mata dá mais condições de planejar a equipe. O JEC, por sinal, disputou, subiu e foi campeão da Série C em 2011 em regulamento diferente. Na época, eram quatro chaves com cinco equipes – duas avançavam. Na segunda fase, novo quadrangular. Os dois primeiros subiam e campeões dos grupos decidiam o título.

Ao lado do JEC

20 de janeiro de 2017 0

00c19aea00c19ae8

O jornal “A Notícia” vai reafirmar o compromisso de estar ao lado do JEC no momento de reconstrução do clube. Na próxima quinta-feira, na primeira partida oficial do Tricolor na temporada, diante da Chapecoense, em Chapecó, pela Primeira Liga, “AN” estampará sua marca na camisa do JEC como um dos patrocinadores do clube. A marca estará nas costas, acima do número.

— Como jornal de Joinville, temos que sempre estar apoiando o JEC. É uma honra fazer parte desta parceria, principalmente porque a história do JEC e do AN sempre caminharam juntos — afirmou o gerente comercial de A Notícia, Sandro Steuernagel.

A reunião do conselho

19 de janeiro de 2017 0
Nomes dos novos diretores serão confirmados em reunião do conselho na segunda-feira - Foto: Divulgação/JEC

Nomes dos novos diretores serão confirmados em reunião do conselho na segunda-feira – Foto: Divulgação/JEC

Na próxima segunda-feira, na Acij, a partir das 19 horas, o conselho deliberativo do Joinville volta a se reunir para oficializar novidades importantes. Por parte da diretoria executiva, serão apresentados os novos diretores do clube, já noticiados pelo blog (leia aqui) – Cristian Bonezzi (marketing), Alexandre Poleza (finanças), Vilfred Schapitz (administrativo) e Roberto Pugliese Júnior (jurídico).

Além destas apresentações, a diretoria executiva mostrará ao conselho o plano de ação para a temporada de 2017, inclusive com detalhes do orçamento do JEC para o ano. O calendário anual de reuniões do conselho – que deverão ocorrer mensalmente – será outro item da pauta.

Para os torcedores, uma mudança significativa permitirá a abertura do conselho. A ideia é criar os conselheiros de classe U e classe S. Os conselheiros de classe U pagarão R$ 250 para poder participar – hoje, o valor é de R$ 500. Além disso, terão direito a uma cadeira. Já os conselheiros da classe S serão sócios, que continuarão pagando suas mensalidades, sem reajuste, mas conseguirão acesso ao grupo se candidatando ao posto.

Para ser um conselheiro da classe S, os sócios terão de atender à resolução que será oficializada pelo clube na próxima semana. O principal item é contar com o apoio de, pelo menos, cem sócios. O que o conselho do JEC quer é que estes conselheiros especiais representem, de fato, um grupo de sócios do Joinville. No momento, serão três vagas para os conselheiros classe S. Se o conselho deliberativo chegar a cem membros, mais duas vagas da classe S serão abertas.

Para dar liberdade aos conselheiros – nas discussões e nas votações das deliberações – a reunião da próxima segunda-feira será fechada para a imprensa. No último encontro, em dezembro do ano passado, a imprensa teve acesso. O entendimento é de que os jornalistas poderiam constranger alguns conselheiros transmitindo as discussões e deliberações em tempo real.

12ª contratação

19 de janeiro de 2017 1
Renan esteve no Tupi-MG na temporada passada - Foto: Assessoria do JEC/Divulgação

Renan esteve no Tupi-MG na temporada passada – Foto: Assessoria do JEC/Divulgação

O Joinville anunciou a contratação do volante Renan Teixeira, 31 anos, que esteve no Tupi-MG na temporada passada, clube pelo qual fez 21 partidas na Série B. O jogador terá a missão de substituir Naldo, emprestado até o fim do ano para a Ponte Preta.

No JEC, Renan terá contrato até o fim do Campeonato Brasileiro. O jogador foi revelado pelo São Paulo e passou por grandes equipes como Cruzeiro, Atlético-MG, Vitória e Sport, além de duas passagens pelo futebol português. No ano passado, chegou a enfrentar o JEC pela Série B, defendendo as cores do Tupi-MG.

Em 2012, chegou a marcar um gol na Arena na vitória do Atlético-PR sobre o Joinville por 4 a 1 na primeira rodada da Série B. Em entrevista à assessoria de imprensa, o jogador falou da expectativa de atuar pelo JEC.

— Sei das dificuldades que o time e a torcida passaram recentemente, mas chego para ajudar a colocar o Joinville novamente na Série B. Espero que eu possa contribuir muito dentro e fora de campo para conseguirmos os nossos objetivos.

Renan Teixeira é a 12ª contratação do JEC nesta temporada.

Festa na quinta

18 de janeiro de 2017 1
Camisa 3 será utilizada no Catarinense e na Primeira Liga - Foto: Divulgação/JEC

Camisa 3 será utilizada no Catarinense e na Primeira Liga – Foto: Divulgação/JEC

É nesta quinta-feira, a partir das 20 horas, na Yelo Stage, a festa de lançamento das novas camisas do JEC. Além da apresentação das novas peças, a Vou no Jogo, empresa responsável pelo marketing tricolor, confirmou que haverá assinatura de contrato de patrocinadores e sessões de fotos com alguns jogadores. Até o fim da tarde de quarta, quase 150 camisas tinham sido vendidas para sócios.

Como a expectativa era de 500 sócios na festa e os números não tinham sido atingidos, a direção do JEC mudou de ideia e resolveu abrir a festa para não-sócios. Eles também podem comprar a camisa de maneira antecipada no site do clube. A diferença entre estes torcedores e os sócios está no valor da peça. Sócios pagam R$ 119,90. Os não sócios vão pagar R$ 149,90.

Diretoria do JEC definida

18 de janeiro de 2017 0
Vilfred está de volta ao JEC - Foto: Divulgação/Roberto Dias Borba

Vilfred está de volta ao JEC – Foto: Divulgação/Roberto Dias Borba

Após a confirmação de Alexandre Poleza, como diretor financeiro, e Roberto Pugliese Júnior, como diretor jurídico, o presidente Jony Stassun irá anunciar até o fim da semana (ou na reunião do conselho deliberativo, na segunda-feira) os nomes de Cristian Bonezzi e Vilfred Schapitz como novos diretores do clube. Cristian irá assumir a área de marketing e Vilfred será o diretor administrativo do Tricolor.

Cristian tem bons serviços prestados ao clube por meio das parcerias que conseguiu com a AmBev e recentemente no trabalho realizado pela comissão de marketing do conselho deliberativo. Vilfred estava no JEC desde 2008. Trabalhou na área financeira, nas categorias de base, no patrimônio, e chegou a ser vice-presidente. Traz a sua experiência na administração para auxiliar o clube. Ganha o JEC com estes dois nomes.

O único cargo que ainda não foi preenchido na diretoria do JEC é o de diretor de futebol. O presidente Jony Stassun confirmou que pretende ter alguém para exercer esta função. O grande problema é encontrar alguém na cidade que possa exercer esta função. Nos últimos anos, só o ex-presidente Nereu Martinelli ocupou o cargo. A volta dele até foi cogitada por alguns conselheiros.

O grande problema é que Nereu Martinelli não tem demonstrado interesse em voltar ao JEC. O presidente Jony Stassun até gostaria de ter o apoio do ex-dirigente, mas isso dificilmente ocorrerá.

Fechado!

18 de janeiro de 2017 0
Grupo do JEC já teve 11 contratações - Foto: Divulgação/JEC

Grupo do JEC já teve 11 contratações – Foto: Divulgação/JEC

No fim do jogo-treino de quarta, o superintendente Carlos Kila confirmou a contratação do volante que chegará para substituir Naldo, negociado com a Ponte Preta. O dirigente não confirmou o nome do atleta porque o aguardava até o começo da noite de quarta, em Joinville. Se tudo correr bem, o jogador deve ser anunciado oficialmente durante esta quinta ou na festa de lançamento dos novos uniformes do JEC, na Yelo Stage

Melhorou, mas é preciso evoluir mais

18 de janeiro de 2017 0
JEC, de Fabinho Alves, ainda precisa de ajustes para ser competitivo - Foto: Divulgação/JEC

JEC, de Fabinho Alves, ainda precisa de ajustes para ser competitivo – Foto: Divulgação/JEC

O jogo-treino desta quarta, em Quatro Barras (PR), entre Paraná e Joinville, foi bem melhor em relação à partida do sábado passado, no CT do Morro do Meio. Sem tanto calor, as equipes se soltaram em campo. Um reflexo desta situação foi a quantidade de gols — o placar terminou com 3 a 2 para o Paraná.

No lado do JEC, a movimentação foi melhor, houve bastante posse de bola, mas ela não chegou a ser tão produtiva. Algumas chances de gol apareceram — principalmente com Ciro, na primeira etapa. Faltou ainda uma participação melhor dos laterais para que os trabalhos dos pontas também melhorasse.

Quem se destacou foi Lúcio Flávio. É dele que vem a qualidade do Joinville. Do meia, veio a cobrança de falta perfeita para o gol de cabeça de Danrlei.

Neste momento, fica fácil perceber que o Joinville tem dificuldades na saída de bola e está dependente das bolas paradas. Em resumo: será preciso melhorar a dinâmica ofensiva do time.

Até a estreia na Primeira Liga, o técnico Fabinho Santos terá tempo para buscar estes ajustes. Nesta quarta, mexeu na equipe que jogou com maior frequência nos coletivos — Roberto e Alex Ruan começaram nas vagas de Luiz Meneses e Juninho. A dúvida é o primeiro volante e a ponta esquerda.

O treinador também deu indícios de que pode mexer no comando do ataque. A saída de Ciro no intervalo da partida chamou a atenção por ser a única troca no começo do segundo tempo.