Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Equipe de Bento Gonçalves reforça elenco para Gauchão de futebol americano em 2016

18 de agosto de 2015 10

O Snakes, de Bento Gonçalves, realizou sua seletiva no último dia 16 de agosto e apresentou uma lista de 35 novos componentes para reforçar sua equipe.

Foto: Igor Rosa

Foto: Igor Rosa

A preparação do time da serra para o Gauchão 2016 segue intensa desde a concepção da equipe em outubro de 2014. Os treinamentos e estruturação de uma diretoria ocorreram em paralelo com a compra dos equipamentos. Ou seja, a equipe não quer perder tempo.

>> Veja a página oficial do Bento Gonçalves Snakes no Facebook

BGSnakes

Foto: Igor Rosa

Com os 35 novos componentes, a intensão da equipe é fechar o grupo para a disputa do regional do próximo ano. Atualmente, o Snakes conta com 40 atletas já equipados e apresentou seu novo uniforme no começo deste mês.

“A expectativa é das melhores! Estamos trabalhando para deixar o time mais preparado possível. Em cinco meses, treinando apenas aos domingos a evolução é muito grande. A partir do mês passado estamos treinando também nas terças e quintas à noite”, disse o Head Coach, Gustavo Rech, ao blog Touchdown Gaúcha. 

>> Vídeos promocionais da NFL aumentam expectativa para temporada

11846687_930469453658960_23633888163562187_n

Comments

comments

Comentários (10)

  • Carlos A.L. Otero diz: 18 de agosto de 2015

    Quem está financiando toda essa mídia no “futebol” americano no RS? Não é por que acho um esporte ridículo (minha opinião), é por que ninguém acompanha, fala, sabe nada! A mídia que estão dando é totalmente desproporcional ao interesse do leitor, comparado com esportes olímpicos, por exemplo, que são do gosto do brasileiro. Deve ter alguém muito interessado em criar mercado por aqui…

  • becker diz: 18 de agosto de 2015

    Acho que os caras de Bento Gonçalves bem esforçados , mas como todo sempre nada dá certo no esporte, por falta de apoio..futebol…não dá…vôlei..também não..nunca ganharam nada..vamos torcer..será que é o futebol da bola oval?? Boa sorte!!

  • Adelar(Bento Gonçalves) diz: 18 de agosto de 2015

    Parabéns pela resposta a altura Renan Jardim, o Carlos deve ser daqueles que preferem ver noticias ou postagens de assaltos, assassinatos, acidentes, tragédias……ou é antiamericano como Fidel, Chavez e outros……esporte e boas ações merecem divulgação sempre.

  • C.A.L.Otero diz: 18 de agosto de 2015

    Renam – honestamente não pensei no sentido que estas sugerindo, mas simplesmente de que há interesse em criar mercado. Sobre os números que comentas, confirma que é um número ínfimo de gente envolvida. Somente no meu bairro em POA deve deve ter esse número de pessoas que esticam a rede para jogar vôlei ou basquete, certamente em nível bem mais alto do que o futebol americano, relativamente falando.

  • C.A.L.Otero diz: 18 de agosto de 2015

    5 horas da matéria publicada e 5 comentários, todos sobre o meu post. Confirmo o que disse, não tem público, mas deixo pra que cada um intérprete e que o site faça o que bem queira. O comentário não foi agressivo, mas um questionamento que parece foi levado quase para o pessoal. FUI!

  • Kleber Colla diz: 18 de agosto de 2015

    Querido Carlos Otero. Gostaria de te convidar pra participar apenas de UM treino de qualquer time de FA do RS e eu aposto que tu vai passar vergonha perto dos caras que jogam na linha e pesam 150kg. O futebol americano tem o poder de mudar vidas, é um esporte inclusivo, qualquer um pode jogar. Já vi pessoas sedentárias se tornarem atletas por causa deste esporte. Se você não gosta do esporte, tudo bem. Eu também não gosto de muitos esportes, mas acompanho igual e tento apoiar, não fico achando defeito que nem tu fizeste aqui. Por favor deixe as pessoas trabalharem em prol de fazer algo diferente e fazer as coisas acontecerem. São pessoas que tiram a bunda do sofá pra fazer a diferença. Não sei o que você faz da vida, mas tenho certeza que não faria metade do que as pessoas fazem por esse esporte. Forte Abraço.

  • Gustavo Rech diz: 18 de agosto de 2015

    O espaço que a Gaúcha e outros veículos de comunicação dá ao futebol americano é muito importante para os clubes. Só quem faz o FA sabe a dificuldade que é manter um time com 40/50/60 atletas. Renan, você e a equipe do TD Gaucha estão de parabéns por acreditar no esporte coletivo que mais cresce no Brasil. Sua pontuação na resposta acima é perfeita. Forte abraço!

  • Evânio diz: 19 de agosto de 2015

    O espaço sim, é muito importante para o crescimento do esporte no RS. E não há apenas este espaço. Há outros. Logo, digo ao Carlos Otero. Busque se informar mais ou não leia as notícias deste espaço. Se acha ridículo, vai ler outra coisa que te interesse. Deixe este espaço para quem curte. A pior coisa que tem é gente mal informada.

  • Paulo Rysdyk diz: 19 de agosto de 2015

    Normalmente não comento reportagens ou matérias, mas faço questão de dar minha opinião aqui.

    Não sei quantas pessoas mais o fazem, mas eu acompanho regularmente as postagens do TD gaúcha. Simplesmente gosto desse esporte e tenho interesse em saber o que está acontecendo, principalmente, em relação à evolução do esporte no RS e no Brasil.
    Já tive até vontade de jogar, mas não há nenhum time perto de onde eu moro e que justifique meu esforço contra o sedentarismo. (:P)

    Bom, com referência ao interesse ‘diminuto’ no esporte citado pelo Carlos, eu discordo. Acho que muito mais gente discorda. A quantidade de pessoas que assiste futebol americano aqui no Brasil é gigantesca. Basta olhar os tópicos mais comentados do twitter em dias de jogo. Normalmente os nomes dos times da NFL acabam aparecendo entre os primeiros.

    Digo mais: Futebol americano é muito mais interessante do que, por exemplo, vôlei ou basquete. Eu gosto e assisto qualquer esporte que estiver passando na TV (gosto até de curling), mas sempre dou preferência ao futebol americano.

    Apóio, e muito, o blog Touchdown Gaúcha. Apoiaria também se existissem blogs na emissora que falassem de outros esportes. Acho que, entre outros objetivos, é para isso que a mídia está aí.

    Abraço

Envie seu Comentário