Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mercado de treinadores aqueceu o inverno gaúcho em 2016

01 de julho de 2016 1

13239236_489895321196460_756514644920027569_n

O futebol americano cresceu e não importa quantas vezes eu comece um texto com essa frase, eu sempre vou me orgulhar disso. Bom, com o crescimento do esporte, algumas variáveis também aparecem, como a melhor dedicação dos treinadores ena busca pelo aperfeiçoamento de seus trabalhos. Não podemos negar que estamos vivendo o nosso melhor momento em 2016 e acho que ao menos para os gaúchos, o inverno ficou aquecido com a movimentação de técnicos no nosso mercado.

::”A noite que não teve fim” – Soldiers campeão do Gigante Bowl

Mudanças são normais e todos os anos acabamos sendo surpreendidos, já que a imprensa está olhando mais atentamente para tudo, mesmo que escape várias coisas pela “falta de braço” deste setor, mas quando essas mudanças de treinadores ocorrem, sabemos que pode afetar em algum lugar.

Santa Cruz Chacais

12219433_1515607028732704_8925413950786125913_nO Santa Cruz Chacais anunciou no começo do ano, que Paulo Barcelos, campeão com a equipe da Copa Sul 2015, não estava mais em solo gaúcho e foi treinar em Manaus. Gustavo Weiss e Jeancarlo Weschenfelder assumiram como técnicos principais, mas essa formatação muda para o segundo semestre com Gustavo retornando ao elenco de jogadores e assumindo a coordenação do Special Teams. Jeancarlo será o coordenador de defesa e o ataque fica com Igor Gessinger, mas a equipe não terá a figura de um head coach.

 

Porto Alegre Pumpkins

cef

pmpO Porto Alegre Pumpkins entrou no gauchão 2016 como um dos favoritos ao título, mas foi parado pelo meio do caminho e não chegou na fase semifinal. Após avaliação da direção, William McArthur não comanda mais o time, que até então, não anunciou quem será o head coach oficialmente. Com grande possibilidade de efetivação, um ex-jogador está no comando passando sua vasta experiência aos atletas. Carlos Eduardo, o CEF, é quem está interinamente na função e deve ser o treinador para a Liga Nacional que inicia no dia 16 de junho, contra o Soldiers, em Santa Maria.

Bulls FA

IMG_50641

hcO Bulls FA, iniciou um projeto de reformulação em novembro de 2014 e contou com Lafaiete Jr. em 1 vitória e 3 derrotas no campeonato gaúcho 2016. Após a eliminação na competição, foi o primeiro treinador a sair de seu cargo. No Bulls, Byron Anderson foi anunciado como novo head coach e Lafaiete assumiu o projeto do Ximangos, equipe “no pad” de Carlos Barbosa que está finalizando o processo de migração para o “full pad” e deve participar do Gauchão 2016.

 

São Leopoldo Mustangs

Ismael Ferreira (no centro da imagem). Foto: Viviane Harff.

Ismael Ferreira (no centro da imagem). Foto: Viviane Harff.

Nem só de vitórias vive o futebol americano. Quer prova disso? Alguém se habilita a dizer que Ismael Ferreira não é um bom treinador e não poderia servir para qualquer equipe dentro do RS e fora dele? Quatro jogos e quatro derrotas no ano, mas duvido que esse fator passe pela cabeça de quem avalia o trabalho do excelente Ismael. Após uma decisão pessoal de desencontro no pensamento de projeto, amigavelmente, Ismael deixou o São Leopoldo Mustangs e já recebeu diversas propostas, inclusive de times “no pads”, assim como equipes que já entram no campeonato 2017 como favoritas.

Destaque

13502043_10153801820833920_1717450114843592604_n

 

Não foi uma mudança, mas um merecido prêmio. O Restinga Redskulls teve seu treinador eleito como o melhor do Gauchão 2016. Paulo de Tarso mereceu muito após o trabalho realizado. Como venceu os dois treinadores que estavam na final? A avaliação desta votação foi dos próprios treinadores das 10 equipes, mas a minha avaliação é bem parecida com a de alguns colegas com quem conversei. O time do Restinga não é ruim, muito longe disso, mas temos que reconhecer que o resultado obtido por Paulo, com o elenco que tinha em mãos, surpreendeu muita gente em sue primeiro campeonato gaúcho equipado, e após a reformulação confidenciada por Paulo no fim do ano passado ao editor do TDGaucha.

Comments

comments

Comentários (1)

  • Lului diz: 2 de julho de 2016

    Fico feliz em ver essa evolução e organização das equipes gaúchas mas triste em ver um ponto fora da curva, o Pumpkins. A equipe mais antiga de FA do RS segue cometendo os mesmos erros de sempre e nessa temporada parece que regrediu ao invés de crescer como os demais. CEF de treinador é quase voltar aos tempos de no pads. Pela história o pumpkins merecia mais.

Envie seu Comentário