Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Direitos trabalhistas: você está em desvio de função?

11 de outubro de 2013 753

Por Cáren Cecília Baldo – caren.baldo@diariogaucho.com.br

Quando o assunto é desvio de função, o número de dúvidas que surgem é enorme. A partir de uma coluna do Doutor Trabalho sobre o tema, publicada em maio, o Espaço do Trabalhador recebeu dezenas de perguntas de leitores por meio do blog www.diariogaucho.com.br/trabalhador.

Parte destas questões foram encaminhados pela reportagem à juíza Julieta Pinheiro Neta, da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da IV Região (Amatra IV):

- Mais de 90% dos processos que julgo contêm os chamados desvios de função e casos parecidos com os dos leitores.

A juíza afirma que a melhor forma de provar essas situações é a partir de testemunhas que tenham trabalhado no mesmo período do reclamante.

Saiba mais sobre o assunto

Juíza esclarece dúvidas dos leitores

Reunimos dúvidas enviadas por leitores ao blog do Espaço do Trabalhador e pedimos para a juíza Julieta Pinheiro Neta responder se, no seu entendimento, poderia haver ali uma situação de desvio de função.

- Lembrando sempre que, na Justiça, o caso é avaliado em todos os seus detalhes, o que não acontece aqui, pois precisamos de mais informações sobre todos eles para fazer uma análise correta – explica a magistrada.

Além disso, Julieta ressalta que a expressão “desvio de função” só pode ser usada quando a empresa tiver quadro de carreira. Do contrário, poderá, dependendo do caso concreto, haver equiparação salarial ou acúmulo de função, que, conforme a complexidade e responsabilidade, pode gerar pagamento de acréscimo salarial.

Confira as análises feitas por ela.

- Sou técnica em enfermagem mas, na clínica em que trabalho, tenho que procurar prontuários, digitar laudos, organizar consultórios de médicos, atender telefone e marcar consultas.
Juíza Julieta - A situação parece não pressupor desvio de atividade, pois são tarefas compatíveis com a função.

- Fui contratada por uma empresa como operadora de caixa mas, além disso, tenho que ajudar em setores como cozinha, padaria e faxina. Também cubro folga de supervisores de caixa até quatro vezes por semana. Nessas folgas, não recebo a mais.
Juíza Julieta - Acrescentar responsabilidade a um funcionário, como a função de supervisor, sem promovê-lo nem compensá-lo pode se enquadrar em desvio de função, sim. No caso de substituição de férias, o empregado tem direito ao mesmo salário pago ao substituído.

- Sou atendente e ganho comissão de vendas. Na empresa em que trabalho, me colocam em escala de pia. Reclamei, e o encarregado disse que isso só seria desvio de função se eu fosse para a escala todos os dias.
Juíza Julieta - Quem recebe comissão por vendas não pode realizar atividades que o impeçam de atuar para receber esse valor a mais. No caso da leitora, é devido acréscimo salarial.

- Sou auxiliar de logística e, na empresa em que trabalho, me mandam prensar papelões e plásticos, operando uma máquina elétrica e hidráulica para reciclagem. Quando me nego a ir, eles me dão advertência e suspensão por indisciplina e insubordinação.
Juíza Julieta - Nesse caso, as atividades estão dentro da função, portanto, não parece haver ilegalidade.

- Fui contratado para assistente administrativo só que, na empresa, sou obrigado a limpar o chão e o banheiro.
Juíza Julieta - Não é o caso de desvio de função, e, sim, de receber um valor a mais por insalubridade, já que a limpeza é feita com produtos químicos, que podem afetar a saúde do funcionário.

- Trabalhei como auxiliar administrativo durante um ano e fazia as funções da área, mas também era caixa, recepcionista e fazia serviços de copa e cozinha (fazer café, reposição de materiais de faxina, retiradas de lixo toda semana). E tudo isso grávida.
Juíza Julieta - O caso pode ser enquadrado em acúmulo de função. Estar grávida não influencia, pois a gestante tem as mesmas obrigações dos demais funcionários. Agora, no caso de fazer faxina, pode se aplicar adicional de insalubridade.

- Trabalho como motorista de carro pequeno e, às vezes, o dono da empresa me coloca para arrumar o depósito e até mesmo fazer cabos de redes. Às vezes, ele me liga pelo celular, me trata mal e grita comigo. Quando entrei na empresa, ele me disse que eu teria duas horas de almoço, agora tenho só uma hora.
Juíza Julieta - Não parece caso de acúmulo de função, porém, o fato de o chefe tratá-lo mal pode caracterizar dano moral. Além disso, a diferença no horário de almoço pode gerar cobrança de hora extra.

- Minha carteira é assinada como entregador, mas faço a função de conferente, carregamento, descarregamento e motorista.
Juíza Julieta - A responsabilidade do conferente está acima da função de entregador. Portanto, pode caracterizar acúmulo de função.

- Trabalho em supermercado, era operadora de caixa e depois fui passada para repositora. Há dois anos e meio, estou como repositora, e há dois meses o gerente me pediu para voltar ao caixa. Eles podem fazer isso, mesmo eu não estando de acordo? Eles também não dão cópia do contrato de trabalho.
Juíza Julieta - Todo trabalhador tem direito a uma cópia do contrato. E, para voltar a exercer a função anterior, é preciso que patrão e empregado estejam de acordo, senão, não será possível. Não é o caso de desvio de função.

- Fui chamada para a vaga de auxiliar comercial mas, em minha carteira de trabalho, fui registrada como vendedora interna júnior. Porém, na verdade, não vendo absolutamente nada! Dou suporte técnicos aos vendedores externos, rastreamento de mercadorias, entregas, colocação de pedidos no sistema etc.
Juíza Julieta - Há critérios para se apontar desvio de função.

- Sou motoboy numa empresa, mas eles mandam eu ser motorista de carro também. Fui contratado como motoboy. Queria saber se isso é desvio de função?
Juíza Julieta - Acredito que não há alteração/acúmulo de função sujeita a acréscimo salarial, porque não há maior complexidade para habilitação, além de proporcionar ao emprego mais segurança e comodidade.

Comentários (753)

  • luciana diz: 11 de outubro de 2013

    Trabalho como auxiliar de biblioteca tenho que entregar apostilas de aluna em sala de aula e repor subrimentos na maquina de café,aplicar trabalho em alunos,o que seria função de professor,so que não sou professora

  • Nathalia diz: 11 de outubro de 2013

    Trabalho em uma clinica de Dermato e odonto como recepcionista, mas tambem auxilio em pequenas cirurgias.Recebo insalubridade por isso. Fazer limpeza de chao e banheiro fazem parte dessa insalubridade?

  • Juliandro Moraes Bernardes diz: 11 de outubro de 2013

    Fui demetido da empresa a onde eu trabalha pois fazia muito movimento repetido e muita força fui no medico ele me pediu para fazer ecografia dos ombros e da mao consto no laudo que eu esto com tendinite nos ombros e na mao me colocaram fazer serviços leves mais segunda me mandaram embora gostaria de saber se eles podiam me mandar embora pois fiquei com poblemas nos braços nesse meu caso o que eu posso fazer aguardo resposta obrigado

  • Rodrigo diz: 14 de outubro de 2013

    Ola, trabalhei em uma empresa durante 3 anos e 10 meses, sendo que exercia a função de operador de caixa, fiquei nesta função até junho de 2012, daí por diante fui promovido para analista administrativo, assumi o cargo mas o salario continuou o mesmo nao houve nenhum tipo de alteração, exerci esse cargo durante seis meses, assumi varias responsabilidades da empresa praticamente as mesmas que o gerente executava, e logo que passou esses seis meses fui questionar ao supervisor sobre minha suba de salario ou reajuste pelo tempo q trabalhei na função de assistente administrativo, ele falou que iria resolver e me demitiu, a minha duvida é o que deveria ter feito em relação a esse caso, pois fui no ministério do trabalho e fui informado que constava como desvio de função. Agradeço de me auxiliar .

  • sandro diz: 14 de outubro de 2013

    tenho uma duvida eu trabalho em uma empresa na qual eu fui contratado para ser

    conferente e chapa e tambem motorista entregador mas para dirigir eu iria ganhar R$400 fora do contracheque pagos pelo gerente que e dono da caminhonete de entregas,em carteira consta conferente,mas so que descarregando uma carreta por imprudencia do gerente que jogou mercadoria encima de uma das tampas da carreta caiu emcima de mim para me proteger coloquei as mao para tampar o rosto e quebrei o dedo, com o passar dos dias eu nao tive como trabalhar recebi os valores devidos da empressa, mas os 400 do gerente nao, pos eu nao dirigi naquele periodo,a minha pergunta e se eu me recusar a dirigir e tambem como chapa ele pode me mandar embora por justa causa? lembrando que em carteira so consta como conferente.

    e outra pergunta como foi acidente de trabalho eu nao tenho direito a uma ano de estabilidade ?

  • mauricio diz: 17 de outubro de 2013

    bom fui contratado como operador forrageira laboratório,em uma usina de etanol mais quando a usina para só chamado,para fazer limpeza em outras áreas,auxiliar mais pra limpeza.
    em áreas muito diferentes da minha isso e desvio de função???

  • luciano bispo diz: 25 de outubro de 2013

    trabalho numa empresa como auxiliar de almoxarifado, só que nessa empresa faço as seguintes funcoes: realizo cotaçoes, faço compras, densenvolvo novos fornecedores, muitas vezes pego o carro e vo mesmo buscar algo urgente, e mesmo agora a empresa contaratando um comprador continuo realizando essas funçoes, tambem trabalhei durante dois anos controlando, organizando e comprando produtos quimicos e inflamaveis, mas quanndo resolveram paga insalubridade me tiraram de la e colocaram a chefia para receber esse valor, e tambem afio serras aqui mesmo dentro do almoxarifado, isso ta certo?

  • yasmin diz: 25 de outubro de 2013

    Gostaria de saber e a minha situação é considerada desvio de função. Fui contratada em uma loja como auxiliar ADM porém trabalhava como telefonista confirmando cadastro de clientes para liberação de cartão na loja , fui promovida para Assessorar de cliente junior porém exercia a função de RH e tesouraria. Agora sou Apoio a vendas Pleno e continuo no RH, Tesouraria e Também jurídico e chefe de Crediário. Por favor gostaria de saber se é abuso ou se está correto.

  • Silvana Ribeiro diz: 26 de outubro de 2013

    Trabalhei em um supermercado registrada como operadora de caixa,porem fazia faxina em geral,servico de reposicao..isso se enquadra em desvio ou acumulo de funcao..grata

  • maria cicera diz: 1 de novembro de 2013

    eu fui contratada como aux. de escritorio só fiquei tres meses nessa função me colocaram para cobrir as ferias do chefe do almoxarifado, depois de algums meses colocaram o chefe do almoxarifado pra fora da empresa. e me colocaram para assumir o lugar dele falaram que ia me classificar e até hoje não fizeram isso, minha carteira esta como aux. de escritório no meu contra cheque vem como aux. de almoxarife. sendo que eu estou no lugar do chefe do almoxarifado. eu recebo apenas como auxiliar.

  • wesley de lima diz: 3 de novembro de 2013

    sou bombeiro civil em um shopping meu gestor quer que eu faça rendições dos seguranças e supervisores para intervalo de almoço assim assumindo a responsabilidade de ambos sem contar que outros da minha equipe são obrigados a assumir postos de segurança isso se caracteriza desvio de função ou acumulo de função.

  • Shirley Oliveira diz: 3 de novembro de 2013

    Trabalho em uma empresa há 18 anos, meu primeiro emprego, comecei na limpeza fui promovida para recepção me tornei coordenadora e partir dai comecei ser muito cobrada pelas minhas funções e humilhada e constrangida na frente de outro funcionários, fornecedores e clientes, sendo que um dia cheguei com a proprietária disse que não queria mais e queria ir atrás de outro emprego, fizemos acordo e fui embora, se passará três meses ela me ligou perguntando se eu estava trabalhando eu disse que no momento não e ela perguntou vc pode vim aqui na empresa, fui e mesma me propôs um melhor salário que eu fosse auxiliar administrativa, sendo que na verdade já começaria fazer a função de gerente geral e não parou dos constrangimentos e com maus tratos, meses depois a mesma me nomeou gerente geral na frente de mais de 50 funcionários , mais a minha carteira continuou como auxiliar administrativa, tenho 4 anos de gerência, quando foi dia 31/10/2013 a proprietária me chamou dizendo que a empresa não poderia ter uma gerente no momento que eu ficaria dando suporte na central de atendimento e vendendo roupas na loja de roupas, me sentir humilhada diante dos funcionários e me sinto desmotivada, me pego chorando pela situação constantemente, me sinto apavorada com medo quando vou para empresa fora que me sinto uma pessoa inútil. por favor o que eu faço me ajudem……..

  • Cáren Cecília Baldo diz: 4 de novembro de 2013

    Shirley, se te sentes constrangida e humilhada, deves conversar com um advogado para descobrir o que é possível fazer. Em determinados casos, trata-se de assédio moral, e a empresa não pode permitir um tratamento como o que descreveste. Além disso, tens na carteira um cargo muito abaixo do que exerces… Isso é complicado. A melhor opção é levares o teu caso para um advogado. Se não tens como pagar um, podes procurar a defensoria pública da tua cidade.

  • Antonio Trindade diz: 11 de novembro de 2013

    Sou encarregado De limpeza e me obrigam a trabalhar como fiscal De loja. Passo muito tempo em pe e ao termino do expediente sinto dores na coluna,fora o risco que corro quando os ladroes entram pra roubar naloja,pois alem De nao ter camera nao usamos nenhum tipo De arma. Isto se caracteriza como desvio De funcao?

  • Regina diz: 14 de novembro de 2013

    Bom dia, exerço a função de auxiliar administrativo e a algum tempo meu superior me prometeu que eu iria mudar para assistente administrativo tão logo ele fizesse algumas alterações no departamento, ele tencionava demitir uma assistente que já não queria mais ficar na empresa e me colocar na função dela, passado um tempo isso ocorreu e agora ele me passou para a função desta pessoa, onde já atua uma outra assistente, só que a historia agora mudou querem me manter como auxiliar, ou seja, vou continuar auxiliar executando funções e responsabilidades de uma assistente, receber menos e ter uma função a menor que minha outra colega, eu estou discordando da posição da empresa já que a tempos me prometeram passar para assistente e agora que oportunidade surgiu querem que eu assuma todas as funções e responsabilidades daquele setor me mantendo como auxiliar. Lembro o fato que a outra pessoa que continua na empresa neste setor é assistente e ganha como tal como a outra que saiu a pouco da empresa. ahh, tem mais um detalhe, vou continuar a executar algumas funções pertinentes ao meu antigo setor. Meu questionamento é, posso me recusar a assumir essa nova função sem o devido reconhecimento por parte da empresa tanto na equiparação salarial bem como no registro em carteira de outrem do mesmo setor. Tenho todos os acessos e responsabilidades deste.

  • ALEXANDRE diz: 18 de novembro de 2013

    OLA? SOU SERVIDOR PUBLICO EFETIVO NO REGIME CLT, CONCURSADO COMO SERVIÇOS GERAIS HA 05 ANOS E DESDE ENTÃO EXERÇO ATIVIDADES DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO, SEMPRE GANHEI FUNÇÃO DE APOIO, COISA QUE UM SERVIÇOS GERAIS NÃO GANHARIA SE ESTIVESSE TRABALHANDO EM SUA REAL FUNÇÃO. AGORA ESTOU MOVENDO UMA AÇÃO CONTRA A PREFEITURA PARA CONSEGUIR PASSAR DE SERVIÇOS GERAIS PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO. QUAIS SÃO MINHAS CHANCES? POSSO ME PREJUDICAR FUTURAMENTE? POSSO SER COLOCADO PARA FORA DA EMPRESA? POR FAVOR ME RESPONDA ESTOU MUITO PREOCUPADO. DESDE JA AGRADEÇO. BOA TARDE!

  • joão diz: 21 de novembro de 2013

    trabalho em um açougue, minha carteira foi assinada como repositor, mas a 5 meses estou trabalhando como açougueiro, não recebi nenhum aumento, isso caracteriza desvio de função?

  • jOSE rOMILDO diz: 26 de novembro de 2013

    Ola!
    Meu nome e romildo..
    o meu problema e que eu trabalhei um ano em uma empresa uma faculdade ( Uniplan )
    Onde fui Inspetor de Aluno.
    Ao inspetor de alunos, também conhecido por monitor de alunos, é atribuída a responsabilidade de zelar pelo bem-estar dos alunos, bem como pela sua disciplina.
    As suas principais funções são as seguintes:
    Zelar pela boa conduta dos alunos;
    Controlar a entrada e a saída dos alunos;
    Evitar que os alunos danifiquem os equipamentos e sujem o espaço escolar;
    Garantir o cumprimento do horário escolar;
    Auxiliar os alunos que apresentem mal-estar físico;
    Reportar ao diretor as infrações cometidas pelos alunos;
    Cuidar das requisições de material escolar.
    Para além das responsabilidades concernentes aos alunos, o inspetor de alunos deverá também estar pronto a auxiliar os professores, fornecendo-lhes os materiais solicitados e ajudando-os quando necessário.

    No meu caso fui determinado a tomar estas atividades e ainda outras como, Ajudar a lavar o patio, a ajudar limpar as salas com lixos e livros materia prima da faculdade, Segurança de alunos ou professores,porteiro, resolver problemas na secretaria nao podendo tomar nem uma atitude contra o bem dos alunos teria que ouvir calado…
    Contar patrimônio da faculdade e outras coisas onde meu cargo nao deveria tomar!

    Isso está certo? ou errado?
    Tenho uma carta de demissão sem justa causa..
    Posso entrar com um processo?

  • Luiz carlos diz: 26 de novembro de 2013

    Esta juiza é uma piada, como pode dizer q um assistente administrativo que trabalha lavando chao nao sofre desvio de funçao.

    Assistente administrativo requer um tecnico de administraçao enquanto limpador no maximo um segundo grau completo, uma coisa nao tem nada haver com a outra.

    A mesma juiza diz que deveria ganhar por insalubridade pois a profissao oferece riscos a saude por se tratar de produto quimico e eu pergunto, alguem q trabalha na limpeza ganha por insalubridade?????

  • Monica diz: 29 de novembro de 2013

    bom Dia.
    Trabalho como recepcionista numa clínica de beleza e, além das minhas funções, tenho que efetuar vendas de pacotes de tratamentos, recebendo comissão, claro, mas tenho que atingir metas, pois a empresa tem metas a atingir por ser uma franquia. O salário fixo é o de recepcionista.
    Estando nessa função de recepcionista seria legal essa obrigação de atingir metas de vendas?
    Seria acúmulo de funções?
    Obrigada pela atenção.

  • dayenne matta diz: 3 de dezembro de 2013

    Bom eu sou fiscal de caiixa…ja faz uns 11 meses e na loja onde trabalho houvee um corte de funcionariiio isso ja faz uns quatro meses desde entao alem de fazer minhas obrigacoes tenho que ficar noo caixa…sendo que quem fika no caixa saoo.os operadores vomercias ..gostariia de saber se isso e acumulo.de funcai ou desviio eoq fazer?

  • Petrus Antonius Souza Ferreira diz: 5 de dezembro de 2013

    Sou estagiário do curso Téc. em Meio Ambiente, e recentemente a mulher que trabalhava no setor administrativo foi transferida. Logo fui posto para exercer suas funções, como requerimentos, pedidos, orçamentos,documentações, atendente de telefone, etc. Estou agora até ficando em período integral. Estou ficando com sobrecarga de informações e recebo até bronca quando não executo determinada função. O que tenho que fazer?
    OBS.: Meu estágio não é remunerado.

  • Roberta diz: 5 de dezembro de 2013

    Estou há 3 meses na empresa e exerço função de Departamento Pessoal na qual sou registrada, porém me colocaram para ficar no lugar da recepcionista que se afastou durante uma semana. Gostaria de saber se tenho que receber um valor a mais no salário pois não exerço minha função de registro durante essa uma semana para exercer outra totalmente diferente.

    Aguardo resposta.

  • Cindy Roberta diz: 5 de dezembro de 2013

    Estou há 3 meses na empresa e exerço função de Departamento Pessoal na qual sou registrada, porém me colocaram para ficar no lugar da recepcionista que se afastou durante uma semana. Gostaria de saber se tenho que receber um valor a mais no salário pois não exerço minha função de registro durante essa uma semana para exercer outra totalmente diferente.

    Aguardo resposta…

  • wellington oliveira diz: 5 de dezembro de 2013

    foi contratado para função de aux de produção

    mais ai mandaram embora um rapaz do almoxarifado e o gerente falou que eu iria ficar

    emprestado no setor, eu ja estou mais de 4 meses e recebo o mesmo salario e nao quer aumentar meu salario o que eu faço

  • Guilherme Breyer diz: 9 de dezembro de 2013

    ola. sou concursado como assistente administrativo pela Prefeitura do meu minicipio. porem.fui transferido para o forum da cidade e estou trabalhando no cartoirio do forum, nechendo em processos, atebdendo balcao, e fazendo carga a advogados. nenhuma dessas atividades tem relacao com a prefeitura. estou apenas cobrindo a falta de funcionarios do tribunal de justica em meu minicipio. existem mais quatro funcionarios em.situacao identica. nao recebemos nenhum acrescimo salarial por isso

  • marceli lopes vaz diz: 12 de dezembro de 2013

    ola! me chamo marceli e trabalhei em uma empreza onde fui contratada para auxiliar de escritorio mais fazia outras funçoes como:limpar maquina de café expresso , lavar louças, fazer chás e passar café,polir taças,servir cafezinhos água suco e bolachas quando tinha reunião e se acontece se algum emprevisto na parte de limpeza eu tinha que fazer.Gostaria de saber se isso é desvio de função e quais seriam minhas funçoes mesmo?

  • gilson diz: 14 de dezembro de 2013

    Ola trabalhei em uma empresa onde eu era fiscal de caixa registrado em carteira mas eu exercia a funcao de chefe de operacoes responsavel pela loja na ausencia do gerente geral,onde tambem meu contra-cheque vem com outo cargo em outro setor,isso se concretisa desvio de funcao? A diferenca salarial ultrapassa os 2mil reais.

  • Ana Adelia diz: 14 de dezembro de 2013

    Em 2006 passei em concurso público e assumi na prefeitura o cargo de operacional de serviços diversos(AOSD), que é nível fundamental, me colocaram em um posto de saúde para realizar a limpeza, fiz o curso de técnica em enfermagem e estou há quatro anos trabalhando como técnica nesse mesmo posto onde sou lotada como AOSD, tendo a Semus e Prefeitura ciência. Já participei de vários treinamentos de vacina, acolhimento, campanhas e ainda dobro como técnica em outro posto em outro horário. Agora passei em um outro concurso e e preciso urgente de uma declaraçaõ de experiencia profissioal. Gostaria de saber se a Semus ou Prefeitura tem a obrigação de me dar essa declaração. Se não como eu faço? Estou angustiada..

  • juliana diz: 16 de dezembro de 2013

    Oie trabalho como auxiliar administrativo e agora estou grávida por excesso de atestados
    devido aos problemas na gravidez tirar todas as minhas funções fico sem fazer nada o dia todo. gostaria de saber se sou obrigado a fazer outras coisas, exercer outras funções??

  • Carol diz: 16 de dezembro de 2013

    Boa Tarde
    Eu trabalho em uma empresa há 1 ano e 10 meses entrei como recepcionista mas também tinha que fazer algumas funções do setor financeiro da empresa, até que a pessoa que fazia o financeiro da empresa se demitiu e com 7 meses de empresa eu assumi o financeiro todo da empresa junto com a recepção porque fiquei sozinha 1 mês e meio fazendo as duas funções até ele contratar alguém, depois ele contratou outra pessoa que ficou na recepçao e eu fiquei responsável pelo financeiro, enfim depois de 1 ano e 8 meses tirei minhas férias e quando voltei ele me rebaixou de cargo para recepcionista sem nenhuma satisfação tirou até meu notbook e não me paga o mais que pagava por fora pelo holerite porém na minha carteira de trabalho ele nunca pediu para que fosse alterado meu cargo manteve sempre como recepcionista, e agora eu tenho que fazer as funções de rua também como banco, depósitos, buscar cheques, levar correspondências para o correio, levar documentos em escritórios, coisas que eu nao fazia mais depois que subi de cargo, tenho direito há algo.

    Obrigado

  • claudia diz: 20 de dezembro de 2013

    Sou registrada como recepcionista, mas na verdade sou telefonista
    atendo varias ligações da empresa. O que fazer?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 20 de dezembro de 2013

    Claudia, se és contratada por hora, em princípio, não me parece haver nenhum problema em fazer atendimentos ao telefone.

  • Jessica diz: 22 de dezembro de 2013

    Fui contratada como caixa. Mas, me colocam para exercer funções como: emitir notas fiscais, controlar e enviar à contabilidade o Movimento Fiscal, dar entrada em produtos que chegam na empresa. E logo que fui contratada, o proprietário me enviou um email com todas as funções que eu teria que exercer, e nenhuma dessas entra na relação. Posso me recusar a fazê-las?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 23 de dezembro de 2013

    Oi, Jessica! Simplesmente te recusares a fazer talvez não seja a melhor saída. Penso que o melhor seria tu conversares com teu empregador sobre essas discrepâncias, mais ainda por teres um documento (e-mail) definindo as funções que fostes contratada para exercer. Se vocês não chegarem a um acordo com essa conversa, aí podes procurar outros meios para resolver a situação que não está satisfatória para ti.

  • Carol diz: 23 de dezembro de 2013

    Boa Tarde
    Eu trabalho em uma empresa há 1 ano e 10 meses entrei como recepcionista mas também tinha que fazer algumas funções do setor financeiro da empresa, até que a pessoa que fazia o financeiro da empresa se demitiu e com 7 meses de empresa eu assumi o financeiro todo da empresa junto com a recepção porque fiquei sozinha 1 mês e meio fazendo as duas funções até ele contratar alguém, depois ele contratou outra pessoa que ficou na recepçao e eu fiquei responsável pelo financeiro, enfim depois de 1 ano e 8 meses tirei minhas férias e quando voltei ele me rebaixou de cargo para recepcionista sem nenhuma satisfação tirou até meu notbook e não me paga o mais que pagava por fora pelo holerite porém na minha carteira de trabalho ele nunca pediu para que fosse alterado meu cargo manteve sempre como recepcionista, e agora eu tenho que fazer as funções de rua também como banco, depósitos, buscar cheques, levar correspondências para o correio, levar documentos em escritórios, coisas que eu nao fazia mais depois que subi de cargo, tenho direito há algo.

    Obrigado

  • Lidiane Barbosa diz: 27 de dezembro de 2013

    Boa tarde!

    Trabalho em uma empresa onde sou registrada como assistente comercial , porem minha supervisora auxiliar a área comercial e de marketing. A mesma quer sair de ferias e pediu para que eu organizasse uma feira. Essa atitude se enquadraria em desvio de função? OBS: Mesmo registrada como assistente comercial realizo quase todas as atividades comerciais que minha supervisora.

  • Davi Batista diz: 29 de dezembro de 2013

    No meu contrato trabalho com controlador de acesso mas na pratica atuo como segurança,tenho que fazer ronda e tudo que um vigilante faz,o que pode se isso?

  • DAniela diz: 30 de dezembro de 2013

    olá, eu sou Daniela, fui contratada pela empresa para ser auxiliar em saúde bucal. só que o patrão assinou minha carteira como atendente de uma outra empresa dele mesmo. e isso já dura mais de um ano, isso é desvio de função? o que devo fazer nesta caso? muito obrigada.

  • wiliam dos santos francisco diz: 31 de dezembro de 2013

    fui contratado para trabalhar no supermercado como operador de supermercado,sendo que eu atuava fazendo reposiçao de produtos.so que foi estipulado que iria todo dia ao termino do expediente vir com uma vassoura e pano secando o chao,caso nao fosse feito,o gerente disse que voce seria dispensado.isso pode acontecer? sendo que na empresa tem uma equipe contratada para fazer esse serviço.{ onten dia 30/12/2013 fui demitido pela empresa, o que fazer.

  • Larissa diz: 4 de janeiro de 2014

    Olá. Eu estou registrada na carteira como Aux. de Rastreamento,rastreio os veiculos nas entregas. Mas há uns dois meses o gestor pediu para a gente ajudar na ligação, tudo bem um dia ou outro,mas agora esta como obrigação, nós temos que ligar para os clientes confirmando entregas. E pediram para nós vir dia de domingo só para fazer ligação e sem folga pq nossa carga horaria é de seg. a sab.
    Então gostaria de saber se nós fazermos uma função superior como Aux. de rastreamento e querem que nós façamos outra função inferior como fazer ligação e a maioria das vezes cuidando da nossa base é desvio de função ou outra coisa?

  • Carlos Augusto diz: 5 de janeiro de 2014

    Trabalho numa empresa há 7 anos como porteiro, mais lá eles me colocam para capinar,aparar grama, limpar piscina, descarregar caminhão quando chegam com material, lavar chão, limpar banheiro, ate serviço de pintura e servente de pedreiro eu faço. nunca me deram um centavo a mais por isso. E hoje devido a fazer esse trabalho extra como serviço de servente é que hoje estou com um desviou na coluna. Gostaria de saber, Isso se caracteriza desvio de função?

  • yale maria diz: 6 de janeiro de 2014

    ola! trabalho em uma empresa onde sou registrada como assistente administrativo mas trabalho como vendedora e ainda auxilio na limpesa e na copa. isto esta certo?

  • LUANA diz: 7 de janeiro de 2014

    Trabalho em uma empresa á 3 anos 4 meses, na carteira sou registrada como atendente de caixa, porém opero o caixa!!! Á 2 anos e 5 meses trabalho no SAC , e faço trabalho de assistente de SAC . Não recebo como tal e nem fui promovida e continuo com o mesmo salário. Conversei com monha gerente , mais a resposta de aumento e promoção são sempre não.!! E aos finais de semana ou quando é conveniente para empresa , minha escala é caixa ( ou seja cada hora estou em um lugar
    Gostária de saber qual a atitude que devo tomar, pois exerço uma função e não recebo pela qual.

  • andre luiz f. barbosa diz: 9 de janeiro de 2014

    eu fui contratado como motoqueiro pela empresa mas desde que comecei a trabalha fazia a função de motoqueiro e técnico de informática após 2 anos excedendo aduas funções, mudarão minha carteira de trabalho para técnico de informática mas sempre eles me tirão da minha função pra fazer entrega pegar matéria agora eles querem que eu farsa entregas mas eu não estou de acordo ele pode fazer isso exigi que eu faça entrega mesmo estando na minha carteira que sou técnico de informática e estou recebendo um salario mas baixo do que o técnico e o motoqueiro da loja.

  • André Philipp diz: 10 de janeiro de 2014

    Olá! Trabalho como copeiro em uma padaria e, não obstante, tenho de exercer tarefas que se confundem com as de garçom, auxiliar de serviços gerais e até de faxineiro, uma vez que, até grandes sacos de lixo tive que pôr fora do estabelecimento, e tudo isto com o uniforme com o qual trabalho na copa, usando apenas um par de luvas. Meu caso, portanto, não é isolado, todos os copeiros são submetidos as mesmas situações.

    Grato!

  • Tiago Fenilli diz: 10 de janeiro de 2014

    Sou tst e desempenhei por longos meses a função de almoxarife…Caracteriza desvio de função?

  • antonio costa diz: 12 de janeiro de 2014

    trabalho a noite a 3 anos,sou amarzenista na função mas trabalho no amarzém camara fria conferido cargas de mercadoria,faço chamadas dos funcionários,faço serviço no computador envio e-mail,trabalho a 3 anos a noite de domingo à sexta

  • paulo diz: 14 de janeiro de 2014

    trabalhei em um shipping q me pagava como encarregado de estacionamento, so que o meu cbo diz outra coisa e comandava um grupo de pessoas e administrava o dinheiro desse estabelecimento gostaria de saber se e desvio de funcao?

  • julian diz: 14 de janeiro de 2014

    olá,trabalho como inspetor de alunos em uma escola particular.mas no período de férias pintamos o colégio todo,assim como toda a equipe de portaria e pátio.também fazemos viagens dirigindo veículos para divulgação em outras cidades e estado.

  • Camila diz: 16 de janeiro de 2014

    Fui contratada para ser Programador Visual Gráfico, porém, como fico ocioso quase que o tempo todo, a maior parte do tempo estou na produção, isso seria desvio de função? Me prometeram que após 3 meses de experiência aumentariam meu salário e até o momento nada, como proceder?

    Obrigada!

  • ANDERSON MEDEIROS diz: 17 de janeiro de 2014

    Fui contratado como técnico em agropecuaria mas no periodo de experiencia minha carteira foi assinada como auxiliar de escritório, enfim estou recebendo direitinho mas estou com um ano de empresa e minha carteira continua como auxiliar como posso
    recorrer?

  • rafael diz: 18 de janeiro de 2014

    boa tarde trabalho numa empresa a 1ano 11 meses como auxiliar controle qualidade. em 25/04/2013 fui transferido para area administrativa como assistente de logistica .ja faz 9 meses e nao tive aumento de salario e nem alteraçao na carteira o gerente nao passa informações so fica dando muito serviço o que devo prosseguir.quero meus direito

  • Valdenor da Silva Freire diz: 20 de janeiro de 2014

    Sou contratado como auxiliar de loja, mas trabalho no depósito da empresa, sem os epis necessarios, operando peleteira eletrica, mas o pior eh que trabalhei por mais de 3 meses como montador, e a empresa nao me pagou como tal, sequer pagou retroativo esses valores, entao voltei a ser auxiliar de loja para nao ficar desempregado. assim pergunto, oque devo fazer .

  • wellington diz: 22 de janeiro de 2014

    sou registrado como balconista de açougue mas a um ano fico na parte de desossa e outros que são registrados como açogueiros ficam no balcão

  • Junior diz: 22 de janeiro de 2014

    Sou registrado como auxiliar de escritrório, mas trabalho com vendas e também cuido da produção, estoque. Agora eles querem que eu vou fazer visita em clientes, sem ajuda de custo e com o meu carro. Oque eu devo fazer.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 22 de janeiro de 2014

    Yale, aparentemente, pode haver problemas aí. Mas o ideal é procurares um advogado para avaliar os detalhes do teu caso.
    Como sempre saliento aqui, é fundamental saber todos as informações sobre cada situação para poder avaliá-la. E dar respostas taxativas tendo somente as informações passadas nos comentários é um tanto temerário. Por isso, sempre indico que os interessados procurem um especialista para ajudá-los.
    Quem precisa de um serviço gratuito para isso pode procurar a Defensoria Pública da cidade onde mora.

  • rogerio diz: 23 de janeiro de 2014

    sou fichado como aux-compras,alem do serviço rotineiro de compras e faço serviço de oficie-boy (bancos,cartório,etc) a semana toda e o o serviço de almoxarifado,é desvio de função?

  • Douglas diz: 23 de janeiro de 2014

    Trabalhei em uma agência de viagens que se dizia locadora de veículos, durante minha permanência o chefe deixava claro sempre que poderia nos mandar embora quando ele bem entendesse e que haviam vários candidatos à vaga! Bem, fui contratado como motorista mas eu e alguns outros motoristas eram obrigados à lavar carros e vans, sabendo que havia pessoa propriamente qualificada pra tal função, e também eu fazia manutenção nos computadores da empresa, pois o dono sabia que eu já havia trabalhado na área, além de fazer faxina! Procurei um advogado de minha cidade e ele me informou que o empregador tem o direito de ameaçar o empregado falando: “…se não está bom pede conta…”! Isto está certo? Desde já agradeço!

  • Cáren Cecília Baldo diz: 23 de janeiro de 2014

    Douglas, no meu entendimento, não está certo ameaçar empregados. Isso pode gerar, inclusive, um processo por assédio moral.

  • dimas ribeiro diz: 23 de janeiro de 2014

    ola sou funcionario de uma prefeitura,sou efetivo como vigia e me colocara no videomonitoramento gostaria de saber se configura desvio de funcao aki n tem plano de carreira e continuo trabalhando na escala 12 por 36 como fazia qndo era vigia e continuo recebendo como vigia,os proprios instrutores da empresa que deu o curso falaram que o ideal seria 8 horas diarias pq 12 fica puxado,e ae estou ou não em desvio de função

  • Maely diz: 23 de janeiro de 2014

    Ola! Fui contrata em uma empresa para o cargo de auxiliar de consultório! os Doutores atendem apenas 2 vezes na semana nos dias que não atendem tenho que marcar pacientes atender telefone receber pagamento e executar a limpeza da clinica.. ha alguns meses meu gerente foi demitido.. colocando as funções sobre minha responsabilidade… sendo assim que nos dias que há atendimento na clinica exerço as 3 funcoes.. muito puxado..sem nenhum reconhecimento ou adicional.. se encaixa?

  • joao roberto de oliveira diz: 23 de janeiro de 2014

    fui contratado como aux serv geras e a 2 anos fasso funão de soldar,massariqueiro e ainda pinto. isso é desvio de funçã

  • Bruna bueno de farias diz: 24 de janeiro de 2014

    Olá, trabalhei dois anos ganhando insalubridade 40% e quando sai da empresa recebi todos os meus direitos.. Só que dois meses depois percebi que na minha carteira não está que eu ganhava insalubridade. O que posso fazer???

  • Cáren Cecília Baldo diz: 24 de janeiro de 2014

    Bruna, mas tu recebeste adicional por insalubridade ou não?

  • marceli diz: 24 de janeiro de 2014

    ola!trabalho numa empreza de auxiliar de escritorio a sete meses mais tambem tenho que fazer serviço de copeira está certo? ou conta como desvio de função

  • beatris diz: 24 de janeiro de 2014

    trabalho em um supermercados a 1 ano e 3 meses, eu era menor e era empacotadora quando completei 1 ano de firma, fui promovida para operadora de caixa pois completei 18 anos, já passei na experiencia de 3 meses do caixa e eles não me comentam nada sobre minhas férias, depois de ser registrada como caixa, tenho direito de tirar minhas férias de empacotadora ? ou tenho qe trabalhar mais 1 ano pra entrar de férias?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 24 de janeiro de 2014

    Marceli, depende do que está escrito no contrato que assinaste.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 24 de janeiro de 2014

    Beatris, tens direito a 30 dias de férias a cada 12 meses trabalhados com carteira assinada em uma mesma empresa. Não importa se mudaste de função nesse meio tempo.

  • Juan Rodrigues diz: 25 de janeiro de 2014

    Fui contratado como balconista, mas a empresa me obriga a lavar banheiro e arrumar estoque e a levar mercadorias de uma loja a outra e carregar peso. Sendo que as vezes tenho que levar mercadorias até o carro do cliente. e as vezes a afilhada do dono grita comigo e me ofende e sempre procura atrapalhar meu trabalho e me denegrindo para meu chefe.
    Isso é acumulo de funções e assedio moral?

  • ELISANGELA CONCEICAO diz: 26 de janeiro de 2014

    olá venho através deste solicita informações em duas situações vivenciadas. a 1ª fui contratada como aux. de limpeza em carteira e com um mês fui nomeada encarregada de limpeza. porém nunca recebi nenhum acréscimo por isso e nem tive a função registrada em carteira. tenho muitas testemunhas . porem já sair da empresa posso ainda gerar ocorrência como desvio de função?

    2º caso a empresa que estou atualmente registrou minha carteira como aux. de serviços gerais porem nunca exerci a função, pelo contrario faço lançamentos de planilhas sobre despesas, contato fornecedor e cliente , realizo controle estoque e realizo conferencia de mercadoria ,saio para efetuar pagamento de contas em banco e ainda sou atendente e caixa da lanchonete.

    obrigado e aguardo retorno.

  • Bruna Bueno de Farias Cardoso diz: 27 de janeiro de 2014

    Carén Cecília, como assim adicional por insalubridade??

  • Cáren Cecília Baldo diz: 27 de janeiro de 2014

    Eu não entendi se efetivamente tu ganhaste ou não a insalubridade.

  • Bruna Bueno de Farias Cardoso diz: 27 de janeiro de 2014

    Sim, eu ganhei insalubridade, porém na minha carteira não diz que eu ganhei.

  • Diogo diz: 28 de janeiro de 2014

    sou repositor de um mercado, e meu patrao exige que eu carrgue o lixo toda vex e os lieiros acabam rasgando os sacos de lixos, e nao pegam restos de comidas carnes etc…. e sobra tudo para mim… isso e desvio de função?

  • jorge luis araujo dos santos diz: 28 de janeiro de 2014

    olá, sou encarregado de açougue, em um supermercado, tenho que correr atraz de gente para contratar, fazer entrevistas, conferir mercadorias, tirar plantão como gerente quando o gerente esta de folga, ser caixa operador, pois todos os encarregados tem que fazer, emprestar o meu cracha para que outra pessoa possa abrir caixa em meu nome, mesmo eu estando em outro setor, além do mais não faço intervalo, pois não tem ninguem para ficar em meu lugar, uma vez me intimara para ser de testemunha da empresa em uma audiencia, sendo que eu nem sabia o que estava acontecendo,, Gostaria de saber se isto é correto?

  • francisco leite filho diz: 29 de janeiro de 2014

    sou fucionario publico 10 anos a 7 anos trabalho na guarda municipal desvio de funçao faço a mesma funçao dos guardas mais nao recebo como guarda. salario de um guarda e de 770 o meu e de 678 eu acho que nao esta certo. e ago ra estao me mandado de volta para minha secretaria de origem que a secretaria de educaçao. o devo fazer agora.

  • Raquel diz: 29 de janeiro de 2014

    Sou analista fiscal e trabalho em um escritório de contabilidade, mas tenho que atender telefone, porta, interfone, lavar louça, passar café, tirar lixo, limpar mesa e minha chefe ainda esta querendo que eu entregue declarações da área contabil, isso é considerado desvio de função?

  • Maria diz: 30 de janeiro de 2014

    Fui contratada como atendente operacional para trabalhar em um shopping, de inicio minha função seria o atendimento as mães e as crianças nada alem disso. De um tempo para cá, a minha coordenadora que também e chefe do chamado espaço cliente me manda para la para tirar os intervalos das recepcionistas e tirar faltas, elas ganham bem mais do que eu e fazem o serviço de SAC, achados e perdidos, empréstimos de cardeiras de rodas entre outras. Fazemos parte da mesma equipe, ao menos deveríamos receber o mesmo salario não? ou estou errada? como proceder?

  • Jackson diz: 30 de janeiro de 2014

    Boa Noite,

    Fui contratado por uma empresa de grande porte, porém uma de suas fabricas fica no interior, por isso, vejo que as vezes ela acaba abusando profissionalmente de seus colaboradores. Meu caso é o seguinte: Fui contratado como Auxiliar de Laboratório na Carteira, porém, exerço praticamente a função de Analista de Laboratório. Sou responsável por fazer diversas análises, o que não foi o combinado no momento do acordo contratual. Além de mexer com produtos nocivos a saúde, como: Acido Sulfúrico, Álcool Amílico, Soda… Entre outros diversos produtos químicos, além de lidar com agentes microbiológicos diariamente. Não recebo insalubridade. Gostaria o que posso fazer para reverter essa situação? Já que a cidade onde moro não tem fiscalização do trabalho.

    Obrigado.

  • Rudimar diz: 30 de janeiro de 2014

    Olá, fui contratado como Motorista. (Fiat/Fiorino)
    As funções que exerço são: motorista ,entregador,carga e descarga,conferente,cobrador e ainda depois de confererir a entrega nos clientes tenho que etiquetar preços em produtos e expor os produtos no expositor. Gostaria de saber se tem algo errado
    Desde já agradeço a atenção prestada.

  • rosemeire ferreira da silva diz: 31 de janeiro de 2014

    eu fui contratada como oficial de serviços a so que eu cozinho tambem e nao recebe nem a diferença pra exercer essa funçao isso pode sr desvio de funçao

  • Patricia Luiza PM diz: 1 de fevereiro de 2014

    Ola, fui contratada como cozinheira3 eles me falaram que e como auxiliar de cozinha, si que desde o mes de Abril 2013 venho cozinhando, pedi promocao e eles me falaram que nao podem me promover. So que tem pessoas na cozinha que nem pegam o fogao e foram promovidas. Quando foi no dia 31 de Janeiro veio no meu contra cheque que a minha funcao e auxiliar de restaurante. Quero saber se eles podem fazer isso e como devo proceder. Obrigada.

  • carlos diz: 2 de fevereiro de 2014

    Sou encarregado de usinagem em uma empresa de estruturas metálicas, me colocaram pra carregar entulho e fazer separação de materiais para reciclagem. Sou obrigado a trabalhar o sábado que é compensado em um serviço que não tem nada a ver com minha área??
    Isso se enquadra como desviode função??

  • jueliton diz: 3 de fevereiro de 2014

    Olá, trabalho em uma loja e minha carteira está assinada como balconista, porém faço mais duas funções de ofice boy e na limpeza na loja. Não sou reconhecido pelo patrão e a loja está encerrando as atividades. Posso pedir danos morais? Me ajude.

  • Diego Wendel diz: 3 de fevereiro de 2014

    Sou registrado como office boy, só que exerço varias funções, trabalho na tesouraria, na portaria uma vez ou outra ainda trabalho como office boy, quando tem algo de pesado para carregar eles me chamam de vez enquanto, me pedem para consertar alguma coisa que esteja atrapalhado e todas as vezes que saio de ferias eles me ligam para fazer algum tipo de serviço e o pior é, tem vez que tenho que usar minha própria moto para fazer serviços de office boy… É mesmo fazendo tudo isso me tratam como seu eu fosse um merda ali dentro falam que não quero fazer nada e me olham com cara fechada…

  • Amanda Serpa diz: 3 de fevereiro de 2014

    olá, bom trabalho em uma clinica de rx odontologico,minha carteira é assinada como assistente de secretaria II mais cubro férias da recepcionista,faço serviço de banco, ajudo na entrega de exames que a clinica realiza, faço moldagem em pacientes, e limpeza obs: nao sou insalubre, o que eu faço?

  • ilma gomes diz: 4 de fevereiro de 2014

    Minha filha,trabalha numa empresa na qual foi contratada como auxiliar de escritorio,como ele tem tres firmas ele coloca ela no sabado para ser atendente de choperia,no mesmo horario de serviço semanal,mas sem acrescimo de salario,nem a porcentagem que os funcionários ganham ela não ganha.Esse seria o caso de desvio de função?Desde já agradeço pela atenção aguardo resposta.

  • Elaine diz: 4 de fevereiro de 2014

    Fui contratada como auxiliar Administrativo, em uma empresa de informatica. Porém me mudaram de função hoje sou atendente, recebo os equipamentos faço cadastro etc. Só que ainda continuo como Auxiliar Adm. Agora meu gerente me pediu para pegar alguns equipamentos no laboratorio de informatica para que ele fosse entregar aos clientes,pego equipamentos todos os dias para testar para clientes para levar para o laboratório subo e desço escadas. Hoje ele me pediu para pegar alguns equipamentos e eu disse q não iria pegar, pois isso não era uma função minha. Ele me disse que era sim pois eu que deveria ta fazendo isso de recepcionar os equipamentos e efetuar entregas ( na loja). Fiquei sem reação e o mesmo me disse q se não o fizesse me daria uma advertência. Ele poderia fazer isso mesmo? Poderia obrigar que eu faça isso? Quando vim trabalhar aqui me fizeram assinar um contrato falando que se caso não me adequasse aquela função poderiam me colocar em qualquer outra. Mais não foi isso o combinado. Eu atenderia os telefonemas, agendaria algumas instalações emitiria notas etc coisas da area adm. Me ajudemm Beijos

  • Marli Rosa Coser Dagostin diz: 4 de fevereiro de 2014

    Bom dia estou precisando saber sobre desvio de função eu sou concursada desde 1992 como agente educacional Merendeira mas até 2005 sempre trabalhei como agente educacional servente e agora trabalho ha quase 9 anos fazendo os dois serviços merendeira e trabalhar na limpeza e ja faz 11 anos que eu comecei sentir dor nos braços e os exames mostraram sindrome do tunel do carpo ja fez cirurgia na mão direita em 2004 e tenho problema na mão esquerda também agora tenho bursite estou em tratamento e fazendo fisioterapia 1 ano fazendo tratamento de depressão a doutora encaminhou laudo para 90 dias e o estado Rio Grande do Sul negou só me autorizaram 30 dias pois eles alegam que em merendeira não da esse tipo de doença pois é lógico eu sou concursada como merendeira eu gostaria de saber se esse caso é tratado como desvio de função.Agradeço se puderem me ajudar.Abraços

  • marcelo umburana diz: 4 de fevereiro de 2014

    sou auxiliar de estoque tenho 1 ano na empresa desde o meu 2º mês o encarregado me colocou como operador de empilhadeira (executo a função de operador e não recebo mas nada por isso) isso e desvio de função?
    estou pensando em colocar na justiça sem sair da empresa, e possível? de que provas vou precisar?

  • Sandra diz: 4 de fevereiro de 2014

    Olá!

    Sou analista de departamento pessoal mas sou secretária do presidente. Agendo consultas particulares, reuniões compro passagens, reservo hotéis, cuido da agenda, levo água e tudo e ainda levo broncas em determinadas situações. É considerado acúmulo de função?

  • allan diz: 5 de fevereiro de 2014

    Juiza bom dia fui contratado como manobrista vai fazer três anos so que meu chefe falou que a minha obrigação era ajudar os caderantes mais faso contagem dos carros que tem nos estacionamento e colocamos notificações nos veiculos quando estao errados ocupando duas vagas , em area de manobra , sdfn , ainda selos de outros polos , contar os gerentes entrasito que entrarão no predio , mandar e-mail para essas pessoas e e-mail com essa contagem e agorra meu chefe fala que essa funçao nao e meu serviso que da adimitraçao agente so fais porque o banco pede isso nao e desvio de funçao porfavor me esprique

  • leonardo diz: 6 de fevereiro de 2014

    fui contratado para limpeza industrial estou executado a tarefa de sinaleiro isto e desvio de funçao

  • angela diz: 6 de fevereiro de 2014

    Eu trabalhava num posto de combustiveis a qual minha função e na carteira estava assinada era aux administrativo so que de um certo periodo em diante eu atendia a pista como frentista no qual nao fiz exame medico para tal função (audiometria) tambem atuava como caixa e fazia faxina..porem para frentista nao tinha nenhum EPI para atuar atendia de chinelinho…junto com meu salario de aux administrativo eu ganhava uma periculosidade de 30%..Configura-se como desvio de função ou não??

  • Jhonatha Araujo diz: 6 de fevereiro de 2014

    Ola bom dia, minha duvida é, trabalho numa multinacional no PIM (Polo Industrial de Manaus), atualmente na minha carteira de trabalho a equipe de RH assina a mesma como lider de produção, mas a função que exerço é de controle de materias, ajusto o sistema, faço aprovações, inventários e sou responsável por todo o processo sistemático de um dos processos dessa empresa, tudo no sistema que a empresa usa, usando meu ID, resumindo, funções de Analista de Sistema, estou com problemas nesse aspecto pois a analista de RH me informou que não devo ser enquadrado nessa função pois pra exercer-la preciso de uma formação, mas estou cursando inglês a nível de conversação.
    Dai a minha duvida, isso gera um desvio de função, e se com o curso que estou fazendo é valido para a função que estou realizando?

  • maria aparecida pedro aguiar diz: 7 de fevereiro de 2014

    bom dia fui contrata para trabalhar numa empresa como serviços gerais me colocaram de lider de equipe obs limpeza de escritorio mas eu tinha que abrir caixa de papelao fazer seletiva do lixo para coleta reciclavel recolher nimalia de ferro sendo que esse tipo de trabalho teria que ser auxiliar de serviços industriais ter um treinamento que eu nao tive e o salario desse profissional e de 1240 reais eu ganhava so 80 reais a mais pra ser lider de equipe meu salario era de 738 reais sendo que esses 80 so constava no contra cheque e nao na carteiraha sem contar que toda sexta feira tinha que limpar um apartamento que nao era pago por fora ou seja pode ser caracterizado trabalho domestico so nao lavava passava e cozinhava mas limpava fogao geladeira arrumava camas pois la so moravam homens .ha algum desvio de funçao no meu caso obrigado aguardo resposta

  • Lila diz: 7 de fevereiro de 2014

    Eu fui contratada como caixa numa empresa, mais eles me obrigam a fazer bandeijas e lavar talher e se nao fizer eles aplicam advertencias, isso é certo? ou pode ser considerado desvio de funca?

  • Izaias diz: 8 de fevereiro de 2014

    Olá, sou Técnico em Mecânica, porém trabalho gerenciando obras civis, estou desviado de função. Além disso, isso me tira o direito de receber adicional de insalubridade?

  • ALEXANDRE C MARIANO diz: 9 de fevereiro de 2014

    Fui contratado em uma empresa Textil p/ trabalhar de mecânico Manutenção na área de tinturaria, porém após 10 meses de trabalho me passaram a exercer a função de encanador industrial, isto e certo? Estou na empresa a 2 anos e 9 meses.

  • Izaias diz: 9 de fevereiro de 2014

    sou motorista no supermercado mais na empresa eles me mandam fazer reposição de varios produtos, tenho uns dez meses lá, no meu segundo dia de trabalho me mandaro carpi o estacionamento, e agora em diante já fiz serviço de pintura, pedreiro e até de vez em quando me mandam fazer manutenções no supermercado, não ganho nada por isso nem obrigado muito menos reconhecimento

  • mequizedeque Miranda de Oliveira diz: 10 de fevereiro de 2014

    Trabalho Como garçon,carrego bandejas de café Da manhan fico no salão de café repondo tudo que faltar e tambem limpo o salão fasso frigobar mais miha carteira estar assinada Como copeiro oq fa¢o?

  • Celio diz: 10 de fevereiro de 2014

    Trabalho na empresa em que estou a 7 anos, inicialmente na diretoria de clientes no cargo de Assistente Administrativo. Estou fazendo curso de Tecnologia em Redes de Computadores e a empresa me deu oportunidade para trabalhar na diretoria de TI -Servic Desk ha 4 meses onde exerço funções de suporte técnico dos sistemas utilizados pela empresa, porem o cargo ainda continua como assistente administrativo. Nesse caso se caracteriza como desvio de função?

  • Aline diz: 11 de fevereiro de 2014

    Olá sou operadora de caixa mais na empresa eu tenho q arrumar estoque, etiquetar produtos, tirar notas fiscais de devolução , conserto, receber e guardar mercadorias pesadas tipo jogos de mala , sacolas etc… as vezes resolvia ate problemas q gerente devia resolver por um acaso eu posso entrar com processo de desvio de função ???

  • vagner prudencio diz: 11 de fevereiro de 2014

    Bom dia. Estou registrado como inspetor de recebimento jr., mais administro funçoes como inpetor de qualidade .Visitando clientes , elaborando documentos , respondendo e-mails que não corresponde a minha area e varias outras funçoes .

    Isso pode ser considerado em desvio de função???? fico no aguardo…até breve

  • Ana Laura diz: 11 de fevereiro de 2014

    Olá, boa tarde! Trabalho em uma sorveteria como atendente, mas sou obrigada á ter que arrumar o estoque, e fazer faxina tanto no estoque como na sorveteria em sí. Agora minha patroa inventou de querer que a gente limpe aquele risco que fica entre um piso e outro sabe? Acumula sujeira mesmo, mas aq a gente tem que se agaixar e esfregar pra caramba pra deixar limpo, e pior, quando ela chegou aq não aprovou o serviço, disse que poderia ser melhor, mesmo com nós reclamando de dores nos braços e nas costas por ficar muito tempo agaixadas. Gostaria de saber se isso faz parte da minha função. Obrigada!

  • sadi rocha diz: 11 de fevereiro de 2014

    trabalhei em uma empresa durante quatorze anos como encarregado de usinagem.mas era obrigada a também afiar as ferramentas,regular as ferramentas,regular as maquinas,distribuir serviço para os vinte sobre meu comando e ainda trabalhar nas maquinas,tinha um salario fixo mais 0.16% sobre o lucro da empresa,mais 180,00 reais por fora, mais 250,00 reais por carga, que era de quatro a cinco por mês,porem minha folha de pagamento só constava o fixo de 1.701,00.quando a empresa fechou só recebi oque constava na folha de pagamento, e o restante como faço para receber.desde já muito obrigado.

  • Anderson diz: 12 de fevereiro de 2014

    Gostaria de saber qual a multa que seria gerada para um posto que coloca seu frentista para limpar forro e testeira, ou seja, em cima de um andaime, em altura? Isso é desvio de função, não é? Rola multa pro posto?

  • Janaina diz: 12 de fevereiro de 2014

    Gostaria de saber se o que exerço na minha empresa é desvio de função ou acumulo de função.
    Fui contratada como Auxiliar Administrativo, empenho as funções do meu cargo que é auxiliar nos serviços administrativos da empresa, controle de contas a pagar e a receber, emissão de Notas fiscais de compra e venda, calculo de Vale alimentação de funcionários desconto dos mesmos quando há faltas, elaboração de propostas, fechamento de malote para contabilidade, pagamento de salários via internet Bank, pagamento de contas via internet, atendimento aos clientes, entre outras. Porém, exerço também a função de faxineira pois cuido da limpeza do piso, lavo banheiros, faço café, tiro poeira.
    Gostaria de saber se isso se enquadra como desvio de função? ou acumulo de função?

  • Ana Paula diz: 12 de fevereiro de 2014

    Quando fui fazer entrevista na empresa que trabalho, eles me informarao que estavam contratado para a vaga de Digitador de laudos e na conferencia de ficha de pacientes e no descarte das fichas…com o passar do tempo observei minha carteria e estava contratada como Auxiliar Administrativo…E ainda por cima ja foi transferida se sessão e alem de digitar os laudos tem que cadastrar a requisicoes e ainda queriam q ajuda-se na central de atendimento so que neguei ficar cuidando das ligacoes porque ja estou com muito servico…mas algumas vezes tenho q atender por fato das outras linhas estarem oculpada….Te Pergunto…:estou tendo desvio de funcao?

  • Jocimar de Oliveira diz: 12 de fevereiro de 2014

    Olá…
    Trabalho em uma empresa sucroalcooleira a quase 6 (seis) anos. Com aproximadamente 1 ano e 6 meses exercendo a função de OPERADOR DE MÁQUINAS, fui promovido a função de OPERADOR DE COLHEDOURA, registrado na CTPS, agora porém, a supervisão está querendo punir-me caso eu não queira voltar a exercer a antiga função! Eu gostaria de saber, se tenho ou não obrigação de fazer o que estão me propondo? Obrigado.
    At. JOCIMAR

  • Jhoney Almeida diz: 12 de fevereiro de 2014

    Entrei em uma empresa como auxiliar de conferencia,(carga e descarga) nessa funçao fazia carga em caminhoes refrigerados , apois um ano fui promovido a conferente, e comecei a conferir, mas era obrigado a fazer carga tambem, e meu salario era inferior aos dos outro conferentes.

  • Frank James E. Jr. diz: 13 de fevereiro de 2014

    Minha carteira de trabalho está assinada como Expeditor II, trabalho na empresa à 3 anos, exerço às funções = Emissão de NF-e Saída, Carga e Descarga de Mercadorias, Reposição de loja, Conferência das mercadorias que na loja e também que saem, e nas folgas e horários de almoço do auxiliar contábil fico encarregado de cobrir sua ausência.
    Isso se enquadra em algum tipo de irregularidade, desvio de função, acumulo de tarefas?

  • samila diz: 13 de fevereiro de 2014

    Fui contratada para ser aux. administrativo so que tenho que de 11hs até 13hs tenho que tirar o horario de almoço de minha colega de trabalho que fica no caixa,mais não assinei nada concordando com isso e nem me pagam a mais, isso é um acumulo de função ou desvio? e como devo proceder nesse caso?

  • Tabata Dias diz: 13 de fevereiro de 2014

    Sou contrata como balconista, porem faço serviços de Emissão de NF, Boletos, Conferencia de Mercadoria, Cobrança de Clientes devedores, abertura e fechamento de caixa, sendo que as outras funcionarias também são registradas como balconista e não fazem o mesmo que eu. Gostaria de saber se isto está correto, sem contar que o PATRÃO é muito ignorante grita com os funcionários na frente de todo mundo.

  • Ezequiel Matias do Amaral diz: 13 de fevereiro de 2014

    Eu trabalho a 02 anos e Meio numa empresa como almoxarife, mas já faz 06 meses que estou com responsabilidade de mestre de obras chefiando funcionários, mas meu salario não mudou em nada nem recebi promoção na de cargo. Isso caracteriza como desvio de função.

  • Ricardo diz: 13 de fevereiro de 2014

    Olá, Sou Auxiliar Administrativo e trabalho em uma empresa de Produtos Naturais, e minha patroa me coloca pra Lavar banheiro,recolher os lixos, lavar pratos, atender os cliente, operadorar o caixa, gostaria de saber se isso pode ser desvio de função?

  • fabiana do nascimento diz: 14 de fevereiro de 2014

    eu sou axiliar de caixa,mais há tres semanas estou exercendo a funçao de laticinios,tenho foto comprovando que ,eu estou trabalhando la no laticinios isso é desvio de funçao e o que eu faço agora dia 4 de março faço 3 meses na empresa,eles chamos de auxiliar de frente de caixa,mais eu sou empacotadora!!

  • Diego diz: 14 de fevereiro de 2014

    Boa tarde, minha carteira de trabalho esta como Auxiliar de Informatica, mas sou Obrigado a carregar mesas, cadeiras e objetos pessoais de algumas pessoas… Isso seria Desvio de função?

  • Jessica diz: 14 de fevereiro de 2014

    Olá.

    Fui contratada para ser Aux. Administrativo de almoxarifado, cuidar do registro de ferramentas, funcionários, notas fiscais… Na minha carteira consta aux. Administrativo e eu trabalho dentro de um escritório, mas meu supervisor me manda ir para o almoxarifado fazer contagem de ferramentas, orgazinar as ferramentas, isso inclui pegar peso em um lugar empoeirado, sujo, bem diferente de um escritório. Quando passei pela entrevista perguntei a ele se eu teria esse contato com o almoxarifado e ele me garantiu que não, que eu ficaria somente no escritório. Mas tem um grande detalhe, ainda estou no período de experiencia e tenho medo de conversar com ele sobre o assunto pois ele pode me mandar embora. Gostaria de saber sobre meus direitos. Obrigada.

  • Kiani Guarche diz: 14 de fevereiro de 2014

    Entrei no supermercado como Operador de supermercado e fiquei 1 mês e meio como caixa e logo depois fui passada para Estoquista , porém o salário de Estoquista é menor que de Operador de supermercado e eu faço de tudo dentro da loja ainda opero caixa , limpo , reponho , fico na balança do horti…….. Queria saber se eles podem me obrigar a operar caixa ainda so pelo fato de estar ainda na minha carteira e eu estando de estoquista da loja?Isso é desvio de função????

  • Damião Souza Lima diz: 15 de fevereiro de 2014

    DAMIÃO DIZ Quefui contratado por uma empresa de transportes em 1995 na função de cobrador depois de uns 4 anos mas ou menos fui promovido a função de fiscal de arrecadação responsável por acompanhar prestação de contas das agências locadas no meu setor só que depois de um certo tempo a empresa começou a me colocar p/tirar férias de encarregado financeiro,caixa,encarregado de outros setores,férias de bilheteiros,setor de gargas e encomendas em outras cidades e estados e agora por ultimo em fevereiro de 2013 foi me passado que não sou mais locado no meu setor de trabalho que tenho que pegar minha escala em outro setor a mais de 600 km fora da residência por exemplo hoje dia 15/02/2014 estou em Aracaju-se a Serviço exercendo outra função,,,tenho uma filha de 06 praticamente não estou vendo ela crescer!!!!!!!!GOSTARIA DE SABER SE ISSO É DESVIO DE FUNÇÃO OU UM GRITO DE SOCORRO

  • renato diz: 15 de fevereiro de 2014

    sou eletricista e trabalho tambem como operador de caldeira o que fazer.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 17 de fevereiro de 2014

    Jessica, minha opinião: se, desde o período de experiência, estás insatisfeita com o trabalho, talvez seja melhor buscares outra oportunidade, que possa te trazer maior satisfação. O que pensas a respeito?

  • Ariane diz: 17 de fevereiro de 2014

    Sou agente administrativo na Prefeitura de Praia Grande, mas, atuo no momento como técnico em equipamentos de informática. Gostaria de saber como faço para pleitear o salário e carga horária compatíveis com minha função atual?

  • Joselia diz: 17 de fevereiro de 2014

    OLA? SOU SERVIDORA PUBLICA EFETIVA NO REGIME ESTATUTÁRIO, CONCURSADA COMO SERVIÇOS GERAIS (AGENTE DE SERVIÇOS) HA 13 ANOS E DESDE ENTÃO EXERÇO ATIVIDADES ESTRANHAS AO CARGO EXEMPLOS: RECEPCIONISTA, AUXILIAR DE LABORATÓRIO. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS EM BANCO DE SANGUE E ATUALMENTE EXERÇO A FUNÇÃO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO, NUNCA GANHEI FUNÇÃO DE APOIO, NA REAL FUNÇÃO.SEMPRE GANHANDO DE ACORDO COM O CARGO DE FUNÇÃO DO CONCURSO. GOSTARIA DE SABER SE HÁ CONDIÇÕES LEGAIS DE CONSEGUIR PASSAR DE SERVIÇOS GERAIS PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO, NA QUAL VENHO DESEMPENHANDO A CONTENTO A UNS 05 ANOS.ATUALMENTE A PREFEITURA ESTA SOLICITANDO TODOS OS SERVIDORES QUE ESTÃO EM DESVIO DE FUNÇÃO, PARA RETORNAREM AS FUNÇÕES CONFORME O CARGO DE CONCURSO .QUERIA SABER QUAIS SÃO MINHAS CHANCES DE PERMANECER? SE POSSO LUTAR PELA VAGA QUE ATUO, E TAMBÉM SE TIVER QUE VOLTAR SE ELES VÃO ME RESSARCIR O DIFERENCIAL DE SALÁRIO DE UM AGENTE DE SERVIÇOS PARA UM AGENTE ADMINISTRATIVO, POSSO ME PREJUDICAR SE EU FOR PROCURAR MEUS DIREITOS TRABALHISTAS FUTURAMENTE? POSSO SER COLOCADO PARA FORA DA EMPRESA?
    OBRIGADA… DESDE JA AGRADEÇO. BOA TARDE!

  • Edna dos Santos diz: 18 de fevereiro de 2014

    Meu marido trabalha em uma empresa de transportes a mais de 25 1nos sua carteira esta assinada como relaçoes públicas e cobrança desta empresa mas sempre foi para outras funções e por necessidade cumpria elas mas com o passar deste tempo todo ficamos sabendo que esta inrregular ele e colocado para descarregar caminhões com cargas pesaadas e colocado para dirigir carros da empresa para entregar e sozinho lhe prejudicando sua saúde pois são cargas pesadas e sem falar na situaçao deprimente de ser colocado em posto de grau abaixo de suas funçoes agora esta com problemas na coluna devido o longo do tempo por carregar pesos gostaria de saber se e desvio de funçao ou outra e que atitude tomar neste caso estamos precisando de um apoio obrigada por sua atençao.

  • rafael diz: 18 de fevereiro de 2014

    amigo sou porteiro e o supervisor mandou eu cobrir uma falta quando cheguei no posto era para o lugar do vigilante eu cobri a falta e fui liberado as 05:00 mas meu horario era ate as 06:00 o vigilante q estava la me liberou mas cedo axo q é por causa q sou porteiro pra ninguem me ver…isso seria constrangimento vou jogar na justiça !!!! so cobrir uma falta no lugar de vigilante isso é causa ganha?? email rafafla@r7.com

  • Risomar diz: 18 de fevereiro de 2014

    Fui contratado para trabalhar em uma concessionaria de veículos como recepcionista na área da oficina, mas depois de uns dias começaram pedir para eu ir levar e buscar clientes nas suas casas e lavar uma colega no banco e no correio, ajudo na limpeza da oficina recebo e faço check list dos veículos para revisão, recebo veículos novos quando chegam e tenho que assinar as notas tirar xerox.Sendo que na minha carteira de trabalho está como AUXILIAR ADMINISTRATIVO. E ainda querem que eu arrume carros no pátio e coloque para revisar e para lavagem. Me de uma ajuda por favor, fico muito agradecido abraços.

  • amorim diz: 19 de fevereiro de 2014

    trabalho em uma empresa onde sou recepcionista, porem trabalho no setor financeiro ligando para alunos marcando aulas e cobrando as mensalidades. a escola tem uma meta de recebimento de mensalidades por mÊs, se essa meta for batida nós recebemos R$ 400,00, senão, recebemos somente o salario. em alguns casos, sou solicitado a atender alguns alunos para poder ”puxar” essas mensalidades para escola, porem esses atendimentos são gerencias, e quando os gerentes não se encontram na escola, sou eu quem atendo aos alunos, respondendo no momento como se eu fosse gerente da escola. isso é considerado desvio de função, acumulo de função ou algum outro caso. e como isso é visto perante o juiz trabalhista.

  • bruno cesar diz: 19 de fevereiro de 2014

    trabalho em uma grande empresa aqui do vale do paraiba onde vendemos quase tudo desde celulares a berços sofas guarda roupas etc.
    o q acontece com os vendedores q é a minha funcao na loja é q somos responsaveis por quase tudo na loja, desde o estoque que temos que contar produtos semanalmente e tb temos q entregar os produtos q nós vendemos, se o cliente optar por embrulhar o prduto tb fazemos o papel de empacotador. temos tb alguns produtos em condiçoes especiais de pgamento onde muitos deles estavam em uma assistencia tecnica e somos “orientados” a testar tods eles antes de vendermos, quando acontece algum imprevisto na entrega do produto tb somos nós que somos chamados para resolver o problema muitas vezes paramos de fazer o q estavamos fazendo pois o motorista liga pro vendedor na loja para q o vendedor entre em contato com o cliente para saber se há a possibilidade de entrega ,ou entao quando há algum problema na montagem de algum poduto, somos nós os vendedores mais uma vez que sao chamados por um microfone para atender o cliente. tb quando vendemos algum produto como um micro system e o mesmo dá algum defeito somos nós que testamos antes de fazermos a troca ou o cancelameno. enfim tudo isso ta de acordo com a minha funcao??? pois na minha carteira de trabalho esta escrito vendedor (comissao sobre suas vendas a vista)

  • bruno carlos santos diz: 19 de fevereiro de 2014

    Minha carteira e assinada como auxiliar de exame, mas faço serviço como manutençao da clinica, servicos de boy , trabalho na recepçao tambem.
    Queria saber quais sao os delitos que apresa esta causando comigo?
    Obrigado

  • Andreisia de Almeida diz: 20 de fevereiro de 2014

    Olá trabalho em uma empresa na qual sou registrada como atendente,embora faço o serviço de operadora de caixa,eu abro a loja sei que devo mante-la limpa mais lá nos fazemos faxina pesada como lavar frizzers desentupir caixa de gordura que é um nojo,limpar paredes,limpar estoque e somos cobradas para vender os produtos gostaria de saber se isso é correto porém atendente é atendimento ao cliente que eu saiba,agora vendedora é outra coisa gostaria de saber se isso é desvio de função e o que eu posso está fazendo a respeito.Espero uma resposta,obrigada.

  • ANA MARCIA DOS SANTOS diz: 20 de fevereiro de 2014

    OLA BOA TARDE TRABALHO EM UMA FIRMA DE LIMPEZA COMO AUX DE GERAIS
    SENDO QUE QUEREM ME PROMOVER COMO LIDER AUX
    GOSTARIA DE SABER SE FIRMA E OBRIGADA COLOCAR ESTA FUNÇAO
    NA MINHA CARTEIRA
    GRATO ESPERO RESPPOSTA

  • Cáren Cecília Baldo diz: 20 de fevereiro de 2014

    Ana, se tiveres uma promoção, ela deverá, sim, constar na tua carteira de trabalho.

  • ana paula diz: 20 de fevereiro de 2014

    oi trabalho em uma empresa como atendente na loja temos uma escala
    para limpar banheiro,e cozinha gostaria de saber se isso e certo se eu recusar ela pode me da uma advertencia

  • Jéssica Soua diz: 21 de fevereiro de 2014

    Fui contratada para ser auxiliar administrativo, porém a Diretoria determinou que farei encadernação de apostilas de forma manual (furar as folhas, cortar, colocar capa, espiral, etc), isso faz parte da minha função?

  • liliane dos santos lopes diz: 22 de fevereiro de 2014

    sou operadora de caixa, e tenho que participar tambem da faxina, ,e se eu quiser tomar cafe tenho que pagar o café , além de eles enventaram agora que vamos ter que pagar sobras do caixa

  • jandson lourenço diz: 22 de fevereiro de 2014

    ola
    fui contratado como ax de loja mas opeo caixa faso reposiçao descarrego caminhao tenho metas na venda do site da empresa e no segoro de garantia. tirei as ferias de tisoreuro por tres anos consecutivos.

  • Adair de Oliveira Genelhhú diz: 25 de fevereiro de 2014

    trabalho em uma empresa de aproximadamente 300 funcionários, tem determinadas funções, em construção civil, se em determinado tempo eu não tenho serviço pra todos os funcionários, tenho que deixar funcionários parados sem serviço, porque eu em menos de 20 dias preciso deles, não compensa em dispensar, porque são ótimos funcionários, sou proibido de mandar eles ajudar em outro serviço, exemplo: Armador de ferragem ajudar em uma concretagem, eu trabalho com obra civil a mais de 15 anos, tem dia que devemos dar prioridade em um tipo de serviço. O que eu faço? Sou penalizado por isso? Vou causar multas diante ao ministério do trabalho a meus patrão?

  • Fabiana Diniz diz: 25 de fevereiro de 2014

    Ola ,trabalho em uma academia de tennis como recepcionista,na recepção tem uma lanchonete,temos que atender clientes,tel, professores,pegadores e ainda vender na lanchonete,agua ,gatorade,café,salgados,etc,ainda executo:conferência de banco:depositos,tarifas,lançamentos de cartões da cielo ,canhoto de chqs,compras das bebidas da lanchonete,e ainda fazia serviços de uma outra empresa de um dos socios uma construtora,planilias de pgtos,cobraças d boletos e etc.Isso é considerado acumulo ? e n ganhava nada a mais no salario por isso.Obrigada .

  • JANAÍNA DE MORAES VIEIRA diz: 26 de fevereiro de 2014

    Gostaria de saber se o que exerço na minha empresa é desvio de função ou acumulo de função.
    Fui contratada como Auxiliar Administrativo, empenho as funções do meu cargo que é auxiliar nos serviços administrativos da empresa, controle de contas a pagar e a receber, emissão de Notas fiscais de compra e venda, calculo de Vale alimentação de funcionários desconto dos mesmos quando há faltas, elaboração de propostas, fechamento de malote para contabilidade, pagamento de salários via internet Bank, pagamento de contas via internet, atendimento aos clientes, entre outras. Porém, exerço também a função de faxineira pois cuido da limpeza do piso, lavo banheiros, faço café, tiro poeira.
    Gostaria de saber se isso se enquadra como desvio de função? ou acumulo de função?

  • aldeni diz: 26 de fevereiro de 2014

    trabalhei para a prefeitura de minha cidade por processo seletivo 1 ano e meio na funçao de agente comunitario de saude,mais nunca recebi insalubridade,meu contrato venceu em dezembro de 2013 e ja fui demitida.tenho algum direito sobre a insalubridade que nunca recebi?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 26 de fevereiro de 2014

    Fabiana, me parece que tu estás exercendo funções além do que foste contratada para trabalhar. E, se trabalhas para outra empresas, deverias receber por elas também. O melhor é procurar um advogado trabalhista para analisar melhor o teu caso.

  • LEANDRO diz: 26 de fevereiro de 2014

    trabalho como condutor de ambulância a 5 anos mais venho exercendo duas funções , como condutor e técnico de enfermagem isso e desvio de função ? tenho uma hr de almoço , mais não posso sair do setor por trabalha so com uma equipe pra sair com a ambulância , e não recebo isso no meu contra cheque , posso receber isso na justiça?

  • Ione Souza diz: 26 de fevereiro de 2014

    Na entrevista com meu patrão, fui contratada como gerente de restaurante, quando fui fazer o exame médico ele disse que seria registrada como atendente, não aceitei, ele disse que não podia me registrar como gerente porque já havia uma gerente na loja. Hum mês depois ele mandou esse gerente embora e estou registrada como supervisora, fazendo todo o serviço de gerente, admitindo e demitindo funcionários, fazendo compras e supervisionando a loja, hoje ele nomeou uma outra funcionária como supervisara de loja. Isso pode acontecer? o meu salário não aumentou.

  • Ana Mattos diz: 27 de fevereiro de 2014

    Trabalho como farmacêutica responsável técnica em uma indústria, porém a empresa não tem muitos clientes e não quer gastar contratando mais auxiliares de produção, ela faz eu fazer serviço de auxiliar de produção, de secretaria (ligando para operadora verificar faturas de telefone, copia de documento para enviar para contabilidade, cotação de produtos, organização de documentos, preenchimento de documento de admissão de funcionários) não sou tratada como farmacêutica, sirvo apenas para assinar os documentos, visto que obrigado ter uma farmacêutica presente, e outro fato é que meu patrão acha que sou obrigada a cumprir hora extra e estar disponível quando ele precisar.

  • Murilo sena diz: 27 de fevereiro de 2014

    trabalho como motorista de caminhão comboio a 3 anos e meio em uma usina de cana, quando termina a safra…colocam os motoristas para pintar maquinas, desmontar caminhões… auxiliar de solda…. durante 3 meses de cada ano. Nesse ano me recusei a desmontar um caminhão, fui trocado de turno, não to exercendo minha função e me deixaram em um tipo de castigo?!isso se caracteriza em desvio de função?

  • Suelen diz: 27 de fevereiro de 2014

    Sou registrada como atendente de vendas só que me colocaram para embala peças e conferência e ganho um salário!!!

  • felipe pereira limeira diz: 28 de fevereiro de 2014

    trabalho e um supermercado sou repositor de mercadorias e eles me obrigaram a trabalhar como ajudante de deposito sem alterar minha carteira isso e desvio de funçao ?

  • Hermogenes Teles da Cruz diz: 1 de março de 2014

    Minha cunhada é professora contratada para o município,porém a diretora quer que ela além de lecionar para mais de 20 crianças,faça a higiene pessoal de um aluno tetraplégico. Isso é legal? O municipio é obrigado a contratar uma pessoa com especialização para tal função?

  • Fernando diz: 1 de março de 2014

    Por gentileza me tirem esta dúvida:
    Trabalhava em uma grande empresa como chefe de segurança porém a empresa para reduzir sua folha de pagamento demitiu 2 gerentes de regionais diferentes e juntou a as mesmas e me colocou para gerenciar as duas regionais ( fui investido de autonomia Demissão, Admissão, etc), trabalhei por 1 ano sem ser promovido e, sem aumento de salário pertinente a nova função; Após 1 ano a empresa criou um cargo inferior a gerente e me colocou neste cargo contra a minha vontade com diferenças absurdas do salário dos antigos gerentes ( não houve nenhuma mudança na função que eu já fazia em relação ao cargo de gerente tudo continuou da mesma forma), trabalhei mais 5 anos no cargo inferior criado pela empresa e fui demitido, tal fato pode se enquadrar em desvio de função com direito a diferenças salariais.

  • VALDIRENE LOPES DA SILVA NOGUEIRA diz: 2 de março de 2014

    FUI CONTRADA P PREENCHER A VAGA COMO VENDEDORA,MAS ASSINARAM MINHA CARTEIRA COMO ATENDENTE SEM ME COMUNICAR DA MUDANÇA P ELEM DE LIMPAR LOJA ,ABRIR E FECHAR LOJA ,ATENDER NO CAIXA E FAZER O FEICHAMENTO DE CAIXA..ISSO ESTA CERRETO?

  • claudia diz: 4 de março de 2014

    Boa noite! sou registrada na ctps, na função de aux. administrativa faz 2 anos e três meses comercei já faz 1 ano e dois meses no setor financeiro fazer de tudo: baixa de cartao, caixa, relatorio do faturamento etc. depois que eles descubriram que tinha acabo de mim forma em RH, outra funcionário deles tinha feito muita besteira na areas, ele mim colocou no area de dep. pessoal para corregir o erro da outra, então faz 1 ano e um meses que estou no dep. pessoa, bem eu queria saber se uma funcionaria que trabalha no setor dep. pessoal e obrigada a participar de audiência da empresa.

  • Alessandra diz: 4 de março de 2014

    Olá!
    Eu trabalho em um hotel como telefonista, eu atendo em uma central que tem diversos ramais e eu transfiro as ligações para outros ramais destinados e também faço a parte interna, ou seja, externo e interno. Mas na minha carteira está auxiliar de atendimento, mas sou telefonista e trabalho 8 horas por dia! Estou a quase dois anos e tenho 18 anos.
    Não sabia que uma telefonista trabalha apenas 6 horas por dia, o que devo fazer?

  • patricia diz: 5 de março de 2014

    olá, tenho curso técnico em laboratorio, porem nao exerço a funçao sou auxiliar e por diversar vezes trabalhaei no laboratoio como técnico e digitando rezultados de exames isso seria desvio de funçao pois nunca recebi a mais. obrigada

  • Moisés diz: 5 de março de 2014

    Sou monitor de campo, onde tenho uma equipe sob minha responsabilidades, qualidade nos serviços e atendimento ao cliente é o foco, tambem orientações em informática e padrão de instalações, meu superior, quer que eu tenha materiais no carro para levar aos técnicos instaladores e tambem para corrigir serviços errados por eles, me passaram as folhas de ponto, colar adesivos da empresa nos carros, baixar softwares nos celulares, pintura da base tambem fiz e tenho fotos, alem de fazer horas extras, atender telefonemas sobre serviços depois do horario sem marcar na folha de ponto, fui afastado por acidente de percurso, fiquei por cinco meses, dizem que não tenho direito a férias, minha carteira consta apenas alteração de salario, mas mudei de função(vem no olerite), e tem muitas coisas erradas que acontece com outros funcionarios.

  • Marccelo diz: 6 de março de 2014

    Por gentileza, preciso de um esclarecimento. Possuo uma empresa EPP, contratei um novo motorista entregador, de alimentos não perecíveis em veículo utilitário com capacidade máxima de 1.540 kg que variam entre 5 à 40 kg por item. Raio de trabalho de até 120 km.
    Sou obrigado a contratar também 01 ajudante somente para servi-lo, uma vez que o mesmo foi contratado para esta função? Apenas para ser justo com o contratado e com a empresa, em seu tempo livre, mas em horário de trabalho, posso exigir que o mesmo cuide, zele, lave e limpe o veículo? Caracteriza funções múltiplas? Por favor, agradeço desde já, obrigado.

  • jonatha durval diz: 6 de março de 2014

    Fui contratado como auxiliar administrativo, depois de un certo periodo me colocaram como op de caixa e ainda nao alteraram minha carteira, alem da parte de recebimento, faço a parte de emissão de notas , emissão de boletos, desconto de cheques , de duplicatas e faço pagamento da folha dos funcionarios! isso tem algum desviu de função?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 6 de março de 2014

    Felipe, pelo que falas, acredito que não trata-se de desvio de função. Tu estás fazendo horas a mais (extras) por causa dessa nova atividade?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 6 de março de 2014

    Fernando, precisas procurar um advogado trabalhista para ver os detalhes do teu caso. Acredito que existam aí, sim, algumas situações que podes questionar na Justiça.

  • Maria Nascimento diz: 6 de março de 2014

    Trabalho a 3 anos como operadora de caixa e também exerço outras funções dentro da empresa e sou registrada como auxiliar administrativa e agora que pedi a mudança de cargo na carteira, me disseram que só poderia mudar para operador de caixa se tivesse outra pessoa para contratar como auxiliar, ou seja, um cargo depende do outro. Isso é correto?

  • ivanilson junior diz: 6 de março de 2014

    boa tarde, trabalho numa empresa onde sou encarregado de limpeza. (reserva) onde sempre que a empresa precisa me manda a setores com outras funçoes, como por exemplo aux de serviço gerais, tecnico de secretariado, setor administrativo, porteiro e etc… e ainda me tiraram a gratificação de encarregado ! é possivel ao sair da empreza cobrar tudo em juizo?

  • Adenilton diz: 6 de março de 2014

    Boa noite, trabalho em uma empresa onde minha função é agente de viagem e quando fui fazer meu exame admissional foi declarado agente de viagem, mas quando meu patrão me registrou, assinou minha carteira como assistente de vendas.
    Gostaria de saber se é certo o que ele fez. Também tenho que fazer a limpeza da loja é certo isso também?

  • ERICA SILVA diz: 6 de março de 2014

    Boa tarde Cáren! Por favor me ajude! Trabalho a quase 3 anos como supervisora de licitação ganhando variável (comissão) no contracheque, sempre recebi até 125% do valor do meu salário de comissão. Fiquei grávida e na minha licença maternidade houveram mudanças e mandaram toda a equipe embora. Quando retornei, me direcionaram para o almoxarifado, nem o chefe de lá sabia o q eu iria fazer, eu não tinha nem lugar para sentar e trabalhava com homens, não tinha uma mulher no setor.
    Tirei fotos do local e pedi aos funcionários q tirassem fotos minhas atuando lá.
    Antes de me realocarem, conversei com o chefe do RH sobre o salário e ele me disse q não teria como me pagar a variável pois não atuo mais com público, e pedi para verificarem a possibilidade de me mandarem embora, pois além de todo esse transtorno, tive problemas seríssimos em relação ao pai da minha filha, tenho um processo na justiça e medida protetiva por causa disso.
    Por esse motivo não confio em ninguém ficar com ela e estou tendo atendimento psicológico e psiquiátrico por isso. Na empresa me disseram q não poderiam me mandar embora por causa da estabilidade, então conversei com meu médico e pedi afastamento, fiquei 2 meses pelo INSS e agora deverei retornar a empresa. Não tive ninguém de confiança para ficar com minha filha ainda, já tem 4 dias; liguei e pedi para marcarmos e conversamos sobre a possibilidade de me mandarem embora.
    Mas me disseram q devo ir trabalhar, q não tem orientação sobre me mandarem embora. Diante da situação q estou vivendo não posso pedir demissão.
    A advogada do sindicato me orientou a entrar na justiça e pedir rescisão do contrato por desvio de função. Pelo meu ultimo contracheque terá como provar a diferença salarial, e tenho as fotos apenas. Fiquei apenas dois dias no almoxarifado e pedi afastamento ao medico. O que vc acha q devo fazer?

  • Gustavo diz: 6 de março de 2014

    olá.. queria tirar uma dúvida.. fui contratado em um restaurante no shopping, depois que entrei a trabalhar começaram a aparecer outras funções.. fui contratado como caixa, mas tenho que limpar chão, lavar bandejas, limpar paredes e fazer o uso da fritadeira.. não recebo nada a mais que o salário base e o quebra de caixa.. Oq devo fazer? obrigado..

  • Maria diz: 7 de março de 2014

    Ola! Sou Enfermeira, trabalho em uma clínica, tenho carteira assinada com técnica de laboratório, ganho um pouco a mais do que esta assinada mais não tenho aumento há 2 anos e minha patroa se recusa assinar minha carteira como Enfermeira já que sou obrigada a responder pela clinica como tal. Estou querendo procurar meus direitos. Posso ser mandada embora? quais meus direitos?

  • carla diz: 7 de março de 2014

    Bom dia! Sou auxiliar administrativo mas sou abrigada a fazer atividade de call center. ( faço ligações para clientes o dia todo) isso caracteriza desvio de função?

  • ligia diz: 7 de março de 2014

    Bom dia, fui contratada para cobrir licenca maternidade de uma funcionaria na qual sua funcao era ficar no caixa emitir nota fiscal e se encarregar pelos pagamentos de contas..apos a licenca continue na loja cobrindo suas ferias…quando ela voltou fiquei encarregada de ajuda la com o caixa e ajudar tbm a tender os clients na venda de pneus…mae o meu patrao vivia me mandando limpar a loja, estoque, cozinha, ir ao mercado fazer compras para ele, ir em lojas comprar ou devolver roupas, sapatos…e nesta quarta feira ao voltar do banco ele me intimou para limpar a cozinha onde contia panel as sujas qur um outro funcionario havia sujado…me recusei dizendo que nao era cert eu ter quero limpar sujeiras de outras pessoas sendo que quase sempre sobra para’mim…ele me intimou dizendo que nao queria saber quem sujou quero ele ja havia me mandado limpar a mais de 20 minutos e o quero eu estava esperando…ja quero sou paga para is so…o que faco isso eh desvio de funcao?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 7 de março de 2014

    Erica, me parece que o melhor caminho é te orientares junto a um advogado trabalhista, para que te ajude a encaminhar o caso. É uma situação muito delicada, cheia de detalhes, e eu não poderia simplesmente te dizer o que acho certo fazer – até porque não conheço todos esses pormenores, mesmo tu tendo me passado algumas informações. O sindicato pode realmente ser o melhor caminho. Que tal voltares lá para avaliares melhor tudo que está acontecendo?

  • Francielly Gonçalves Vieira diz: 7 de março de 2014

    Sou caixa de boate trabalho de carteira assinada mas eles querem que eu faça outras funções como ficar na limpeza, ficar no bar, panfletar isso a noite toda.Quando me recuso me mandam ir pra casa e cortam meu dia independente do horário. Eles podem fazer isso? Sou obrigada a fazer?

  • peterson seixlack da silva diz: 7 de março de 2014

    fui contratado pela prefeitura da minha cidade como trabalhador braçal, mas a chefe da secretaria me coloca de vigia nos finais de semana sozinho pra vigiar a instituição e ganho so as folga desse final de semana. isso pode? trabalho terça, quarta e quinta como trabalhador braçal e sabado e domingo de vigia, segunda e sexta eu folgo.

  • Vanessa diz: 8 de março de 2014

    Em minha carteira está registrado como Auxiliar Administrativo, trabalho em um consultório onde também trabalha mais duas meninas que está registrado com o mesmo que eu, porém elas só agenda exames, e abre ficha de pacientes, já eu agendo exames, abro ficha de paciente, digito laudo, faço faturamento, contas a receber, e toda a parte da minha coordenadora, mas recebo o mesmo das outras meninas… Isso é desvio de função? E o que devo fazer? Já sentei como os doutores e pedi que eles me mandassem embora, até agora não tive nenhuma resposta.

  • Renato almeida diz: 10 de março de 2014

    que saber si o patão pode troca minha função de motorista pra outra sem q eu queira ou mande? caso nao o q fazer?

  • Ernane diz: 10 de março de 2014

    Olá!
    Desde a entrevista , até meu cartão de ponto/crachá, entregue dias atrás, tenho como função Coordenador de manutenção em um Hotel Fazenda, entretanto, até hj ( 1 mes e meio depois) só faço coisas do auxiliar de manutenção, como trocar lâmpadas, arrumar torneiras, carregar camas ( de apartamento para o outro), limpar Ar condicionados, etc.
    Está dentro do normal??Posso pedir diferença de salário?

  • Cristiano diz: 11 de março de 2014

    Bom dia,

    fui contratado como office boy mas estou fazendo serviço de moto-boy, fazendo viajens a outras cidades com pouco mais de 100km de distancia de moto, gostaria de saber se isto se enquadraria em desvio de função ou algum outro problema

  • Fabrizio diz: 11 de março de 2014

    Sou Recepcionista de hotel, falo Inglês fluente e atendo estrangeiros mas minha carteira não é assinada como Recepcionista Bilíngue e sim apenas como Recepcionista
    Desvio de função?

  • Juliana Cruz diz: 12 de março de 2014

    Bom dia,
    fui contratada como faturista de uma clinica médica, mas em minha carteira está como recepcionista, faço todo trabalho de faturamento, guias, preenchimento, cálculos , envios, controle, conferencia, relatórios, pagamentos e recebimentos, além disso e mais um pouco, tenho que atender telefones, fazer marcações, isso sendo da na clinica há uma recepcionista, e a mesma entrou de ferias e eu tive que assumir as tarefas dele e mais as minhas, sem contar a limpeza do local. O que se caracteriza, seria desviode função, deveria receber um adicional por cobri-la nas férias?

  • Juliana diz: 12 de março de 2014

    Bom dia!!!!

    Estou registrada a 2 anos como auxiliar de compras jr, e faço todo o serviço que a minha lider de compras faz e nesse tempo tive um aumeto que me envergonho ate de falar…e ela passa o serviço dela todinha e a responsabilida para mim….

  • diego costa cardoso diz: 12 de março de 2014

    sou eletricista de automoveis em uma empresa de transportes ha um ano e pouco mais como tenho conhecimento em refrigeraçao de autos e residencial sou constantemente quase que obrigado a faser esses serviços posso ganhar essa causa?

  • sandra helena ribeiro diz: 13 de março de 2014

    sou auxiliar de limpeza na carteira ,mas faço serviço de recepção,serviços externos como banco,buscar~e levar nas empresas terceirizadas cartão de pontos,isto pq tem a recepcionista o que fazer

  • Rogério diz: 13 de março de 2014

    A minha carteira foi assinada há 6 anos atrás como auxiliar de serviços gerais, porém para trabalhar como estoquista de autopeças e hoje trabalho no administrativo dando entrada em notas fiscais e meu holerite vem como operador logístico mais a carteira continua como auxiliar de serviços gerais… Há irregularidade por parte da empresa nessa situação ?

  • maiane miranda diz: 13 de março de 2014

    fui contratada para serviços gerais em uma escola de danca,onde exerci somente 2 meses passando para recepção durante meio turno e outro meio turno trabalhava com limpeza,crianças etc… alem de me deslocar para prestar serviços em outra escola,minha carteira foi assinada como atendente mas exercir mais funções.Estive gravida e ao sair para minha liçenca maternidade recebir em minha casa o contra cheque alterado para serviços gerais e minha chefe ainda me pedio todos os outros para alterar,não sei o que faço preciso de ajuda pois já tenho que retornar ao trabalho me ajude por favor. o que devo fazer?
    grata

  • Hellen diz: 13 de março de 2014

    Sou auxiliar administrativo, cuido da parte financeira, aquivo, pagamento de NFS, entre outros serviços destinados á area, porém vou ao banco de segunda feira, fazer pagamentos e retirar cheques devolvidos, e volto com dinheiro para empresa.

    Sendo contratada como auxiliar administrativo posso fazer este tipo de serviço externo?

  • Franceline diz: 13 de março de 2014

    Boa noite estou contratada na cbo422105 no cargo de Recepcionista mas con o salario de 756,00 reais .Esse valor não esta serto para meu cargo.E como possa saber se realmente estou nessa funsão para o estado de São Paulo

  • valdir alves diz: 14 de março de 2014

    Olá boa noite!
    Tenho algumas sobre o que faço no meu trabalho. sou tecnico em patologia clinica e trabalho a noite,nois cadastramos exames,pois nao temos auxiliar administrativo(secretario) a noite e liberamos laudo dos exames para o medico,pois nao trabalhamos com um profissional formado ,ou seja,nem farmaceutico e biologo a noite esta certo isso

  • Cáren Cecília Baldo diz: 14 de março de 2014

    Franceline, precisas entrar em contato com o sindicato da tua categoria para confirmar o valor do piso para a tua profissão e cargo.

  • kairon patriki diz: 14 de março de 2014

    ola sou ajudante de patio em uma empresa mas me fizeram fazer um curso de ponte rolante e trabalho com ela o dia todo e e não tem nada haver com ajudante de patio isso e certo?

  • Danielly diz: 14 de março de 2014

    Olá boa tarde!

    Trabalho em uma empresa à 1 ano entrei como estagiária em no dia 22/02/2013
    5 dias depois me efetivaram,porém não assinaram minha carteira só vinheram assinar mesmo em 01/08/2014 aqui é uma associação trabalho no financeiro praticamente como analista financeiro só que minha carteira está assinada como auxiliar de escritório ganho R$ 800,00.
    Isso pra mim é desvio de função,estou certa? E o que posso fazer pra atualizarem minha carteira e correrem atras do desfalque.É caso jurídico?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 14 de março de 2014

    Danielly, já tentaste falar com o RH ou com a tua chefia, diretamente? Chegaste a perguntar o motivo de terem assinado a tua carteira com este cargo?

  • Rosali Aparecida Rosa diz: 14 de março de 2014

    Trabalho em uma empresa a Três anos, minha carteira e assinada como Assistente Comercial, porém faço trabalho de RH, auxilio o departamento financeiro, auxilio o departamento contábil, auxilio o departamento de compra fazendo solicitações de compras e orçamentos, ultimamente pediram para que eu assumisse os documentos de um funcionário que esta afastado do trabalho por motivo de doença, acontece que este funcionário não trabalha para a mesma empresa que eu, somos de empresa com razão social e CNPJ diferente, porém parte do mesmo grupo econômico, me pediram para assumir esta documentação e processo deste funcionário através de um e-mail e utilizando as palavras de por favor, gostaria de saber se a minha situação pode ser configurado como desvio de função e se sou obrigada a tomar frente a este favor que a gerencia da empresa pede no e-mail.

  • alessandra ribeiro diz: 14 de março de 2014

    gostaria de saber se uma recepcionista deve fazer serviços externos como cartorio, banco, e etc. e o empregador pode deixar minha maquina bloqueado pois eles deixam a maioria do tempo a maquina bloqueada e quando desbloqueiam ficam olhando tudo que faço pelo acesso remoto e sai pra almoçar quando cheguei mudaram a senha para eu nao entrar como faço nesse caso o que me aconselha, não estou a vontade fazendo serviço de rua pois onde tenho perido de ser assaltada e atropelada coisas parecida isso e desvio de função preciso muita da sua ajuda para saber o que posso fazer em relação aos assedio moral

  • cleber diz: 14 de março de 2014

    Olá.
    Sou servidor publico há 5 anos , meu cargo ta como operário, mas atualmente estou trabalhando como coletor faz 3 anos.
    È desvio de função? qual a minha iniciativa sobre isso?
    obg.

  • Bruna diz: 14 de março de 2014

    Trabalho em uma empresa de call center, entrei como atendente e após um determinado tempo fui promovida para monitora da qualidade.
    Ultimamente a empresa está com um déficite de atendentes, desta forma estão mandando que a qualidade atenda as ligações.

    Se eu me negar a fezer um trabalho que não é mais da minha ossada a empresa pode me punir de alguma forma ?

  • eduardo dos santos diz: 14 de março de 2014

    olá,trabalhei como vendedor em uma determinada loja,onde era designado a fazer outras funções, como cobrir trabalho de estoquista(pegar produtos pesados), limpeza de seção,fazer hora extra apulso,além disso,quando o ‘serviços gerais’ tirou férias,puseram na porta do banheiro uma escala para que limpássemos,fui consultar a advogada hoje,ela disse que eu teria em média 2000,00 ,se tivesse testemunha, ficaria muito grato se a senhora me orientasse !!

  • Joyce diz: 15 de março de 2014

    Olá!

    Sou registrada como Assistente Administrativo, cumpro 44h semanais, trabalho execercendo atividades da funça,gerencio site e redes sociais e artes gráficas, porétram, sou obrigada a trabalhar aos sábados como vendedora. A loja possui vendedora esta Trabalha 40h e não exerce a função aos sábados. E a vendedora ganha mais que eu nas cs comissoes. Os atestados n estao informados em folha.
    Estpu sobrecarregada e a proprietária informou que sou obrigada a ir aos sábados. E ela vive emviando whatsapp fora do meu horário de trabalho e emchendo de coisas para fazer no meu horário de saída, já recebi sms no sábado as 19h, sendo que trabalho até as 13h. Horário de almoço também recebo ligaçoes dela e sms.
    Estou sobrecarregada e ainda tenho que exercer funções da vendedora porque esta não quer trabalhar aos sábados. Estou esgotada!
    Cuidar de:
    Todas as redes socias, fotos, postagens, arrumei o site, fotos do site e vou gerenciar o site.
    Quando a vendedora nao eata sibstituo (ex horario de almoco)
    Gerencio estoque (o q estou colocando em ordem para inventario)
    Entrada e saida de notas.
    Cadastro de produtos e clientes.
    Passar roupa e etiquetar.
    Arte grafica.
    Envio de mercadoria p cliente.
    Boletos.
    Vendas quando a vendesora esta no almo e nos sabados.
    Atender clientes das redes sociais.
    E ainda tenho q lembra-la das contas q ela tem a pagar.
    Entre outras do dia a dia.

    Isso de vender e trabalhar aos sabados nisso q estraga aimha vontade se fixar na empresa. Principalemnte a pressao que tenho fora so horario de trabalho, como emviar 7whatsapp para dizer q esqueci de pular 1linha no texto do instagran.

    O que posso fazer? Não quero perder o emprego, nao quero trabalhar nos sabados xom vendas e to vivendo estressada pq n adianta falar.

    Grata e aguardo

  • Albudy diz: 15 de março de 2014

    Sou registrado como separador de mercadoria, mas eu trabalho no pátio como fiscal, lacrando e liberando os caminhões para pesarem na balança, estou 7 meses nesta empresa e nunca trabalhei separando mercadorias. Eu estou tranquilo nesta função de fiscal, prefiro esta do que separando mercadorias, falei para o meu encarregado mudar para fiscal na carteira e ele disse que não tinha como pois não existia este cargo na empresa, o cargo que poderia ser era ajudante, que é um cargo inferior a separador. Esta correto isso? Uma empresa não pode criar um cargo?

  • leila souza diz: 16 de março de 2014

    sou funcionaria de uma usina de cana fui registrada como tratorista mas meu fiscal manda que eu eu lave o banheiro do onibus limpe o onbus por dentro arrume as maquinas da equipe que trabalho que sao 23 mulheres que passam venenos manual em matos na roça de cana fora que so dirijo o meu trator para levar para o campo quando chegamos no campo ele me deixa no onbus para fazer outras coisas citadas a cima…. coloca a mulher que fica atras da columbia do trator para abastecer os galileus das 23 mulheres essa mulher tem a funçao de galdista coloca ela na porta do trator e fica o dia inteiro rodando nos carreadores de cana e eu fica me sentido um nada pois ficar no onbus fazendo o que nao e minha funçao esta me deixando completamente ipotente me sinto um nada o que fazer ???? responda pela meu Ê-MAIL urgente por favor isto esta certo ou posso denunciar me ajuda pesso socorro.

  • Rodrigo diz: 16 de março de 2014

    Boa noite fui contratado para ser supervisor de equipe de pesquisa, mas o q me incomoda e o seguinte quando viajamos não recebo adicional nenhum por isso, somos responsáveis deste a logística da viagem ate a execução, fazendo serviços de RH para contratação, pagamentos, alem de prestar o serviço nas BR’S brasileiras. a escala de serviço e de 6 horas mas quando o celular toca temos de encadear qualquer função, vc pode cair na escala de qualquer horário por exemplo de 00:00 a 06:00 da manha e sem receber nenhum adicional por isso, fora outros serviços como carregar caixas quando não estamos em viagens, recebendo o mesmo salario, eles informam que nosso contrato e de 8 horas e trabalhamos 6 mas isso a empresa faz para não pagar nenhum tipo de auxilio mas isso e uma escolha dela liberar mais cedo.

  • Denise Vieira diz: 17 de março de 2014

    Olá bom dia…
    Trabalho em uma loja de calçados ocupo o cargo de estoquista, bom minha pergunta é a seguinte : sou obrigada a pagar pé de sapatos vendidos errados pelas vendedoras? A gerente diz que a dona faz tudo dentro da lei e que nos pagamos pq os sapatos sao sorteados entre nos, mas ninguem me perguntou se queria participar porque se me perguntassem diria que nao afinal oq faço com um sapato de numeração errada ou de cor diferente? Entao queria saber se sou obrigada a pagar e se posso pedir um recibo. Desde ja agradeço.

  • Breno diz: 17 de março de 2014

    Olá, Trabalho em uma EMPRESA DE TV A CABO, tenho em carteira o CBO de Axu.Técnico mas, só trabalhei como tal durante 4 meses, após esses quatro meses atuei na área administrativa como, “axu adminitrativo” fazendo as seguintes funções(Caixa, DP e a Parte de contas a pagar e pagas) e ainda assim com a carteira assinada como Aux Técnico, tem um detalhe nisso, eu tinha como desconto um taxa para o sindicato, mas não recebia conforme o sindicato estipulava e tampouco o piso regional , agora que saí da empresa, foi reivindicar meus direitos e elas se recusaram a pagar a diferença de salário . Tem mais 4 funcionário nessa mesma situação, qual procedimento a ser feito?

    Att, desde já !

  • Priscila diz: 17 de março de 2014

    Olá, boa tarde, eu gostaria de saber se é desvio de função o caso do meu esposo que na carteira foi contratado para exercer a função da limpeza da linha (do trem mesmo), e já a quase 3 meses exerce a função de apontador na empresa e não houve o aumento salarial e nem a mudança na carteira, e eles alegam que ele está em observação, mas como uma pessoa pode estar em observação se já está exercendo a função?? E eles ainda querem que ele substitua o encarregado que vai entrar de ferias e nisso não vão colocar o salario dele igual o do encarregado não! Esse serviço é noturno, são 13 horas trabalhadas, das 18:00 as 07:00. Preciso da sua resposta o mais rápido, pois pretendo entrar com uma ação trabalhista.

  • fabiano diz: 17 de março de 2014

    Sou funcionário publico municipal, minha chefe é tb concursada e tirou férias em fevereiro…como somos só nós dois no departamento, gostaria de saber se eu teria como requerer o salário de substituição. E qual o prazo para requerer? Meu regime é estatutário. Obrigado

  • joana darc gonçalves diz: 17 de março de 2014

    sou funcionaria pública municipal da limpeza no concurso que prestei foi cozinhar ,oque já fiz ,agora ESTOU NA LIMPEZA QUE É LIMPAR O CHÃO MESA DO ALUNO MESA DO PROFESSOR AGORA ,A VICE DIRETORA ME DISSE QUE TENHO QUE DEIXA AS MESAS DOS ALUNOS COMO O PROFESSOR QUER ISTO É CORETO

  • VANDERLI diz: 17 de março de 2014

    trabalho em uma loja, Sou registrado como auxiliar de estoque, tenho que conferir e guardar todas as peças que chegam , a empresa não tem o cargo de estoquista como posso ser auxiliar se somente eu exerço a função? Faço as entregas diariamente com uma caminhote e vou com frequencia para outras cidades onde a empresa tem a sede. Alem disso tenho que fazer a faxina da loja .

  • jeferson diz: 17 de março de 2014

    BOA NOITE!!! trabalho numa conceicionaria…fui contratado pra ser moto boy, bom fazer serviço de banco e na minha carteira esta assim “AUX ADM E OFFICE BOY” JA acho errado trabalha por duas funçao e ganha so por uma fora que mutas das vez me acumulam serviço… pedem pra mim ir fazer serviço particular até pra ir no mercado compra as coisa e depois reclamam que nao faço oque eles determinaram pra mim… estou cansado de trabalha sobre presão e nao ser reconhecido fora as outras coisa que eles faz como falta com respeito… pq trabalho no financeiro e tenho que deixar oque estou fazendo pra ficar tirando copia ou digitalizando e as menina folgana nao faz nada disso e so fala mal das outras pesso bom espero ser ajudado obg…

  • juliano jesus costa diz: 17 de março de 2014

    ola meu nome é juliano e fui contratado como moto boy aluguei minha moto para empresa e trabalho de motorista e moto boy e minha carteira é assinada como auxiliar de estoque e ate hoje eles ñ classificaram minha carteira isso é desvio de função ..

  • anderson diz: 17 de março de 2014

    Ola, fui contratado como assistente de logística 2 , e exerco a função de op. De empilhadeira e ponte rolante e conferente. Teria algum erro na função como um todo. E trabalho de segunda a sábado das 13:50 as 22:00 dois sábados seguidos e 1 folga . grato

  • Suzana diz: 18 de março de 2014

    Olá , trabalho em uma loja em um shopping e sou registrada como balconista , porém sou responsável de efetuar a cobrança da minha venda , não temos um funcionário responsável pelo caixa , sei que isso é comum em alguns lugares , mas a minha duvida é a seguinte , tínhamos uma vitrinista na loja e ela vinha 1x na semana fazer vitrine , devido ao abuso da proprietária da loja , ela resolveu sair , e a função foi diretamente para nós as balconistas , no começo era só elogios , agora ela briga se não mudar toda semana , além de que as mercadorias quebradas são descontadas do nosso salario , eu não aguento mais o estres que estou passando , isso seria uma cumulo de função? está cada dia mais desgastante, devo procurar um advogado?
    Obrigada
    Prisciliana

  • marcilio dos santos bispo diz: 18 de março de 2014

    estou registrado como auxiliar de produçao.porem nunca exercir a mesma,e sim desde que entrei na empresa exerço a funçao de analista de manutençao.sendo meu salario 1.300,00 e do analista que ocupei o lugar dele era 4.500,00 isso é desvio?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 18 de março de 2014

    Me parece, sim, ser desvio de função, Juliano.

  • Michelle Mendonça Oliveira diz: 18 de março de 2014

    Boa tarde.

    Sou recepcionista em uma Pousada na Região dos Lagos.
    Comecei no turno da noite,depois de 04 meses fui para o da manhã. Há 02 meses temos uma nova gerência, e fui obrigada (a mando do proprietário) a ir para a noite de novo,mesmo não podendo trabalhar nesse horário. Foi dito que eu tinha a escolha de ficar á noite ou ser mandada embora,pois a empresa precisava de funcionário naquele horário. Mas tem outra funcionária também com menos tempo de casa e não foi posto a mesma “escolha” a ela.
    Enfim como recepcionista varremos,limpamos chão,lavamos banheiro,tiramos folhas do quintal,molhamos plantas,ajudamos no café da manhã,fazemos bolos,servimos no bar e fazemos lanches e porções,temos que tirar ar de bomba d água e colocar produtos para a limpeza da piscina,quando eu trabalhava de manhã eu limpava a piscina também. E só recebemos o piso salarial da categoria. Isto está certo? Tanto sobre a mudança de horário,como as funções que exercemos?
    E recebemos também 10% de taxa de serviço a mais de 05 anos e agora o proprietário quer tirar essa taxa. Pode?
    Desde já agradeço,
    Michelle Mendonça

  • Pedro Simões diz: 18 de março de 2014

    Boa tarde.
    Fui contratado para realizar a função de orçamentista em uma determinada empresa.
    Ao se passar 01 ano fui promovido a área de licitações por possuir conhecimentos em direito. No dia da promoção minha chefe informou que eu continuaria em orçamentos juntamente com a licitações por um período de 3 meses até a empresa contratar outro, e caso não encontra-se um substituto o meu salário iria aumentar pelo acumulo de funções.
    Se passou 01 ano e 03 meses e nada foi feito a respeito.
    Hoje realizo os orçamentos, licitações, e manutenção em computadores com o mesmo salário! Nada de aumento pelo acumulo de funções.
    Isso é certo? Qual procedimento? Existe realmente acumulo de funções?
    Desde já agradeço.
    Atenciosamente.,
    Pedro Alves

  • Funcionario Publico diz: 18 de março de 2014

    Sou funcionario publico muncipal, estavel, aprovado em concurso publico, cujo edital especifico e a prova era para o cargo de fiscal tributario, e em possado mediante decreto e termo de posse na função de fiscal tributario.
    Recentemente realizaram a mudança do meu cargo para fiscal do procon mediante portaria apos a inclusão desta nova carreira na lei de cargos e salarios do municipio e de maneira unilateral contra a minha vontade e sem nenhuma vantagem auferida ao servidor.

    Gostaria de saber quais os meus direitos não quero permanecer no cargo de fiscal do procon por conta de todos os problemas advindos do exercicio deste cargo.

  • suelen diz: 18 de março de 2014

    Fui contratada como op.de vendas e serviços e no meu contracheque sempre veio essa funçao, sendo que teve 1 mês que veio como op. De caixa, posso colocar na justiça e alegar desvio de funçao? Pq nesse mês q veio op.de caixa o valor salarial foi o msm

  • Douglas Martini diz: 20 de março de 2014

    fui contratado como operador de empilhadeira (carga e descarga), mais passava a maioria do tempo catando lixo no patio, separando material cuidando das transportadora.
    isso é desvio de função???ou acumulo de cargos??

  • Edson Junior diz: 21 de março de 2014

    Sou registrado como recepcionista e trabalho como vigia patrimonial,só recebo adicional noturno e trabalho na escala de domingo a quinta das 19:00 as 07:00 hrs ganho a causa? E quanto daria o valor mais ou menos?
    Muito obrigado !!

  • fabiano quintanilha dias diz: 21 de março de 2014

    Bom dia..sou montador de estrutura numa empresa, sendo que nessa empresa faço outras atividades fora da minha função,faço serviço de soldador, pintura e sou empilhador, nao ganho nada a mais pra fazer essa atividades! gostaria de saber si eu registrar tirando fotos dessas atividades,se tem como provar perante a juiz?

  • ciça diz: 21 de março de 2014

    Fui contratada para auxiliar adm, mas pouco fiz na função pois fui receber mercadorias, conferir quantidade qualidade, reposição e responsável dos estoques , avarias e sempre em dias de movimento era colocada para efetuar vendas e não podia colocar as vendas em meu nome pois não iria ganhar comissão e ainda eu sempre dizia que eu não gostava de vender e me colocava de caixa também. E além do mais a proprietária nos tratava com muito mau humor (bipolar), xingamentos, fazia intrigas entra funcionários, e nos dizia que nao eramos capazes , que ninguem veste a camisa da empresa e por vai. Eu já estava entrando em depressao, estourei minha coluna e saiu um tipo de cisto no meu pulso , por carregar muito peso… pedi as contas pois não aguentava , e não tinha mais condições psicológicas de cumprir o meu aviso . E vive dizendo que nós eramos incompetentes e teriamos que pedir as contas!! O que vocês acham? Fazia desvio de função? E maus tratos?

  • joana de santana souza diz: 22 de março de 2014

    fui contratada como costureira de amostra mais estou fazendo a função de talharia de amostra motorista carregadora de serviço para facções o que posso exigir

  • Daniel Saldanha diz: 23 de março de 2014

    estou registrado como operador de processos 1 e exerço a função de operador de processos 2 a mais de 1 ano, isto seria desvio de função?

  • amanda santos diz: 23 de março de 2014

    sou operadora de caixa e a minha empresa quer que eu faça serviços de limpeza como lavar banheiro e o salão do restaurante e trabalhe também como atendente de lanchonete o que devo fazer? e se me nego ele querem dar adivertencia ..comodevo agir?

  • joao pedro diz: 23 de março de 2014

    trabalho com telefonia meu carro e alugado
    so tenho ele pra anda nos fins de semana
    tive que fazer uma viagem para Ubatuba
    sendo que andei 2000km
    tive que passa o km pra pedir minha conta de gasolina
    sendo que rodei esse dois mil km por minha conta
    ai não somei eles
    terão uma advertência.
    isso e certo devo assim ela

  • Virgilio Ferreira Souza diz: 24 de março de 2014

    Fui contratado para o cargo de faturista numa empresa e com a promessa de aumento de salario a partir do terceiro mes, coisa que nunca aconteceu. O pior é que quando entrei descobrir que o auxiliar um cargo abaixo do meu, ganhava o dobro que e eu , e a faturista mesmo cargo que eu, o triplo, nesse caso o que pode ser feito? Ambos funcionarios tem anos de casa, porem e constrangedor ganhar menos que o meu axuliar e tambem bem menos que a funcionaria com o mesmo cargo que eu.
    Nos tres desenvolvemos as mesmas funcoes.

  • Flavia diz: 24 de março de 2014

    sou contrata como atendente de telemarketing. porem a meses sou recepcionista, solicito liberação de convenio medico, etc. Isso é desvio de função, ja que faço o meu e os demais e sou cobrada por todos? E há uma clausula contratual que só vi hoje, que diz que concordo com em exercer demais funções que a empresa me atribuir. No meu ver ela ja fez essa clausula de modo pensado. Como proceder?

  • Bruna diz: 24 de março de 2014

    Olá,trabalho em uma empresa a qual fui contratada para ser Auxiliar de Escritório,mas nunca exerci essa função,sempre trabalhei como Auxiliar de Cobrança,além do mais, quando falta alguém no caixa tenho que substituir essa pessoa,apesar de ganhar uma remuneração por isso o meu salário não é igual as das pessoas substituídas.Gostaria de saber isso é correto,pois quando tiver a necessidade de mudar de emprego não terem nenhuma experiência como Auxiliar de Escritório,detalhe já tenho um ano trabalhando dessa forma.

  • Alexandre Lobo Moreira diz: 25 de março de 2014

    trabalhei numa empresa como vendedor comissionado , mas fazia serviço de estoque carregando caixas pesadas , isso configura como desvio de função ??

  • Luiz Rafael Galvão diz: 25 de março de 2014

    Boa Tarde trabalho em uma empresa na função de Técnico de produção onde está contemplado nos planos de cargos e salários, estou na função há três anos, substituo os técnicos quando estão de férias e até assino relatórios onde são de responsabilidade do supervisor.Além de tirar férias fico na função o ano todo substituindo folgas e treinamentos dos técnicos e supervisores, se eu entrar com um processo sobre desvio de função irei receber pelos três anos de desvio de função, pois minha função há três anos atrás era de Operador de máquinas.

    Gostaria de saber se posso entrar com um processo mesmo trabalhando na empresa e se podem me tirar da função e voltar para a área operacional.
    Att:

  • Deyvid diz: 25 de março de 2014

    Boa tarde.
    Sou contratado como balconista de farmácia e sou comissionado, porém, além da função a qual fui contratado, faço recebimento e conferência de mercadorias, recebo os pagamentos das minhas respectivas vendas atuando como caixa, faço reposição de mercadoria, entradas de notas fiscais e em alguns períodos fico como responsável pelo estabelecimento nas ausências do patrão.
    Isso caracteriza acúmulo ou desvio de função?
    Não sou em nenhum momento, remunerado pelas outras funções exercidas, inclusive, como sou comissionado, acabo sendo prejudicado.

  • jailson diz: 25 de março de 2014

    oi trabalho de motorista de caminhao mercedes saio carregado mas temho que ser entregador motorista e ainda descarregar em fim faço o papel do meu ajundante e so ganho meu salario de motorista seco isso pode

  • Caroline Freitas diz: 26 de março de 2014

    Oi , gostaria de uma informação .Fui contratada como operadora multifunção (trabalhar na produção )que é o que está registrado em minha carteira e a 3 meses atrás fui para o cargo de assistente comercial que até então era somente fazer faturamento. Hoje além de não estar ganhando como assistente e sim como operacional , tenho que fazer faturamento , planejamento de produção ,lançamentos de ordem de compra e fazer follow up de materias que estão em falta no almoxarifado. E vários sabados ter que vir trabalhar o dia inteiro e não receber pelo dia trabalhado e nem o vale combustivel referente ao dia ,sendo que minha jornada de trabalho é de seg a sex.

  • kamilla b. oliveira diz: 26 de março de 2014

    Na carteira de trabalho fui contratada como recepcionista de clinica neurológica, mas alem desta função, faço pagamentos, livro caixa, limpeza do consultório, realizo eeg com mapeamento cerebral, imposto de renda, digito laudos e tenho uma jornada de 08 as 11:30 e 12:00 as 17 horas de segunda a quinta feira e na sexta feira fico das 08 ate as 15hr sem intervalo, na carteira ganho o salario normal de recepcionista e gratificação de 200,00 por fora, por favor gostaria de saber se isto é correto. Obrigado

  • Leida diz: 26 de março de 2014

    Olá, na empresa que trabalhei, tive minha carteira assinada como vendedora, mas lá limpava a loja todos os dias pela manhã, substituia o estoquista nas folgas, conferia mercadoria de entrada e saida, operava no caixa, e assinava notas ficais. Isso se caracteriza como desvio de função? E se, sim, até quando posso entrar com um processo trabalhista

  • eder eduardo diz: 28 de março de 2014

    Trabalho em uma empresa de seguranca a 1 ano5 meses
    Fui contratado como controlador de acesso ao qual q eu saiba
    essa funcao e conferi cracha libera roleta avisa o porteiro sobre
    visita e etc mais eu faco seguranca de um condominio sozinho
    tenho q receber carta entrega aos moradores abrir e fechar portao
    observa cameras visitantes anotacoes de livros de ocorrencia
    apazigua baderna. conferi se o salao esta linpo apos festa .
    sendo q isso seria funcao de porteiro me corrija se eu estive errado por favor isso e
    desvio de funcao desde ja agradeco

  • Janeide Eliete diz: 29 de março de 2014

    Bom dia.
    Na empresa que trabalho minha carteira é assinada como.atendente de consultório, mas exerço a função de tecnica em radiologia, limpo as salas todos os dias, sou encarregada para verifficar mercadorias no estoque, auxilio dentistas e sou de outra cidade mas no meu endereçona Carteira consta como o mesmii da empresa! Isso é coonsiderado desvio de função?
    Grata

  • Maicon diz: 29 de março de 2014

    Bom dia, sou registrado como operador de maquinas do ramo textil, porem a 3 anos, exerço outras funções como, controle de tonalidade, controle de estoque, isso é um desvio de função correto?

  • edilson jose de souza diz: 30 de março de 2014

    sou operador de empilhadeira mais meu patrao faz e manonobre os cominhoe para coregar ainda tenho que abrir as porta todo sao 100 porta de bau

  • Ana Paula diz: 31 de março de 2014

    Sou farmacêutica e Responsavél Técnica por uma industria de Produtos de Higiene Pessoal. Meu patrão faz com que eu exerce função na linha de produção, como a empresa estava começando eu aceitei ajudar , até ele ter condições de contratar outras funcionárias, acontece que estas foram contratadas e ele continuou fazer eu ir pra linha de produção, ajuar com arquivos, fazer eu verificar faturas de telefone com as operadoras, escanear documentos para ele enviar para contabilidade. Meu maior problema é que eu não exerço o papel de farmaceutica, ele não montou um controle de qualidade com equipamentos adequados, enquanto isso fico cobrido os buracos na produção, e como secretária dele. Gostaria de saber se isso é acumulo de funções ou desvio de função. Outra duvida é sobre a falta de controle de qualidade, eu respondo civil e criminalmente por qualquer coisa na empresa, como não consigo fazer ele comprar os equipamento para tal procedimento, gostaria de saber se posso demitir a empresa nesse tipo de situação e como devo proceder, visto que ele não permite que eu atua na minha função. Ou seja, sou farmaceutica meramente ilustrativa, sirvo apenas para assinar a documentação.

  • Rosi diz: 31 de março de 2014

    Sou Ass. Adm e na empresa que trabalho tem 2 eletricistas (cargo, salário e função), ambos com CNH, mas eles são responsáveis também em conduzir o veículo da empresa com os demais eletricistas e as ferramentas que serão utilizadas na obra, na ida ao cliente e no retorno a empresa, as vezes, o patrão pede que o eletricista vá buscar material na loja para a obra conduzindo o veículo, afim de agilizar a compra de material, isso pode acarretar acumulo de função de motorista ao eletricista? Eles podem processar a empresa por isso?

  • ana carolina diz: 31 de março de 2014

    ola,meu nome e ana e sou técnica de patologia mais fui contratada como colhedora em um grande laboratório bh mais la faço coleta ,afiro pressão arterial,tenho que ligar para cliente para deseja feliz aniversario ,tem que recepcionar cliente na porta e fazer atendimento ,como as moça da limpeza nao recebi insalubridade tenho que limpar o chão quando cliente vomita ,fazer procedimentos técnico. isto e considerado desvio de função

  • poliana diz: 31 de março de 2014

    olá trabalho em uma logística minha carteira está assinada como estoquista ,gostaria de sabe se o que eles manda agente fazer é certo manda e pra outro certo etiqueta vários produtos fazer caixa ,separa produtos,passar peças em bancadas como conferencia eles dizem que um estoquista faz tudo dizem que eles está na lei da CLT.não eu estou satisfeita quero que eles me mandem embora mas eles dizem que eu tenho que pedir conta,lá onde trabalho uma hora estou em um lugar outra hora em outro setor,eu não ganho por produção mas eles tem uma meta para cada pessoa produção.aguardo resposta agradeço pois não sei muito dos meu direitos gostaria de saber se eles estão certo ..

  • Letícia diz: 31 de março de 2014

    Olá, sou estagiária da prefeitura,tem como eles me trocarem de setor(sem fazer concurso público) e assinarem minha carteira de trabalha,eu sendo estagiária da secretária de obras da prefeitura não ganhoauxilio algum.obrigada

  • Elê Pinho diz: 1 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa e ganhava x passei para outro setor como o responsável e
    Passei a ganhar mais x só que eles não colocaram na minha carteira fiquem recebendo por fora e agora depois de cinco meses eles mim retornaram para o mesmo setor de antes
    E acabaram retirando o que eu ganhavam por fora por lei isso é valido.

    Desde: de Já Muito Obrigado

  • valdinei da silva diz: 1 de abril de 2014

    trabalho em uma empresa que e contratada da prefeitura só que a prefeitura me levou para trabalhar lá,minha função e supervisor só que presto serviços tecnicos?
    no quuardo:valdinei

  • Railda diz: 1 de abril de 2014

    sou aux. de serviços gerais gostaria de saber se tem direito a insalubridade pois trabalho com produtos de limpeza pesada em um mercado

  • Danielli diz: 1 de abril de 2014

    tenho a função de conferente na empresa aonde eu trabalho,e pedem quase todos os dias pra limparmos o patio da empresa varrendo,e as vezes lavar o banheiro,e fora que exerci uma função de liderança seis meses, prometeram colocar na carteira e não cumpriram,só tive um realce de cem reas a mais na carteira,mas fiquei como conferente mesmo.se eu entrar com processo com fotos tiradas como prova eu consigo ganhar?agradeço a atenção Danielli….

  • Ligia diz: 1 de abril de 2014

    Boa tarde!
    Trabalho em uma clínica médica como secretária.
    A empresa quando me entregou o meu contrato de trabalho o mesmo não está de acordo com o combinado: salário, horário e horas extras de 50%. Posso me negar a assinar o contrato de trabalho? Eles já registraram na minha carteira profissional o salário não concordado. Eles também poderiam fazer isso, registrar sem que eu aceitasse? Obrigada e aguardo

  • lucas santos da cruz diz: 2 de abril de 2014

    boa tarde! fui admitido como Auxiliar de vidraceiro , já tem um ano e trés meses. já instalo quase tudo. e ainda dirijo para a firma, no final do més não é acrescentado nem um real á mais. queria saber sé isso pela lei é certo ?? mt obrigado

  • isnar diz: 2 de abril de 2014

    ola boa noite, sou atendente minha funçao er abastecer e precificar e fazer o atendimento do setor, so que ultimamente ando sendo mandado fazer uma funçao de montador de colunas, que nao tem nada a ver com minha funçao ai fui reclamar tomei suspensao, por disobedecer uma ordem direta, o que faço agora? processo? tem alguma lei que me ajude?

  • Edvando Oliveira diz: 2 de abril de 2014

    Eu fui registrado como auxiliar de produção de eventos, conhecido mas como carregador
    Já faz 6meses que me colocaro como produtor com o mesmo salário, ainda trabalho no domingo das 17:00 da tarde as 06:00 da manhã de segunda e eles colocam como folga…..
    sendo que o salário do produtor é três vezes mais que o meu….
    Além de testemunha eu posso provar com fotos….
    Por favor preciso de uma resposta desde já agradeço……..

  • Jean Lacerda diz: 3 de abril de 2014

    Fui contratado por uma empresa (clinica de hemodiálise) Como auxiliar de almoxarifado,só que na minha carteira eu serei registrado como Auxiliar de Serviços Gerais.Tenho seis salas com produtos que desenvolvem os serviços da mesma para gerenciar junto com outro rapaz que também tem seu registro como Aux. Serv Gerais.A informação que tenho é que não tem essa categoria na empresa.Mais isso pode proceder?Se uma clinica tem um grande armazenamento de produtos com rotatividade direto não ter essa categoria?E eu como Aux.Serv Gerais posso ocupar essa função?Me sinto prejudicado por questões de salário!O que fazer?

  • Washington leite de lacerda diz: 3 de abril de 2014

    Fui contratado para ser ceguransa de loja de rua mas depois de alguns meses me colocaram para trabalha no deposito como estoquista e reposito ale disso nos meus dia de folga era obrigado a abri e fexa a loja e foi assim durante três ano e meio hoje já estou co quase cinco anos nessa empresa e Fasso de tudo em relação a isso quais são os meus direitos o que devo fazer reclamei com o meu xefe e ele mudou a minha carteira agora não sou mas segurança e sim serviço gerais mesmo haida sim Fasso a segurança da loja gostaria de uma resposta pro isso obrigado.

  • Morgana Nasc diz: 3 de abril de 2014

    Olá eu trabalho numa loja no qual fui contratada para vendedora, porém opero o caixa, faço fechamento, faço limpeza de chão e banheiro. No meu contracheque não vem o valor das comissões e nem das horas extras e ela não me da recibo disso. Além do mais se falta doce ela desconta dos funcionários. A dois meses me promoveu a assistente administrativo, porém eu continuo vendendo e ainda tenho que ir no mercado fazer compras de volumes grandes e carrega-los. Isso é certo?

  • Janaina Priscila diz: 3 de abril de 2014

    Fui contratada como auxiliar administrativo numa empresa de Banco de Sangue, onde as Tecnicas de Hemoterapia e os Motoristas recebem insalubridade.. As auxiliares administrativo não.Temos acesso aos sangues, usamos os mesmos computadores, as mesmas canetas, os mesmos telefones e ainda por cima ficamos no laboratorio em que se faz as tipagens dos pacientes. Nós do administrativo temos ou não direto a insalubridade??

  • José Adriano da silva diz: 3 de abril de 2014

    eu trabalho aplicando veneno na cana de açúcar e saio 3,00h da manhã de casa e alchea no campo era 6,00h e o fiscal mandou eu ir em bora porque minha barba estava um pouco grande e nao pode. Mais se ele foi quem mandou eu ir que direito eu tenho se vim falta em meu contra cheque. Mande a resposta o mais rapido possivel por favou .OBLIGADO

  • Felipe diz: 3 de abril de 2014

    Sou repositor em uma loja de materiais elétricos, porém me colocam pra fazer montagem de produtos como ventiladores , lustres maquinas de cortar grama creio que eu deveria receber algum treinamento pra fazer esse tipo de serviço mas no entanto tenho feito tudo sozinho.também me colocam pra fazer banco , correio, entregas de mercadorias, compras pra loja. Porem SOU CONTRATADO COMO REPOSITOR NADA MAIS. eu me demiti fazem 25 dias estou cumprindo aviso prévio. gostaria de saber o que eu posso fazer pra não deixar a causa passar em branco?

  • jair santos diz: 4 de abril de 2014

    gostaria de saber se tenho algum direito por troca de função,exerci função em area de risco(periculosidade)por mais de 15 anos fiquei doente e quando retornei pois o INSS me deu alta sem restrição mais na empresa me trocaram de cargo (operacinal por administrativo) onde vim a perder os adicionais que recebia.

  • daniela diz: 4 de abril de 2014

    ola.
    fui contratada como secretária comercial.
    trabalho 9 horas por dia e de seg a sexta.
    no começo ja me pediram para fazer café,cozinhar,limpar a cozinha…
    descarregar mercadorias,e colocar mercadorias no freezer. (trabalho numa distribuidora de frios)
    recebo um salario minimo.
    e acho que estou recebendo muito pouco pelo tanto de horas que trabalho e pelo trabalho que faço sem ser minha função.
    gostaria de saber se estou certa.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 4 de abril de 2014

    Daniela, acredito que o balizador para saberes se o teu salário está correto é o sindicato da tua categoria. Deves procurar informações sobre qual é piso salarial para secretária no Estado onde moras e também esclarecer dúvidas sobre quais tarefas são adequadas à tua função.

  • Eduardo diz: 4 de abril de 2014

    Boa tarde Cáren, sou registrado como auxiliar administrativo porém a empresa me pede para: retirar o caixa das outras unidades de carro ou moto, me pede para fazer serviços de manutenção dentro das unidades, serviços externos como levar material para um lado ou para outro sempre de moto, gostaria de saber se existe algo de errado?

  • Oscar Ricardo diz: 5 de abril de 2014

    Estou registrado como ajudante geral a 2anos e a 1ano e meio estou
    exercendo função de soldador trabalhando em altas alturas
    nao mudaram na carteira nem muito menos meu salario creio que nem
    Salubridade eu tenho….então eu pergunto a voce oque eu tenho
    que fazer para que mude esaa minha situação e receba todos meus direitos ?

  • Jardesson carvalho diz: 5 de abril de 2014

    O meu problema é quero cadastrar um colaborador na função de meio oficial em diversas áreas mais só existe CBO para duas funções como meio oficial. Quero saber se existe problema em cadastrar esses colaboradores no mesmo CBO dos oficiais sendo que a convenção local descrever como principais funções como oficial,meio oficial e não oficial.Como posso resolver esse impasse, pois sei que junto ao CAGED fica informado de forma errada.

  • leo diz: 6 de abril de 2014

    Fui contratado para expedição, mas trabalho com estoquista na armazenagem dos produtos. Mas todos os domingos tenho que trabalhar na área de vendas como vendedor, sou cobrado para cumprir as metas, só que não recebo as o lucros das metas como os outros vendedores. segundo meu supervisor minha obrigação é ajudar na área de vendas.

  • Caio Cesar diz: 7 de abril de 2014

    Fui contratado como auxiliar de secretaria, porém a empresa pede: Atender clientes,fazer ligações, receber ligações “tipo recepcionista”, fazer cobrança de pagamento, fazer acordo financeiro com os mesmos, emitir boleto, assinar declarações de imposto de renda,sendo que, tem uma pessoa que faz o mesmo tipo de serviço porém, com o salario reajustado e com outra função.

  • Kelly diz: 7 de abril de 2014

    Olá, sou registrada como atendente á seis meses, sendo que trabalho na loja á 1 ano, ou seja, 5 meses sem registro. Fui contratada com ela me dizendo que eu só ficaria no caixa e atendendo os cliente. Hoje eu sou obrigada a fazer a faxina total da loja, reposição de mercadorias, e pra completar uma das patroas vive gritando comigo. Por exemplo, se eu limpo a loja e ela acha algo sujo (aos olhos dela) ela começa a falar que tenho que fazer minhas obrigações direito. Não tenho hora pra almoçar, tem dias que vou almoçar ás 15:00hrs pois é a hora que chega alguém para que eu saia para comer. Detalhe: Fico sozinha na loja na grande parte do tempo. Agora quero ir embora por esses motivos, mas não quero pedir as contas e sair sem direito algum. O que eu posso fazer?

  • edmilson jose da silva diz: 7 de abril de 2014

    Sou auxiliar administrativo porém me colocaram como encarregado de transporte estou assumindo a pasta com todas as responsabilidades de encarregado porém ja fazem trez meses e ainda não saiu a clacificação o que devo fazer.A impresa e a Tabocas.

  • sebastião diz: 7 de abril de 2014

    trabalho numa Empresa a mais de 10 anos fui contratado como prevenção de perdas, estou exercendo a função de Líder a pelo menos 6 anos sem receber como líder ,eu gostaria de saber se eu posso reivindicar f g t s proporcional participação nos lucros da Empresa durante este tempo já que os funcionarios recebem bonus chefes e líderes participação e que vale a 2 salarios de líder mais atrasados e danos morais.

  • Raniere diz: 8 de abril de 2014

    Boa tarde
    Atuo na área Auxiliar administrativo. cubro folga de funcionário no atendimento. duas ou três vezes fico no atendimento….. isso e desvio de função???

  • thynna diz: 8 de abril de 2014

    minha carteira esta como atendente mais também trabalho no bar e na limpeza e não ganho nada a mais por isso…

  • Antonia Rodrigues Leal diz: 9 de abril de 2014

    OLA? SOU SERVIDORA PUBLICA EFETIVA NO REGIME CLT CONCURSADA COMO SERVIÇOS GERAIS (AGENTE DE SERVIÇOS) HA 12 ANOS E DESDE ENTÃO EXERÇO ATIVIDADES ESTRANHAS AO CARGO EXEMPLOS:. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E ATUALMENTE EXERÇO A FUNÇÃO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO, NUNCA GANHEI FUNÇÃO DE APOIO, NA REAL FUNÇÃO. SEMPRE GANHANDO DE ACORDO COM O CARGO DE FUNÇÃO DO CONCURSO. GOSTARIA DE SABER SE HÁ CONDIÇÕES LEGAIS DE CONSEGUIR PASSAR DE SERVIÇOS GERAIS PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO, NA QUAL VENHO DESEMPENHANDO A CONTENTO A UNS 11,5 ANOS. AINDA TENHO UM PROBLEMA COMO ATUO NA AREA DE DIGITAÇÃO FIQUEI COM SEQUELAS TENHO LER E SINTO MUITAS DORES NOS BRAÇOS E PUNHOS.ATUALMENTE .QUERIA SABER QUAIS SÃO MINHAS CHANCES DE PERMANECER? SE POSSO LUTAR PELA VAGA QUE ATUO, E TAMBÉM SE TIVER QUE VOLTAR SE ELES VÃO ME RESSARCIR O DIFERENCIAL DE SALÁRIO DE UM AGENTE DE SERVIÇOS PARA UM AGENTE ADMINISTRATIVO, POSSO ME PREJUDICAR SE EU FOR PROCURAR MEUS DIREITOS TRABALHISTAS FUTURAMENTE? POSSO SER COLOCADO PARA FORA DA EMPRESA? GOSTARIA DE SABER QUAIS OS MEUS DIREITOS
    OBRIGADA… DESDE JA AGRADEÇO. BOA TARDE!
    GOSTARIA QUE ME RESPONDESSE COM URGÊNCIA
    GOSTARIA QUE ME ORIENTASSE COMO DEVO PROCEDER, POIS FUNCIONÁRIO FAZ O QUE SEU CHEFE MANDA OU ENTÃO VAI MANDADO EMBORA, NÃO É VERDADE.

  • ANTÔNIA RODRIGUES LEAL diz: 9 de abril de 2014

    AINDA TEM MAIS EXERÇO MUITO A FUNÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR COORDENADO VÁRIOS EVENTOS DENTRE OUTRAS COISAS

  • Alex Lima diz: 9 de abril de 2014

    fui contratado pela empresa onde trabalho e na carteira de trabalho ela esta assinada como MONTADOR DE LINHA DE PRODUÇÃO…mas des do primeiro dia que fui levado a produção e nunca montei e nem conheço nada de montagem, e desde la fui colocado como movimentador de materiais ou seja um ALIMENTADOR.

    e agora quero saber como e que ação posso entrar contra a empresa…pois montador recebe um salário X e alimentador recebe outro maior.

    inventaram uma função q nao existe que é de movimentador de materiais com a carteira assinada como alimentador…e agora?

  • Aline Silva diz: 9 de abril de 2014

    trabalho 8 por dia de segunda a sabado e ganho um salario isso ta certo?
    Sou balconista atendente na padaria e tenho q lavar louça e limpar na cozinha da padaria

  • Mara diz: 9 de abril de 2014

    Olá
    Eu trabalhava com uma nutricionista como auxiliar de cozinha, mas me colocaram para trabalhar como atendente e me falaram que eu ganharia comissão. Trabalhei como auxiliar de cozinha e atendente ao mesmo tempo.
    Fui mandada embora e faz dois meses e ainda não me pagaram a comissão.
    Quais são os meus direitos??

  • Maria diz: 10 de abril de 2014

    Bom dia, fui contratada por uma empresa como auxiliar administrativo, exerço varias funções, como por exemplo:
    Vendas ,quando o vendedora ta almoçando, operadora de caixa, e quando falta eu tenho que pagar essa diferença sendo que nao é só eu que faço as cobranças dos clientes,
    As vezes tenho que fazer limpeza na loja, porque a faxineira foi mandada embora e a loja nao tem mais ninguem, outro problema o dono fuma dentro da loja, estou com problemas respiratorios,nunca tirei ferias em descanço, em 2 anos nunca faltei, e agora com esse problema de saude, estou tendo que faltar, e meu chefe nao gosta.
    nao tenho folgas, os sabados sao opcionais mas tenho que vim..
    Como devo proceder??
    Isso é considerado desvio de função?
    Entra tambem no assedio moral?? Pelo fato de ele falar(levantar a voz) comigo me acusando de certos erros na frente dos demais funcionarios, sem que eu possa responder .
    Ele quer que eu peça acordo, para nao me mandar embora, com minhas idas ao medico e com atestados ele pode me demitir por justa causa??

    Aguardo resposta.

  • Daniel Araujo diz: 10 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa de tecnologia como analista técnico, como não tem um funcionário que cuide do almoxarifado eu tenho que controlar entrada e saída de produtos além de colar plaquetas em alguns produtos vendidos, como o dono tem outra empresa de tecnologia eu tenho que prestar serviço para ela também sem receber nada. Eu deveria receber um extra por cuidar do almoxarifado e quanto em media eu deveria receber por prestar serviço para a outra empresa?

  • Jessica Cristina diz: 10 de abril de 2014

    Oi, gostaria de saber se tenho que fazer faxina no consultório? Pois minha carteira está assinada como Assistente de consultório Dentário, e não tenho meu contrato de trabalho, porém minha carteira é assinada assim, gostaria que você me dissesse que há alguma lei que exige que eu limpe o consultório. Obrigado.

  • Aguinaldo diz: 10 de abril de 2014

    Fui contratado no setor público estadual como cargo de técnico, depois de 2 anos fui praticamente obrigado a assumir o cargo de contador que é de nivel superior e sem mudança no salário. Isto durou 12 anos a 1 ano fizeram concurso público para contratação de um contador, passou outra pessoa e hoje atuo no cargo realmente de técnico tendo que ensinar o serviço ainda por cima para o contador novo. O que posso reclamar desvio de função ou equiparação salarial. Até quando posso entrar com ação.

  • Anderson diz: 10 de abril de 2014

    Olá, Sou registrado como Auxiliar de Cont. de Qualidade em uma metalúrgica.
    Porém desde o inicio das minhas atividades faço inspeção final, liberação de máquina, montagem e aferição de instrumentos para fábrica bem como resolução de dúvidas do chão de fábrica e opero maquina de medição Tridimensional, emito relatórios e certificados de qualidade. Todas Atribuições de inspetores especializados.
    Gostaria de saber se enquadra-se em desvio de função. Grato.

  • wellyson diz: 11 de abril de 2014

    Olá boa noite, fui contratado pelo um supermercado de minha cidade como auxiliar de deposito, já estou com 5 anos de empresa com 3 anos me mudaram de setor, fui para a entrega e já faz 2 anos q estou na entrega e o gerente sempre me falava que tava ajeitando minha situação pq não tinha cargo de entregador mais ele me dizia q sabia q eu estava como desvio de função ai mudaram ele de cidade e veio outro gerente e esse agora fica me pegando pra mim ir para o deposito e pra entrega nesse caso oq eu faço?

  • Ramon Polansky Vieira Santana diz: 12 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa privada no ramo metalúrgico,comecei como auxiliar de produção em 31 de Maio de 2013, dia 12 de Julho passei a operar ponte rolante, mas só assinaram minha carteira em Novembro do mesmo Ano, agora dia 24 de Fevereiro passei a operar maquinas. Em fim tenho que esperar mais 4 meses para assinarem minha promoção?

  • Andre diz: 12 de abril de 2014

    Não porque continuam perguntando. A juíza já respondeu. Praticamente ela disse que quase nada é desvio de função. Na verdade creio que ela deixou claro que isso não existe na prática. LEIAM as respostas que ela deu pessoal. Acabou. Vão trabalhar que é isso mesmo. Seu dono pode te mandar fazer o que quiser. E horário de almoço? Pra funcionário público estatutário isso não existe. Se vire. Coma por debaixo dos panos. Direitos mesmo só funcionários federais e do judiciário. O resto é escravo e ponto final. E se achar ruim basta sair fora. Vira mendigo, assaltante , etc. Cada um com sua escolha.

  • marcio diz: 12 de abril de 2014

    Bom.Então resumindo, segundo o doutor trabalho.”Não existe o tal Desvio de função, o empregador sempre ganha,grande novidade!

  • Priscila diz: 12 de abril de 2014

    Olá!
    Sou contratada como auxiliar de expedição em uma transportadora e faço a programação dos carros para entrarem no carregamento, manifesto a nota na saída dos mesmos, faço a compra e impressão do pedágio e pagamento dos motoristas através de um sistema de pagamento online (pamcard), além de arquivar os comprovantes de entrega da carga, etc. Porém recentemente nos passaram o serviço de outra filial que trabalha com bobina de aço e também faço o manifesto e pagamento dos motoristas.
    Minha dúvida é: fui contratada para trabalhar em uma filial que faz a transferência de cimento de um local para outro e estou fazendo também o serviço de outra que transporta bobina de aço (sendo que tem um funcionário na filial que só programa os carros para carregarem e nos passa a chave da nota fiscal para ser feito o manifesto e pagamento e enviar essas informações por e-mail).
    A empresa está certa em fazer isso? Posso recorrer ao ministério do trabalho?

  • natilde diz: 13 de abril de 2014

    Bom dia!
    Eu antigamente era estoquista e tirava folga de gerente e não recebir nada + fazia td q ela fazia… Ela foi demitida e eu fui promovida a supervisora e a gerente agora é a dona só que quem continua fazendo td de uma gerente sou eu… Por isso gostaria de saber o que posso fazer, se é desvio de função ou não, se eu deveria ganha a, mas ou n?
    Por favor, me ajude.

  • EDNA MARIA DA SILVA diz: 14 de abril de 2014

    BOM DIA…TRABALHO NUM A EMPRESA DE VENDAS DE ROUPAS, MAS MEU HORÁRIO NA MINHA CARTEIRA NÃO TA CORRESPONDENDO COM O HORÁRIO QUE ENTRO NA EMPRESA,POIS É SEGUNDA A SÁBADO DE 7:30 AS 7H DA NOITE E NA MINHA CARTEIRA TEM QUE EU ENTRO DE 8H AS 6H ,MAS MINHA PATROA NÃO ME DEIXA CUMPRIR ESSE HORÁRIO,,,E SEMPRE TRABALHO NOS FERIADOS,E MUITAS VEZES ME FAZ TRABALHAR AOS DOMINGOS, E AINDA DESCONTO VALE TRANSPORTE QUE NUNCA ME DEU. O QUE EU FAÇO???? COMO DEVO PROSSEGUIR COM ISSO????

  • MARLANIO PHELIPY diz: 14 de abril de 2014

    trabalho como recepcionista num hotel e minha carteira foi assinada como recepcionista mais alem de ser recepcionista sou caixa manobrista sou mensageiro (carrego as bagagens dos hospedes) faço o cafe da manha e tenho que cuida das plantas do hotel rega as mesmas isso se enquadra nessa situaçao

  • Meyre Koenoloffis diz: 14 de abril de 2014

    Trabalho em uma clinica de Fisioterapia, e em minha carteira de trabalho esta assinada como: Auxiliar de Trabalho – ….mais trabalho em um hospital, Terceirizado. Lá faço varias funções assim como entrar no cti, uti, assim como em outros setores para organizar Prontuários, fechar e contabilizar laudos, e fazer as entregas dos mesmos. Tenho direito a insalubridade ja que passo mais de 6 horas dentro do hospital, em contato com pessoas infectadas e doentes. QUAL O GRAU POSSO ME REFERIR A ESSA TAL INSALUBRIDADE. 40% , 20% , 10% .
    Preciso com urgência de uma resposta. Obrigada desde já.

  • Anderson mann diz: 14 de abril de 2014

    Fui contratado na função de “frentista” recebo remuneração compativel com a função, mas além disso faço função de “caixa” e “zelador” não recebendo nem um acrecimo salarial para a função.Fora que não recebemos vale transporte, qual medida cabivel deve ser tomada !???

  • Ana Hérica Monteiro Ferreira diz: 15 de abril de 2014

    Sou contratada como auxiliar administrativo, porém trabalho no setor fiscal e cuido de 15 filiais, recebendo, protocolando e enviando todo tipo de documento que fazem parte do setor, mais também realizo cotação e faço as compras mensais e distribuir para as filiais, tenho que fazer todo processo de renovação de toda a documentação das filiais. Para tanto recebo apenas um salario, uma vez que esse serviço era feito por duas pessoas (administrativo-contábil e administrativo-fiscal), mas agora só faço tudo isso. E na Minha CTPS é assinado como auxiliar administrativo.

  • alison elisandro carvalho pinto diz: 15 de abril de 2014

    trabalho em um supermercado fui contratado para a função de repositor e esta registrado na carteira proficional mas fui ocupar uma vaga de auxiliar de padaria e depois recebi a ordem para voltar a ser repositor logo enseguida fui mandado para preencher uma vaga de empacotador e estou na função.eu posso processar a empresa por desvio de função?

  • well diz: 15 de abril de 2014

    Oi tudo bem? tenho umas duvidas, eu trabalho em um condomínio sou aux. de serviços gerais. as vezes a sindica me coloca para varrer e lavar escada, fazer troca de para raios e na lavagens de caixa d’agua…
    eu posso considerar isso como desvio de função??
    Se a minha função e na área interna do condomínio…

  • ana diz: 16 de abril de 2014

    Olá trabalho numa Empresa de táxi e sou registrada como operadora de rádio, mas atuo na função de call center.
    Gostaria de saber se a empresa esta agindo certo comigo?

  • Oliveira diz: 17 de abril de 2014

    Sou anistiado do governo Collor foi demetido em 1990 da rffsa e retornei em 2011 no Ministério dos transportes no regime clt gostaria de saber se posso mudar de regime clt para estatutario poi tem um parecer da ministra Carmem Lúcia favoravel a essa mudança pois na epoca fui dispensado e não tive opção de mudança.

  • Antonio Carlos diz: 17 de abril de 2014

    trabalhei de dezembro de 2009 a março de 2011 na conveniência de um posto de gasolina sou frentista sendo que pra cada um tem CNPJ diferente tenho direito a receber deste período eu fazia as duas funções trabalhava a noite e ficava sozinho!

  • Jeoran Souza diz: 18 de abril de 2014

    Olá. Fui trabalhar em uma farmácia como operador de caixa. Porém a mais de um ano não me promoveram e desde então exerço função também de balconista e atendente de farmácia, dispensando remédios controlados etc… Enquanto os balconistas ganham quase o dobro e faz o mesmo que fazemos.

  • José Mariano Candido Junior diz: 18 de abril de 2014

    Trabalhei aproximadamente 10 anos como vigilante bancário, porteiro industrial vigia e atualmente trabalho como pintor de paredes na construção civil.
    Tenho direitos em algum adicional, periculosidade e insalubridade?
    Hoje sou apenas pintor de paredes.
    Há possibilidade de juntar todos estes anos nas profissões citadas para uma aposentadoria especial?
    Aguardo retorno.
    Obrigada

  • claudio santos diz: 19 de abril de 2014

    Trabalhei em uma empresa, minha função era fiscal de campo,porém alem de fazer o trabalho de fiscal,fazíamos o trabalho do cadastrador,pois na empresa tinha fiscais e cadastradores.Isso é desvio de função.

  • Lidinelly Viana de Freitas diz: 20 de abril de 2014

    Olá bom dia!Trabalho em uma empresa há 1 ano e 7 meses só que lá meu nome foi colocado errado com um n a mais Lindinelly já falei mais não ajeitaram ainda e todos meu contras cheques e outras documentações estão assim.Gostaria de saber se esse pequeno erro na escrita do meu nome ira me prejudicar em alguma coisa? como quando for demitida por exemplo?

  • Nevton da silva junior diz: 21 de abril de 2014

    Olá,fui contratado como auxiliar de armazem,no começo eu era da expedição,carregava caminhoes e tudo mais,depois me colocaram na separação,ate ai tudo bem,exerço a função sem maiores problemas.
    Só que de uns tempos pra ca,estou sendo muito cobrado por produção,dizem que a minha produção esta baixa,e tudo mais,a paciencia ja esta chegando ao fim,ao meu ver,eu nao sou auxiliar de produção e sim auxiliar de armazem,posso eu ser cobrado por produção,é esta a minha duvida?????????????

  • Ricardo oliveira da cruz diz: 21 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa de curso na função de estagiário na área educacional como professor, as vezes faço atividades diferente como ficar na secretária e ate lavar banheiro e certo ou errado?

  • ana coelho diz: 22 de abril de 2014

    Bom dia! Sou balconista de farmacia tem tres anos de empresa, , voltei de licença maternidade e nao tenho com quem deixar meus filhos, pedir pra mim mandarem embora so que falaram que nao depende deles, conversei com o gerente que nao tem mas pique pra trabalhar la, e falei q so ia exercer minha função balconista nao vendedora como eles querem e por esse motivo mim coloca entrar em horarios q nao posso
    entrar o que devo fazer? Sou obrigada a vender ou não?e quanto ao horário sou obrigada aentrar o horario q ele quer?

  • TALITA SANTOS diz: 24 de abril de 2014

    Fui contratada com aux. adm para o financeiro. Porém trabalho para o financeiro, dep. de compras, sou secretária e tenho que substituir a faxineira. Além do dono ter mais 5 empresas que funciona no mesmo local e tenho que resolver assunto de todas sendo que estou registrada apenas para uma função e empresa.

  • Vitor diz: 24 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa e fui contratado como atendente de loja, pois desdo sexto dia de trabalho me colocaram como conferente, e já tenho mais de um ano e nunca recebi como supervisor , “ e as vez trabalho como conferente” todas as pessoas que são responsáveis por esse cargo é supervisor de balcão . Isso é caracterizado como desvio de função? Pois existe este cargo!

  • Vitor diz: 24 de abril de 2014

    Trabalho em uma empresa e fui contratado como atendente de loja, pois desdo sexto dia de trabalho me colocaram como conferente, e já tenho mais de um ano e nunca recebi como supervisor , “ e as vez trabalho como atendente” todas as pessoas que são responsáveis por esse cargo é supervisor de balcão . Isso é caracterizado como desvio de função? Pois existe este cargo!

  • Cristiane diz: 25 de abril de 2014

    Bom dia!
    Estou trabalhando em um escritório de arquitetura, minha função é secretária e tenho que ficar o dia todo fazendo café e lavando xícaras, sendo que minha carteira de trabalho foi assinada quase dois meses depois, e até hoje não me pagaram vale transporte e estou a 3 meses lá. Qual o procedimento que devo tomar e quais os meus direitos.

  • Paulo diz: 25 de abril de 2014

    Olá sou motorista de onibus rodoviario e atualmente alem de dirigirmos 500 km temos que colocar malas o que acaba nos cansando e causando dores nas costas. E acumulo de função?
    Att.: Paulo

  • Fernano diz: 26 de abril de 2014

    Eu estou a 1 ano trabalhando em uma empresa de pré-moldados, mas com duas semana de registro em carteira como ajudante de produção, me colocaram para trabalhar no almoxarifado da empresa, mas sem nenhuma alteração tanto na carteira de trabalho quanto salarial, e a uns dois meses atrás me passaram para auxiliar na área de expedição da empresa. em todo esse tempo eu fazia coisas como retira nos fornecedores, que no caso seria de função de um motorista, e também preencho e faço conferencia de notas de abastecimento, e hoje mesmo desempenhando todas estas funções continuo com o salario e o registro em carteira de ajudante de produção. Está certo isso? Como devo proceder nesta situação? Grato!

  • oseias diz: 27 de abril de 2014

    FUI CONTRATADO POR UMA EMPRESA AÉREA COMO EMISSOR DE CARGAS, MAS TAMBÉM SOU CONFERENTE E TENHO QUE FAZER DESCARGA DE BAUS QUE CHEGAM DA PISTA, NUNCA ME DERAM CONTRATO DE TRABALHO PARA ASSINAR, MAS NA CARTEIRA SOU REGISTRADO COMO EMISSOR, ISTO CARACTERIZA DESVIO DE FUNÇÃO? E QUANTO AO CONTRATO DE TRABALHO, NÃO SEI MEUS DIREITOS E DEVERES NA EMPRESA.

    OBRIGADO

  • Igor diz: 28 de abril de 2014

    Boa tarde,
    Estou lotado na minha carteira como recepcionista numa empresa, mais nela exerço a função de Tec. de Informatica como manutenção de computadores, redes e administração do setor da T.I … Me enquadro em desvio de função ?

  • evertom da silva diz: 28 de abril de 2014

    Ola, exerço a função vigilante e a dois anos meu superior me ordenou que eu assumisse a função de vigilante líder, mas não recebo devida remuneração de 12% a mais do salario e sem registrar em carteira de trabalho a função de vig. líder, a um ano entrou uma nova administradora no posto que esta pagando os 12% mas a empresa não me registrou em carteira e considerado desvio de função.

  • Ana Lucia diz: 28 de abril de 2014

    trabalho em um hotel de auxiliar de governança ,hoje atuo como supervisora a 4 meses ,não fui promovida e não sou remunerada como supervisora,gostaria de saber se estou em desvio de função.

  • Renato diz: 29 de abril de 2014

    Fui contratado como técnico de manutençao,depois tive mudança de cargo para encarregado de manutenção e hoje sou gerente de manutenção.Desenvolvo serviços de manutenções internas, viajo e faço instalações fora do meu ambiente de trabalho para a empresa,também dirijo em viagens particulares para os donos da empresa e faço comprar para uso pessoal da casa dos patões e o ponto da empresa que trabalho é fraudado assim não recebo extras por isso e o pior sou ofendido.
    Gostaria de saber se entre essas perguntas eu tenho acumulo de função,direito a horas extras e danos morais além de nunca ter tido uma remuneração pelas trocas de cargos e também não sei se o salario que recebo é compatível com a minha função que é de Gerente de manutenção,o sindicato é o S.E.C.O.R Sindicato dos comerciários de Osasco e região e meu salario hoje é de R$2.300,00,QUAL SERIA O PISO PARA A MINHA CATEGORIA?
    Obrigado.

  • anne diz: 30 de abril de 2014

    trabalho em uma empresa como lider de produçao, porem a firma quer que façamos extra para pagar fora da folha de pagamento, sou obrigada a aceita esta proposta uma vez que tenho uma funçao de confiança na empresa? sendo que tudo que se refere ao serviço como expediçao, email,laudos ensinar funcionario novo o serviço, liderar, supervisionar a produçao,

  • Ronaldo trajano diz: 1 de maio de 2014

    Sou supervisor em uma loja do comercio,mas me mandam fazer serviços de conferente,repositor,atendente,caixa,cadastros de produtos,faxineiro,lavar banheiros,montador de moveis,dar entradas e saidas de notas fiscais,descarregamento de mercadorias,lavar fachadas,gostaria de saber se estou em desvio de função?

  • Gledson diz: 1 de maio de 2014

    Olá, sou motorista particular, trabalho com a mesma a 10 anos… Minha carteira esta assinada como motorista e com o CPF da minha patroa… A pergunta é; ela sendo dona de uma galeria de artes, eu tenho que prestar serviços para essa galeria mesmo ela tendo uma sócia e me tratando como funcionário, e portando um outro CNPJ??? Pq tem praticamente uns 9 anos que eu dou suporte para essa galeria e nunca ganhei nada, e ja to cansado disso… Me ajudem POR FAVOR!!!! Grato…

  • Ronald diz: 2 de maio de 2014

    tenho minha carteira assinado como soldador mas atuo tambem como caldereiro e empresa pode assinar minha carteira como soldador e caldereiro?
    Obrigado!

  • John Anderson Santos Miranda diz: 3 de maio de 2014

    entrei num mercado como op loja na feirinha, depois me colocaram no cartaz, aumentaram meu salário sem mudar no holerite, fui para o açougue mas desta vez não aumentaram o meu salário , faço trabalho de açougueiro corto carne atendo no balcão, tudo que um açougueiro faz e ainda tenho que ir pra peixaria, limpar peixe, fazer filé, tudo que um peixeiro faz, não tenho retribuição em nada, isso é considerado desvio de função?

  • Bianca diz: 3 de maio de 2014

    Bom dia Caren!
    Eu trabalho numa empresa de seguro de veículos há 6 meses, fui contratada como auxiliar adm, no inicio trabalhava com cadastro no sistema, ai me colocaram em um setor chamado sinistro onde eu não tinha nenhum tipo de conhecimento, me colocaram pra ficar recebendo as notas e colocando nos processos em que carros eram batidos, só que me colocaram pra exercer essa atividade sem auxilio de ninguém, eu não tinha conhecimento nessa área e eles eram ciente que eu não tinha nenhum conhecimento com esse tipo de serviço, mais mesmo assim insistiram, o fato é que no inicio como eu não tinha conhecimento e nem auxilio de ninguém eu deixei uma nota que chegou no meu e-mail não ser efetuado o pagamento, e acabou que a nota foi protestada, nesse caso a empresa tem o direito de descontar no meu salario o valor desse protesto? eles sabiam que eu não tinha conhecimento e nem auxilio e alguém pra que me ensinasse esse serviço.
    Aguardo a sua resposta, Obrigada.

  • ailton cardoso diz: 4 de maio de 2014

    Trabalhei em uma empresa de métalugia de grande porte, nesta mesma empresa tem multifunção plano de carreira operacional, o meu nivel era 2C mais sempre fazia, atividade que era delegado a operador nivel 3C a diferença de salario do meu nivel para este nivel 3C e de R$ 800 reais, foram as perdas no FGTS,Adicionais por tempo de serviços,ferias e e programas de gratificação como o metas, que e um salario que a empresa pagar suas vezes ao ano caso a meta seja batida.gostaria de saber caso venha colocar na justiça esta realidade se tornaria causa ganha,outra duvida peguei um emprestimo imobiliario na empresa para fazer minha casa, e deveria pagar com o suor do meu trabalho,descontado em folha mesalmente uma posetagem ater pagar todo emprestimo, ela me demitiu recentemente quebrando o contrato de trabalho, não possibilitando eu pagar,este emprestimo trabalhando nela,sair da empresa pela porta da frente como um bom funcionrio, neste caso tenho obrigação dde pagar o que devo a ela, se a a mesma não permitiu eu continuar tarablhando nel para eu pagar esta divida. agradeço o apoio gostaria de ter este escrarecinmento destas duas duvidas,.brigdo
    Ailton

  • aline fagundes diz: 4 de maio de 2014

    estava a 1 mes trabalhando em uma empresa ,passei mal dentro da firma e eles não me prestaram socorro ,mandaram eu ir embora e passar em um hospital ,dai descubri que estava com pedra na visicula teria que fazer uma cirurgia , então tive que ficar alguns dias de atestado apos me botaram pra rua . e agora queria saber se posso colocar eles na justiça ? sendo que desde 20/02/13 que sai da firma . o que posso fazer tenho algum direito diante da justiça?

  • andre diz: 4 de maio de 2014

    minha carteira e fichada como porteiro em hotel mas manobro carro,faço serviço de garçom,e mensageiro isso é desvio de função .

  • rosineide queiroz diz: 4 de maio de 2014

    Trabalho em uma empresa com a função de gerente adm financeiro, e faço contas a pagar e a receber ,pagamento on line no banco (agendo os pagamentos), recebo as notas fiscais e confiro para lançar na planilha e as contas de despesas da empresa e dos socios e quando nao chegam ainda tenho que procurar correr atráz, para programar os mesmos, atendo o telefone, quando a secretária não esta no setor, e ainda faço o serviço dela quando se tratar de assunto pessoal da diretoria, quando há falta de mercadoria tenho que ligar para o fornecedor e negociar o desconto no boleto,ajudo no estoque quando chegar muita mercadoria ora conferindo ou dando entrada, faço o lançamento das despesas dos caixas, e gora para não reclamar do acumulo de serviços ainda tenho que abrir a loja aos sabados para o gerente quando ele tem que abrir a outra loja, vou para o banco negociar com os gerentes ou quando vou pegar saldos dentre outros, e ainda tenho que fechar caixa no termino do fechamento da loja, e agora nos foi informado que eu tenho que entrar na escala pra lavar banheiro, e tbm tenho que fazer dep pessoal, admissao e demissão de funcionários, folha, escala de folga, e ate chamar para conversar qdo necessario, e sem contar que sou a culpada quando o funcionário falta, ou qdo não vou trabalhar no feriado, ou qdo não atendo meu celular com gritos e cobranças e esculhambação da chefe, ora mas se o celular é meu ainda tenho que ouvir desaforos e sem contar que uma das gerentes e a outra sem muita determinação de setor e ainda tenho que ouvir desaforos delas tbm qdo vou falar algo que a chefa mandou, o que posso fazer… tem horas que penso em deixar tudo mas preciso do meu emprego e toda vez que vou conversar sobre tudo isso e ainda peço minha conta nao sou levada a serio…

  • Cáren Cecília Baldo diz: 5 de maio de 2014

    Aline, talvez a resposta desse post do Dr. Trabalho te ajude. O caso não é o mesmo, mas é parecido.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 5 de maio de 2014

    Ronald, acredito que a empresa possa, sim, assinar tua carteira com dupla função. De qualquer forma, vou encaminhar a tua pergunta para o Dr. Trabalho. Abraço!

  • Marcelo diz: 5 de maio de 2014

    Meu patrão tem 2 empresas ou seja 2 CNJP são duas empresas de ramos destintos, eu sou registrado em apenas uma, ele me usa nas duas empresas, ele pode fazer isso?
    Então amigos, meu patrão tem 2 empresas, sou registrado em apenas uma delas, na empresa que sou registrado eu sou o responsável pela emissão de notas fiscais eletrônicas, e toda a parte fiscal eletrônica da empresa, mas nos últimos 4 anos desde que ele abriu a sua segunda empresa, eu tenho feito todo o faturamento e contratos da segunda empresa, mas dentro do meu horário de expediente da empresa que sou registrado.
    A pergunta é ele pode fazer isso??? Eu tenho algum direito, mesmo ele me usando dentro do expediente da primeira empresa pela qual sou registrado???

  • Camila diz: 6 de maio de 2014

    Uma pessoa que não está nem cursando o nível superior acaba de ser promovido para analista de faturamento, eu posso reclamar isso de que forma?
    Como uma chefia e um RH permite isso?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 6 de maio de 2014

    Oi, Camila! Se estás com dúvidas a respeito dessa promoção, creio que um primeiro passo seria ir diretamente ao RH para conversar sobre isso. Acredito que os analistas do setor poderão te dar explicações sobre as exigências de escolaridade para ocupar cada cargo na empresa (informações essas que devem estar junto ao plano de cargos e salários da companhia).

  • victor felix de oliveira diz: 6 de maio de 2014

    Atualmente trabalho em uma loja de móveis na qual minha carteira está assinada como vendedor. função esta que eu deveria desempenhar dentro da empresa. Só que além de desempenhar essa função,ainda fico responsável por estoque,entrega de mercadorias, leyout de loja, dentre outras funções que ainda pratico. Mas com um porém, não recebo por tudo oque eu faço, apenas meu salário que foi combinado quando fui contratado. Já pedi aumento mas disseram que não vão me dar, pedi então que me mandassem embora ou que fizéssemos um acordo, mas por mais uma vez negaram dizendo que não farão nada disso, se eu quiser sair que peça demissão e perca todos os meu direitos.
    Sendo assim te peço uma posição sobre oque devo fazer.
    Obrigado!

  • Ana Caroline Motta de Almeida diz: 6 de maio de 2014

    Olá boa tarde, a minha situação é a seguinte. A minha carteira é assinada como auxiliar de Cobrança na empresa onde trabalho, eu comecei aqui nessa função. Sendo que o Telemarketing precisou de uma supervisora, e como eu tenho experiência nessa área me passaram pra esse setor. Exerço a função de supervisora há 6 meses, porém recebo salário de Auxilar de Cobrança e meu contra-cheque e minha carteira vem como Auxiliar de Cobrança. Sendo que exerço funções como fazer folha de pagamento, contratar e demitir, aplicar advertências e preparar reuniões. Nesse último mês como não bati a meta exigida, me aplicaram uma ADVERTÊNCIA sendo que dentro da lei eu sou APENAS uma auxiliar de cobrança. Isso é ou não desvio de função?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 6 de maio de 2014

    Victor, se és comissionado, teoricamente não podes desempenhar funções que te privem de obter a comissão. É o teu caso?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 6 de maio de 2014

    Ana, se tens uma função de maior responsabilidade em relação à que estás contratada (supervisora de telemarketing X auxiliar de cobrança), é possível que estejas em desvio de função, sim. O ideal é procurares o sindicato da tua categoria para te informares melhor sobre como proceder.

  • Diego Felipe diz: 6 de maio de 2014

    Trabalho numa confecção e minha carteira esta assinada como Aux. de produção, mas atualmente estou na maquina de costura à mais de cinco meses e não recebo a mais por isso, e nem eles mudam minha função na carteira. O que devo fazer?

  • ARIMATÉIA diz: 6 de maio de 2014

    Boa noite!!
    Sou funcionário de uma Rede de Supermercado a 11anos, onde iniciei como segurança por 8 anos e fui promovido a Operador de Supermercado Líder ou seja responsável pelo recebimento de mercadorias, porém exerço diversas funções Ex Descarrego de produtos, limpeza da área, arrumação etc onde na verdade eu deveria esta fiscalizando e administrando as operações de recebimento.

  • Tamara diz: 7 de maio de 2014

    Boa Tarde! Tenho um contrato de trabalho onde declara que minha carga horária é de 12×36 (19h às 7h), no entanto nunca exerci a mesma e sim a de 44 horas semanais (7h às 17h e sexta-feira de 7h às 16h), entretanto há a seguinte observação: OU DE ACORDO COM AS NECESSIDADES DO EMPREGADOR. Necessidade seria todo o período em que presto serviço para a empresa, ou numa eventualidade? Posso recorrer às horas extras?
    P.S: Trabalho no regime celetista.

  • Joana diz: 8 de maio de 2014

    Fui contratada como auxiliar de escritorio trabalhei com vendas,atendendo telefone,fazia limpeza da loja entre outras coisas o tempo passou me promoveram pra auxiliar administrativo,mas a promoção foi pra eu fazer o serviço de compras da empresa,eu faço compras,libero o rapaz pra buscar,confiro as mercadorias,dou entrada,troco quando estão com defeito e ainda trabalho com vendas e atendimento,queria saber se o certo era eu ter minha carteira assinada como compradora.E quando o pessoal do financeiro entra de ferias eu cubro as ferias fazendo boletos e cobranças.

  • Leonardo Gonçalves diz: 8 de maio de 2014

    Meu Nome é Leonardo no meu holerite ta como estoquista e faço varias funções, como carga e descarga,conferencia, faturamento, inventários, separação até averbação de carga e também fico de responsável de 3 auxiliar de estoque. Tenho a chave da loja e do estoque e radio e um papel assinado de 20% do que acontecer no estoque. Minha pergunta é isso é acumulo de função eu tenho direito de receber um cargo de chefia então pois não tenho um salario de chefe de estoque em outras lojas existe o chefe de estoques e faz as mesmas funções e ganham mais. A sima de mim no estoque só tem um gerente de estoque.

  • carlos miranda diz: 9 de maio de 2014

    Trabalho em uma empresa como auxiliar operacional, mas com o bom serviço que prestei , fui promivido a Lider operacional, falalei com meu chefe q traria a carteira para mudar a função ele disse q mudaria no sistema… a empresa é obrigada a mudar minha função assinada na carteira ?

    aguardo resposta..]]]

    obg

  • ROSA MACHADO DOS SANTOS diz: 9 de maio de 2014

    MEU AMIGO É TÉCNICO DE UMA FIRMA IMPORTANTE E NA CARTEIRA DE TRABALHO CONSTA “TÉCNICO”,MAS DIRIGE,É MOTORISTA EM VÁRIOS MUNICÍPIOS.ISSO É DESVIO DE FUNÇÃO?OBG

  • IVANALDO AGAPITO DA SILVA diz: 9 de maio de 2014

    Olá, sou concursado como Auxiliar de Serviços Gerais (ASG), Porem a 8 anos trabalho como secretário escolar. Trabalho com documentos como: Histórico escolar, Livro de ATA, matriculas, expedição de declaração, digitação, arquivo de documentos, livro de ponto, livro de matricula, livro de tombo entre outras relacionadas a documentos. Obs assino o livro de ponto como escretario escolar. Isso caracteriza desvio de função tenho algum direito a reclamar?

  • Ana diz: 9 de maio de 2014

    no meu lerite esta como encarregada de estoque.Mais o que eu faço é cuidar da filial inteira, tanto como faturamento, nota de entrada saida fechamento do mes, lançamento de boleto, atualizo boletos para clientes, entre outros meu gerente fala que eu sou do administrativo mais no meu email esta como dp financeiro, outras pessoa da empresa me cobra coisas do financeiro…sendo que ja pedi para eles arrumarem minha função mais sempre fico sem resposta o que devo fazer… eu entrei na empresa como ax de expedição e nao foi feito a alteração para a função que ta no meu leriti e nem a que eu exerço…

  • Valmir Braga diz: 9 de maio de 2014

    Sou açougueiro e na minha cidade (Fortaleza) não tem um sindicato, gostaria de saber dos nossos direitos e benefícios. Alguém pode resolver meu problema ?

  • Vitor Leonardo Fernandes Cordeiro diz: 10 de maio de 2014

    Trabalho em açougue e sou registrado como operador de caixa , mas corto carnes e faço porçoes o posso fazer

  • cybelle cristima diz: 12 de maio de 2014

    Ola trabalho como auxiliar de secretaria em uma academia de Dança e a patro é a mesma que da as aulas as vezes ela atresa e me liga para que eu dê as aulas para as crianças de 3 a 7 anos as aulas são de ballet alem disso ela faz festas no espaço da academia sem relaçao alguma a academia e essa bagunça fica pra nos funcionaria limpar sou contratada como jovem aprendiz e ela também nao paga pelo banco é em dinheiro e diz que tem 10 dias uteis para pagar espero que apure este caso estarei aguardado a resposta obrigado

  • Samara diz: 12 de maio de 2014

    trabalho numa loja de roupas a um ano e oito meses .minha gravidez era de risco então precisei me afastar do trabalho por 3 meses. Quando retornei ao trabalho ainda gravida. meu patrão me tirou da minha função ainda grávida que era de operadora de caixa. e trabalhava sentada para vendedora que teria que trabalhar em pé… óquei acabou. me forçando a entrar na licenca maternidade antes do tempo . depois que meu filho nasceu e eu voltei a trabalhar continuei em uma função. diferente a da minha carteira de trabalho fora o fato dele ter segurado a minha carteira com ele por quase dois meses me prometendo alterar. a minha função. posso processa-lo por isso?

  • priscilla amantino braz diz: 12 de maio de 2014

    oi sou operadora de caixa,mas eu fico em varios setores estao querendo me colocar,no estacionamaento, e esse nao e o meu setor.. isso e desvio de funçao

  • Eliomara Lopes diz: 13 de maio de 2014

    Bom dia,

    Trabalho em uma empresa e trabalhei durante 01 ano e 03 meses como Analista de finanças, sendo que o setor onde eu trabalhava iria acabar, então a Empresa fez uma proposta se eu aceitaria trabalhar no setor de faturamento, sendo que eles alteraram a minha função de analista de finanças para faturista isso é correto? Gostaria de saber se isso não vai implicar na minha CTPS como rebaixamento de função.
    Aguardo resposta.
    Grata

  • adriano aurelio da silva diz: 13 de maio de 2014

    trabalho a quatro anos em uma empresa sou coordenador de rampa a um ano emeio
    só que não ganho pra isso oque devo fazer

  • Ipojucan de Castro diz: 13 de maio de 2014

    Trabalho em um condominio como auxiliar de portaria, so que fazendo a funçao de um porteiro,porque dos 9 porteiros so um tem a carteira assinada como porteiro e ganha como porteiro o resto eles alegam ser auxiliar e pagam menos. Existe essa funçao???

  • Gisele diz: 13 de maio de 2014

    Fui contratada para ser operacional de uma financeira para digitar contratos cuidar de parceiros, fico o dia todo trabalhando com alto nível de stress, porém estou registrada como auxiliar administrativo. Estou com umas dores nas mãos e dores nos ouvidos por atender telefone mas eles falam que meu serviço de digitar esta como auxiliar administrativo e isso não é desvio de função.

  • Luciana diz: 13 de maio de 2014

    a 8 meses fui contratada por um empresa e na minha carteira esta como Analista administrativo e a minha função é Analista de Recursos Humanos, faço toda a parte de RH,fizeram eu assinar uma carta como preposto, faço homologação em sindicato, e fora que quando precisa ir no sindicato tenho que ir com meu carro e não tenho seguro

  • isaias diz: 13 de maio de 2014

    eu trabalhei ne uma empresa eu fui contratado como ajudante mais ai eles me colocaram para trabalhar como ajudante e com soldador e nem botaram na carteira e nem deram aumento

  • Denise Alves diz: 14 de maio de 2014

    Entrei na empresa como atendente,depois fui promovida a operadora de caixa.
    mas sou obrigada a fazer comida,limpar chão,fazer contagem de todos os produtos,lavar os pratos e atender as mesas se for preciso. gostaria de saber se tenho algum direito a respeito disso ou se simplesmente não sou obrigada a fazer tudo isso. se eu me negar a fazer todas as coisas posso ser demitida por justa causa?

  • HEBERT DIMAS VASCONCELOS diz: 14 de maio de 2014

    Fiz um processo seletivo com edital, pagamento de inscrição e tudo mais, para uma Agência, cuja norma diz que só pode contratar via processo seletivo. Pois bem, esta Agência incorporou uma associação e pegou todos funcionário sem processo, inclusive dando cargo de gerência para alguns. Sendo que deste alguns, uns ficaram em segundo no processo seletivo. Na carteira colocar meu cargo com Coordenador de Licitação, conforme estava no edital. Pois bem agora querem fazer um cargo e salário, dai a Diretora Administrativa que passar meu cargo para Assistente Administrativo nível X, por exemplo. Quero saber isto é legal? O que podemos fazer para que isto não ocorra? Não haverá alteração de salário, mas vai contra um edital. Se puder mandar cópia da resposta para meu e-mail agradeço.

  • Luis Felipe diz: 14 de maio de 2014

    Fui contratado como auxiliar de pista para trabalhar no aeroporto,mas em decorrer dos dias me trocam de setor para trabalhar como auxiliar de cozinha, ou na triagem.Isso pode ser considerado desvio de função.O Supervisor diz que essas são normas da empresa, mas eles não pagam adicional nem nada por isso,

  • Caue Santana da Silva Pereira diz: 15 de maio de 2014

    Olá meu nome é Caue ,
    Trabalho em uma empresa de Suplemento Alimentícios ,estou registrado na carteira como “Auxiliar de Produção” ,mais ao invés de estar fazendo a função registrada estou trabalhando de Pintor ,Eletricista,Carregador de Entulhos .

    Minha dúvida é se eu poderia denúnciar ou até processar o Responsável da Empresa (Aquele que me contratou) ?

  • Thais Ribeiro diz: 15 de maio de 2014

    Bom tarde, eu sou auxiliar de arrecadação e ganho bem menos que o encarregado operacional a principio minha cargo era pra exercer funções de cunho administrativo sendo que o engarregado e superior a mim e nunca sabe fazer nenhum tipo de atividade solicitado pelo seu gerente sempre sobra pra mim sem contar que sempre que precisa de funcionario pra alguma coisa por alguem ter faltado eles me colocam sendo essa parte e de responsabilidade dos encarregados… Isso pode se considerar como desvio de função.

  • Leonardo Campos diz: 15 de maio de 2014

    Na minha carteira estou registrado como analista de suporte 1, estou registrado a 3 anos com salário abaixo do mercado e faço serviço de tirar cópias,imprimir, encadernar, digitalizar para email,isso é considerado desvio de função?

  • Marcelo diz: 16 de maio de 2014

    Boa noite trabalhem doze anos em três hotéis como superviso de repositor de bebidas
    fui demitido 12 de maio 2014 só que ganhava só um salario de um hotel
    gostaria de sambem se eu tenho direito de ganha dos outros hotéis
    mandar o por motivo de terceirizar o meu seto sem comunicar para minha pessoa e mandar o em bora no mesmo dia que a outra empresa entro.

  • camila diz: 18 de maio de 2014

    Eu trabalho em loja a qual sou crediarista, trabalho com metas de seguros e cartoes dessa loja , porem somos cobrados o dia inteiro com microfone pelo nome, na frente de clientes,alem disso fazemos banco de horas na empresa ,assinamos o contrato o contratante fala que somos obrigados a ficar com plano de saude da empresa que obrigatorio além disso no fechamento dessa rede varejista temos que arrumar a loja com produtos que nem e area do credito, nos falam que somos obrigados a executar a função porem na nossa carteira está atende de serviços ao clientes ,fiacmos cansados pela exautão de trabalhar mentamente com a cobrança e mesmo assim ainda temos que execultar o trabalho fisico mesmo tendo funcionario para essas areas com registros diferentes.

  • Reginaldo diz: 19 de maio de 2014

    Boa noite.
    Minha carteira e assinada como vendedor externo, mas faço serviço de borracheiro e saio no caminhao da empresa para fazer entregas de clientes que eu atendo, sendo que a empresa tem motorista. Isso não e acúmulo de função?
    Ainda faço servicos de borracharia junto com outro borracheiro depois do horário de serviço e não recebo horas extras.

  • José Sousa diz: 20 de maio de 2014

    Sou Tec.Segurança do Trabalho, tenho contrato assinado com uma empresa X, e me botaram para coordenar uma viagem para empresa Y, sendo que essas duas empresas pertecem ao mesmo dono, no decorrer da viagem acontece um acidente, o empregador quer botar a culpa em mim e no motorista, e nos demitir por justa causa, sendo que nem eu e nem o motorista nao pertencemos a empresa Y e nem tinhamos ordem de serviço para fazer essa atividade. Nesse caso e desvio de funçao? O mesmo nao se compadeceu com a ocorrencia, apenas preucupaçao com suas maquinas e ainda levantou calunia contra mim e o motorista, e ainda falou se tivessemos morrido no acidente compraria os caxoes e pagava o enterro. Diga o que devo fazer nesse caso.

  • ROSILENE GOMES MARTINS diz: 20 de maio de 2014

    Sou funcionária pública municipal (ASB Auxiliar de saúde bucal) Concursada com cargo Auxiliar de Saúde III, efetiva ha 19 anos, mas sempre recebi insalubridade que antes era 30% agora é 20%, pedi licença sem remuneração, quando voltei p o serviço público fiquei mais ou menos 03 anos fazendo somente serviços de digitação na área administrativa sem acréscimo de salário e durante o serviço descobri através de eletroneuromiografia a conclusão do laudo: Síndrome túnel do carpo bilateral de caráter sensitivo desmielinizante ( a possibilidade de radiculopatia cervical a esquerda deve ser considerada) e ainda através de radiografias tenho escoliose e cifose, tentei licença no INSS para tentar recuperar e não consegui, só consegui 15 dias do ortopedista, não consegui marcar nem a cirurgia pelo SUS. Não entrei em recurso e desisti( já faz quase 01 ano), voltei p o cargo de auxiliar, melhorou um pouco, mas continuo fazendo movimentos repetitivos,vejo que estou perdendo mesmo as forças nas mãos…o que fazer para me prevenir p não acontecer o pior…no laudo o ortopedista só colocou encaminhamento p cirurgia e mudança de atividade..tomar anti-flamatório, seria isso mesmo o correto? A quem devo procurar 1º? seria o médico do trabalho ou um segurança do trabalho ou a um advogado p mover um processo…não sei mais o que fazer! Estou com tendência a depressão e já fiz consultas psicológicas e não consigo mais tomar tantos remédios. Me ajudem por favor! Fico agradecida por retornar a minha solicitação!!!!

  • jaqueline da silva santos diz: 21 de maio de 2014

    meu marido é operador de empilhadeira e trabalha como auxiliar de produção e com um mês depois colocaram ele de operador de empilhadeira com o mesmo salario e sem acinar na carteira com mais um mês depois colocaram ele como emcarregado de produção passou de três a quatro mês com o mesmo salario de auxiliar e agora estar de auxiliar novamente estou revoltada por que todos querem subir e subir não descer

  • larissa diz: 21 de maio de 2014

    Sou jovem aprendiz em uma empresa, na minha carteira de trablho estou registrada como auxiliar administrativo, mas eu fico na operação da empresa e não faço nada que tenha a ver com administração, tenho 14 anos e fico na operação em pé sem fazwr nada. isso ta certo?

  • Marcia Ribeiro diz: 22 de maio de 2014

    A funcionária tem a função de fiscal de caixa de uma empresa e esta prestando serviço em outra empresa na função Técnico admistrativo, caracteriza-se desvio de função????
    A empresa na qual a func. presta o serviço pode emitir declaração da função que de fatao ela esta exercendo. O que pode acarretar???
    Obrigada.

  • Aline diz: 22 de maio de 2014

    olá,
    Trabalho como recepcionista, porém entrou outra empresa e me contratou como atendente, fazendo o mesmo serviço, seria desvio de função?

  • Nil Sena diz: 23 de maio de 2014

    Trabalho em uma empresa há 16 anos (com carteira registrada), sou formada em direito. Meu salario esta muito abaixo, para quem trabalha esse tempo todo na empresa.. Outras funcionarias que estao ingressando na empresa hj estao ganhando mais do que eu ganho com 16 anos de registro. Sempre que pergunto, eles falam q tá certo..q meu salario nao pode aumentar pq nao tenho a OAB, so que as novas funcionarias exercem função com menos responsabilidade, como por ex. recepcionista q nao precisa de nivel superior…depto de compras, que tb nao precisa de nivel superior, isso é legal..ja procurei inumeros julgados sobre isso, mas nao encontro.

  • DOUGLAS NUNES DE MOURA diz: 23 de maio de 2014

    BOA NOITE SOU TECNICO DE CAMPO FAÇO MANUTENÇAO CAIXA ELETRONICO E QUERO SABER SI TENHO DIREITO A PELUCUSIDADE,POIS FAÇO VARIOS ATENDIMENTO COM ESCOLATA ARMADA ELES TEM COLETE PROVA DE BALA E ANDAM ARMADO,DIRIJO CARRO LOCADO PELA EMPRESA, TENHO DIREITO ? A RECEBER COMO MOTORISTA E TECNICO POIS DIRIJO 5 HORAS POR DIA ,

  • thiago diz: 23 de maio de 2014

    minha carteira esta assinada como recepcionista, mas meu cracha da empresa esta como assistente administrativo e ainda faço serviço fora da empresa, como serviços de banco levando dinheiro e cheques sem segurança nenhuma.

  • jussara dos santos pinheiro diz: 24 de maio de 2014

    olá. fui contratada para trabalhar como empregada doméstica, trabalhei seis anos sendo que os tres primeiros anos minha carteira não foi assinada, os dois últimos anos foi assinada como empregada doméstica. Também neste mesmo emprego eu fazia serviço financeiro, tais como: depósito bancário, pegava documentos nos bancos, como talão de cheques e e outros. viajava para compras de mercadorias para a loja, fazia cobranças e ajudava vender na loja.

  • Raul dos Santos Estigarribia diz: 24 de maio de 2014

    sou montador de moveis . mas sou obrigado a descarregar e carregar caminhoes com moveis e não recebo insalubridade e quando falo que não vou descarregar eles dizem que é minha obrigação e que irão me dar advertencia isso é desvio de função ou não

  • matheus gonzaga diz: 25 de maio de 2014

    Ola, sou vendedor técnico em uma empresa. Esse nome técnico é a forma que a empresa encontrou de falar que quem está nesse cargo vende e instala oque vendeu, no entanto faço outras atividades tais como limpeza da loja após o expediente e sem estar contando como horário de trabalho pois o gerente pede a todos para bater ponto em alguns casos, entre outras faço serviço de telemarketing passivo, agendando serviços. E outras por exemplo, a empresa trabalha com vidro automotivo, em muitas peças é necessário retirar um acabamento que pertence ao vidro do carro de um cliente e colocando(colando), no que será posteriormente colocado, esse serviço seria de dever da empresa fornecedora do vidro, mas como essa empresa que eu estou visa lucrar muito, compra maior quantidade de vidros incompletos, fazendo com que eu complete essa peça. Há outro fato se os funcionários ficarem com hora extra o gerente perde 5% de seu salário. Certo dia esse gerente pediu para que eu batesse ponto, pois iria somar horas extras minha. e continuar trabalhando. Disse que não podeira bater pois ainda estava trabalhando, o mesmo fez indiretas sobre uma possível demissão por conta desse motivo.

  • Beatriz diz: 25 de maio de 2014

    Trabalho em uma fábrica de confeção de roupas,na minha carteira ,foi registrada a função de embaladora,so que agora eles querem que eu faça outras funções, algumas delas é: Abastecedora,medição, revisora e outras coisas a mais.
    Estou com uma dermatite alérgica, e isso me impede de estar na função de revisora,mas sou obrigada pela minha supervisora, agravando minha alergia.
    Afinal ,sou obrigada a exercer uma função a qual não fui designada?

  • Michele diz: 25 de maio de 2014

    Trabalho ha 2 e 5 meses em empresa de call center, onde sou assistente operacional onde tenho que cobrir ferias de supervisores e de finais de semana sou obrigada a ficar com equipes com mais de 20 funcionários fazendo a função de supervisores.

  • Ivanilda Teixeira diz: 26 de maio de 2014

    Bom dia, trabalho de revendedora de veiculos usados a minha carteira e assinada como secretaria, na empresa não tem setor financeiro, sou eu que faço o recibo de compra e venda, recebendo valores autos, entrevista de funcionario, cobrança, e negociação de dividas, isso é considerado acumulo de função? Por favor me ajudem tive câncer de mama e fiquei afastada por 11 meses voltando agora e o dono vai me mandar embora.

  • Thiago Crisóstomo diz: 26 de maio de 2014

    estava trabalhado em uma nova função que o piso salarial é o dobro do meu, e fiquei nela um ano recebendo o salario inferior quando pedi o reajuste fui mandado embora vou recorrer agora só que gostaria de saber se os messes da agência também entram para que eu posso receber agora na justiça ?

  • Francisco Josias Andrade diz: 27 de maio de 2014

    Tenho uma colega de trabalho que ela foi contratada como auxiliar administrativa CBO 411005 – Auxiliar administrativo de pessoal, Auxiliar de administração, Auxiliar de compras, Auxiliar de escritório, Auxiliar de estoque, Auxiliar de promoção de vendas (administrativo), Auxiliar de setor de compras (administrativo), Auxiliar de supervisor de vendas (administrativo), Auxiliares administrativos e de escritórios, Escriturário
    Mais ela também é Técnica de Edificações o engenheiro da obra quer que ela comece atuar como Técnica em Edificações

  • fernando de lima diz: 27 de maio de 2014

    trabalho de vigilante dentro de uma fabrica pela uma empresa de segurança tercerisada ,pois toda vez que algum funcionari se machuca e vai pro hospital , ou prescisa ir em bora pra casa eu tenho que parar a honda de moto e correr para levar a pessoa com uma ambulancia .gostaria de saber se isso é desvio de função

  • Halison diz: 28 de maio de 2014

    Olá eu fui contratado como conferente de entrada de mercadoria, mas eles me botam para fazer a limpeza, opero empilhadeira, e querem me por para precificar e abastecer a área comercial… E eu me recusei a fazer eles me advertiram, o que devo fazer ??

  • Luiz Trentini diz: 29 de maio de 2014

    Olá, boa tarde, tenho 18 anos (fiz há 5 meses) e sou registrado em uma empresa há 2 anos, como atendente.
    porém, desde o inicio trabalho como entregador, tirando detalhe que muitas vezes, (tenho gravado não uma nem duas vezes) meu patrão mandou eu lavar carro, limpar o barracão, fazer manutenções em computadores pessoais dele e da empresa, fazer serviços de manutenção n acasa dele (furar paredes, instalar cortinas, ate trocar galão de água no bebedouro da casa dele) isso sem dizer as diversas humilhações que já passei por ele, sendo muitas vezes de palavras de baixo calão.. atrasos de pagamento, desconto abusivo (chego atrasado 10 min depois do almoço ele manda de volta e desconta o dia inteiro…) preciso de ajuda, porem não sei a quem recorrer… obrigado!

  • Cáren Cecília Baldo diz: 29 de maio de 2014

    Luiz, tens de procurar a Superintendência do Trabalho na cidade em que vives. Onde moras? Já procuraste o sindicato da tua categoria?

  • weverson diz: 29 de maio de 2014

    sou motorista entregador queria saber se eu sou obrigado a descarregar caminhão e carregar quanto tem transferência de uma loja para a outra se fui contratado para fazer entrega do supermercado apenas?

  • Edilson Santos de Araujo diz: 30 de maio de 2014

    Fui contratado com Tecnico em Segurança do Trabalho, estou fazendo homologação, contratação de motoristas, fazendo serviço de RH(entregar e recolher folha de ponto, contracheque, lançamento de horas dos motoristas), contratação de motoristas, teste para motorista, aplicando advertencia, suspensão.
    Obs:A empresa colocar 110,00 no ticket a mais

  • leonardo diz: 30 de maio de 2014

    Trabalho com a carteira assinada como auxiliar de secretaria, mas exerso a funcao de motorista ha dois anos e fui demitido sem justa causa. Quais os meus direitos?

  • suelane diz: 30 de maio de 2014

    trabalho em uma empresa de cal center e estou registrada como teleoperador,porem há 9 meses trabalho co oinstrutora de recrutamento e seleção mas nunca recebi o salário de instrutor e nem fui registrada no devido cargo.Isso é desvio de função correto?

  • Jéssica Souza diz: 30 de maio de 2014

    Olá,
    Trabalhei em uma empresa de motos, na vaga de vendedor externo, reteram minha carteira de trabalho por 2 meses, e so recebi a mesma 20 dias depois da demissão. Estava na experiência, porém não me avisaram com aviso prévio que eu iria ser demitida , nunca recebia o vale transporte na data estipulada, e até hoje estão me devendo dinheiro de minhas comissões feitas.

  • AGNALDO FRANCISCO diz: 30 de maio de 2014

    boa noite?
    fui contratado para exercer a função de auxiliar de serviços gerais,estou no quadro de feristas,e ha 6 meses estou trabalhando na função de operador de logística (auxiliar administrativo) durante esse período ficam me mandando pra limpeza e depois me chama de volta para a função anterior,fico constrangido porque quando penso que vou crescer dentro da empresa me manda a área da limpeza,a mesma fica me fazendo de bolinha,fico frustrado e constrangido diante dos clientes e amigos.o que devo fazer.

    existe alguma forma da empresa ser obrigada a me contratar como auxiliar administrativo ou operador de logística.

  • edmara diz: 31 de maio de 2014

    sou operadora de colhedora de cana de açucar na empresa que trabalho as classificações são as seguintes operador de maquinas agricolas 1 são os tratoristas op.de maq.agricola 2 são os operadores de trator transborbo e op.de maq.agricola 3 são os operadores de colhedora de cana mas eu e todas as mulheres somos registradas como op.de maq.agricola 1 ou seja tratorista nossa função tem um risco muito maior e não recebemos de acordo com nossa função

  • Keila diz: 1 de junho de 2014

    Boa Tarde! Por favor, gostaria que me esclarecessem uma dúvida com urgência!
    Fui contratada em uma empresa como operadora de caixa, o repositor da loja onde estou trabalhando saiu a mais de 2 meses, e nesse período as operadoras de caixa estão fazendo a função de repositoras também, gostaria de saber se isso é correto.
    Muito obrigada!

  • agostinho diz: 1 de junho de 2014

    ola, trabalho em um supermercado como motorista e gostaria de saber de tenho direito a participacao nos lucros e direito de receber pericolosidade ja que sou motorista?

  • Vaninho diz: 2 de junho de 2014

    Ola, Sou vigilante numa usina de cana de açucar, começo trabalhar as 16:15 ate as 00:21 quando esta tendo carregamento de alcool tenho que ir carregar o alcool, não tem hora certa para terminar só deus sabe então se der algum problema vou ate tarde da noite nisso, quero saber quais são os meus direitos?

  • ana karolina da silva diz: 2 de junho de 2014

    sou registrada como atendente , e faço a funçao de shusimen qual sao meus direitos ?

  • Priscilla diz: 3 de junho de 2014

    Olá,
    Fui contratada e faço uma substituição de uma recepcionista,
    o meu exame admissional estava com a função de recepcionista, e os periódicos como auxiliar administrativo.
    Fui registrada como auxiliar administrativo, no período da manhã trabalho como auxiliar administrativo no setor de RH e de tarde trabalho como recepcionista.
    Seria desfio de função? o que posso fazer? Quais os meus direitos?

  • Leonardo diz: 3 de junho de 2014

    Boa tarde:
    Trabalho como operador de empilhadeira elétrica a alguns anos, e a pouco tempo entro um novo gerente na empresa em que trabalho, antes fazia apenas as minhas atividades como operador sem a nessecidade de atuar em outra area, daí eu e outros colegas da mesma profição, fomos ameaçados, pois ou faria-mos outras atividades fora do nosso ramo ou a porta da rua era serventia da casa!!! “Pois se tem 10 pra sair, tem 200 querendo entrar”, sou obrigado a parar meu equipamento, pra bater caixas, montar paletes, empacota-los e se bobear ate carregar caminhões, vale resaltar que são funções que estão abaixo de nosso cargo e que nos causam constrangimento, até poruque foi esplicado que isso não seria desvio de função, “desvio de função é quando o empregado faz trabalhos acima de seus cargos e não abaixo”…
    Como devo lidar com isso e o que poderia-mos fazer pra regularizar tal absurdo?

  • tiago samuel diz: 4 de junho de 2014

    ola ,eu trabalho como operador de caixa plantao em drogaria ou seja de madrugada,meu gerente vive me ameacando com adivertencias ou justa causa por insubordinacao,pq ele acha q tenho obrigaçao de realizar vendas de medicamentos esem treinamento adequado para o mesmo,limpar freeze sem o epi,varrer o estacionamento externo sujeito aos intemperies da madrugada,fazer a limpeza da loja em geral.Todos os dias recebo ameaças do genero como adivertencias ou uma justa causa por insubordinaçao,isso ta certo?

  • Jonathan Siqueira diz: 4 de junho de 2014

    Boa tarde!

    Fui contrato como Analista Administrativo. Porem exerço a função de comprador! Faço toda parte de orçamentos e tenho que sair pra comprar material (com meu carro particular).
    O salario de um comprador é bem acima do que recebo hoje. Alias meu salario esta abaixo da media de um Analista administrativo.

    Estou procurando uma resposta, pois descobri que eles estão querendo me demitir.

    Meu caso se enquadra em desvio de função?

  • Aparecido leao diz: 4 de junho de 2014

    TRABALHO A 3,6 ANOS EM UMA REVENDA DE CAMINHOES, COMO VENDEDOR ,TENHO UM SALARIO DE VENDEDOR E COMISSOES.AO LONGO DESTES ANOS TINHA QUE SER MOTORISTA DE CAMINHOES,BUSCAR E LEVAR PRA OUTRAS CIDADES,ABRIR E FECHAR,AVALIAR VEICULOS ,DOCUMENTAÇÃO JUNTO AO DESPACHANTE,LEVAR PRA FAZER VISTORIA,COMO UM GERENTE SEM GANHAR………FOI ATÉ DIMINUIDO OS FUNCIONARIOS E ACUMULOU FUNÇÕES SENDO QUE DEPENDO DE ESTAR NA LOJA PRA VENDER PRA RECEBER UM VALOR A MAIS.A LOJA PASSOU A SER CONCESSIONARIA E A FUNÇÃO DE POS VENDAS (DEPARTAMENTO TECNICO)ESTOU DESEMPENHANDO TAMBEM JUNTO A FABRICA SEM RECEBER NADA A AMIS E DEIXANDO DE VENDER?ESTOU DESGASTADO E PRETENDO SAIR POIS MINHA SAUDE FOI AFETADA!RECENTEMENTE FUI CADASTRADO NA LISTA DE HIPERTENSO !NÃO SEI O QUE FAZER?

  • PAULO ROBERTO AZIZ YOKOSHIRO diz: 5 de junho de 2014

    Uma empresa pode negar uma declaração das funçoes que exerci, para fins de prova de titulo e experiencia? Isto porque, passei em um concurso público federal e uma empresa que trabalhei está se recusando a emitir a declaração.

  • jairo diz: 6 de junho de 2014

    trabalhei em um supermercado e fui mandado embora porque o meu serviço nao estava rendendo minha função e operador de loja e sempre que chegaava o caminha da empressa tinha que parar o setor e descarregar e quando a mercadoria ia para outra loja tinhamos que carregar o caminhao e quando o caminhao do ceasa chegava tinhamos que carregar meu setor foi ficando muito feio e eu era cobrado posso entrar com uma açao contra empressa por desvio de funçao ate hoje continua a mesma coisa.

  • Helena Costa diz: 6 de junho de 2014

    Fui contrada para ser assistente Fiscal, mais na minha carteira esta assistente administrativo, o RH fala que sou registrada assistente administrativa mais com função no dpto fiscal isso pode existir ou ta errado

  • Marcus Vinicius Rezende Gomes diz: 6 de junho de 2014

    Foi contratado para ser operador de produção, passaramas dois meses e me mandaram para expedição para fez carga, um mês depois me mandaram para o Almoxarifado para repor estoque e fazer kits para a produção, pois bem passou nove meses e me mandaram para a logística setor PCP, estou a 3 meses no mesmo más não tive aumento salarial mesmo trocando de setor,
    Obs: são setores com diferença de salário, isto é desvio de função?

  • Edgar Pereira diz: 7 de junho de 2014

    Boa noite
    sou motorista de caminha em uma logistica, meu cargo como disse é motorista e ao mesmo tempo tenho que ser conferente e ajudante, carego e descarrego caminhao sacas, caixas pesados, trabalhei tres meses e meio de lider de patio mais nao me pagaran aumento e por isso voltei a dirigir agora estou tendo poblemas pois estou me negando a fazer essas funções a mais, e corro risco de perde meu emprego, isso é certo?

  • Andrea sILVA diz: 8 de junho de 2014

    Boa tarde,fui contrata por uma empresa para exercer a função de motorista de utilitarios,estando eu ainda na experiencia fui direcionada para cubrir ferias do continuo por 30 dias e neste mesmo periodo licensa paternidade do outro continuo,ou seja exerci a minha função,quando dava tempo, a dos dois continuos,sendo que o salario deles é maior que o meu e o auxilio alimentação tb,como eu estava na experiencia não pude falar nada pq senão eles poderiam rescindir meu contrato,aceitei calada.Gostaria de saber se isso é legal se tenho direito de reclamar e claro tenho certeza serei demitida,quais meu direitos?

  • Janine diz: 9 de junho de 2014

    sou contratada como assistente administrativo em uma faculdade, porem tenho de fazer marketing fora da faculdade, ficar em uma tenda. isso e desvio de função, pois o marketing ganha mais do q eu ganho.

  • Luiz Rodrigues da Silva diz: 10 de junho de 2014

    Olá, trabalho na função de telefonista numa determinada faculdade já completando 02 anos agora em agosto, e tenho dúvidas sobre uma questão de nosso intervalo, pois antes não tinha-mos os 15-minutos que nos são por direito, e de alguns dias pra cá nos deram o direito de ter o intervalo, sendo que com poucos dias nos mandaram chegar 15-minutos antes para que depois de 03-três horas trabalhadas passamos tirar esses 15-minutos, quero saber se os 15-minutos são dentro das 06-horas ou tem que ser à mais o nosso horário… Tipo pode ser dentro das 06-horas, ou temos de chegar 15-minutos antes pra poder ter direito à esses 15-minutos de intervalo???

    E outra pergunta é sobre qualquer tipo de problema que nossa chefe nos convoca para uma reunião e ela joga em nossa cara o assunto com tom de voz alta por demais da conta e não nos dá direito de defesa, isso é correto???

  • FLAVIO diz: 10 de junho de 2014

    FUI CONTRATADO COMO ATENDENTE DE FARMACIA, MAS TBM FAZIA A FUNÇAO DE CAIXA. TRABALHEI DURANTE 4 ANOS ASSIM, ATENDIA O CLIENTE PEGANDO A MEDICAÇAO E FAZIA A COBRANÇA SEM RECEBER QUEBRA DE CAIXA.

  • vicente diz: 11 de junho de 2014

    Boa tarde.

    Sou auxiliar de almoxarife,e tem mais de 8 meses que estou trabalhando na área de
    fazer fechamento de notas fiscais ,emito notas fiscais e guias de remessa ,recebo mercadoria, e queria saber se isso e desvio de função?

  • Haniel Victor diz: 11 de junho de 2014

    Sou registrado como ajudante geral mas minha empresa obriga a fazer vendas e sem receber por elas recebo um piso pequeno perto do de vendedor isso eh considerado desvio de função?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 11 de junho de 2014

    Acredito que a tua situação está irregular, Haniel. Como vendedor, tu deverias ter direito a comissão, por exemplo, o que não ocorre. Te sugiro que procures o sindicato da tua categoria.

  • Haniel Victor diz: 12 de junho de 2014

    Ah obrigado Cáren vou procurar o sindicato então valeww

  • pamela diz: 12 de junho de 2014

    Boa noite, eu entrei na empresa a quase 2 anos fui registrada como aux administrativa mais trabalhava no malote recebendo encomendas do correio depois de 3 messes passei para recepcionista mais na minha carteira continuava aux administrativa, depois de 6 messes mudei de função na carteira para aux Fiscal e fui contratada para o setor fiscal eu fazia minha função de lançamento de nota fiscal e mais algumas coisas relacionadas então depois de 6 me colocaram no setor de compras para digitar pedido mais não querem mudar minha função para digitadora e muitos menos mudar meu salario, estou digitando pedidos de compras e na carteira estou registrada como aux fiscal isso seria desvio de função?

  • Thales diz: 12 de junho de 2014

    fui chamado para trabalhar por uma empresa como almoxarifado, e combinamos o salario, ex: 1.000,00 R$ na carteiramais um bonus por insalubridade ou periculozidade, que poderia chegar assim aos 1.200,00 no fim do mes, trabalhei um mes e quando fui receber meu pagamento estava faltando, procurei o setor responsavel e me enformaram que nao iriam me pagar mais a quantia combinada por nao achar que teria tanato trabalho pra min como almoxarife, e decidiram sem me consultar baixar meu salario para 900 ja incluindo quaquer bonus, detalhe trabalho tanto em contato com quimicos quanto com combustivel, pois me agregaram o abastecimento de oleo nas maquinas, e agora o que eu faço?

  • Carlos Homrich diz: 12 de junho de 2014

    Boa noite.
    Preciso saber uma informação. Uma entidade exige para que exerça a função de narrador que eu faça um curso preparatório primeiro. Depois de algum tempo, exercendo esta função, de narrador e só porque exerci minha função junto a outra entidade, aquela entidade que fiz u curso e paguei para isso, me suspende meus direitos de exercer esta função. Isto não é direito trabalhista?

  • Lucinei Nelson de Souza diz: 13 de junho de 2014

    Bom dia

    Sou Técnico em Segurança do Trabalho, e recebi da empresa um veiculo para ir a campo fazer vistorias, porem eu mesmo que conduzo o veículo, e em alguns lugres tem mata nativa, galhos de arvores e riscaram a lataria do veiculo causando avarias.
    1- Existe acumulo de função/desvio de função?
    2- A empresa pode me cobrar por essas avarias? Legalmente?

  • Camila Dappes diz: 13 de junho de 2014

    Fui contratada como Operadora de Caixa e minha gerente me coloca para organizar o estoque e descer com mercadorias pesadas (Armários, Aparadores, Puffs…) Não me paga um valor a mais e está acrescentando a minha função o recebimento e conferencia de mercadorias. Gostaria de saber, se é ou não desvio de função?

  • Pâmela Oliveira diz: 14 de junho de 2014

    Olá Drª, td bem? Bom, eu trabalho como operadora de caixa em um supermercado há um ano, mas já mandaram eu limpar chão quando algum produto caía e sujava o chão, mandaram eu fazer café, fazer reposição, trocam minhas folgas constantemente quando convém à eles, e quando tem bastante movimento, eles tiram nossas cadeiras e nos fazem trabalhar em pé, já que segundo eles, somos mais ágeis em pé. Antes a empresa trabalhava como banco de horas, mas agora a empresa paga as horas extras “teoricamente”… Quando temos horas positivas, eles decidem nos dar folga ou nos liberar cedo ao invés de pagarem nossas horas extras. Preciso muito saber se tudo isso tá dentro da legalidade. Muito obrigada!!!!

  • Rodrigo diz: 15 de junho de 2014

    Trabalho em Multinacional e atuo como vendedor, nas férias do Supervisor acúmulo minha função e a dele, não recebendo nada por isso. Somos coagidos a trabalhar alguns sábados do mês sem pagamento de horas extras. Temos reuniões diárias a partir das 7:00 horas da manhã mas temos que acordar por volta das 5:40 para nos prepararmos para a reunião (conferência por telefone). Muitas vezes não conseguimos almoçar devido o número de clientes e vamos muitas vezes até as 18:00, 18:30 horas. Quando chegamos em casa o volume de e-mails é enorme e temos que ler e responder.
    Não recebemos o holerite…enfim, uma série de coisas estranhas. tenho comprovação de e-mail enviado por parte da empresa para mim. Podemos contar com desvio de função, pagamento de extra…

  • vanina sperendio diz: 15 de junho de 2014

    Sou nutricionista da alimentação escolar há 8 anos. Desde minhas primeiras férias saio em janeiro. Período onde não há aula. Minha ultimas férias foram de 1 a 30 de janeiro de 2014. No ultimo dia 11 de junho cheguei pra trabalhar e fui informada q estava de férias de 1 a 30 de julho. Período onde há aulas. Não estou a favor desta administração. Fiz algumas reclamações e estou sofrendo perseguição politica. Gostaria de saber se o Prefeito pode me colocar de ferias durante o ano letivo??

  • Vanessa diz: 16 de junho de 2014

    Olá, fui contratada como secretária, recebo apenas 1 salário minimo, mas no escritório trabalha apenas eu, os outros funcionários trabalham nas obras. Tudo em relação ao escritório sou eu que faço, atendo telefone, cuido da agenda, faço os pagamentos, contratos, folhas de ponto.. tenho até uma autorização que me permite resolver tudo pelo meu patrão.. Enfim, sou eu que faço tudo, até mesmo a limpeza do escritório (que possui 2 salas, cozinha e 1 banheiro). Será que no meu caso há alguma ilegalidade, como desvio de função, ou acumulo de tarefas.. e será que tenho direito a insalubridade por eu mesma fazer a limpeza do escritório?

  • Elton diz: 16 de junho de 2014

    Foi contratado,para ser vendedor comercio varejista loja de material de construção.Mas na realidade era só eu na loja e fazia várias funções compra,organizava,limpava,funções de banco,vendia,colocava preço,caixa,todo operacional e administrativo e ganhava como vendedor.Gostaria de saber posso entrar com processo de acúmulo de função.Pedir equiparação salarial.Grato

  • Dieny diz: 17 de junho de 2014

    Olá estou afastada do emprego por motivos de doença, fiz uma 4 cirugias em um dia só, estou recebendo pelo INSS por dois meses, mas tenho um laudo do medico descrevendo a gravidada da cirugia, solicitando mais 4 meses de recuperação pois não posso pegar peso, pois minha função é de carregar caixas pesadas, subir e descer caminhões, dirigir e descarregar produtos com até 60 kg. então quero saber se caso o INSS não aprovar esse 4 meses a mais, a empresa em que trabalho tem que desviar de função até me recuperar?

  • Pamela diz: 18 de junho de 2014

    Fui contratada como aux. de escritório, mas aqui sou eu a responsável pela parte de compras da empresa, ainda arrumo computadores quando estragam, além disso ainda cuido da cozinha em relação a qualidade da comida, por vez tiro a folga da vendedora sábado sim e sábado não sem receber nada a mais disso, sendo que a mesma recebe comissão todo mês. O que posso fazer?

  • jonilton diz: 18 de junho de 2014

    comecei a trabalhar nessa empresa como motoboy, mais fui promovido para auxiliar administrativo, só que minha carteira de trabalho não foi atualizado e meu cargo ainda estar como motoboy. já faz aproximadamente 6 messes que fui promovido e nada de mudar minha junção, recebo meus contracheque como motoboy.

  • Adriana diz: 18 de junho de 2014

    Boa tarde,trabalho em uma empresa que me contratou como motorista,cumpro a função de motorista,sou do sindicato dos motoristas…Porem no mes passado fui designada para cubrir ferias do continuo que alem de ganhar acima do meu salarioé do sindicato da construção civil,este mes querem que eu tire as ferias do outro continuo,isso é legal?

  • Regivaldo Soares da Silva diz: 18 de junho de 2014

    Um controlador de acesso pode efetuar rondas nas dependencias da empresa

  • Luis Cesar Lucas da Cunha diz: 19 de junho de 2014

    BOM DIA , TRABALHO NUMA EMPRESA CUJO FUI CONTRATADO PARA AJUDANTE DE CAMINHÃO ,QUANDO NÃO TEM ROTA PARA FAZER AS ENTREGAS SOMO OBRIGADOS A FAZER SERVIÇOS DE ESTOQUISTA E NÃO FAZENDO LEVAMOS ADVERTÊNCIA ,GOSTARIA DE SABER SE ISSO E DESVIO DE FUNÇÃO OU ESTA DENTRO DA CLT.

  • Ana diz: 20 de junho de 2014

    Estou como assistente financeiro, foi transferida de função quem exercia essa função anterior a minha era uma Analista financeira exercendo menos atividades do que eu. Que atualmente estou no cargo dela como assistente financeira a dois anos. Como posso proceder?

    Por favor, tire mais uma dúvida todos da equipe foram promovidos com aumento salarial, menos eu que fiz entrevista a pouco tempo para outra empresa. Consigo fazer algo contra isso, pois acho que o chefe está fazendo birra.

  • Miriam diz: 20 de junho de 2014

    Fui contratado como operadora de caixa mais a dois anos e meio estou na parte do atendimento recebia boletos bancario no atendimento faço recarga e outras coisas mais mas agora pedem para voltar para o caixa toda vez que enche o mercado posso recusar pois estou com muita dor nas costa.

  • antonio diz: 20 de junho de 2014

    Sou instalador de seguramca eletronica e para exerce a fumcao piloto , moto da empresa tenho direito a lei dos motoboy sobre os 30%

  • mayra diz: 20 de junho de 2014

    trabalho numa empresa onde meu cargo é balconista, a pessoa responsavel por fazer notas fiscais e fechamento de notas de fim de mes saiu, e colocaram eu na responsabilidade de fazer isso sem nem se quer me perguntarem se eu queria ou sabia fazer isso, sou obrigada a fazer essas coisas sem nenhum acrescimo de salario?

  • Rodrigo diz: 20 de junho de 2014

    Olá Boa noite!

    Estou na empresa há 2 anos, entrei exercendo a função de aux. operacional, e fui promovido com 9 meses de empresa para líder operacional, mas já estou há 11 meses sem receber o reajuste, e os gestores me dão o prazo para que o reajuste seja efetivado e quando chega no prazo o salário continua o mesmo.

  • Fabrízio Moore diz: 21 de junho de 2014

    Sou ajudante de confeiteiro em um supermercado tanto na carteira quando no crachá só que de um ano pra cá me botaram pra trabalhar na padaria pois agora eu trabalho na padaria não na confeitaria mais meu contra cheque ainda ta como ajudante de padeiro tanto na carteira e no crachá que uso.Isso é desvio de função ou o que?

  • Thamires santos diz: 23 de junho de 2014

    E sou operadora de caixa e aqui eu faco algumas entregas, limpo meu ambiente de trabalho, alem de cobrar e de ser responsaveis por planilhas decorrentes dos meus servicos e agora aqui foi criada uma escala de limpeza e contem meu nome uma vez por semana, sendo que ao sabados cada um tem que limpar seu setor e ainda limpar a loja. Minha duvida é isso é acumulo de função?
    Att. Thamires Santos

  • Fabiana Garcia diz: 23 de junho de 2014

    Bom dia! Sou Analista de Qualidade e trabalho em uma empresa da área de saúde. A empresa não está considerando os feriados da copa por ser da área de saúde, mas como ficam os profissionais que são da área administrativa como eu? Temos que trabalhar? Temos que receber hora extra pelos dias trabalhados? Ou temos o direito do feriado?

    Grata.
    Fabiana Garcia

  • Cáren Cecília Baldo diz: 23 de junho de 2014

    Antonio, em princípio, a lei da periculosidade vale apenas para quem tem carteira assinada e usa a moto em seu trabalho.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 23 de junho de 2014

    Fabiana, depende da cidade onde moras. Em Porto Alegre, por exemplo, não foi decretado feriado, apenas ponto facultativo.

  • Fabiana Garcia diz: 24 de junho de 2014

    Olá Cáren,

    Referente à sua resposta, moro no RJ. Amanhã por exemplo foi decretado feriado integral exceto para as unidades de saúde, transporte e áreas de lazer. Trabalho em uma unidade de saúde porém minha área é administrativa. E a Empresa quer que os profissionais administrativos venham sem pgto de Hora Extra ou liberação em outro dia.
    Tá certo?

    Grata

  • Marcelo diz: 25 de junho de 2014

    Bom dia, sou gerente de uma área na empresa ( este é meu cargo registrado na CTPS ) e há mais de um ano estou sendo usado como analista de implantação de uma ferramenta, e a empresa vive dizendo que vai colocar alguém no meu lugar mas nunca acontece. Sei que não posso pleitear diferença salarial, pois meu cargo é maior que um analista. Gostaria de saber se isto se caracteriza como Desvio de Função e o que posso fazer ?

  • Daiane diz: 25 de junho de 2014

    Olá, fui contratada como atendente numa livraria no shopping.
    Recebo comissão por vendas. Mas estão sempre me tirando do piso da loja para me mandar conferir mercadorias que chegam, arrumar o estoque, repôr o estoque de mercadorias na loja. Me mandam sair em meu horário de expediente para ir em editora carregar caixas de livro, e até pagar conta em banco de outro bairro já me mandaram. Também me fazem carregar peso sem terem pedido nenhum exame físico. Meu coordenador me manda escrever e-mails e fazer serviços de digitação para ele. Também tenho q varrer e passar pano na loja, assim como limpar as lixeiras.
    Isso se qualifica como desvio ou acumulo de função? Grata desde já.

  • Ednara diz: 25 de junho de 2014

    Sou caixa em uma pizzaria, porém, além de exercer minha função tenho que fazer atendimento as mesas e servi-las. Sendo que trabalho sozinha no atendimento. Além disso meus patrões já me submeteram a lavar banheiros, louças, mesas e cadeiras e até mesmo atender telefones pro Delivery. Mas não tive reconhecimento nenhum por isso! Depois que reclamei de algumas coisas eles passaram a me tratar diferente. Estou grávida e evito de ter discussões. Agora no momento já não sei o que fazer, pois disse que não iria mais atender e nem servir mesas e eles me mandaram voltar pra casa. O que eu devo fazer?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 25 de junho de 2014

    Fabiana, pesquisei sobre o assunto e, pelas informações que obtive, acredito que a empresa tenha razão em fazer o pedido da forma como citaste. Isso baseado no que tu mesma disseste sobre os setores que ficam de fora do feriado. Mesmo sendo administrativo, trabalhas em uma unidade de saúde, e entendo que não há como diferenciar os funcionários nesse caso.

  • silva diz: 25 de junho de 2014

    boa noite eu trabalho como vigilante de posto so que agora me colocaram para abrir e fechar agencias tambem e quando precisa tiro horario de posto, e tenho que ficar com o celular em casa ligado dia e noite isso é acumulo de funçao e na questao de jornada de trabalho esta certo se so folgo apenas um dia na semana os demais tenho que ficar com o celular ligado pois eles podem ligar a qualquer hora e muitas vezes trabalhei na madrugada.

  • Anderson diz: 26 de junho de 2014

    Trabalho em uma Oficina Mecânica registrado e fui contratado como Auxiliar de almoxarifado exerci a profissão por um Ano. logo depois fui Serviço Militar obrigatório , Cumpri o obrigatório e voltei para mesma função, passou 2 meses mandaram o auxiliar de escritório embora e apos isso fiquei com a vaga , porém não estou ganhando piso salarial , nem recebi aumento da empresa isso faz 4 meses já. Já conversei com meu patrão e ate agora nada, nem minha carteira esta atualizada com função nem muito menos salario . O que devo fazer ?

  • Anderson diz: 26 de junho de 2014

    Esqueci de complementar que trabalho ah 3 anos como auxiliar de almoxarifado , e á 4 meses atras que mudaram meu cargo e não atualizaram minha carteira nem aumento recebi.

  • Alcides diz: 26 de junho de 2014

    Sou Técnico Agrícola e engenheiro de produção, minha carteira de trabalho e registrada como técnico agrícola para tomar conta da fazenda, mas eles me colocaram a fazer trabalho geral como fazer cerca, mexer com gado, apanhar café, qual os meus direitos? Vou sair mas quero saber meus direitos primeiro obrigado.

  • Larissa Alves diz: 27 de junho de 2014

    Fui contratada como auxiliar de farmácia, há 6 meses fui promovida atendente de farmácia, porém opero no caixa(não ganho quebra de caixa) e descarrego caminhão quando chega mercadoria e as separo (incluindo produtos de perfumaria), isso é desvio de função?

  • Talita diz: 27 de junho de 2014

    Trabalho em uma imobiliária a um ano e meio entrei como recepcionista porem fazia a limpeza de todo o escritório, mudei de cargo para auxiliar administrativo porem a nova recepcionista engravidou e saiu de licença maternidade e estou cobrindo ela e meu chef deu férias para a faxineira que não é registrada, além da minha função estou fazendo a função das duas acredito que não seja certo quais meus direitos em relação a isso?

  • Victoria Pimentel diz: 27 de junho de 2014

    Trabalho como operadora de caixa em um supermercado. Lá temos patinadores que são os fiscais de caixa, que ganham mais que os operadores. Estou a 2 anos na empresa, sendo que 1 ano fui fiscal (patinadora) sem receber por isso. Agora simplismente me voltaram para o caixa por que eu cai de patins. Isso é desvio de função ?

  • Gilliardi diz: 29 de junho de 2014

    Trabalho em uma empresa como Assistente administrativo, fui contratado para trabalhar de segunda a sábado das 8 ás 16:20, assim conforme contrato. Porem alteraram informalmente meu horário para trabalhar das 8h ás 17:30 e 1 sabado no mês das 8h ás 16:20, essa atitude tomada pela supervisão está fora da Lei ? Posso ganhar uma causa na justiça por esse ocorrido ?

  • flavio da silva grazziotti diz: 30 de junho de 2014

    Trabalho em uma empresa de lubrificação (cargo lubrificador) no começo eu lubrificava maquinas, depois de um tempo a empresa pegou um contrato de análise de óleo como eu sabia fazer passei a trabalha em laboratório realizando análise de óleo e emitido laudos. Outro detalhe é que para a empresa contratante da que eu trabalhava meu cargo é técnico em analise de lubrificante, mais na minha carteira continuo como lubrificador já estou nesta a 03 anos sem ganha minha classificação e aumento de salário é desvio de função.

  • AMANDA diz: 30 de junho de 2014

    Bom dia,

    O motorista de entrega tem a responsabilidade de zelar pelos cuidados do carro, observar qualquer imperfeição e estar comprometido com qualquer alteração no carro, exceto as despesas que devem ser arcadas pelo empregador, correto?
    Agora, lavar o carro e mantê-lo limpo não é desvio de função, certo? Tenho um funcionário motorista e gostaria de saber se esse cumprimento está correto… Peço a ele para lavar o carro 1 vez na semana, é claro que todos os produtos e máquinas fazem parte da empresa…

  • Cáren Cecília Baldo diz: 30 de junho de 2014

    Gilliardi, se o contrato foi realmente alterado unilateralmente (por somente uma das partes) e essa mudança traz prejuízo ao funcionário, ela é inválida. Procure o sindicato da sua categoria para obter mais orientações.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 30 de junho de 2014

    Flavio, já conversaste com tua chefia sobre essa questão?

  • Fernanda diz: 30 de junho de 2014

    Boa tarde, minha carteira esta assinada como Auxiliar Administrativo, mais fico na recepção,trabalho das 08:30 ás 18:00, meus ouvidos estão começando a dore, o que posso fazer a respeito?

  • Hudson Paulino diz: 1 de julho de 2014

    sou açougueiro registrado em carteira, mas exerci 2 meses como segura e recebendo como açougueiro,caracteriza desvio de função? espero a resposta obrigado.

  • mayara diz: 1 de julho de 2014

    gostaria de saber sob o art 227 da clt pois fui contratada para exercer a função administrativa mas sou a telefonista da empresa, tomo conta de 4 linhas de telefones com ramais inclusive para direcionar ligações para a casa dos proprietários da empresa e tenho senha p efetuar ligações para funcionários das empresa,e efetuou cobranças por telefone. e trabalho diariamente de segunda a sábado com a carga horaria de 44 horas semanais. posso ir em busca dos meus direitos desde a contratação???

  • Edgar Rosa diz: 2 de julho de 2014

    Olá, Em relação a ordens de serviço expedidas pelo empregador deve haver algum comentário ou observação no documento no caso de desvio de função, especificando atividade, riscos da operação e equipamentos de proteção individual a serem usados quando um funcionário exerce uma função na carteira de trabalho e uma vez durante a semana desempenha outra função para repor a falta do colega devido a sua folga?

  • Fernanda diz: 2 de julho de 2014

    Em minha carteira estou registrada como serviços gerais mas na verdade trabalho em uma cozinha de restaurante tendo que lavar as loucas, ajudar a fazer comida, limpar o chão. quero saber se isto é ou não desvio de função e o que deve vir declarado em minha folha de pagamento ?

  • silvia helena soares diz: 2 de julho de 2014

    eu gostaria de saber meus direitos sou cozinheira de uma escolinha particular e meu salario e de 729 reais gostaria de saber se esta certo pois ganho menos que um salario mínimo.

  • Alberto Nascimento Lima diz: 3 de julho de 2014

    Boa tarde , eu gostar de saber se é caracterizado como desvio de função o meu caso, trabalho em um órgão público como auxiliar administrativo, porém faço atendimento , a minha dúvida é que estou tendo que elaborar treinamentos para gerentes da empresa que trabalho que vão ser superiores a mim ” tenho que ensinar o trabalho para meus superiores” e não recebo por isso.

  • felipe andrade diz: 3 de julho de 2014

    Ola boa tarde !
    Fui contratado e registrado como estoquista de peças automotivas na empresa,porém eu faço venda balcão de peças,atendo clientes pelo telefone,faço orçamentos para oficina e clientes de balcão,além de digitalizar notas fiscais e conhecimentos de transportes,tenho também que ficar cotando peças em outras concessionárias,faço envio de peças via correios e transportadoras,isso esta se enquadrando em desvio de função ?

  • Fabio junio dias diz: 4 de julho de 2014

    Fui contratado para trabalha como mecanico e Fasso varias fusões como serviços eletrico borracheiro manobrista na folga do guarda tenho que abrir os portões da empresa serviços de fiscal de tráfego.

  • Nilce diz: 5 de julho de 2014

    Bom dia,
    Passei em um concurso público para técnico administrativo, após a posse me colocaram para trabalhar no estoque, onde inspeciono e carrego caixas, abro e fecho caixas o dia inteiro, inclusive as muito pesadas, já reclamei e nada fazem.
    O devo proceder?
    Grata

  • ANTONIO ALVES DE SOUA diz: 5 de julho de 2014

    OLA BOA TARDE.
    FUI CONTRATADO POR UMA EMPRESA DO RAMO VAREJISTA COMO OPERADOR DE LOJAI 06:00 HORAS, CONFORME ESTRUTURA DOS CARGOS DA EMPRESA. EU ERA VENDEDOR, AUXILIAVA OS CLIENTE, ORGANIZAVA A LOJA.
    FUI TRANSFERIDO EM 2008 PARA UMA OUTAR FILIAL, E PASSEI A EXERCER O CARGO DE OPERADOR II 08:00 HORAS QUE EXERCIA AS MESMAS FUNÇÕES E OUTRAS RESPONSABILIDADES COMO ABERTURA DO ESTABELECIMENTO, VENDEDOR, EXERCIA TAMBÉM ATIVIDADES DE UM SUB-GERENTE: POR EXEMPLO:GERENCIAVA A EQUIPE DE VENDAS, SERVIÇOS EXTERNOS DE BANCO, VENDAS EXTERNAS EM OUTRA CIDADE SEM NEM UMA REMUNERAÇÃO.
    DE 2008 ATÉ 2012 EXERCI ATIVIDADES DE GERENCIAMENTO DE PESSOAS CONTABILIDADE DE ESTOQUE, LANÇAMENTO DE NOTAS FISCAIS DENTRE OUTAR SEM UMA REMUNERAÇÃO COMPATÍVEL.
    APENAS EM 2013 FOI REESTRUTURADO O MODELO DE CARGO E RECEBI UMA PROMOÇÃO DE SUB-GERENTE AI PASSEI A RECEBER A REMUNERAÇÃO COMPATÍVEL.

    A DUVIDA É O PERÍODO CITADO ACIMA DE 2008 ATÉ 2012 SEM A REMUNERAÇÃO DEVIDA EU POSSO ENTENDER COMO ACUMULO DE FUNÇÃO.

  • samara rodrigues diz: 6 de julho de 2014

    Ola,me chamo samara e ha 11 meses trabalhei em uma drogaria/perfumaria exercia funções como cobrir folga da minha colega de caixa,limpar(varrer e passar pano com produto quimico na loja) uma vez por semana lavar os banheiros e limpar a cozinha, mas era registrada como repositora …além dessas funçoes tinha que parar minha tarefa na organizaçao da loja para atender os clientes ja que tambem tinha meta de vendas, eu tinha que vender cerca de 11 mil para tirar 4% de comissao. Me ajude

  • jeankessler18@hotmail.com diz: 6 de julho de 2014

    Boa noite, na empresa onde trabalho na minha folha de pagamento esta escrito (repositor) como se eu trabalha-se como repositor e estou recebendo como repositor, mas eu trabalho como aux de escritório ( no financeiro) quais são os meus direitos ? eles são obrigados a me remunerar diretamente certo na função em que trabalho ? Obrigado

  • naiara diz: 7 de julho de 2014

    trabalho no banco de sangue de recepcionista e gostaria de saber se tenho direito a insalubridade. o banco de sangue fica anexo ao hospital.

  • Karla diz: 7 de julho de 2014

    Fui contratada como Assistente Contábil e no meu holerite vem com CBO de auxiliar. E na minha carteira não vem o CBO. Terei algum problama mais na frente com isso?

  • Alef diz: 7 de julho de 2014

    Ola,Trabalho em uma imobiliária, sou registrado com Auxiliar de Serviços Gerais, porém alem de exercer atividades, como serviços de banco e serviços diversos, também atuo como Vistoriador de Imoveis. Isso é desvio de função?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 7 de julho de 2014

    Alef, de auxiliar de serviços gerais para vistoriador de imóveis? Sim, me parece desvio de função, mas é preciso analisar a situação em detalhes para ter certeza. Te sugiro procurares o sindicato da tua categoria.

  • Miguel lima diz: 8 de julho de 2014

    Eu trabalho em uma empresa a 2 anos na minha carteira consta como mecânico de manutenção e viajo muito a trabalho mais motorista e mecânico também sou eu
    isso e acumulo de função ou não posso pleitear um remuneração a mais na empresa

  • marcia diz: 9 de julho de 2014

    Bom dia!
    sou registrada na empresa como aux. administrativo mas exerço a funçao de compradora a tres anos. ja tive um aumento de salario mas acho que nao seja o piso salarial da minha regiao PR . E gostaria de ser registrada como compradora ja que essa é minha verdadeira funçao tenho este direito o que devo fazer?
    Att- Marcia

  • brenda costa diz: 9 de julho de 2014

    Boa Tarde, tenho 9 meses em uma empresa, entrei com o cargo de repositora de loja cujo o salario é 830,00 porém minha ctps foi assinada como servicos gerais cujo o salario e de 724,00, passados 3 meses da minha admissão fui promovida a supervisora ( salario 1600,00) mas minha ctps continuou como serviços gerais e so foi alterada 3 meses depois mas alteraram para auxiliar de supervisor (salario 1200,00) Quais sao os meus direitos? grata pela ateção!

  • wellington diz: 9 de julho de 2014

    Ola boa tarde .eu trabalho como supervisor de loja.mais faco trabalho de administracao .fecho tesouraria entre outras coisas ja estou assim ha 5 messes. Mais nao estou recebendo como supervisor .alem disso trabalho feriados e nao recebo 100% ,poderia me disser se isso gera indenizacao por danos morais .tirei varias fotos .

  • Andreia diz: 9 de julho de 2014

    Trabalho a 6 anos registrada como analista de suporte (setor de informatica), nesse periodo eu ajudei durante uns 6 meses no setor administrativo (fiquei nos dois setores simultaneamente). Estou atualmente em licença maternidade e fui informada pela empresa que quando eu retornar nao voltarei a minha funcao na qual fui contratada; a empresa ja me informou que ira me demitir quando terminar minha estabilidade e que durante o aviso terei que fazer serviços administrativos cobrindo ferias dos meus colegas. Gostaria de saber se eles extinguirem meu setor eu sou obrigada a fazer serviços aos quais nao fui contratada?

  • rafael diz: 9 de julho de 2014

    Minha carteira esta como auxiliar de informática mais auxilio na direção da empresa, fico com a chave da empresa para abrir e começar o expediente, rendo a funcionaria do caixa para a mesma ir almoçar, realizo fechamento de caixa, e coordeno o sistema da empresa. Gostaria de saber que função se enquadra a mim, neste caso e piso salarial, sabendo que realizo atribuição de auxilio a direção da empresa.

  • renato diz: 9 de julho de 2014

    Sou almoxarife recebo adicional de insalubridade porque trabalho em um local onde tem risco químico entre outros,porem recolho equipamentos de eletrônica entre eles ar condicionado que em muitos casos tenho que subir em cima de prédios para pode retirá-los correndo risco muitas vezes de cair por isso gostaria de sabe esta dentro da minha função!

  • popo diz: 12 de julho de 2014

    sou registrado como encarregado do estoque mais estou exercendo a função de vendedor isso e certo.

  • Hallan lima diz: 12 de julho de 2014

    Trabalho como auxiliar de operações , mas alem disso tenho q trabalhar em área como atendente comercial , e tenho que descarregar caminhão todos os dias , atravessando uma principal de 3 faixas , sendo que no contrato não dizia que teria que fazer descarregamento de caminhão,por que antes de trabalhar na loja tinha ajudantes que fazia o descarregamento! E isso recebendo um salário mínimo!

  • Edyane diz: 14 de julho de 2014

    Estou trabalhando a 3 anos em uma empresa. Fui contratada para trabalhar no escritório como auxiliar Administrativa e mais tarde classificada como Assistente Administrativa.
    Só que agora estão querendo me colocar para cobrir férias de uma funcionária que trabalha no campo na função de encarregada de campo.
    Detalhe…. O escritório onde eu trabalho é localizado em área urbana, ou seja, na cidade. E meu horário de entrar no trabalho é às 08:00. E a área pra onde querem que eu vá é área remota pra onde não há transporte publico e ainda terei que ir pra parada de madrugada pra poder pegar o ônibus da empresa, ou seja, minha rotina será toda alterada. Sem contar que não fui contratada nestas condições, e nem nunca antes tinha sido mencionado que eu teria que fazer isto.
    Como devo proceder diante disto? Quais são os meus direitos?

    Aguardo um breve retorno.

  • Bruno Federal diz: 14 de julho de 2014

    Sou marinheiro de máquinas, minha função seria basicamente fazer manutenção nas maquinas do navio e auxiliar o mecanico. Ao chegar no navio descobri que teria que cozinhar, e pilotar uma lancha sozinho em qualquer horario, inclusive de madrugada
    Entrei em contato com a empresa. Eninformei oq estave sendo obrigado a fazer no navio. A empresa não tomou nenhuma atitude. Então fui até a marinha e denunciei as condições de trabalho. 2 dias depois a empresa me afadtou na função. Estou em um hotel aguardando a decisão da empresa, acho q vou ser demitido. Porém tudo que fiz. Foi zelar pela minha segurança. Posso processar a empresa ? Como devo proceder ?

  • Bruno Federal diz: 14 de julho de 2014

    Trabalhava em uma empresa e outra me chamou para fazer uma entrevista no qual fui aprovado. A empresa no qual obtive aprovação me informou que eu teria q pedir demissão com urgência da anterior. Pois queriam me contratar. Foi oq fiz pedi demissão e deixei de ganhar todos os meus diretos. Após eu pedir demissão a empresa nao cumpriu com o combinado me deixou um mês de stand by. E não me pagou nada por isso. E só me assinou a carteira um mes depois. Com a data de um mês depois.

    Tenho o direito de receber esse um mes em q fiquei parado uma vez q a empresa. Mando eu me desligar da outra.

  • kinelle diz: 15 de julho de 2014

    fui contratada como recepcionista em uma clinica, só que eu faço a faxina, digito laudo, tenho que atender 3 telefones,sendo que só eu faço essas atividades e não tem outra pessoa pra ajudar,trabalho 6 horas, faço reposição dos materiais e coloco e arrumo o paciente na sala será que é desvio de função?

  • Adriana Almeida de Oliveira diz: 15 de julho de 2014

    Ola fui contratada de auxiliar de estoque so qeu meu patrão me coloca pra fazer a limpeza da loja todos os dias e lavar os banheiros e ainda quer q eu fico indo ao mercado pra ele conprar salgados e refrigerante e alem de tudo quer q eu limpe o e estoque e as partileiras e ainda mais as pessas que estão nas partileiras isso da desvio de função ?

  • Luciana Alves diz: 15 de julho de 2014

    Sou contratada em uma empresa como auxiliar de almoxarifado, porém nessa empresa não há almoxarife, essa contratação está correta, não deveria ser almoxarife?

  • Briane diz: 15 de julho de 2014

    sou registrada como auxiliar de escritório em um restaurante, cuido sim, de alguns papéis e documentos, organizo o escritório pois creio q isso se encaixa na minha funcao.
    recebo mercadorias, confiro notas, atendo telefone…
    mas chega final de semana, recarrego os freezers, pico alimentos, trabalho no bar que no restaurante se localiza….
    isso é desvio de funcao?????

  • Amanda diz: 15 de julho de 2014

    Trabalho de telefonista no banco, mas o gerente solicitou que fizesse cobranças de clientes inadimplentes,imprimir correspondência de cobranças, Triturar folhas de chequesbe documentos, E retornar recado que são passados para os funcionários que são concursados e considerado desvio de função? E causa ganha ?

  • Rodrigo M diz: 16 de julho de 2014

    ola! sou registrado como assistente de impressão digital mas opero sozinho 2 maquinas de impressão de 3 mts alem de fazer serviço de acabamento de materias ( banner, faixas entre outros ) trabalho com produtos quimicos ( solvente e tinta para impressao a base de solvente ) trabalho a 5 anos na empresa com o mesmo registro não recebo equipamento como luvas, mascaras e oculos de proteção, não recebo salubridade por trabalhar com tal material cancerigeno. gostaria de saber oque devo fazer nesta situação.

    desde ja agradeço.

  • Rodrigo Pedrosa diz: 16 de julho de 2014

    Trabalhei 3 anos e 4 meses em uma gráfica contratado para agir na área de operador de maquinas de acabamentos no regime de carteira assinada, sendo que já tinha trabalhado um ano sem carteira assinada, constantemente ocorria desvio de função, pois o empregador aproveitando meus conhecimento na área de Designer Gráfico e Técnico em informatica e de impressoras, colocava para eu exercer essas funções que fugiam do contratado e assinado na carteira, além de que as funções tem renumerações superiores as que eu fui contratado. Por fim eu fui demitido sem justa causa e veio as minhas Rescisões totalmente erradas pois eu recebia mais que um salario e as multas e rescisões foram feitas com base no salário Minimo. Coloquei na Junta e o problema é que as testemunhas que lá trabalhavam não querem participar, ae fico sem testemunhas, qual a solução? Sigo sem testemunhas mesmo os papeis e argumentos serem verdadeiros e que comprovam a denuncia? audiência já está próxima.

  • Giovane Antonio de paiva diz: 18 de julho de 2014

    Olá,bom dia
    Onde eu trabalho sou motorista de uma cozinha industrial,minha função seria carregar descarregar e dirigir,porem muitas das vezes eles me pedem para descascar laranja e fechar marmitas e tambem lavar umas garrafas usadas para colocar suco,gostaria de saber se isto está certo,poís eu acho q isso ñ se enquadra na minha função.
    Aguardo resposta e obrigado

  • Camila diz: 18 de julho de 2014

    minha carteira foi assinada como atendente, cheguei a exercer a função por um tempo, porem meu chefe abriu outra loja e me mando para esta loja, agora eu faco tudo sozinha nessa loja, toda a adiministracao e por minha conta, não ganho mais por isso e não recebo mais comissão

  • Maria souza diz: 18 de julho de 2014

    Fui contratada como ajudante geral após um ano fui demitida porém colocaram para fazer o exame de demissão como operadora de máquina , no entanto na minha carteira de trabalho continuou como a mesma função . Seria sábio recorrer para registar em carteira a função de operadora de máquina?

  • Maria Souza diz: 18 de julho de 2014

    eu trabalhava sim nas máquinas

  • Leandro Melo diz: 20 de julho de 2014

    Eu trabalho em uma casa de material de construção a 2 anos. Na função de Auxiliar Administrativo, e meu patrão pede para que eu vá ao banco todos os dias, para fazer pagamentos. Essa não seria a função de um officeboy?

  • Telmo Bruno diz: 20 de julho de 2014

    eu sou atendente de lanchonete e trabalho no balcao mas vou pra cozinha faço os serviços dos auxiliares de produção e ainda colocam os atendentes pra limpar banheiros e lavar os lixeiros e colocar no lado de fora e ainda colocam agente no caixa sem ter carteira assinada como caixa e ainda querem descontar o que falta no caixa do nosso salario obg e espero resposta

  • leonardo diz: 21 de julho de 2014

    Sou Funcionário Público Municipal, sou concursado como auxiliar de serviços operacionais, porém não exerço a função devido a um laudo médico por problemas de saúde e não posso fazer serviços pesados, sou funcionário reabilitado, hoje estou como escriturário mais queria saber se tenho direito a algum adicional pois presto serviços para o meu setor e outros setores também, cubro férias em outros setores e faço serviços de rua como visitas em residencia para autorização de cortes de arvores e outras coisas mais faço de tudo q o meu chefe pede só não posso fazer serviços muito pesados devido ao laudo médico, mais queria saber se tenho direito a alguma remuneração salarial seja insalubridade, periculosidade, se quando eu for cobrir ferias tenho direito de ganhar o mesmo salario que o funcionário que saiu de ferias ganha pois sempre cubro ferias de encarregados e preciso exercer a mesma função deles mas não ganho pra isso, ou alguma porcentagem pois preciso dirigir pegar a estradas para outros municípios e dentre muitas outras funções que o meu chefe me designa se eu tiver direito a alguma coisa por favor me ajuda a esclarecer e também faço serviços de moto como visitação em estradas rurais em sítios chácaras e ranchos tudo isto de moto, ao meu ver tenho direitos mais queria esclarecimentos pra saber quais são eles fico no aguardo da resposta desde já fica os meus votos de elevada estima e consideração fico no aguardo da resposta um forte abraço

  • Junior Sousa diz: 22 de julho de 2014

    Oi sou contratado como atendente em uma distribuidora, alem de atender, receber o dinheiro, tambem tenho que digitar os pedidos, separar mercadoria no deposito, carregar a combi de entrega, colocar datas nas revistas, receber mercadorias no deposito isso tudo faz parte do meu cargo como atendente?

  • Nalva diz: 22 de julho de 2014

    Oi eu sou ajudante de cozinha em um hospital,e não recebo insalubridade gostaria de saber se tenho direito e se tiver como faço para receber este benefício.

  • rogerio cardoso diz: 22 de julho de 2014

    estou numa empresa que fui registrado como operador de injetora mas ate hj nao trabalhei nessa area so que mudaram eu pra ajudante de caminhoneiro e motorista o que posso fazer nesse caso

  • Izabel diz: 24 de julho de 2014

    Gostaria muito de uma informação, fui contratada como auxiliar de coordenação de um Núcleo de Prática Jurídica de uma faculdade, sou bacharel em Direito para dar orientação, cuidar dos prazos, dos alunos. Porém resolveram dispensar a recepcionista e querem me obrigar a fazer o café pela manhã e ficar na recepção, fazendo os serviços da recepção e também o da minha função. Isso é certo??????

  • fernando diz: 24 de julho de 2014

    Olá, onde trabalho fui contratado como “Encarregado de Produção Assinado Em Carteira”, mais exerço funções de soldador, afiador de fresa, mecânico industrial,limpador de estruturas op de empilhadeira e controlador de estoque.
    queria saber se configura acumulo e desvio de função, diante a tanto trabalho preciso fazer horas extra pra dar conta de tudo.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 25 de julho de 2014

    Izabel, isso é no mínimo questionável. Se a tua função não contempla esse tipo de serviço, podes conversar com tua chefia sobre essa mudança. Chegaste a fazer isso?

  • roberto arruda diz: 25 de julho de 2014

    SOU ACOMPANHANTE TERAPEUTICO, TRABALHO COM MENORES EM SITUAÇAO DE DROGADIÇÃO E RECURAÇAO , AS VEZES FAÇO SERVIÇO DE ELETRICA, HIDRAULICA NA UNIDADE, ISTO CARACTERIZA DESVIO DE FUNÇAO.

    OBRIGADO ROBERTO

  • Tadeu Adriano de Almeida diz: 25 de julho de 2014

    Olá, trabalho em uma empresa como supervisor de loja. Tomo conta de 8 lojas. Porém tenho lojas muito distantes umas das outras, uma está a mais de 600km da minha casa. Viajo muito, quase todos os dias. Tenho direito a algum adicional, ou seguro de vida, por dirigir muito para empresa? Detalhe o carro é meu, faço a função com o meu próprio veiculo.

  • Thais romam diz: 27 de julho de 2014

    Olá, tenho uma duvida, sou analista de credito, fui contratada pra isto e dês do primeiro mês que comecei trabalhar me ensinaram o caixa porque eu teria que fazer, fique quatro a cinco meses trabalhando no caixa e como analista revezando sem ganhar nada a mais, agora a uns 4 meses a menina que fazia somente o caixa quebrou o pé e a subgerente demitida, o gente mandou eu ficar de caixa, o problema e que faço o caixa e todo o resto como Analista e muitas vezes o papel da subgerente, estou ganhando apenas quebra de caixa e um salário substituição que juntos rende apenas 175 a mais no salário, a minha duvida e o meu caixa tem fechado certo o gerente confere e bota no cofre, posteriormente este dinheiro vai para o banco e falta, esta diferença eu sou obrigada a pagar? Mesmo sendo que eu e o gerente contamos e deu tudo correto? Aguardo uma resposta. Att.

  • Marcelo Menezes Cordeiro diz: 28 de julho de 2014

    Bom dia,
    Sou contratado como auxiliar administrativo, comecei exercendo o cargo no setor de expedição, mas a 5 meses fui transferido para o setor de assistência, onde me foram imputadas funções que considero fora do rol de funções de um auxiliar adm. como atendimento ao cliente (consumidor final), vendas de balcão, transporte e manuseio de máquinas pesadas e responsabilidades como realização de reservas em hotéis para superiores da empresa (função esta atribuída ao cargo de secretária(o)). Posso considerar isso como desvio de função? Grato.

  • carlos antonio diz: 28 de julho de 2014

    Boa noite, trabalho numa empresa de cartonagens, minha carteira esta registrada com operador de corte e vinco, mais estou trabalhando como impressor de flexografica, e tambem faço outros tipos de serviço em geral, gotaria de saber se e desvio de função.obrigado

  • AIRTON diz: 29 de julho de 2014

    Sou funcionário de uma escola pública como auxiliar administrativo, concursado, regime clt e gostaria de saber se faz parte da função do auxiliar, fechar a escola, conferir as salas antes de fechar, ativar alarme, recolher material das salas, deixar toda a escola em ordem antes de sair, a mesma tem 2 vigias por 24 horas ou isso é acúmulo de função?

  • Anderson diz: 29 de julho de 2014

    Boa tarde , na empressa que eu trabalhava eu era registrado na carteira como auxiliar de CPD, depois passei para a sala da assistencia tecnica para trabalhar com controle de equipamentos enviados para outras filiais da empressa, após eu realixar uma cirurgia tirarao, eu desta função e colocarão eu para tomar conta das impressoras de todos os depositos da empressa, só que me mandarão embora depois de um 1 mês após ter feito a cirurgia, mesmo eles sabendo que eu estava em tratamento usando o convenio que a empressa fornecia para nós, isto que eu tenho que fazer outra cirurgia daqui um mes mais omenos, eu queria saber se eles podem fazer isto com um fucionario? E TAMBEM EU TINHA O MESMO REGISTRO QUE DOIS AMIGOS MEUS TINHA MAIS GAHAVA MENOS QUE OS DOIS ERA UMA DIFERENÇA DE 380 REAIS, SENDO QUE NÓS 3 COMESSAMOS NO MESMO DIA NA EMPRESSA , ELES FALARÃO QUE IA ARRUMAR ISTO , MAS NÃO ARRUMARAM E ACABARÃO ME MANDADO EMBORA

  • MARICELIA diz: 30 de julho de 2014

    FUI CONTRADADA PRA TRABALHAR COMO OP DE CAIXA MINHA CARTEIRA OP DE SUPERMERCADO MINHA LIDER PEDIU PRA EU SER POLIVALENTE OU SEJA TRABALHEI DURANTE UM ANO E 2 MESES NO CAIXA E TAMBEM FAZENDO TRABALHOS DE FICAIS AO MESMO TEMPO. CUBRINDO HORARIO DE ALMOÇO DE FISCAL
    MAS SO RECEBIA O SALARIO DE OPERADORA ISSO PODE SER CONSIDERADO ACUMULO DE FUNÇA OU DESVIO DE FUNÇAO

  • MARICELIA diz: 30 de julho de 2014

    FUI CONTRADADA PRA TRABALHAR COMO OP DE CAIXA MINHA CARTEIRA OP DE SUPERMERCADO MINHA LIDER PEDIU PRA EU SER POLIVALENTE OU SEJA TRABALHEI DURANTE UM ANO E 2 MESES NO CAIXA E TAMBEM FAZENDO TRABALHOS DE FICAIS AO MESMO TEMPO. CUBRINDO HORARIO DE ALMOÇO DE FISCAL
    MAS SO RECEBIA O SALARIO DE OPERADORA ISSO PODE SER CONSIDERADO ACUMULO DE FUNÇA OU DESVIO DE FUNÇAO FAZIA TODOS OS TRABALHOS DE FICAIS DE CAIXA TINHA ATE UM CARTAO SUPERVISOR COMO AS FICAIS MAS SO RECEBIA PELO TRABALHO DE OPERADORA

  • Adriana Araujo diz: 30 de julho de 2014

    Ola…fui contratada para ser auxiliar contabil, porem quando me registraram tive a informação que estava registrata como auxiliar de escritorio,rebaixando minha carteira ja que ja tinha registro de auxiliar contabil em carteira e quando questionei tive a resposta, que ninguem entrava no escritorio ja como contabil, no entanto venho desempenhando as funções como tal. deixei pensando que seria so por tres meses (durante a experiencia)assim que estava pra acabar minha experiencia questionei e a resposta que tive e que so seria mudado meu registro quando uma pessoa que trabalha comigo achasse que assim devia ser…e assim nada mudou continuo como auxiliar de escritorio, fazendo çlassificação contabil, conciliação, DCTF e parte das tarefas contabeis do escritorio.
    E a tres meses entrou outra moca e mesmo sem ter experiencia em carteira esta registrata como auxiliar contabil desempenhando as mesmas funções que eu, e obviamente ganhando mais do que eu tambem… oque posso fazer???

  • Carlos diz: 30 de julho de 2014

    trabalho em uma empresa como almoxarife, só que faço as compras também, queria saber se esta certo isso ou é desvio de função?

  • tayse de amorim diz: 30 de julho de 2014

    sou operadora de caixa e quando é dia de pouco movimento eles nos botam pra fazer devoluçoes de produtos alem do q o horario é ate dez e vinte da noite e tem dias de nos ficarmos ate meia noite e nao recebemos hora extra mas agora eles tao pedindo pra nos limparmos o chao se alguma coisa derramar e tirar o lixo do lixeiro do nosso caixa na frente dos clientes. gostaria de saber se é assedio moral e desvio de funçao
    desde ja agradeço

  • Fernando Muniz diz: 30 de julho de 2014

    Olá estou com duvida sobre o meu trabalho, na minha carteira de trabalho fui contratado com Office Boy, mais meu patrão faz eu limpar banheiro, faz eu limpar o chão do escritório com a vasoura e sabão, me faz tirar teia de aranhas no teto, me faz limpar os vidros, em fim tenho q fazer os serviços gerais do escritório isso está correto ?

  • Suelane Barbosa Pereira diz: 30 de julho de 2014

    Olá…eu sou contratada para fazer apenas a função de auxiliar de produção só que eles me colocaram para operar máquinas está certo?Eu tenho o direito de pedir para eles por em minha carteira de trabalho Operador de Máquina?
    Obrigada!

  • Rozimara Ferreira diz: 30 de julho de 2014

    OLÁ TRABALHO Á 10 ANOS EM UMA EMPRESA COMO REPOSITORA ,MEU SUPERVISOR ESTA PEGANDO MUITO NO MEU PÉ ME MUDOU DE LOJA SÓ PARA ME FERRAR E QUERO SAIR DA EMPRESA MAS NÃO QUERO PEDIR A CONTA O QUE QUE EU FAÇO POSSO PROCESSA~LO POR ASSÉDIO MORAL?

  • piter diz: 30 de julho de 2014

    Trabalho de escolta armada , recebo um pacote de x e não ganho mais nada faço muita hora extra e não ganho por elas , a empresa não contrata vigilante e tenho que ficar na portaria pois a empresa não quer contrata vigilante patrimonial

  • Micael dos Santos Pereira diz: 30 de julho de 2014

    Olá boa tarde, minha carteira de trabalha esta assinada como conferente de loja, já verifiquei e conferente de loja fica em uma loja fixa e é responsável pelo estoque, só que viajo muito e também para fora do estado, tenho provas como notas fiscais e o voucher do hotels que fico, isso classifica como desvio de função? Boa tarde.

  • RENATO ESPOSITO diz: 30 de julho de 2014

    sou eletricista porem dirijo carro na empresa onde trabalho sem remuneração para dirigir vou dirigindo ate o local de atendimento faço o serviço e volto dirigindo a maioria das veses dirijo um total de 6:30 h por dia alem dos serviços de eletrica me envolvi em um acidente com o carro da empresa no horario de trabalho e meu chefe quer descontar a franquia do seguro do meu pagamento el pode fazer isso

  • Cáren Cecília Baldo diz: 31 de julho de 2014

    Rozimara, se tu tens provas de que ele está praticando assédio moral contigo (especialmente testemunhas que também percebam isso), podes entrar com um pedido na Justiça, sim.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 31 de julho de 2014

    Micael, no teu contrato de trabalho, existe alguma referência a teres de exercer essas atividades fora da loja?

  • Vivian Telles diz: 31 de julho de 2014

    Sou registrada como axiliar de loja , mais na verdade o meu serviço é de repositor isso é desvio de função ?

  • regina diz: 31 de julho de 2014

    Boa noite
    Sou estudante de Serviço social. e faço estágio para uma empresa privada desde de fevereiro de 2014,minha carga horária de 20 horas semanais, porem raramente eu cumpro essa carga, sempre sou submetida a jornadas
    entre 08:00 ás 12:00 horas, inclusive sábado feriado e domingo, e não recebo nada mais por isso, apesar de está vinculada a esta empresa, no mês que iniciei o estágio meu contrato teve alguns problemas e findou que não assinei o documento, e a empresa nunca se manifestou quanto á isso, sempre efetuou os pagamentos, tenho folhas de frequência, comprovante bancário de pagamentos, relatórios, fotos, ATA, enfim tenho várias formas de provar que prestei serviço, por motivos pessoais, a empresa solicitou que eu me desligasse pois em um determinado dia não pode realizar o que me foi solicitado, assim foi feito só ressaltei que tinha dias em “bancos de Horas para descontar”, a empresa disse que o banco de horas e descontado em dias corridos, eu pensava que deveria ser descontado em dias uteis? e Tbm não carimbaram minha CLT.
    Me sinto lecionada Financeiramente, e moralmente, pois no primeiro problema pessoal( problema gave se saúde na família), fui totalmente desrespeitada por minha superior, gostaria de uma orientação, pois a empresa me solicitou que eu assine o desligamento nesta próxima segunda feira.

  • ronival ramos diz: 31 de julho de 2014

    Fui contratado. e registrado como ajudante em uma industria quimica,mas realizo operação em uma maquina ensacadeira automatica. Ha mais de um ano .isto é desvio de função?

  • Amarildo Mello Vargas diz: 31 de julho de 2014

    Trabalho num clube de grande porte e tenho carteira assinada de pedreiro já fazem dois anos e bicos e nesse período exerci minha função muitíssimo pouco, só fazendo outras tarefas como, motorista por oito meses direto, um mês no almoxarifado da obra e por fim já são sete meses de carpinteiro, pergunto, isso caracteriza desvio de função ??

  • Rosi diz: 1 de agosto de 2014

    Não assine nada, vá a uma advogado trabalhista com os docs em mãos e ele dirá exatamente como proceder. Sem Contrato, Sem CLT. Eles terão que pagar multas e registrar sua CTPS com data de Entrada e Saida (já que querem sua saída), ainda tem que recolher seus impostos e finalmente, além de te pagar uma boa rescisão.

  • leverson Roberto Alves marques diz: 1 de agosto de 2014

    Boa noite,há quatro anos trabalho em.um super mercado, passando alguns meses meu superior, em suas ausências, deixava-me,responsável por tomar conta da equipe, e também do andamento das tarefas, passando dois anos há empresa me ofereceu um cargo de chefe, fiquei três meses na função, não recebi nada além do meu salário como se não bastasse eles me disseram que iriam me voltar para mesma função,perdi minha bolsa de estudos, pelo motivo de não conseguir sair no horário, hoje me sinto envergonhado,e. Ainda realizando várias funções, como :conferência, anotações de cartões de ponto,,controle de acesso de funcionário, visitantes e promotores, por favor esclareçam minha dúvida, eles estão certos?

  • Mayara diz: 3 de agosto de 2014

    ola trabalho em uma empresa a mas de 3 anos cheguei de ferias faz poucos dias
    recebi a noticia que seria transferida para outra loja, o chefe disse lá Você tem que Vender,Limpar e ser Operador de caixa e mas antes agora fica tudo longe não tenho como ir almoçar e antes tudo era perto. minha Carteira é assinada como Vendedora.
    posso Reivindicar meus direitos com ele? E Quais são Meus Direitos Você pode me Ajudar ?

  • Paulo S. C da Silva diz: 4 de agosto de 2014

    trabalho como encarregado de estoque e recebo menos que o encarregado de almoxarifado, porém fazemos as mesmas atividades somos responsáveis pelos insumos internos e os insumos para produzir nossos produtos, as funções são as mesmas o que muda é o registro em carteira encarregado de estoque e encarregado de almoxarifado e o salário com diferença de 1.186,00 R$, isso pode?

  • Paulo s. C da Silva diz: 4 de agosto de 2014

    trabalho como encarregado de estoque e recebo menos que o encarregado de almoxarifado, porém fazemos as mesmas atividades somos responsáveis pelos insumos internos e os insumos para produzir nossos produtos, as funções são as mesmas o que muda é o registro em carteira encarregado de estoque e encarregado de almoxarifado e o salário com diferença de 1.186,00 R$, isso pode?

    Se contar que somos responsáveis também pela expedição ou seja fazemos as seguintes funções: recebimento, conferência, armazenagem, entrada de nota, gerar financeiro, abastecimento de produção, conferência do produto acabado, liberação para faturamento, liberação do motorista, solicitações de compra de matéria prima e materiais como café, caneta, papel.

    Na empresa tem o setor de assistência técnica, mas quando chega eu que tenho que conferir a mercadoria, sendo que não sou do setor de assistência técnica.

    Só que trabalha na produção tem os benefícios do funcionário do mês.

    Em 2013 recebemos participação de lucro e 2014 não.

    Sou registrada por uma empresa (faxada) e na verdade presto serviço para outras duas empresas pois o dono tem 3 empresas e faz trabalhamos para as 3 sem contar que para a lei a empresa fica em um endereço e trabalho em outro

  • Tarcibeli diz: 6 de agosto de 2014

    Meritíssima,
    presenciei uma cena que me deixou um tanto chocada dia 04/07/14. Eram 21:30h, quando eu estava terminando de fazer minhas compras em um supermercado. Enquanto fazia o pagamento, ouvi uma das operadoras de caixa comentar com a colega que não estava aguentando mais trabalhar, de tão cansada. Enquanto isso, observei que os caixas que já estavam fechados, estavam sendo faxinados pelas próprias operadoras. Confesso que fiquei revoltada. Elas comentaram que são obrigadas a fazer a faxina dos caixas após o encerramento do expediente e que às vezes, tal serviço inclui até mesmo o uso de água e produtos de limpeza. Isso tudo depois do expediente. O local tem faxineiros que limpam o supermercado durante o dia. Estive verificando no Nº da CBO: 3-31.45 Título: Operador de caixa e a descrição detalhada é a seguinte:”efetua as operações de abertura da caixa, como LIMPEZA,
    atualização de datas, checagem de valores e outras, valendo-se de sua
    experiência e seguindo rotinas, para deixá-la nas condições requeridas pelo
    trabalho; registra os preços das mercadorias adquiridas e seu valor total,
    pressionando as teclas da máquina, para determinar a quantia a ser paga pelo
    cliente; procede à cobrança do valor total das compras, recebendo-o em espécie
    ou cheque e passando o troco, para recolhê-lo posteriormente aos cofres da
    empresa; faz o balanço do caixa ao final do serviço, comparando o total
    registrado na fita e os valores disponíveis, para assegurar-se da exatidão das
    cobranças efetuadas. Pode desempenhar outras tarefas, como prestar
    informações aos clientes, remarcar preços, repor produtos, receber embrulhos e
    vasilhames, contar moedas e outras próprias do comércio. O termo “LIMPEZA” se refere a faxina propriamente dita, ou seria uma expressão como “sangria de caixa”. Pergunto pois percebo que existe uma sobrecarga sobre as meninas dos caixas. Se a empresa tem faxineiros, por que razão, as operadoras de caixa são obrigadas a faxinar o caixa, após o expediente. Gostaria de saber se isso é legal ou se o temo “LIMPEZA” está sendo aplicado de modo equivocado. Sendo legal, o que poderia ser feito para aliviar o peso dessa atividade dessas pessoas que trabalham muito e são mal remuneradas?

  • Cecilia diz: 6 de agosto de 2014

    Olá sou contratada como assistente de atendimento para realizar pesquisa de satisfação, somos obrigados a concretizar 40 questionários por dia, trabalhamos 6h por dia com o uso do head phone, não temos a idenização que é obrigatória para o funcionário que venha a ter perda da audição gradual devido ao uso deste head phone. Gostaria de saber se isto é desvio de função e como faço para exigir meus direitos?
    Grata
    Cecília

  • adir dos santos paiva cubas diz: 6 de agosto de 2014

    Boa noite,
    Trabalhei em um banco fui contratada como caixa, em 2003 fui licenciado como acidente de trabalho com o codigo b 91, fui encaminhada para o Centro de Reabilitação Profissional do INSS, e em 2006 fui reabilitada em uma função que não houvesse movimentos repetitivos e com carga horaria de 6horas, Em 2008 a empresa me tirou desse cargo e disse que estava me promovendo a um cargo de 8 horas e atuando nas mesmas funções que fui impedida de realizar pelo INSS, ou seja passei a ser tesoureira, atuar como caixa, cobrir férias de gerentes, efetuar vendas no caixa e não recebia quebra de caixa e nem a premiação em dinheiro que o gerente recebe quando as metas são batidas. Na data de hoje fui desligada da empresa. Gostaria de saber sobre os meus direitos, ou seja se esta reabilitação deixou de existir, uma vez que assumir um cargo de 8 horas, sem a permissão do INSS,pois quando reabilitada fui considera incapaz par exerce as antigas funções devido as minhas lesões, e se o empregador conseguiu burlar minha incapacidade laborativa, uma vez que me promoveu a um cargo de 8 horas no qual fui impedida de exercer. O que deve fazer? Desde de já fico grata, e aguardo com ansiedade um retorno.

  • charles diz: 7 de agosto de 2014

    Olá!! Sou funcionário público passei neste concurso no padrão 1 porém como sou formado técnico em informática, acabo fazendo além do trabalho de operário faço o trabalho técnico também, Estou pensando em futuramente processar o município. Já fazem mais de três anos que exerço minhas funções por aqui.
    quais são meus direitos neste caso?
    Faço está função porque o pessoal fica dependente da prefeitura que demora semanas para vir aqui onde estamos localizados para resolver o problema dos colegas e se não faço o serviço por aqui para.

    obrigado por enquanto

  • gisleny diz: 8 de agosto de 2014

    sou concursada á oito anos e 3 deles devio de função. mas consegui por decreto mudar de função. Sou ax. operacional e na folha de pagamento agora esta como lotada na administração geral que e o que eu estou exercendo atualmente . Quanto ao salario poderi a equiparar a do administrativo. no meu contra-cheque so tem uma gratificação de 33%, meu cargo e limpeza de rua, mas estou como aux administrativo no tj-go.Me ajuda por favor..

  • Franklin Santos Hora diz: 8 de agosto de 2014

    Trabalhei a algum, tempo como auxiliar Administrativo no entanto eu fazia análise de contratos de financiamento estudantil. Além de atendimento no Setor Financeiro e no FIES. Existe ai desvio ou acúmulo de função?

  • Franklin Santos Hora diz: 8 de agosto de 2014

    Trabalhei a algum, tempo como auxiliar Administrativo no entanto eu fazia análise de contratos de financiamento estudantil. Além de atendimento no Setor Financeiro e no FIES. Existe ai desvio ou acúmulo de função?.

  • janio brelaz diz: 9 de agosto de 2014

    Boa tarde! A minha pergunta é a seguinte: Que tipo de documento eu preciso pra comprovar que estou exercendo uma função pra qual eu não fui contratado. Tipo, eu fui contratado como auxiliar e estou a três anos exercendo a função de técnico em mineração em uma multinacional. Documentos digitais nos quais aparecem meu nome como Técnico Responável, podem comprovar que exerço essa fução? Os quais ficam no sistema da empresa arquivado.

  • Antonio Ribeiro diz: 10 de agosto de 2014

    Ola sou funcionário de uma empresa registrado em carteira profissional como MOTORISTA, tenho que viajar e dormir dentro do caminhão e fazer entrega dos produtos sozinho sem ajudante, recebo e faço os acertos das entregas,isso é normal da profissão ou dá acúmulo de função? Isso me dá direitos trabalhista?

  • DIEGO TAVARES diz: 11 de agosto de 2014

    Ola, Fui contratado por uma rede de supermercado para execer a funcao de operador de caixa, ate aqui ok. depois passei a ser fiscal de caixa sendo que a funçao seria atendimento ao cliente,suporte ao operadores de caixa, reponsavel por deixar o deposito pronto, pois eles mim colocava para fazer o deposito do dinheiro alegando que seria funçao nossa e sendo que nao somos obrigado,pois fui demitido. isso seria uma devio de funçao?

  • Thomas Paulino Amisterdan diz: 11 de agosto de 2014

    ola trabalho em uma pequena empresa de bebida passo a maior parte do tempo como motorista fazendo entrega e dois dias da semana faço rota vou loja em loja arruma os produtos e minha carteira esta assinada como aux de estoque…
    isso é desvio de funcao

  • Deusdete Martins de Andrade Borges diz: 12 de agosto de 2014

    Minha ctps é assinada como professora primária desde 1983, acontece que trabalhei um ano e fuit-ransferida de função. Só em 1998 é que voltei a trabalhar na escola como coordenadora e na secretaria. Em 2010 voltei para sala de aula mas eles não colocam na minha folha de pagt. professora mas sim escriturária. Como vou me aposentar, no tcm-go a superintendencia me falou que sou realmente professora embora não tenha efetividade em tempo de exercicio. E agora a prefeitura não quer regularizar minha situação, estou com 31 anos de serviço. O que eu faço?

  • josenilton souza diz: 13 de agosto de 2014

    Minha carteira ta assinada como vendendor em uma empresa, mais eu tenho que toda segunda chega uma hora mais cedo pra arruma o estoque e de segunda a quarta eu tenho que quarda as peças que eu mostrei para os Cliente, e tem estosquista na loja, eu era estoquista e ffui promovido mais quando eu era estoquista os vendedores nao faziam isso agora todos vendedores tem que fazer e minha gerente alega que e inovacao mais eu naw recebo sobre essas outras funcoes eu gostaria de saber se isso e conciderado como desvio de funcao

  • Ra diz: 13 de agosto de 2014

    Olá. Meu caso é o seguinte, eu trabalho como Atendente de Balcão, mas meus patrões me colocam para fazer a limpeza da loja, como varrer, passar pano, tirar a poeira, fazer arrumação, isso tudo sozinha, já que a outra garota saiu daqui, então sobrou ainda mais pra mim essa tarefa. E o lugar é de porte médio, mas acumula muita sujeira, e os donos são desorganizados, então limpo, organizo e não demora, tudo fica desorganizado novamente. Fora que isso é todo dia antes de eu abrir o estabelecimento. E como não é muito pequeno acabo ficando muito cansada, não ganho valor a mais por isso. Tenho algum direito? Sou obrigada a fazer a limpeza? Se eu não fizer posso ser demitida por justa causa? Quando comecei a trabalhar eles não me disseram que eu teria que fazer a limpeza. A um mês atrás eles também me colocavam pra fazer compras em supermercados para eles, e me mandavam ir no banco também, tenho direito a receber algo por isso? E no caso de eles deixarem o estabelecimento fechado, mas me colorem nesse dia só para fazer a faxina geral da loja e sozinha, isso é errado?

  • Carlos Henrique Rodrigues diz: 13 de agosto de 2014

    Trabalho em um laticinios ha 9 meses cujo sou regitrado na carteira como Aux.de Produção,sendo que nos três primeiros meses exerci funções de admistrativo(Controle de pessoal),e dos três meses ate a data atual estou trabalhando na expedição como conferente,balanceiro e separador.Isto sem auteração salarial e no registro da carteira.A duvida é se isto se resume em desvio de função?E o que devo fazer e a quem procurar?Obrigado.

  • keven Rocha diz: 14 de agosto de 2014

    Olá,trabalho em um supermercado trabalho a 3 anos como embalador,porem faço quase de tudo lá,tem dias que me colocam pra mim ficar no estacionamento da empresa e todos os dias limpo o chão e o banheiro :( …fora que ao mesmo tempo que limpo o chão eles mandam eu embalar sendo que estou com produtos de limpeza forte.

  • G Alex diz: 15 de agosto de 2014

    Olá, fui contratado como Auxiliar de PCP e exerço a função, à 3 meses, de comprador, isso caracteriza desvio de função?

  • Carlos Fernandes diz: 15 de agosto de 2014

    trabalho como auxiliar de escritório em um condomínio,porem tenho que entregar cartas de 22 blocos sem contar quando tem carta registrada que eu tenho que subir as vezes 3 lances de escadas pra entregar o aviso de carta registrada ao morador,isso todos os dias,isso e desvio de função?

  • Lucimara diz: 15 de agosto de 2014

    Ola tenho um irmão que trabalhava em um vidraçaria, foi registrado como vidraceiro e quando ele saiu da empresa o seu chefe rasurou o cargo que estava como vidraceiro e colocou auxiliar de serviços gerais, isso pode acontecer? o que devemos fazer procura um advogado trabalhista? aguardo respostas.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 15 de agosto de 2014

    Lucimara, não é permitido fazer uma alteração desta forma, rasurando um documento. Mais ainda se for unilateral a decisão, pois as mudanças em relação a contrato de trabalho devem ser feitas pelas duas partes, um acordo em conjunto. O ideal é, sim, procurares um especialista para te ajudar.

  • Sander Jacinto diz: 16 de agosto de 2014

    Boa noite,
    Queria saber sou registrado como auxiliar de logistica, porem com o tempo foram me jogando mais funções, primeiro conferente, depois operador de empilhadeira, e agora tomo conta da entrada e saida de matéria prima do almoxarifado sendo almoxarife. Desempenho todas essas funções a 8 meses. E recebo como auxiliar de logística. Só prometem registrar as outras funções. Desde ja agradeco. Acredito que isso seja desvio de função? Obrigado

  • Diovaldo A.Silva Junior diz: 16 de agosto de 2014

    Trabalho desde 2007 em Hospital como engenheiro civil. Faço alem de obras novas, obras de reforma dentro do hospital. Recebi insalubridade de 2007 a junho de 2012 e depois foi cortada por deliberação da diretoria pois iria onerar a folha de pagamento, uma vez que os índices que estavam sendo pagos estavam errados e o que se deveria pagar era bem mais. Estamos em agosto de 2014 e serei demitido sem justa causa.Gostaria de saber se posso reclamar na justiça o direito adquirido da insalubridade que deixou de ser paga. Grato.

  • Alexandre Tito diz: 17 de agosto de 2014

    Fui contratado como mensageiro na carteira de trabalho, porém faço outras funções como buscar quentinha na rua, abro e fecho portão e fico como recepcionista atendendo telefonemas e moradores de condomínio, isso é desvio de função???

  • Andreza diz: 17 de agosto de 2014

    Fui promovida verbalmente desde 01/08/2014 através de promoção: Coordenadora de atendimento para Gerente de Contrato em outro estado. Estou em hotel pago pela empresa com veículo locado pela mesma. Porém fui informada que alteração de carteira e salarial,apenas há 03 meses após período de experiência. Isto é legal? Aguardo resposta e agradeço;

  • Renan Gonçalves diz: 18 de agosto de 2014

    Olá, fui contratado como operador de supermercado só que a quase um ano fui mudado de setor e estou trabalhando no faturamento até então.. recebo o mesmo salario deus do começo da empresa.seria desvio de função? fora que tenho direito a domingo do més só que nunca folguei .e fora os feriados trabalhados que nunca dão .

  • Renan Gonçalves diz: 18 de agosto de 2014

    Olá, fui contratado como operador de supermercado só que a quase um ano fui mudado de setor e estou trabalhando no faturamento até então.. recebo o mesmo salario deus do começo da empresa.seria desvio de função? fora que tenho direito a domingo do més só que nunca folguei .e fora os feriados trabalhados que nunca dão . sera que eu conseguiria uma demissão idireta

  • Charlene diz: 18 de agosto de 2014

    fui contratada como auxiliar de escritório, e alem das funções que exerço nesse cargo ainda faço trabalhos externos como pagamentos, tarefas bancárias, cuido de documentação de funcionários, (conferência e envio de documentos para contratação e demissão) fechamento de folha de pagamento, prestação de contas de gastos da empresa, além de ser mal tratada pelo patrão em reuniões em frente aos demais funcionários da empresa, por telefone, recebo gritos e ofensas além das ameaças de demissão, sou reclamada por erros dos outros e algumas vezes não me dão oportunidade si quer de explicar o que está acontecendo.

  • Tayna de Moraes diz: 18 de agosto de 2014

    Trabalho em uma lotérica , e minha carteira está assinada como recebedora de apostas, sendo que o dono tbm tem um comercio ao lado, e todo sábado ele me coloca para trabalhar nesse comercio , e agora estou direto lá, e minha carteira ainda continua como recebedora de aposta e o salario é o mesmo, e na lotérica não podemos fechar o nosso caixa para saber se está certo, só vemos quando o nosso pagamento chega, e sempre falta , e eles não provam pra gente que está faltando msm, não aguento mais trabalhar assim , o que eu faço?

  • WALLACE diz: 18 de agosto de 2014

    Sou registrado na carteira como aux. de serviços gerais, dirijo o carro de entregas de mercadorias, eu mesmo faço as entregas, sou contato direto com transportadoras, faço relatório mensal financeiro, e controlo de estoque, arquivo notas fiscais e etc

  • João Paulo diz: 18 de agosto de 2014

    Boa tarde,
    Fui contratado como Assistente Administrativo, e acabei ficando responsável por quase toda empresa. Sou responsável pelas compras da empresa, algumas partes fiscais e faturamento pelo financeiro e serviços de banco.
    Faz 2 anos que trabalho nessa empresa, ela possui alarme e toda vez que disparo tenho que ir até a empresa ver o que aconteceu, independente de horário e dia da semana, nunca recebi horas extras por isso.
    Um gerente que passou pela empresa me colocou para vender também na empresa por 4 meses, logo depois que ele saiu me recusei a vender, agora estão me pedindo para vender novamente.
    Isso caracteriza desvio de função? Quais são meus direitos?

  • Mirian diz: 19 de agosto de 2014

    Fui contratada para exercer as atividades de assistente administrativo mas na carteira de trabalho registraram como mecânico I, agora não tenho como comprovar minha experiência de 5 anos como assistente o que devo fazer?

  • Alexandre ponte alves diz: 20 de agosto de 2014

    Olá!trabalho em uma empresa há 6 anos minha carteira esta assinada como vendedor sendo que fui promovido há sub gerente em novembro de 2013 e novamente fui promovido há gerente em junho de 2014. Minha pergunta é? E certo a empresa me mandar o contra cheque ate hoje como vendedor? Pedi a atualização da minha carteira e ate agora nada ! O que posso fazer estou me sentindo muito constrangido com a situação a ponto de sair! O que eu posso fazer ( lei trabalhista). Me ajude nao agüento mais essa situação !

  • luciano santos teixeira diz: 20 de agosto de 2014

    oi eu trabalho numa impressa e meu cargo e aux de producao mais agora eu oassei pra estofador antes de mim tinha um rapaz ele canhava o salario de estofador que e bem maior do que eu ganho pedi pra eles assina minha carteira como estofador e aumenta o salario igual o rapaz anterior mais eles nao querem isso pode ser desfio de funcao por favor me imforme obrigado

  • Felipe Berto diz: 20 de agosto de 2014

    Trabalho numa empresa a 6 anos e sou operador de empilhadeiraalem de fazer a parte que é da minha funçao,tenho que separar material fracionado conferir,alem tbm de que meu lider diz q sou responsavel pelo setor de seguranca o qual tbm faço separacao de material conferindo numeracao por numeracao das msmas,gostaria de saber se esta certo?

  • JOAO BATISTA VIRGILIO diz: 21 de agosto de 2014

    SOU CONCURSADO COMO APONTADOR NUMA PREFEITURA, EXERCENDO DESDE 2001 O CONTROLE DE PONTO DOS SERVIDORES, POREM EM 2010 POR PERSEGUIÇÃO POLITICA FUI DEMITIDO, E REINTEGRADO POR DECISÃO JUDICIAL NO ANO DE 2011, EM FUNÇÃO DIFERENTE, FUI TRANSFERIDO PARA O SETOR DE TRANSPORTE PARA FAZER O CONTROLE DE ABASTECIMENTO DOS VEICULOS, EM BREVE IREI ENTRAR COM AÇÃO TRABALHISTA PARA RETORNAR À MINHA FUNÇÃO ANTERIOR. QUAIS PROVAS DEVO TER?

  • Bruna dayane diz: 24 de agosto de 2014

    Bom dia, trabalho em consultório de uma dentista, assim q eu entrei descobri q estava grávida. Depois que eu contei que estou grávida ela esta fazendo de tudo para me dar justa causa. Estou com 5 meses de gestação e ela quer dou faxina como limpar os vidros por fora limpar paredes arriar rejunte do banheiro etc. Depois q ela ficou sabendo q estou grávida colocou ponto falou q pode ter câmeras e telefone pode ter escuta. Outro dia ela me deu advertência por que troquei a ordem do ponto qnd fui almoçar aí ela chamou o porteiro para vim como testemunha caso eu não assinasse ele iria assinar por mim como estou ciente. Ela falar pressão psicólogica para mim
    Deixar o trabalhar pois mandar embora ela não pode mas não estou dando contar de agüenta as provocação dela. E mais ela falou q se eu levar ela na justiça q estou fudida pois na guerra um ganha e outro pede q elas esta pronta com luta. Outro dia ela me propôs um acordo q e assim ela me paga os meus meses de trabalho e tdo mês e vou assinar contra cheque como se estive lá trabalhando. Para ter direito a licença maternidade. A cada dia q passa não tenho animo. De ir trabalhar vou forçada.

  • luttiano santtiago diz: 24 de agosto de 2014

    Caros Amigos:
    Ha 7 anos atuo numa empresa multinacional no ramo de mineracao.
    Sou operador de instalaçoes e quando o tecnico de processo e o supervisor de produçao saem de ferias no decorrer do ano, eu tenho que assumir a cabine de controle dos fornos.
    Nesse caso sao 20 dias do tecnico ao ano mais 20 dias do supervisor ao ano, pois quando esse sai de feriad, o tecnico vai para o lugar dele e eu, vou para o do tecnico.
    Isso ja se repetiu por 280 dias, entre esses 7 anos que estou la. Fora os treinamentos, afastamentos, entre outros.
    Qiero saber, se o salario do tecnico è bem superior ao meu, como fica no caso judicial se um dia eu nao mais pertencer a empresa?
    Tenho testemunhas que conviveram e convivem com esse desrespeito.
    Agradeço desde ja e aguardo noticiad.
    Muito obrigado.
    Lembrando, do meu salario para o do tecnico, da um diferença de 900, 00 reais.
    Muito obrigado.
    E lembrem-se:
    Fico nessa situacao 40 dias ao ano.
    Abraços

  • caroline diz: 24 de agosto de 2014

    Gostaria de saber que trabalhei 2 anos e 10 meses como estoquista comecei a trb a tarde menos de completar um mês a colega minha pediu demissão e perguntou se queria passar para de manhã mas eu pensei que tinha uma colaboração de todos limpar a loja a gerente chegou e disse que iria limpar a loja sozinha e depositar dinheiro sendo valor alto e vender para ajudar mas issose tornou rotina será que é desvio de função posso colocar na justiça.

  • josemario diz: 24 de agosto de 2014

    olá sou operador de máquinas , e no meu trabalho estou sendo obrigado a trabalhar com produtos quimicos , derreto enxoufre , eu naõ tenho insalubridade , se eu não concordo em trabalhar nessas condições recebo suspensão e advertencias , eu tenho direito de recusar esse desvio de função sem receber tais punições ?

  • tabata Nunes dos Santos diz: 25 de agosto de 2014

    Fui contratada para ser gerente de loja e fui registrda com um x salário mas como estou gestante tenho que fazer alguns exames médicos tenho faltado bastante, por isso me colocaram no setor de montagem e estão me pagando menos do que está na carteira de trabalho. Isso é correto?

  • Rodrigo Louredo diz: 25 de agosto de 2014

    Bom dia;
    Sou fichado na empresa com Auxiliar Administrativo,mas exerço a função de gerente de Logística,responsável por toda a frota da empresa e entregas de pedidos.Isso é considerado desvio de funções?

  • junior diz: 25 de agosto de 2014

    olá bom dia ttrabalho no supermercado é a função é gerente só que eu trabalho como açougueiro. repositor .faxineiro. padeiro e entregador. Isso e desvio de função? E na minha carteira nao consta a funcao de gerente so o aumento do salario. De 744 para 1500.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 25 de agosto de 2014

    Acredito que sim, Rodrigo.

  • RAFAEL LIMA diz: 26 de agosto de 2014

    Bom dia
    Minha carteira esta assinada como Auxiliar Administrativo e a empresa passou a ter parte de contabilidade e comecei a atuar também como auxiliar contábil. Minhas funções além de Auxiliar, é ter de fazer serviço de banco, despachar correspondencia , compras e atualmente estão me colocando pra varrer o pátio. É desvio de função? O que devo fazer?

  • Millena Carvalho diz: 26 de agosto de 2014

    Boa tarde!

    Trabalho em um hospital, do qual meu registro está como auxiliar administrativo, mas fui para a recepção, depois me passaram para o “suporte” , onde cuido da parte de autorizações de convênio, atendo telefonemas, muitas vezes tenho que deixar o serviço administrativo de lado, e ir para a recepção. Minha coordenadora, não fala com a gente, e quando perguntamos algo, ou nos deixa falando sozinha, ou resposta mal. Todos nós, digo em geral, temos medo de falar com ela, age aqui como se fosse na casa dela, não tem postura alguma com sua suposta “equipe”, nos deixa muitas vezes constrangidos. Isso entraria como danos morais ? E acúmulo de função? Aguardo, desde já agradeço.

  • Jessica diz: 26 de agosto de 2014

    Fui contratada por uma empresa para uma determinada função. Porém assinaram minha carteira como sendo de outra com um piso salarial beem abaixo. Estou recendo o piso salarial abaixo da função que exerço atualmente. Posso pedir demissão por justa causa? E ao que terei direito?

  • claudia diz: 26 de agosto de 2014

    Trabalho no setor de RH faço todo procedimento tomo conta da matriz e 4 filiais mais na carteira está assinada na função de aux. administrativo, quando te ver alguma audiencial e obrigado eu ir, se tem advogada, supervisor e gerente.

  • Paulo diz: 26 de agosto de 2014

    Olá fui contratado como conferente , depois passei para estoquista e agora devido a saída da empresa em que nos prestavamos serviço estao me obrigando a trabalhar como motorista , isso se enquadra em desvio de funçao lembrando que o meu salario de estoquista é maior doque o de motorista , e tambem vale a pena eu entrar com desvio de funçao para que eu possa pedir a ressizao de contrato indiretamente ?

  • Lécio diz: 26 de agosto de 2014

    TRABALHO FICHADO COMO TÉCNICO EM AMOSTRAGEM ,ESTÁ FUNÇÃO ESTÁ REGISTRADA EM CARTEIRA ,MAIS PRECISO RODAR DE CARRO PARA REALIZAR O TRABALHO SEJA DENTRO DA CIDADE E NA MAIOR PARTE DO TEMPO FORA .FAÇO FUNÇÃO DE MOTORISTA ÁS VEZES SOZINHO OU REVEZANDO NO VOLANTE EM VIAGENS COM MEU AMIGOS DE TRABALHO,SE LEVAR MULTA TENHO QUE PAGAR E SE ESBARRAR O BATER O CARRO TENHO QUE PAGAR O CONSERTO DO MESMO OU A FRANQUIA DO SEGURO PARA CONSERTAR O MESMO.ESTÁ CERTO ISSO?

  • bianca alves diz: 27 de agosto de 2014

    trabalho com assistente administrativo mais minha carteira esta como estoquista e meu salario continua como se eu estivesse trabalhando no estoque eu ja pedi para que mudacen mais eles nao muda e isso ja faz 1 ano e 3 meses queria saber quais sao os meus direitos e oque eu posso fazer para q ele mude

  • Darli olival de oliveira diz: 27 de agosto de 2014

    Sou agente Comunitaria de Saude concursada, mas além das atividades de visita domiciliar fico como recepcionista do posto de saude de uma a duas vezes por semana eu e todos os outros 7colegas não recebemos por isso como devo prosseguir?

  • Fabio Ludtke. diz: 28 de agosto de 2014

    Trabalho de recepcionista na madrugada em uma pousada a+ de 2 anos, mas também tenho que controlar a caldeira para calefação e banho dos hóspedes! Sem proteção algumas, pois não fornecem nada aos funcionários. Também não consta na minha carteira de trabalho que trabalho na madrugada, tem que constar isso também?

  • Leticia Oliveira diz: 28 de agosto de 2014

    Olá eu trabalho e sou registrada como operador de telemarketing, trabalho 6h20m diários em escala 6×1, e querem me colocar pra fazer papel de recepcionista somente o final de semana para trabalhar 8h e ainda não pagarem nada por isso…seria apenas uma ajuda para eles….o que fazer?

  • Reinaldo Alves diz: 29 de agosto de 2014

    Temos três colaboradores que exercem a função de ajudante de produção mais passarão a exercer também a função de frentista, mais esta função (frentista) não estrá especificada na carteira. Nesse caso é desvio de função. Poderia explicar esta situação

  • Josuel Brandão Brandão Da Silva diz: 30 de agosto de 2014

    Sou porteiro e sou obrigado a fazer serviços de zelador limpeza e descer o lixo.

  • Luciana gomes diz: 30 de agosto de 2014

    olá gostaria de saber:a 3 anos trabalho em uma rede de supermercados,entrei como operadora de loja, e a 2 anos e 4 meses exerço a função de confeiteira sem registro,agora o gerente tem medo de dar processo,agora me obrigou a voltar como operadora de loja.qual meu direito?

  • Luciana gomes diz: 30 de agosto de 2014

    o que é preciso para processar a empresa por desvio de função?

  • Edson Marinho diz: 31 de agosto de 2014

    Sou contratado como eletricista em um hospital, mas por determinação da minha chefia imediata quebro paredes para assentamento de portas, quebro pisos para passagem de tubulação de esgoto, retiro piso danificado e assento outro novo, pinto vagas de estacionamento e faixas de pedestres, emasso,lixo e pinto paredes, quebro calçadas, irrigo gramados, etc. Cópias do livro diário de ocorrências serviriam como provas caso se configure desvio de função????

  • Edson Marinho diz: 31 de agosto de 2014

    Trabalho há dois anos e tres meses no plantão noturno 12×36. Estou cursando faculdade pela manha(estou no segundo semestre de dez) e faço alguns bicos á tarde pra complementar minha renda. Querem mudar-me para plantão diurno. Isso me acarretará prejuizos, além da perda da minha faculdade uma vez que a mesma é feita pelo PROUNI. A empresa pode fazer essa alteração???

  • Cáren Cecília Baldo diz: 1 de setembro de 2014

    Edson, a empresa pode fazer isso – na verdade, não tem nada que a impeça de fazer, pois é ela quem determina os horários em que precisa dos funcionários. O caminho para resolver esses casos costuma ser a negociação. Já tentaste conversar com tua chefia sobre os problemas que essa troca te causará?

  • RODRIGO SOUSA diz: 1 de setembro de 2014

    Sou contratado como controlador de acesso em uma Faculdade, porém alem de cumprir com as minhas obrigações,sendo que o gerente me obriga a fazer o que não é minha obrigação com retirar chiclete do chão, lavar quadra de esporte retirar mato com mão limpando depósitos com muita sujeira ou seja lixo….se eu me negar a fazer qualquer dessa coisas citadas a cima, posso ser demitido por justa causa?
    Isso é acumulo de função ou desvio de função? Em qual situação dessas se encaixa ? ao me negar a fazer o que nao e de minha competencia posso me recusar assinar advertencia amparado pela lei?

  • Elizabeth Cristina diz: 2 de setembro de 2014

    Desvio de função

    Dr.trabalho ,faz três anos que trabalho nessa empresa, minha carteira de trabalho foi assinada como auxiliar administrativo
    Mais antes eu ocupava a função de faturista da empresa só que de os quatro a cinco meses pra cá estou fazendo o trabalho de caixa da empresa..Gostaria de sabe se isso pode ser chamando de desvio de função.?

  • Erick De Oliveira Souza diz: 2 de setembro de 2014

    fui contratado na função continuo porem a empresa me mudo o local do serviço e nesse outro local a função e secretaria(o) e o valor do salario e mais elevado porém não recebo o mesmo salario que os outros contratados e exerço as mesmas atividades seria um desvio de função ?

  • luiz bispo diz: 2 de setembro de 2014

    trabalho a mais de 2 anos numa fazenda e faço serviço de tratorista e nem ganho como tal e nem tenho na carteira de trabalho a profissão

  • lucas amaro diz: 2 de setembro de 2014

    fui contratado por uma empresa como tratorista fiquei 1 mês trabalhando com o trator, os dois meses seguinte não trabalhei 1 dia sequer como tratorista ja conversei e nao tem jeito e agora quero sair da empresa mais to me sentindo lesado porque ta sujando mia carteira e eles me fizeram desistir de outro trabalho

  • Juliana Dorigão diz: 3 de setembro de 2014

    Iniciei na empresa que atuo hoje em 29/10/2012 meu registro está como MONTADOR II e o correspondente do meu salário também, no entanto exerci essa função somente até o termino do mesmo ano. Entramos em férias coletiva de 24/12/12 a 03/01/13 e quando retornamos já passei para a função de desenhista projetista, onde atuo até hoje, ainda acumulando as funções de responsável de marketing, auxiliar no processo de fabricação, controle de estoque e responsável pelo contato com fornecedores de materiais usinados. Quando entrei havia sido acordado que haveria a troca da função quando eu passasse a atuar nela, mas até então não houve nenhuma alteração, somente o acumulo de funções e responsabilidades. Hoje recebo o piso da categoria. Como devo estar procedendo com isso?

  • Fernando diz: 3 de setembro de 2014

    Boa noite!!! Estou trabalhando em uma empresa como pintor mais em minha carteira esta registrada como servente de obra , Eu ja conversei com a empresa sobre o registro e eles nao dão sastifaçao o que posso fazer nesse caso?

  • Mario diz: 3 de setembro de 2014

    Trabalho em uma farmácia no plantão noturno (12X36 das 20:30 as 8:30), fui contratado como auxiliar de farmácia, mas tenho que chegar as 20:30 e trabalhar de caixa ate as 22:00, quando assumo o plantão de vendas da farmácia, eles me obrigam a arrumar todos os medicamentos das prateleiras, recolher os lixos ( inclusive dos banheiros ), fazer a limpeza do chão com vassoura e passar pano úmido no chão da farmacia.

  • guilherme sanvido diz: 5 de setembro de 2014

    sou conferente de uma rede de supermercados, faço a conferencia de entrada e saida de mercadoria, porem meus superiores alegam que tenho que arrumar deposito(estoquista), prensar papelao e lavar o deposito(ajudante geral) e ainda faço alguns serviços de repositor alem de sem operador de paleteira!! meu contrato é para conferente, nao ganho nenhum abono para desempenhar tais serviços! o que devo fazer?
    alias esse é algum dos problemas, funcionarios nao recebem uniforme, EPI’s, alem disso sofremos pressao se nao entramos em concordancia no desempenho do serviço desviado!
    obg guilherme

  • Eugenio diz: 5 de setembro de 2014

    Na minha cartera esta como auxiliar de produçao mas a 3 meses trabalho de calderista quando eu sair ou me derem a conta tenho direito de receber oque estou perdendendo nesses meses por nao ter diploma de calderista

  • josé marcone diz: 7 de setembro de 2014

    Eu fui contratado como atendente de delivery em um restalrante e estou lá mais de 4 meses , mas exerço outras funções tais como pegar e recolher bandeja para servir clientes do restalrante e lavar copos e isso ao mesmo tempo que estou no horario de minha função como atendente pois meu ponto de atendimento é ao lado do balcão do restalrante junto com os demais caixas registradoras. o delivery só funciona de segunda a sexta e nos fins de semana me botam para as funções de serviços gerais para preencher o meu quadro de horas mensal já que só tem delivery por 5 dias na semana e folgo sábado ou domingo alternados.
    gostaria de saber se isso é certo pois meu salario é de R$ 1000,00 bruto como atendente e não ganho mais nada alem disso por fazer outras funções no restalrante.

  • cecilia souza diz: 7 de setembro de 2014

    SO RECEPCIONISTA DE UM HOTEL ENTÃO GOASTARIA DE SABE SE O GERENTE PODE MANDA ALGUEM ESCREVE NO LOG ESTA PALAVRA QUE NINGUEM É BURRO QUE NÃO ENTENDA ,PORQ ESSA PARA VEM MIM DEIXANDO MUITO MAL PORQ TODO MUNDO QUE TRABALHA COMIGO VIRAM ISSO QUE FOI ESCRITO PARA MIM,ESTOU MIM SENTIDO HUMILHADA,NÃO FOI SO ISSO QUE FOI ESCRITO TEM MAIS COISA,MAIS QUERO SABE MESMO DESSA FRASE.AGRADECIDA CECILIA

  • Regiane diz: 8 de setembro de 2014

    Trabalho em uma empresa de contacter center e somos divididos em Receptivo e backoffice(da apoio a central). Inicialmente algumas pessoas do receptivo e uma outra equipe especifica (que recebiam o mesmo salario e tinham o mesmo cargo) tratava as solicitações dos clientes e realizam o retonor por telefone (ativo) porém, atualmente não existe mais essa equipe de ativo e agora essa função é de responsabilidade do Backoffice que ganho entorno de 400,00 a mais que o receptivo e tem outro cargo em carteira mas a empresa continua a colocar funcionários do receptivo para fazer essa função devido a grande demanda do trabalho e poucas pessoas nessa equipe.
    Esta correto? Uma vez que essa função é de responsabilidade de pessoas que ganham mais e possuem outra função?
    Pois mesmo depois que essa função já era de responsabilidade do backoffice, me foi dado essa tarefa por diversas vezes, apenas retornando para a minha função, quando no dia tinha muitos contatos receptivos, fazendo com que eu atende-se receptivo (função do meu cargo) e fize se ativo quando não tinha muitas ligações.(função do backoffice)

  • Santina Cruz diz: 8 de setembro de 2014

    Sou recepcionista em clinica medica já faz 4 anos, outra funcionaria que trabalha a 08 anos também com o mesmo cargo ganha bem + que eu , só obrigada a vir no sábado ela não vem qd fui questionar a minha patroa me disse ela é + velha tem regalias… Só não saio pq tenho 45 anos e uma filha para criar. Quero saber isso é correto

  • carlos eduardo diz: 8 de setembro de 2014

    sou fiscal de prevenção de perdas pleno e sou convocado para reunião de lider de prevenção de perdas que é uma função acima da minha e tenho que responder como lider de prevenção de perdas isso é desvio e função ?

  • Jonnathan Da Silva diz: 8 de setembro de 2014

    Sou vigilante mais me colocam frequentemente para trabalhar em locais onde o contrato com a empresa é de vigia como shoppinhg isso representa desvio de Função?

  • Paulo O diz: 9 de setembro de 2014

    trabalho como porteiro em uma fabrica!
    tenho que conferir lacres das carretas, tenho que dar entrada e saída em notas de cargas, tenho que fazer cadastros de visitantes, atender telefone, transferir ligações, revistar bolsa de funcionários, protocolar notas, fazer romaneio de notas fiscais entre outras coisa!

    sera que existe desvil de função ? me ajudem!!!!

  • Filipe Nascimento Lopes diz: 9 de setembro de 2014

    Eu trabalho em uma empresa como ajudante, mas à quase 1 ano eu já venho emitindo notas fiscais de cobrança, mexendo com valores da empresa, e até hoje eu não ganhei nenhuma gratificação salarial e nem se quer um aumento na Carteira de trabalho. Isso seria desvio de função? E o que devo fazer?

  • Gabriel Miranda Lopes diz: 9 de setembro de 2014

    Eu trabalho em uma empresa de fabricação de fabricação de estruturas metálicas, fui promovido depois de muito custo a Almoxarife, estava na função de aux. de Montagem, e mesmo depois de ter sido promovido meus patrões querem que eu descarregue os caminhões de perfil U e Cantoneiras de ferro que chegam na fábrica. Segundo eles eu devo conferir e ajudar a descarregar junto com os auxiliares. Gostaria de saber se esta certo isso. Quais são os meus deveres e direitos no exercício desta função?

  • PRISCILA diz: 9 de setembro de 2014

    OI SOU SOU CONTRATADA NA EMPRESA COMO TELEFONISTA MAS NA MINHA CARTEIRA ESTÁ COMO VENDEDORA SENDO QUE EU NAO RECEBO NENHUMA COMIÇÃO, E ALEM DE SER TELEFONISTA E NO MEU CONTRA CHEQQUE VEM COMO RECEPCIONISTA EU AINDA FAÇO SERVIÇOS COMO, VARRER E LIMPAR MOVEIS, GOSTARIA DE SABER SE ISSO É DESVIO DE FUNÇÃO?

  • Lidia Suzuki diz: 11 de setembro de 2014

    Oi gostaria da ajuda de vcs, trabalhei em uma clinica de oftalmologista como recepcionista ganhando um salário minimo e ajuda de cesta básica mais o meu patrão falava para eu assinar a folha da cesta básica e não me pagava até que no primeiro mês eu vi que ele fazia isso e nos próximos meses eu não assinei mais. Conclusão eu posso requerer esses valores?

  • Felipe diz: 11 de setembro de 2014

    Trabalhei como assistente de logistica com inicio em março de 2013 no RJ, pelo bom empenho exercido na função fui promovido para Supervisor em 01/01/2014 sendo que a empresa me transferiu para outro estado PA, não recebi nada a mais e a empresa alugou uma casa onde funciona como estoque de materiais onde me disponibilozou um quarto assim tomo conta como um vigilante de tudo que há nesta casa 24 horas pois moro nela,assim como os carros da empresa, a previsão de morar no PA de 4 anos. quais as evidencias que preciso juntar para um futuro processo ?

  • Rosangela Silva diz: 11 de setembro de 2014

    boa tarde, meu nome e Rosângela trabalho em um supermercado de assistente administrativo e fui designada para trabalhar na função de gerente do setor eletro porem ja estou a 6 meses e não fui registrada como gerente isso e desvio de função?

  • Michelli Alves diz: 11 de setembro de 2014

    Boa noite, tenho uma pequena cantina em uma escola, pago 10% do que vendo pra escola, a gerente disse que tenho que entrar na escala pra recolher além do meu, todos os lixos da escola, inclusive os dos banheiros, lavar louça na cozinha mesmo que não pertença a cantina e fechar todas as janelas da escola. Sendo que pra mim, o correto seria manter a cantina limpa e arrumada e recolher apenas o meu lixo. Estou errada?

  • Antonio Alexandre Machado diz: 12 de setembro de 2014

    Trabalhei em uma empresa de distribuição de cestas básicas, durante 8 anos, fui contratado como atendente, porém fazia descargas de caminhões e empilhamentos de cestas, ao longo dos anos também substituía a gerente nas suas férias, e fazia vendas, ainda não bastasse passei um ano exercendo a função de gerente sem ganhar nada por isso e nem ao menos mudança na carteira. Quando fui reclamar sobre meus direitos me mandaram embora. O que devo fazer? Será que devo entrar na justiça?

  • Fabio Amorim Lima Gurgel diz: 13 de setembro de 2014

    Eu trabalho em uma empresa de cosméticos, sou registrado como aux de produção, as vezes eles pegam funcionários para fazerem serviços na cada do patrão que fica em Alphaville esse serviços as vezes são limpeza, construções e cortar o mato, isso pode???? E não recém os nada.

  • RENATA DE SOUZA OLIVEIRA diz: 14 de setembro de 2014

    ASSIM MINHA CARTEIRA FOI ASSINADA COMO CAIXA APOS TRES MESES PASSEI A SER PATINADORA ONDE FAZIA FUNÇAO DIFERENTE DE CAIXA TB RECOLHIA CESTINHO,SEPARAVA ALARME,RECOLHIA CARRINHO DE COMPRA,RECOLHIA COMIDA DE OUTROS SETORES,LEVAVA OS ALIMENTOS ESTOURADOS PRO QUEBRA,FICA NO BALCO DE VEZ ENQUANDO PARA PARA EMPACOTAR PRESENTES.GOSTARIA DE SABER SE TUDO ISTO GERA DESVIO DE FUNÇÃO….

  • Cáren Cecília Baldo diz: 14 de setembro de 2014

    Oi, Rosângela. Existe uma grande diferença de responsabilidade entre as funções de assistente administrativo e gerente de setor. Portanto, se não foste promovida na carteira e com diferença de salário, acredito que estejas em desvio de função, sim.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 14 de setembro de 2014

    Oi, Michelli. Achei estranho teres que te responsabilizar por algo além da cantina, que é onde trabalhas. Já buscaste uma explicação junto à direção da escola?

  • Sofhia diz: 15 de setembro de 2014

    Bom dia gostaria de saber se nesse caso trata se de desvio de função,sou atendente comercial,ex.cliente vem no atendimento fisico abrir uma reclamação sobre um setor ex.presto serviço para eletrobras,o cliente reclama que as faturas nao estao chegando ou que o serviço que o mesmo solicitou nao foi atendido,no lugar do setor concluir a reclamacao e saber o que ocorreu quem faz tudo é o atendente que abri a reclamacao e nem sabe o resultado da reclamacao concluir.

  • Mário diz: 15 de setembro de 2014

    Sou técnico em Segurança do Trabalho, e durante os últimos 05 anos, exerci também a função de preposto da empresa. Tenho direito a um plus salarial, tendo em vista que, de acordo a NR 4 – Norma regulamentadora do Ministério do Trabalho. O técnico em segurança deve dedicar-se exclusivamente sua jornada de trabalho para Segurança do Trabalho.

  • flávio diz: 15 de setembro de 2014

    boa tarde trabalho numa metalúrgica me contrataram como auxiliar de almoxarife sendo que no setor só trabalha minha pessoa , então deviam ter assinado como almoxarife alem disse vivem,pedindo pra min ir fazer depósitos pagamentos levar maquinas para ir concerta e arrumar portão de clientes com técnico já que ele sozinho não consegue dar conta.

  • JOSE ADMAR FERREIRA diz: 16 de setembro de 2014

    trabalho em uma usina como engatador de julieta, há um ano exerço a função de tratorista, o que vou precisar para a empresa me pagar essa diferença de sálario que da 800 por mes, não temos livro de ponto, o horario é diferente entre as funções, antes era 6 por 2, agora é 5 por 1, e a empresa nem se manifesta, a unica prova que temos é testemunha, isso basta?

  • JOSE ADMAR FERREIRA diz: 16 de setembro de 2014

    TRABALHO EM UMA USINA À 6 ANOS, NÃO TENHO VALE ALIMENTAÇÃO, NEM CESTA BASICA, E AINDA EXERÇO FUNÇÃO DIFERENTE A DO MEU OLERITE, SOU TRATORISTA E GANHO COMO ENGATE DE JULIETA, NÃO TEMOS LIVRO DE PONTO, NEM MARCAMOS CARTÃO, NÃO TEMOS HORA DE ALMOÇO, NEM JANTA, ALEM DISSO TRABALHO 5 POR 1 E RECEBO 6 POR 2, A EMPRESA NÃO SE MANIFESTA EM NADA, A UNICA PROVA QUE TENHO QD SAIR É TESTEMUNHA, ISSO JA É O SUFICIENTE? SOMOS EM 40 FUNCIONARIOS NA MESMA SITUAÇÃO, A DELEGACIA DO TRABALHO ACEITA DENUNCIA MAS TEM QUE SER EM PUNHO E TEM QUE SE IDENTIFICAR, TA DIFICIL NOSSA SITUAÇÃO.

  • Claudio Henrique diz: 16 de setembro de 2014

    Eu trabalho como repositor em um petshopping grande de são paulo, porem eu exerço função que não corresponde ao meu cargo como fazer manutenção em aquários de exposição e de venda e manutenção do lago da loja, fazer atendimento ao cliente. e auxiliar clientes com duvidas sobre animais vivo, sendo que é a função do vendedor/encarregado da loja fazer vende e auxiliar os clientes.
    Eu tenho essa duvida: “Repositor” faz tudo isso mesmo? tenho direito sobre isso?

  • Brunna diz: 17 de setembro de 2014

    Fui contratada há três anos atrás como assistente de comércio exterior e a empresa na época era nacional. Minha função seria prestar assistência ao então gerente que era responsável pelo cumprimento do processo produtivo básico – PPB (itens importados). Passaram-se dois meses e eu absorvi 100% das atividades inerentes a carteira de PPB, passei a analisar portarias, enquadrando a empresa aos percentuais pré estabelecidos, elaborar pleitos para órgãos federais, fui incluída na procuração das empresas do grupo para atuar como representante legal respondendo órgãos como SUFRAMA/RFB, isso na função de assistente de comércio exterior JR, meu gerente confiava na minha pessoa para desenvolver tal atividade na íntegra. Ao final do segundo ano, ele reconheceu meu esforço e passei para assistente de comércio exterior PL, fiquei feliz pois é o que todos que visam crescimento esperam. A empresa então foi comprada por uma multinacional, expandiu seu mercado e dobrou o volume de produção. Eu continuo desenvolvendo o mesmo trabalho de análise e ainda na função de assistente após três anos (o antigo gestor foi desligado e estava com um processo no RH solicitando minha promoção para analista, por já realizar essa atividade, o que não foi efetivado devido seu desligamento), com atenção dobrada quanto ao que fazia no primeiro ano de contrato. Até então, eu desconhecia toda essa legislação estabelecida para cargos e salários. Como saber se o que eu faço é pertinente a minha função de fato ? Como saber se recebo salário compatível com as atividades por mim desenvolvidas ? Agradeço atenção e aguardo retorno.

  • Mauricio diz: 17 de setembro de 2014

    minha esposa foi chamada para trbalhar em uma casa, a patroa dela prometeu pagar 1.200 e assinar a carteira dela com 1.200; porém a minha esposa quando solicitou a sua carteira; a patroa dela falou que o contador disse que só poderia assinar com 800 reais; não cumprindo o combinado, o que fazer?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 18 de setembro de 2014

    Maurício, ela pode optar por deixar o emprego.

  • Danielle Ribeiro diz: 18 de setembro de 2014

    ola boa tarde! sobre o desvio de funçao! trabalhei em uma empresa de transporte publico durante 7 meses fui promovida ao auxuliar adm. porem eles so fizeram a alterçao de funcao na minha carteira 5 meses depois, agora em outubro completo 1 ano que estou nessa funçao e no meu ponto ainda estou recenbendo salario de cobradora que era minha antiga funçao! o que devo fazer?

  • rodrigo lima diz: 19 de setembro de 2014

    OLA, BOM DIA! POR FAVOR ME AJUDEM, TRABALHO EM UMA MULTINACIONAL FAZEM DOIS ANOS QUE EXERÇO A FUNCAO DE LIDER , COMANDO UMA EQUIPE DE CEM COLABORADORES ,POREM NAO RECEBO COMO LIDER SEMPRE ME PROMETERAM A EQUIPARAÇAO SALARIAL MAS ATE HOJE NADA, PRA VCS TEREM UMA IDEIA,OS OUTROS LIDERES QUE TRABALHAM NO MESMO SETOR QUE EU TEM UM SALARIO DE 3.500 REAIS E EU GANHO APENAS 1.340 GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO DE RECEBER A EQUIPARACAO DURANTE ESSES DOIS ANOS??

  • samuel diz: 22 de setembro de 2014

    Trabalho em uma loja de calçados, considerado a poderosa dos calçados. Sou estoquista, minha função é receber a mercadoria, conferir as notas fiscais, arrumar estoque, registrar as mercadorias etc.. Mas como é loja de calçados, existe muitas trocas de calçados, e eu que sou do estoque, “a categoria mais baixa” da loja, temos que atender os funcionários como se estivesse vendedor, tirar a nota fiscal pra ele e tudo. Também o gerente pede pra eu ficar o dia todo olhando a setor de esportes pra que ninguém tente roubar, eu não aguento mais a cara de pau desses gerentes, todos os dias é isso… Tudo isso é desvio?

  • jonas santos da silva diz: 22 de setembro de 2014

    trabalho numa fábrica de molas , minha função é aux. de produção , porém me colocam para trabalhar na máquina fazendo função de operador de máquina , e ai como proceder ? Isso é desvio de função ?

  • andréa diz: 23 de setembro de 2014

    Trabalho em uma empresa que presta serviços para a secretaria de educação, na enpresa sou porteiro e na escola faço prestação de contas, folhas de ponto de apenados, ponto dos funcionários, atestes, atestação de notas dentre outras, só recebo meu salário, não ganho nenhum centavo a mais pelo que faço. Isso é devio de função?

  • samuel pinnto diz: 23 de setembro de 2014

    comecei uma empresa 6 anos atras como serviço gerais com 1 ano fui promovida a almoxarife 1 ja tenho 4 anos e pouco nessa função mais nos tres ultimo anos tenho feito diversos servico sendo encarregado operando maquina continuamente trabalhado anoite na coleta de lixo lavado banheiro fazendo diverso tipo de serviço ao mesmo tempo isso é correto porq não recebo nenhum salario a mais disso ´so o salario de almoxarife quer estar na minha carteira assinada como almoxarife1

  • samuel pinto diz: 23 de setembro de 2014

    oi boa tarde trabalho uma empresa a 6 anos comecei nela como servico gerais ,, e logo com um ano fui promovido a almoxarife só quer nos ultimo 3 anos tenho feito diversos serviço como encarregado, operador de maquina a noite , serviço gerais quer faço coleta a noite lavo banheiro e trabalho com produtos fortes como acidos e removerdores de sugidades de piso em outros lugares como estaçoes de metro e nnão recebo nenhum salario a mais nem sulublidade por isso o quer fazer isso é desvio de função

  • Marlene diz: 23 de setembro de 2014

    Oi boa noite, trabalho numa empresa a oito meses e até agora ainda não estou registrada, meus patrões nem comenta sobre o assunto, tenho medo de de falar com eles e eles me demiti. E tem mais minha patroa sempre grita comigo pertos dos outros funcionarios nossa fico tão constrangida, gostaria de saber o fazer o que falar tenho medo da reação dela. Obrigado!

  • fabiana diz: 23 de setembro de 2014

    ola!trabalhei 5 anos em uma empresa com a carteira assinada como serviços gerais sendo q nunca exerci esta funçao,sempre trabalhei como supervisora e ganhava como serviços gerais e uma gratíficaçao de 40 reais no contra cheque desde 2009,agora me tirarao do posto e querem q eu exerça a funçao pela qual eu fui contratada,como posso trabalhar nessa area ser colegas se pessoa na qual eu dava ordem fazia substituiçao de funcionarios isso é humilhaçao.

  • Patricia Lima diz: 24 de setembro de 2014

    Olá, sou professora de uma escola e a proprietária da escola me tranbsferiu para outra escola , so que como supervisora, não estou ganhando como supervisora e nem registrada, porem exerço a função de supervisora, mais estou registrada na escola aonde eu era professora tanto que recebo por la e não aonde estou trabalhando , sou obrigada a permanecer ou posso pedir para voltar ate pq ela terá que fazer um acerto comigo se eu não estou enganada.

  • Brunna diz: 24 de setembro de 2014

    Vocês respondem todos os comentários ? Pq gostaria de solicitar que excluíssem o meu, caso não seja possível analisar minha situação.

    Obrigada!

  • anderson santos diz: 24 de setembro de 2014

    Muito obrigado por nos ajudar desde já lhe agradeço e que Deus ilumine vc’s sempre….
    Bom eu trabalho em uma padaria e minha carteira está assinada como BALCONISTA DE PADARIA….mais estou fazendo varias função como : DESCARREGANDO MERCADORIA, CONFERINDO TODAS A NOTAS DE MERCADORIAS QUE CHEGAM, ARRUMANDO AS MESMA NA LOJA E NO DEPOSITO, CONFIRO SE HOUVE AUMENTO DE MERCADORIA, EMPACOTANDO , ATENDENDO NO BALÇÃO, ARRUMANDO O DEPOSITO, TIRANDO PEDIDO DE COMPRA DE MERCADORIA,

  • Cáren Cecília Baldo diz: 25 de setembro de 2014

    Brunna, te peço desculpas e um pouquinho de paciência. Apenas eu respondo as questões do blog, e não posso ser leviana em responder com agilidade, porém sem checar informações com especialistas. Afinal, os questionamentos que os leitores me trazem sobre desvio de função não podem ser respondidos apenas com um “sim” ou um “não”, a maioria é de questões complexas. Como podes ver, já estamos em 639 comentários/perguntas somente neste post – ou seja, a demanda é grande! Te agradeço por nos acompanhar.

  • Raissa Pinheiro diz: 25 de setembro de 2014

    Olá boa noite,

    na empresa em que trabalho fui contratada para ser recepcionista (trabalho 6h corridas), mas assinaram minha carteira como auxiliar de atendimento, gostaria de saber se existe alguma diferença salarial entre essas funções.

    Desta já grata.

  • Cristiane Alves diz: 28 de setembro de 2014

    Boa noite!
    Trabalho em uma empresa há 14 anos.Na minha carteira está assinada como Recepcionista,mas o salário está como horista.Já sei que o salário de horista é no minimo R$4.50,MAS NA MINHA CARTEIRA CONSTA R$3.30.E faço uma carga horária de 25 hs semanais.Recebo,na verdade,um salário mínimo,valor diferente da carteira,no qual assino um contra-cheque q só minha chefe fica com ele.Agora ela quer reduzir minha carga horária para 12 hs e meia.E me pagar um míseros R$370,00.Disse p ela q não aceito,pois isto é humilhante,e q vou procurar os meus direitos.
    Gostaria de saber se como recepcionista,é certo minha carteira ser assinada como horista?Também gostaria de saber:uma pessoa pode ganhar menos q um salário mínimo na carteira?E,se eu fui contratada para o cargo de recepcionista,para ganhar um salário mínimo e trabalhar em meio expediente,o qual eu assino um livro de ponto,provando a minha entrada e saída..eu sou obrigada a aceitar esta mudança na minha carga horário e neste salário humilhante q ela quer me dar?
    O que a lei me ampara?
    Desde já,agradeço a atenção.
    Abraços.

  • alexandre diz: 28 de setembro de 2014

    sou registrado como manobrista mais faço funçao de caixa fechamento de caixa fechamento de notas e fechamento de cartoes de cretido ,tambem faço limpeza do setor e tenho que fazer todos os dias 2 horas de extras isto esta certo na minha funçao

  • izabela diz: 29 de setembro de 2014

    meu marido trabalha em uma empresa que fabrica portas e janelas de aluminio, na carteira dele esta com operador de maquina ele execesse a função correta as vezes, pois quando não tem nada em seu setor ele descarrega contenier quase 20 tonelada de aluminio nos ombros. gostaria de saber se isso e desvio de função..e qul e aprovidencia.

  • Marcos, diz: 29 de setembro de 2014

    Sou Bancário registrado como Analista, trabalho sozinho dentro de um Posto de Atendimento em empresa onde exerço diariamente por 5 anos todas as funções necessárias da rotina do posto, tais como Analista, atendente, caixa, supervisor, gerente geral !!! Tenho documentos comprobatórios de abertura e fechamento do caixa diariamente e assinatura de documentos como supervisor e gerente com nº de minha matrícula !! É possível comprovar com esses documentos….Posso acionar a empresa mesmo estando trabalhando ??

  • marcos matysuno diz: 30 de setembro de 2014

    Bom dia… fui contratado para trabalhar em um restaurante como “chapista”..so que quando assinaram minha carteira colocaram “atendente de cozinha”. passados 3 meses fiz treinamento para ser treinador de chapa..para ganhar um pouco a mais..e comecei a exercer a funçao treinador..so que nao colocaram essa funçao em carteira e nen recebia como tal..mais me encomodava e era cobrado pela funçao treinador..isso sem contar que por um longo periodo nao tivemos “G U” conhecido tambem como lavador de pratos e similares da cozinha..e nesse periodo tinhamos que ficar revesando pessoas da cozinha..tirando as da funçao chapa,grelha,fry ou expor..meu horario era das 17:45 ate o fechamento..por volta da 01:00 da manha e por muitas vezes iamos ate mais tarde como acontece ainda. quando faziamos “dobras” que é o procedimento de ir por volta da 11 horas da manha e ficavamos ate o fechamento…o valor acrecido era de 25 reais a mais..so que tinhamos que trabalhar dois dias pra ganhar um…um dia era da casa…ex; 5 dias trabalhado ganhava por 4. sem contar mais umas coisas..como lavagem da cozinha..e exercer outra funçao quando um outro funcionario nao vinha..sai da empresa em 6 meses..e na minha saida nao recebi minha porcentagem em dias trabalhados sobre a “caixinha”..nen um cartao funcionario no valor de 100 reias que ganhavamos para quem fazia feichamento..sendo que eu sai dia 28 de agosto e nao faltei nenhum dia do mes nen durante o periodo em que estive na empresa..
    nao quero tomar proveito de nada..mais quero o que por direito eu tinha ou ainda tenho..no que voce pode me ajudar.
    obrigado pela atençao.

  • Ricardo Silva diz: 30 de setembro de 2014

    Eu Trabalho em uma empresa já faz 2 anos e meio.
    Estou registrado como operador de maquina, porém faz 3 meses que sofro de dores na coluna, passei no medico particular fiz diversos exames e estou com protusão discal s1 l5, “hérnia de disco”.. devido ao esforço físico q exercia no trabalho, já que nunca tive isso.
    em fim.. entreguei o laudo do meu medico ao rh da minha empresa e a mesma me mandou ao medico do trabalho da empresa. dando um laudo dizendo minhas restrições. a empresa por enquanto esta cumprindo elas, fazendo eu trabalhar em outras funções, como soldador empilhadeirista e massariqueiro. apesar da mudança de função me ajudar no tratamento da minha lesão pois evita eu levantar peso devido a recomendação medica . eu deveria receber um aumento de salario já q faço outras funções, para q fui contratado ?

  • Lissandros marra diz: 30 de setembro de 2014

    trabalho terceirizado em uma empresa há 3 anos como apoio operacional que presta serviço à Secretária da Fazenda , minha função é apoiar o serviço do fiscal em conferencia de material, mercadoria e acompanhar em diligências e operações fiscais, mas também tenho que lavar viaturas do órgão e mexer em empilhadeira elétrica. Mas de acordo com a convenção coletiva da categoria, minha função tem um salario, a de lavador de auto tem outro e a de piloto de empilhadeira nem listada está! isso caracteriza acúmulo de função ou desvio mesmo!

  • Aline diz: 1 de outubro de 2014

    Trabalho como Assistente de Suporte no Service desk, trabalho 6h20min escala 6×1, nas normas da empresa e da CLT informa que a escala do Final de semana deve ser formalizada com 30 dias de antecedência e isso não ocorre. Sou obrigada a cumprir a escala que não é formalizado no prazo correto. O que posso fazer para conseguir garantir o meu direito

  • Darlly Fernandes diz: 2 de outubro de 2014

    Oi trabalho em um supermercado aonde fui contratada para a função de atendente de padaria aonde eu não fiquei nem uma porem semana adquire conhecimento na área. Ai a dona do supermercado me trocou para operador de caixa. Mais ai todas as segunda e sexta fico na padaria não reclamo pois estou sendo paga para trabalhar, com isso eu fico chateada porque vou a padaria certos no ia que tem que lavar. Gostaria de saber se é desvio de função?

  • Regiane chaves diz: 2 de outubro de 2014

    o meu marido trabalhou no banco durante 6 anos e 6 meses, ele entrou como caixa foi promovido pra o cargo de chefe de serviço,nesse mesmo perido enviaram ele para uma agencia do interior ele foi com a proposta de fica so 6 meses ate ele treina uma pessoa da cidade para fica nessa agencia,mas nao foi isso que aconteceu ele fico ate 2 anos 2 meses nessa agencia, ele exercia tambem o cargo de gerenteo,o banco prometeu lhe pagar o seus gasto como aluguel etc, mais isso nao aconteceu,ele comunicor esse caso ao se chefe,o partamento onde ele morava nao tinha CNPJ entao o banco disse que nao iria pagar foi ai que ele pedeio ajuda de um amigo para que fornecese um comprovante de aluguel com CNPJ ele foi obrigado a tomar essa atitude,foi ai que o banco pago a ajuda de custa mas so pagaram 6 meses ele estava nessa cidade 2 anos.agora recente denuciaral ele ao banco,ele foi afastado pela espetoria durante 20 dias.esse dias o banco o chamou e o demetiu por justa causa.
    gostaria de saber como isso e possivel,ele tinha desviu de funçao na carteira de trabalho estava como cargo de chefe e exercia o cargo de gerente e recebia como feche de serviço,
    poderia me respoder por favor estamos desisperados.

  • fabio leme diz: 2 de outubro de 2014

    sou funcionario publico concursado como ajudante geral mas exerço a função de motorista a mais de um ano .Posso ter esse direito adquirido?

  • Alexandre diz: 3 de outubro de 2014

    Por favor, preciso de um esclarecimento. Fui contratado por uma empresa para trabalhar como auxiliar de contabilidade para desenvolver várias funções relativas à Contabilidade. No entanto, ultimamente a empresa está implantando o 5S e foi solicitado ao dono para contratar um arquivologista temporário para colocar o arquivo morto em ordem (coisa que não acontecia há anos), porém ele se negou e nomeou uma telefonista para desempenhar a função de arquivologista. Assim sendo foi elaborado uma escala para três pessoas cobrirem a telefonista na recepção da empresa. Três pessoas somente numa empresa com mais de 50 funcionários, e entre essas três pessoas eu fui escalado sem sequer alguém me perguntar se eu estava disponível para atuar nessa função. O sócio majoritário, conhecido como o dono, não tem paciência para esperar nada e quando eu atendia um telefonema, ele se irritou, gritou comigo porque eu não consegui atender ele no exato momento que ele solicitou.
    Essa semana contatei o RH e pedi que a escala fôsse mais justa, me recusei a ficar na recepção por um determinado momento e fui delatado ao sócio minoritário e estou sendo ameaçado de perder o emprego por funcionários que trabalham lá há mais de dezoito anos.
    Isso constitui Desvio de Função ou algum outro tipo de infração trabalhista?
    Agradeço a sua atenção.
    Muito obrigado.

  • Sérgio C. Guimarães diz: 5 de outubro de 2014

    No meu caso, fui contratado como profissional adesivador, porém, registrado como auxiliar de produção e executo tais funções como dirigir, soldar, montagem de serviços em altura, operador de recorte a laser, chefe de sessão. Recebo um pouco a mais pelas funções, mas não o suficiente para ressarcir os cargos agregados. Temos um contrato feito na empresa, mas algumas normas fogem às da CLT.

  • Luiz Antonio Rozende Frazao diz: 6 de outubro de 2014

    Ola estou trabalhando em uma empresa de montagem e manutenção , Eu sou Eletricista fui fichado como eletricista , porem tenho que cavar buracos, quebrar chão com martelete fazer concreto com a Betoneira , uso pá ,enchadas e outras ferramentas também de construção civil , no meu caso eu penso assim , pra que estudar ? por que passar meses no senai fazendo cursos , tenho 3 cursos de elétricas e pretendo ir pro quarto , mais desse jeito não da isso e desvio de função ???

  • Caroline diz: 7 de outubro de 2014

    Gostaria de saber quais as funções de uma balconista ?!
    O que sou obrigada a fazer e o que não sou ?!
    Desde já agradeço

  • Leonardo Freitas diz: 7 de outubro de 2014

    Olá bom dia trabalho em uma ME onde que ela é uma distribuidora de produtos químicos e brinquedos para maiores de 14 anos, entrei para para como ESTOQUISTA depois de um certo tempo com a demissão do SUPORTE TÉCNICO da empresa acabou mudando o meu contrato para este cargo, em meu caso a 2 anos que estou na empresa nunca recebi insalubridade e\ou periculosidade e nem mesmo os funcionários que trabalham no escritório comigo, além de ter exercer a função de estoquista imposta pelo diretor da empresa, segundo ele não se pode ser caracterizado acúmulo de funções por ser uma ME isso é correto? Vejo que devido a este “caso” ele acaba aproveitando da situação e sobrecarregando os funcionários da empresa com funções não pertinentes ao contratado.
    Desde já agradeço.

  • Raquel diz: 7 de outubro de 2014

    Ola! trabalho em uma empresa de proteção veicular como auxiliar administrativo de 08:00 as 18:00hs, com 2 horas de almoço registrado no relógio de ponto, sendo que só descanso 1 hora e a outra 1 hora trabalho, e estão me sufocando em cobrança, quando que serviço de cobrança é feito por telemarkting, isso é desvio de função? E mais o CNPJ da empresa esta com o endereço da Ilha do Governador, sendo que nós trabalhamos na Pavuna em cima de um posto de gasolina, na qual a tubulação de gás passa em uma das paredes da empresa e eles não pagam pelicularidade aos funcionários, o que devemos fazer?

  • Joseize diz: 8 de outubro de 2014

    Boa noite, minha duvida é a seguinte: sou operadora de caixa registrada na carteira, porem faço serviços extras como limpar freezers, varrer passar pano, limpar vidros, muitas vezes atender balcão e alem de tudo isso atender o meu caixa, ja teve varios quebras de caixa e me deram Feedback dizendo que se continuasse faltando dinheiro alem de ser descontado do salario eles iam me demitir. O que tem a dizer sobre isso tudo. obrigada desde já!

  • Sérgio Roberto Rocha da Silva. diz: 9 de outubro de 2014

    estou trabalhando desde 2000 até agora na mesma empresa na área da peixaria só trabalhei 5 anos e 6 meses no ano de 2002 fui transferido para outra unidade; trabalhar na mesma área onde fiquei mais 3 anos e 6 meses só que nessa unidade a partir de 2002 fiquei sem receber insalubridade 3 anos e 6 meses estou atualmente em outra área desde novembro de 2005 até agara eu posso e atras desse 3 anos e 6 meses que fiquei sem receber trabalhando ou depois que eu Saí

  • Marluse Alves diz: 10 de outubro de 2014

    Bom dia!
    Participei de um processo seletivo para a vaga de auxiliar de pessoal.
    Passei no processo e quando fui fazer o exame adimissional está a função de Assistente de folha de pagamento, porém minha carteira foi assinada como auxiliar administrativo.
    Quando fui questionar que eu havia me candidatado pra auxiliar de pessoal e não auxiliar administrativo, fui informada que a empresa não tinha a função de auxiliar de pessoal.
    Me senti enganada, pois queria a função para experiência em carteira. E a empresa pode fazer processos seletivos com funções que elas supostamente não possuem? Cabe processo?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 10 de outubro de 2014

    Marluse, achei contraditório esse caso. Como a empresa vai fazer um processo seletivo para uma vaga que não existe? Penso que poderias, sim, procurar um advogado trabalhista para discutir o caso.

  • Rui Miguel diz: 10 de outubro de 2014

    Trabalho em uma empresa aerea a 13 anos, a 10 como Coordenador de Cargas Especiais, no mês passado recebi um comunicado que meu cargo ia mudar para líder de cargas especiais, naturalmente na CTPS também mudará, Pergunto: Não seria rebaixamento de cargo?? me responda por email
    Obrigado

  • Marden Melo diz: 10 de outubro de 2014

    Trabalho na empresa como técnico em segurança do trabalho e além das minhas funções exerço a função de comprador sem ganhar nada por isso. É caracterizado como desvio de função?

  • jose negreiro dos reis diz: 10 de outubro de 2014

    CLARO QUE SIM, ENTRE COM UMA AÇÃO TRABALHISTA REQUERENDO AS DIFERENÇAS SALARIAIS ENTRE O SALARIO DE MOTORISTA E AJUDANTE GERAL, JUNTE TODAS AS PROVAS QUE TIVER EM MAOS, INCLUSIVE OS HOLERYTS, NA AÇÃO INFORME O SALARIO QUE OS MOTORISTAS RECEBEM ( EM MÉDIA), ARRUME TAMBÉM 01 TESTEMUNHA QUE COMPROVE QUE VOCE TRABALHE COMO MOTORISTA.

  • Caio Ribeiro diz: 10 de outubro de 2014

    Preciso de uma ajuda, trabalhei em uma empresa na função de auxiliar administrativo, porém, acabei exercendo trabalhos de RH, financeiro, almoxarifado, farmácia e carga e descarga. Eu era humilhado constantemente, chamado de “preguiçoso”, de incompetente, ate mesmo na frente de clientes, sem contar que no meu contracheque constava o valor de 1.200 reais líquido, porém, o empregador pagava-me 900 reais, e eu não assinava nenhum recibo.
    Ao questionar os fatos, fui demitido…

    Bom, como devo proceder?
    Por onde eu busco a reparação?

    Desde já, agradeço!

  • Mauricio Assuncao Goncalves diz: 11 de outubro de 2014

    Ola,trabalhei em uma empresa por onze anos,como auxiliar de armazem servicos diversos,conferente,mas fazia muitas tarefas como,montar prateleiras,lixar longarinas,concertar rodas de carrinhos,etcw3

  • Janaina alves diz: 13 de outubro de 2014

    Fui contratada como especialista em atendimento, porém ofereceram a mim e outras 2 pessoas uma vaga para realizar outro serviço, algo compatível a analista de processos para uma célula que criaram recentemente na empresa, prometeram inicialmente um determinado salário, porém agora voltaram atrás em sua palavra e disseram que continuaríamos a ser atendentes como registro em carteira, com o mesmo salário porém exercendo essa determinada função que corresponde em fazer extração de trabalhos a serem direcionados aos outros operadores, fazer relatórios de produção diária e toda uma responsabilidade administrativa.
    Como posso recorrer ao que estão fazendo conosco?

  • felipe farias diz: 14 de outubro de 2014

    Ola,eu trabalho em uma empresa cujo cargo que me candidatei seria de conferente,mas na carteira esta aux. De estoque,mas assim a empresa é dividida em 2 uma é fabrica e outra estoque aonde eu trabalho,so que muitas vezes meu chefe me manda la pra fabrica pra carregar caminhao de telha,e la eu nao tenho nenhum epi e muito menos uniforme,gostaria de saber se é desvio de funçao

  • Milene de Jesus Pereira Souza diz: 15 de outubro de 2014

    Boa tarde,

    Trabalho em um escritório Imobiliário com o cargo de recepcionista, o meu chefe tem vários clientes, e uma das clientes dele manda eu fazer diversos serviços pessoais dela como por exemplo: renovar matricula de seus filhos em escola, digitar trabalho escolar dela, pesquisar móveis em sites, controlar visita de manutenção do portão de sua residência, controlar visita de jardineiro em sua residência, consultar multas dela dos filhos e do motorista em fim uma série de coisas ligadas com sua casa e vida pessoal. E não recebo nada por isso. O que devo fazer?

  • Alexandre Silva diz: 15 de outubro de 2014

    trabalho em uma empresa como Guarda Patrimonial, a 7 meses, e la funciona uma balança eletrônica de pesagem de caminhões,trabalho no horário de 12 x 36,no horário noturno, logo depois de um mês de serviço fui obrigado a fazer as pesagens dos caminhões, e também a carregar duas baterias de uma máquina de 4 em 4 horas, fora isso tenho que trazer materiais de limpeza para manter o local limpo, gostaria de saber se isso pode se caracterizar, desvio de função.

  • junior diz: 16 de outubro de 2014

    boa tarde,

    sou registrado como conferente II,porem realizo varias atividades,como por exemplo:
    empilhador,auxilio na supervisão,atendo cliente,ajudante de motorista,entregar malote,receber pagamento etc…
    gostaria de saber se isso caracteriza desvio de função.

  • Ethyenne diz: 16 de outubro de 2014

    Boa noite fui contratado como aux serviços gerais e depois de 6 meses fui chamado para trabalhar como aux de confeiteiro fiquei mais 6 meses nesta função e não mudaram a minha carteira de trabalho e agora me recolocaram na mesma função ao qual fui contratado inicialmente isto é Desvio de Função?

  • Mariza Siqueira diz: 17 de outubro de 2014

    Ola, me tirem uma duvida.
    Trabalho na função de Assistente administrativo, Cuido de toda parte administrativa de uma loja de fast food, A empresa não está podendo contratar funcionarios devido ao labor, acontecendo isso minha chefe quer que deça todos os dias na hora do almoço que da movimento e fico fazendo o trabalho dos atendentes ( Caixa, reposição, fazer lanches, preparar comida dos funcionarios, e toda rotina de um fast food), quando volto para o escritorio estou com uma boa parte do meu trabalho para fazer e assim acabo saindo mais tarde do meu horario. O que posso fazer numa situação dessa ? Posso me recusar a estar fazendo outras funções? Preciso procurar um advogado?
    Agradeço desde já.

  • J. A. M diz: 19 de outubro de 2014

    Eu era estagiária na gerencia de uma multinacional e quando acabou o meu contrato fui contratada como Operadora de Produção até que surgisse uma vaga administrativa. Já se passaram 1 ano e 7 meses e até hoje sou Operadora exercendo função de analista administrativo na gerencia da empresa. Como devo proceder?

  • Maurício diz: 19 de outubro de 2014

    Oi…Gostaria de perguntar sobre o seguinte :
    Trabalho em uma grande empresa de medicamentos , quando eu entrei eu entrei como auxiliar de logística , depois passei pra multifuncional 1 , nessa época trabalhava como separador de medicamentos , mas depois me colocaram também pra fazer além dessa função , a função de estoquista.Depois disso a empresa mudou de cidade , e me levou junto , mas não me pagou nada a mais por essa transferência de cidade , além do mais , eles escolheram a mim e mais 14 funcionários para trabalharem na empresa no início e não havia no local água e nem luz , mas chegando na cidade nova , eles me colocaram para trabalhar de conferente no recebimento de mercadorias da empresa , só que não me pagam pra fazer essa função , não colocaram nem na minha carteira como conferente , e quando eu perguntei porque, eles responderam que baniram esse cargo da empresa e por isso colocaram na minha carteira multifuncional , além disso eles estão usando meu email particular da empresa se passando por mim para conversar com outras pessoas e outras filiais da empresa sem meu consentimento , eu descobri por acaso que eles estão usando meu email e que estão falando com essas pessoas pelo meu email como se fosse eu mesmo até usam meu nome para isso , e também nos deixam trancados nas docas do recebimento com guardas da rudder nos cuidando com as docas cheias de desodorantes aerosol , eu não sei como agir , pois não me pagam como conferente , não colocam e nem vão colocar na minha carteira como conferente porque disseram que baniram esse cargo da empresa , usam meu email particular sem minha permissão , abrem meu email sem minha permissão , e fazem eu trabalhar nos outros setores tbm as vezes, não sei como agir,,me ajudem por favor.Obrigado…

  • Carlos Cesar Lang diz: 20 de outubro de 2014

    Bom dia!
    eu trabalho a cinco anos e 3 meses em uma empresa que faz Tratamento de Efluentes Industrias. No inicio fui contrata para operar e controlar entrada e saida dos caminhões e realizar a pesaagem dos mesmo.Depois de cerca de 1,5(um ano e meio), me passaram para o setor de almoxarifado onde ainda estava realizando tambem compras para empresa, mais somente depois de passados mais 1,5(um ano e meio)é que modificaram a muito custo minha função de balançeiro para Auxiliar de compras. Acontece que alem cuidar almoxarifado, fazer compras ainda tenho de fazer lançamento de notas e ordens de compra sem que se tenha dados um aperfeiçoamento para tal tarefa, somente uma explicação parcial. Agora neste ano de 2014 mais precisamente em agosto quando voltei de férias pediram para que eu cobrisse as ferias de um outro funcionário na balança que que fica na filial a 13 km mais longe de onde trabalhava. Acontece que depois disso estão querendo que eu fique definitivamente no local onde estou sem se me seja concedido aumento de salario, pois segundo meu diretor, meu salario já esta alto demais. Tenho que informar que eles estão fornecendo o combustível para que eu venha trabalhar, mais tenho de trazer almoço e esquentar no microondas devido ser muito distante para ir em casa e voltar.quanto a questão de trabalho agora alem compras e lançamento de notas ainda estou com função de balanceiro de novo, isto não se enquadro em acumulo de funções? Uma outra questão ainda é sobre o fornecimento de celular por parte da empresa, para uso exclusivo na mesma e fazer ligações até que expirem os créditos. Isto configura a empresa o direito de não pagar horas extras? Por enquanto seria isso e gostaria muito

  • Vitor diz: 22 de outubro de 2014

    Trabalho na empresa a 3 anos. Na minha carteira de trabalho esta registrado como motorista de caminhão e operado de munk as quais eu exerço. Porem tenho que lavar, lubrificar engraxar o caminhão e o munk. Na empresa tem 4 geradores que transporto com o caminhão munk, os mesmo tenho que as manutenção como; lavar, trocar o óleo do motor, filtro de diesel e já me mandaram ate pintar os geradores

  • Estefane diz: 22 de outubro de 2014

    bom dia, trabalho a um ano em uma empresa, comecei a trabalhar em outubro de 2013, só que foram assinar minha carteira em janeiro de 2014, assinaram como auxiliar administrativo, mas não faço só os serviços de auxiliar, aki onde trabalho são duas empresas no mesmo lote, mas eu tenho que atender ligações da outra empresa tbm, anotar recados, sou porteira tbm, onde quem atende o interfone das empresas sou eu, e ainda mandam eu fazer serviço de cobrança onde os tenho que cobrar os clientes que não pagam a mensalidade dos serviços prestados, o que eu acho injusto que eles contrataram uma empresa de cobrança para cobrar os clientes antigos que estão devendo e pagam comissão para essa empresa de cobrança, e a mim nada. Tenho direitos também. Alem de ser auxiliar, sou recepcionista, porteira, secretaria e cobradora ganhando apenas 1030,00 na carteira. gostaria de saber se isso é certo e se tenho direitos? Poderiam me ajudar? Aguardo retorno. Obrigado, Estefane

  • gilson diz: 22 de outubro de 2014

    Bom dia !

    Eu trabalho em escritório de advocacia, entrei com office boy fiquei durante 2 anos
    depois me colocaram na biblioteca até ai tudo bem. mais quando eu fui ver meus vencimento estava lá um surpresa aux. de serviço gerais isso pode ?? ou seria desvio de função ?

  • Danuza diz: 22 de outubro de 2014

    Fui contratada como recepcionista em um consultório. Porém tenho que limpar a sala do médico e esterilizar material para exame. Limpar o consultório e recolher diariamente o lixo, onde sempre encontro algodão sujo, aplicadores vaginais, luvas etc. E também faço todo o faturamento e ainda tenho que sair e levar as contas nos convênios.

  • Sérgio Roberto Barros de Lima diz: 22 de outubro de 2014

    Bom dia!, Fui selecionado para fazer um processo seletivo de Motorista, quando fui contratado disseram que eu iria executar a função de Motorista Encanador nivel II, mas no meu contrato e na minha carteira conta a função de Encanador Motorista, sendo que não tenho nenhuma experiencia como Encanador, mas sim de motorista, e não estou dirigindo, mas executando serviços de encanado, nesse caso, o que fazer? ou melhor como se enquadra o meu caso?

  • jailton diz: 22 de outubro de 2014

    oi tudo bom trabalho na empresa mas de 2 os, sou repositor , mas eu faço funçoes lar ( recebimento comferindo mercadoria do meu setor, e ate fazer limpesa no local som produtos de limpesa

  • Cáren Cecília Baldo diz: 23 de outubro de 2014

    Danuza, tu recebes adicional no teu salário por insalubridade?

  • guilherme silva diz: 23 de outubro de 2014

    sou montador meu pataro quer que eu trabalho em pintura ajutande de pedreiro mecanico ate roça mata ja fui queria saber quel e o meu direito

  • marcos maciel maia ferreira diz: 23 de outubro de 2014

    bom dia trabalho numa empresa a 3 anos e 6 meses e sou pintor automotivo,mais exerço outro tipo de serviço de soldador como em toda parte da garagem em veículos no geral .isso e desvio de função e nunca recebi nada por esses serviços todo esse tempo.

  • junior diz: 25 de outubro de 2014

    Sou operador de caixa mas na minha carteira de trabalho está como atendente. Isso pode? Além disso, trabalho no turno da noite e recebia salubridade mas foi cortada, reclamei com meu patrão sobre, mas nada foi feito. Sou obrigado a fazer a limpeza da loja e tenho que sair 23:20 sendo q deveria ser as 23:00 além disso tenho q estar lá 10 minutos antes do meu horário, sem receber esse tempo extra que vai acumulando caso contrário perco minha comissão semanal. O que fazer nesse caso?

  • lucas diz: 28 de outubro de 2014

    trabalho num hotel e sou mensageiro. mas minha chefe me manda pagar contas carregar madeiras para queimar em uma caldeira e que eu saiba e ilegal pintar paredes lavar vidros carregar camas recolher toalhas dos quartos guardar o lixo arrumar cortinas fiz uma calçada de comcreto num sol escaldante fui obrigado a limpar um estacionamento cheio de ferragens de elevador. e alem do mais minha cartera esta assinada como mensageiro e eu nem si quer carrego malas chego ao trabalho todo limpo e volto bem sujo.

  • Cáren Cecília Baldo diz: 29 de outubro de 2014

    Lucas, a função de mensageiro está descrita da seguinte forma na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações): “Chasquil, Estafeta, Mensageiro, Mensageiro externo, Mensageiro interno, Office-boy, Office-girl – Descrição Sumária: transportam correspondências, documentos, objetos e valores, dentro e fora das instituições, e efetuam serviços bancários e de correio, depositando ou apanhando o material e entregando-o aos destinatários; auxiliam na secretaria e nos serviços de copa; operam equipamentos de escritório; transmitem mensagens orais e escritas.” Fazer uma calçada de concreto me parece função de pedreiro ou operário da construção civil, e acredito que seja um desvio de função, no teu caso. Procure a Superintendência do Trabalho na tua cidade para receber mais orientações.

  • lucas diz: 29 de outubro de 2014

    Eu era repositor em um mercado, agora sou balconista de açougue, isso deve ser alterado na carteira de trabalho?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 29 de outubro de 2014

    Se existe alguma diferença de salário/promoção, acredito que sim, Lucas.

  • Leila diz: 29 de outubro de 2014

    Boa tarde, eu fui contratada como recepcionista (carteira assinada), mas eu faço as atas das reuniões pois eu faço serviço como secretária designada, inclusive fui habilitada a ter acesso ao sistema como secretária, o meu chefe manda eu fazer as atividades que são de competência dos servidores e algumas dele próprio tanto no sistema que só eles deveria ter acesso ( como validar as frequências dos professores e servidores, etc.), como em algumas atividades do dia a dia( como assinar C. I., dar despacho em processo), mais fui contatada por uma empresa que tem um contrato com a universidade. Gostaria de saber se o meu caso se encaixa em desvio de função ou acumulo de função.

  • camila diz: 29 de outubro de 2014

    Meu irmão, trabalho em uma empresa, a 3anos já, a carteira dele e assinada como auxiliar de clientes, sendo que desde o primeiro dia ele trabalha no estoque, como Estoquista, e agora querem que ele vá trabalhar em uma loja que está em obra, sendo que nessa loja, não tem estufa, nem água filtrada pra beber, e pra completar a gerente disse q ele é obrigado a ir, e ele estudar, se ele for, ele perde a aula por causa do trânsito, quero saber se isso pode??

  • MARIA SILVANEIDE OLIVEIRA DA SILVA diz: 31 de outubro de 2014

    Boa Tarde. Gostaria de ajuda mas seria pra minha irmã Simone.Nós trabalhamos em um quiosque de shopping center, nosso cargo é Operadora de quiosque Jr. Mas essa semana a chefe mandou ela e uma outra funcionária pra panfletar no estacionamento do shopping. E detalhe mandou uma msg dizendo que por ter atrasado uns dias que na próxima vez advertência será escrita.Gostaria de saber se isto está certo? Obgd

  • Francisco Vando Gomes Da Conceição diz: 1 de novembro de 2014

    Sou auxiliar de estoque mais eu tenho que separa nota, embarcar caminhão,receber mercadoria,arruma o estoque e conferir todo o estoque. Sendo que eu não sou conferente e nem almoxerife isso ta certo

  • moises diz: 1 de novembro de 2014

    Boa tarde estou trabalhando a 3 anos como recepcionista meu patrão sai e deixa tudo na minha mão faço serviço de porteiro de copeira pois faço cafe da manha do hotel levo e trago bagagem o que devo fazer isso ta certo

  • Marcio Gomes diz: 2 de novembro de 2014

    Minha carteira esta assinada como motorista utilitário, trabalho dentro de uma industria e isso faz com que suje muito o carro. gostaria de saber se tenho obrigação de lavar o carro?
    Obs: Um amigo já foi suspenso por 3 dias por se recusar a lavar

  • wagner rodrigues da silva diz: 3 de novembro de 2014

    boa noite , meu nome é wagner e trabalho num supermercado como funçao de balconista de salgados e exerço a funçao já uns 5 anos a funçao lá no setor é pesar e atender os clientes . sendo que como se encontra em periodo de promoçao de aniversario , o gerente por sua vez quer que retire os poucos funcionarios de um setor para fazer o trabalho de um outro setor sem o consentimento do encarregado deste , ou seja é tirar um funcionario na marra para exercer uma funçao sem lhe falar nada . neste caso o gerente esta certo ou errado ao fazer isso?

  • Marco Antônio diz: 4 de novembro de 2014

    Bom dia! Trabalho na área de logística e acumulo várias funções. Porém, desde quando entrei na empresa me obrigaram a usar meu computador pessoal. Pediram que eu utilizasse o meu até adquirirem um novo, no entanto já se passaram 5 meses e nada. Tem outros casos idênticos na empresa. É legal essa atitude da empresa?

  • Fabio diz: 4 de novembro de 2014

    Bom dia, trabalho como assistente administrativo, mas sou obrigado a usar uniforme operacional. Isso é correto?

  • Maria de Jesus diz: 4 de novembro de 2014

    Sou farmacêutica, tenho 63 anos e 32 anos de trabalho.Atualmente estou em 2 setores (farmácia e almoxarifado)sendo que só tem eu e nenhum funcionário.tenho problemas de coluna e os dois braços com fraturas( O esquerdo passei 1 ano e 8 meses) e o direito passei so 45 dias, fratura no punho,já este ano.Não quero me aposentar por que perderei parte do salário,pois já passei da idade e continuo trabalhando.As Chefias tem conhecimento do meu problema e não fazem nada.Faço o quê?

  • Mayara diz: 4 de novembro de 2014

    Olá Boa tarde.
    Trabalho no setor de telemarketing, saio para as ruas para fazer eventos da empresa, e na minha carteira eu sou registrada como RECEPCIONISTA.
    No caso acho que eu teria que ficar na recepção,mais fico no Telemarketing e eventos.
    E as vezes até limpo alguns setores da clinica que a gerente pede.
    Isso seria um desvio de função? Obrigado

  • jefferson souza diz: 4 de novembro de 2014

    sou operador de dobradeira em uma grafica mas meu chefe me obriga a buscar e levar servicos num carrinho pra outra parte da grafica que fica do outro lado da rua o servico a ser tirado vai a a maquina q eu opero mas tipo isso seria desvio de funcao pq se eu trabalho em uma maquina nao tem o pq de eu ficar pra la e pra ca com um carrinho o certo seria ele contratar uma pessoa pra essa tarefa ??? ah eele me obriga ser auxiliar em outras maquinas e ficar no acabamento grafico isso seria justo
    Desde ja agradeco e aguardo resposta .

  • Vanessa Palhano de Andrade diz: 5 de novembro de 2014

    Olá!
    Trabalho como educadora infantil em uma escola particular, mas todos os dias tenho que varrer e lavar a sala com produtos, lavar os panos utilizados, muitas vezes pedem até para limpar as paredes, gostaria de saber se isso é dever meu? Tenho direito a alguma coisa, ou desvio de função, pois a final sou paga para cuidar e ensinar as crianças!
    Aguardo retorno.
    Desde já agradeço!

  • Antoniel jose da silva diz: 5 de novembro de 2014

    Trabalho em uma mecânica como estoquista só que faço função de motorista manobra compra perca vou ao banco pargar contas da empresa lavo carro as cesse faço troca de óleo gostaria de saber se essas atividade que faço alem da minha é desvio de função.

  • paaz diz: 5 de novembro de 2014

    Olá gostaria de saber quais direitos tenho depois de ter sido contratada para trabalhar como auxiliar de serviços gerais.
    na verdade nao era nada disto, é uma fabrica de geleias e loja tudo junto, lá eu na verdade fazia sozinha toda geleia,limpava toda loja e ainda trabalhava como vendedora sem ganhar nenhuma comissão.
    trabalhei um mes de 19 dias.

    preciso de ajuda

  • Marcelo diz: 5 de novembro de 2014

    Sou registrado como “Consultor Técnico de Negócio”, para vendas externas, mas só fico interno na empresa. Tenho que fazer pedidos de compras no sitema, sendo que não exerço a função “COMPRADOR”. Quando chega produtos de cliente, tenho que pegar peso, subindo a escada. Hoje, por exemplo, tive que subir com uma caixa que pesa mais de 30 Kg. Tenho direito à desvio de função ?

  • Welton diz: 5 de novembro de 2014

    Eu queria saber se tem desvio de função no meu emprego, eu sou auxiliar de estamparia, mais só que eu faço tinta,e isso é função de coloridas e ainda eu estampo, e isso e função de estampador, mais só que eu não ganho nenhum valor a mais para fazer isso, e as vezes ajudo setores como costura, expedição final.

  • Lucas caetano diz: 5 de novembro de 2014

    Sou registrado na carteira como operador de torno cnc mas como tenho experiencia em preparação de torno cnc ponharão eu só para preparar durante 3 anos só que não me pagava como preparador de cnc e inclusive teve cargos de preparador na empresa que devo fazer fui demitido por exigir aumento aguardo resposta…………????

  • mauricio diz: 6 de novembro de 2014

    alguém pode me ajudar ? eu perguntei numa data e as pessoas que perguntaram depois de mim ja foram respondidas na minha frente…obrigado.

  • Matheus Oliveira diz: 6 de novembro de 2014

    Boa Tarde, trabalho em uma Contabilidade já fazem 3 anos,onde fui contratado como auxiliar de escritório, mais eu exerço a parte fiscal, como lançamento de notas, apuração de impostos e emissões de guias, quando entrei foi combinado que eu fizesse serviço de Office boy, como ir nas empresas entregar documentos, fazer cobrança, etc. De uns 2 anos pra cá o outro funcionário que fazia o depto. Pessoal, foi dispensado. E começaram à passar as obrigações dele pra mim, como fazer registros, rescisões e homologações em sindicato, ou seja, faço o meu serviço, o dele, serviços rua, de banco, cartorio, receita federal,sindicatos. E recebo só o salário de Categoria! Isso enquadra-se em acumulo ou desvio de função…Eu tenho o direito de um PLUS SALARIAL, um aumento, o que devo fazer?! Até os clientes da Contabilidade mais chegados meus, falam que ganho muito pouco pelo o que faço!! Obrigado

  • aline diz: 6 de novembro de 2014

    minha carteira esta assinada como vendedora,mais sou obrigada ah pagar contas,lavar banheiro,arrumar cozinha etc..
    E desvio de função ou apenas o caso de uma aumento salarial?

  • Edison Nunes dos Santos diz: 7 de novembro de 2014

    Bom dia, trabalho em uma metalúrgica a 13 anos, comecei como auxiliar de produção fui promovido para operador de máquinas e agora sou assistente de qualidade a 3 anos e meio. Estou querendo uma promoção para inspetor de qualidade pois faço todo tipo de trabalho que o tal faz. Tenho direito a esta promoção?
    Desde já agradeço.

  • erica diz: 7 de novembro de 2014

    oi bom dia!
    trabalho em uma oficina de carros minha carteira é assinada como aux escritorio no caso a função que eu fazia na matriz dessa oficina era receber carros, digitar orcamentos e cotar preço de peças, agora me colocaram pra vir trabalhar na filial aqui entrego carros mais nao os recebo, digito orcamentos e coto preço de peças e agora faço tbm notas fiscais
    gostaria de saber se esta correto eu fazer tudo isso e nao ganhar nada a mais por isso,pois eu ganho apenas o salario de 751,00
    na matriz onde eu trabalhava entrou uma moça lá e ela faz o mesmo que eu fazia e ja ganha bem mais que eu isso é correto?
    me ajude!!
    desde ja agradeço sua atenção

  • Cáren Cecília Baldo diz: 7 de novembro de 2014

    Aline, se és comissionada e não estás tendo tempo, em função das demais tarefas, de atuar na venda de produtos (o que te dá a comissão), estás tendo um prejuízo – e isso é incorreto. Deves procurar o sindicato da tua categoria ou um advogado trabalhista para obteres mais informações.

  • josé marcone diz: 8 de novembro de 2014

    Sei que deve ser muito ocupada, mas gostaria de saber sobre minha posição na qual eu descrevi Cáren Cecília… fico sempre abrindo a pagina pra ver se você tem alguma reposta para mim… abrigado !

  • problem diz: 10 de novembro de 2014

    Fui contratado por uma empresa automotiva para ser vendedor de peças.
    A proposta foi experiência de 3 meses com um salário mínimo. Após contratação seria reajustado esse valor e uma possível comissão.
    Em fim estou a cerca de 2 anos e 3 meses nesta empresa e continua ganhando apenas um misero salário mínimo. Pra completar, o meu chefe, que é apenas chefe de estoque, quer me colocar pra fazer trabalho de estoquista, me mandando limpar o estoque (prateleiras e peças), e quando faço a limpeza, o cara já chegou a passar o dedo e dizer que ainda estava sujo e que eu teria que limpar de novo. Outra vez ele disque que eu estava misturando as peças nas locações, e quando eu pedi pra ele me mostrar onde ele viu isso, ele disse que ia procurar. A, sem falar de que ele quer que eu faça algumas das suas atividades pra ele. Coisa que são de responsabilidade dele, ele me manda fazer e vai conversar com outros colaboradores da empresa enquanto eu faço o trabalho dele. O cara já chegou a imprimir num dia mais de 150 páginas e mandou eu escanear todas. Ainda pra completar, sempre ligava pro setor onde eu estava escaneando as páginas para verificar e realmente eu estava fazendo o que ele mandou isso quando ele não ia pessoalmente. Na empresa todos merendam, tomam seu café da manhã, mas eu sempre era reprimido e chamado atenção quando ele me via merendando e interagindo com os colegas de trabalho. Ele sentia inveja ao ver as pessoas me tratando bem e me dando atenção que ele queria ter. Enfim, estou totalmente desmotivado nessa empresa, me sentindo perseguido por esse chefe (gerente de estoque), que de gerencia não sabe nada!
    Já fui fazer serviços bancários para a diretoria e o setor de contabilidade da empresa, coisa que não é minha função. E além dessas e muitos outros transtornos, raivas, indignação que essa empresa e particularmente esse chefa me causa. Eu me sinto totalmente desvalorizado e humilhado. De certa forma sou obrigado a participar do balanço no estoque. E ainda por cima, esse gerente me manda contar parafusos e porcas e outras peças, antes mesmo do balanço começar. Enquanto eu faço isso, ele continua a passear pela empresa e conversar com as pessoas.
    O cara é tão abusivo que até pra fazer uma ligação ele me mandou pedir essa ligação pra ele. Certa vez ele me chamou e quando fui saber o que ele queria, ele simplesmente no maior comodismo, sentou na sua cadeira, me entregou o ramal dele que esta em suas mãos e cruzou os braços e disse: “peça ai uma ligação pra empresa x”. E essa situação não aconteceu apenas uma vez não, isso se repete desde que minha carteira foi assinada nessa empresa. Aaa..o meu local de trabalho é totalmente desumano, eu acho. Pois enquanto outras pessoas trabalham em ambiente climatizado eu fico levando nas costas todo o ar quente gerado pelos ar-condicionados que refrescam essas pessoas e os clientes. E nenhum outro colaborador da empresa consegue ficar no meu setor, meu local de trabalho especificamente por mais de 5 minutos. Já eu fico 8 horas por dia. Esse calor me deixa todo soado, tenho que estar tomando muita água, e isso acabou me deixando com problemas na bexiga. Pois tenho vontade de urinar no mesmo instante que ingiro qualquer liquido e quase que de 10 em 10 minutos, isso é quando eu consigo urinar direito, e. Fico fedendo muito, pelo suor e pela vontade de urinar

    QUERO UMA SOLUÇÃO!

    Estou totalmente mal

  • Cáren Cecília Baldo diz: 10 de novembro de 2014

    José, o blog recebe muitas perguntas todos os dias, e eu infelizmente não consigo responder todas. No teu caso, não me parece haver desvio de função, pois estás trabalhando com tarefas de menor responsabilidade em relação à que foste contratado e não estás excedendo tua carga horária. Em um primeiro momento, não me parece haver algum problema com a situação que descreveste, mas tu já desde uma olhada no que está escrito no teu contrato de trabalho? Chegaste a conversar com tua chefia sobre o assunto?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 10 de novembro de 2014

    Kleber, já procuraste a Superintendência ou Delegacia do Trabalho na tua cidade? Se o teu chefe está sendo abusivo contigo, ele pode estar praticando assédio moral. Tem dois posts no blog (este e este) que podem te ajudar a entender melhor o assunto e ver se é realmente isso que está acontecendo contigo.

  • amanda dilva diz: 10 de novembro de 2014

    Eu trabalho.com vendacomissão chegava a 2000 a 3000 hj a empresa simplesmente.coolocou uma meta que.ninguem consegue atingir e.se.atingir o minimo é.980 Reais quero saber se isso pode

  • Alynne Pereira diz: 10 de novembro de 2014

    Olá, fui contratada para ser office girl numa farmácia, fazer entregas a pé e organizar e fazer faxina na loja toda, como também organizar e olhar datas de vencimentos de todos os produtos que não são remédios que ficam atrás do balcão, mas tudo que está na loja tenho que organizar. Porém quando não tem operadora de caixa na loja eu que fico no caixa, tendo que exercer minhas funções e o de caixa ao mesmo tempo. mexo com produtos químicos para a limpeza porém não recebo nada a mais por isso, em minha folha de ponto não bate as folgas reais com os dias trabalhados. Se eu trabalhei domingo, na folha de ponto tá como folga, sendo que quando me contrataram disseram que eu teria 1 folga semanal e 1 domingo no mês, e não me dão esse domingo que tenho por direito!

  • Andréa Carniato diz: 11 de novembro de 2014

    Sou registrada como balconista de farmácia a mais de 10 anos. Gostaria de saber se tenho direito adquirido de responsável técnico de farmácia. Caso eu tenha, que devo fazer para obtê-lo de maneira legal. No aguardo de qualquer resposta antecipadamente lhe agradeço.

  • Alan diz: 11 de novembro de 2014

    Sou encarregado da area de Ti e onde trabalho esta querendo que eu faço tambem serviço externo mais me pagar a mais no registro que seria os 30% que os trabalhador que trabalha com moto como te qu colcoar na caterira e o cbo eng. de TI e Serviço externo

  • josenilson diz: 11 de novembro de 2014

    sou tecnico ADSL ou seja trabalho com internet, porem a empresa passou a vender pacote de tv a via satelite e serviço de telefone tendo de subir em casa e tudo mais tambem não recebo periculosidade ja que trabalho em altura lembrando que na minha carteira tem ADSL, pois os reparadores ganha periculosidade e são chamado de tripoples por fazer os tres serviço isso na carteira.

  • Elizeu Lima da Silva diz: 12 de novembro de 2014

    Por gentileza, trabalho em um sindicato do judiciário federal, assinaram minha carteira como auxiliar administrativo, sendo que desde o início me foi dito que meu serviço seria trabalhar de moto, desta forma foi-me comprado uma moto e desde então venho fazendo diversos serviços bem como:entrega de jornais em todo município do rio de Janeiro que tenha TRE (Tribunal Regional Eleitoral),Justiça Federal e Justiça do trabalho, gostária de saber se tenho ou não direito ao risco periculosidade, poís já conversei com o administrativo e o mesmo diz que esta vendo e já se passaram vários meses e nada. Inclusive já me acidentei no trabalho com um entorse no pé esquerdo, estou afastado(05) cinco dias do trabalho.

  • DIOGO SIMÕES PEREIRA diz: 12 de novembro de 2014

    SOU FORMADO A UM ANO COMO TECNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO, E ESTOU TRABALHANDO COMO AUXILIAR DE SEGURANÇA, COM A MESMA RESPONSABILIDADES DO TECNICO DA OBRA, ISSO CARACTERIZA DESVIO DE FUNÇÃO ?

  • CLAUDIO AGOSTINHO diz: 12 de novembro de 2014

    sou concursado municipal em auxiliar em radiologia porem ha mais de cinco anos venho exercendo a função como tecnico em radiologia, sou habilitado pra isso, nos anos anteriores tirava ferias como os outros tecnicos, 20 dias a cada 6 meses, porem esses anos eles me disseram que nao tenho mais esse direito, pois sou concursado como auxiliar, sem contar com os salarios que eles pagam tudo errado, tenho direito a uma indenização?

  • cleiton oliveira silva diz: 13 de novembro de 2014

    olá meu nome e Cleiton,trabalhei em uma empresa por sete meses de agente de limpesa,ai fui para outra funçao na mesma empresa de agente de portaria e no total das duas funções fiquei dois anos e seis meses,ai me deram a minha conta com todos os meus direitos so que quando fui ver a minha carteira de trabalhos ela estava com as duas funções só que com a de agente de portaria estava com um carimbo de cancelada bem em cima,e tenho todos os meus contras cheques deis do inicio,e todos eles estão como agente de portaria,gostaria de saber se nesse caso eu me enquadro no desvio de função?

  • Eloisa diz: 13 de novembro de 2014

    Eu fui registrada como Recepcionista, porém eu faço as compras de materiais de limpeza, de escritório e almoxarifado, cuido da agenda dos sócios, faço o cartão-ponto, entre outras atividades e gostaria de saber se isso pode ser considerado como desvio de função ou não. E em relação ao horário de almoço, eu só almoço e continuo atendendo as ligações normalmente e recebendo materiais (se chegarem no horário de almoço), como se estivesse em horário normal de trabalho.

  • Rita diz: 13 de novembro de 2014

    Sou registrada como auxiliar de escritório, no começo minha responsabilidade era de lanças notas fiscais de serviços, emitir Carnê de INSS, solicitar pedido de talões, porém, houve uma demissão e me trocaram de função, realizo exatamente a função da pessoa que saiu, porém não alteraram minha função nem meu salário, sendo que tem uma função que faz a mesma coisa que eu e ganha bem mais.
    Como faço para provar esse excesso de função?

  • tiago diz: 13 de novembro de 2014

    olá, trabalho a 6 anos na mesma empresa como técnico em informatica e ganho R$ 850 mais os descontos, mas só assinaram minha carteira a 4 anos a trás. Quais meus direitos, a algum órgão que fiscaliza salários compatíveis com o tempo e a função do trabalhador na área de informatica?

  • waltieilly diz: 13 de novembro de 2014

    Olá sou vigilante trabalho para uma empresa de segurança privada que presta serviço de segurança em um aeroporto. trabalho das 06:00 as 17:00 porem das 10:00 da manhã as 17:00 da tarde fico na porta da sala de embarque lendo cartão de embarque de passageiros. nesse caso pode ser considerar desvio de função?

  • gustavo diz: 14 de novembro de 2014

    traba em temperas de acido sulfurico em uma fabrica de bateria, quero saber em que funsoa eu me encaixo?

  • Monique diz: 17 de novembro de 2014

    Sou registrada como recepcionista, porém a 7 meses estou no setor de Marketing, faço cadastro de fichas no site, altero e coloco fotos no sistema e no site, faço relatórios de valores mensais e não recebi alteração na carteira de cargo e nem de valor. Isso é desvio de função.

  • Sandra diz: 17 de novembro de 2014

    Bom dia!

    Na última empresa que trabalhei passei em torno de 13 meses e fui contratada para a função de assistente administrativo, porém, também tinha que supervisionar equipes de telemarketing e trabalhava para uma empresa terceirizada que prestava serviços à uma grande rede de banco, porém, a gerência do banco também me ligava para cobrar produção e supervisão da equipe, além das outras atividades que exercia. Gostaria de saber em que se enquadra essa situação.

  • mariana diz: 17 de novembro de 2014

    Boa tarde trabalho em uma grande empresa no Brasil e com essa nova lei dos trinta porcentos para todos os trabalhadores que exercem a função em cima de uma moto gostaria de saber se eu tenho direito pois a função é a mesma pra 30 funcionários sendo que 3 não trabalham encima da moto.essas tres teriam o direito de receber os 30% já que na carteira a função é a mesma?obrigado aguardo resposta.

  • Juciara Sousa diz: 17 de novembro de 2014

    Oi! Minha carteira foi assinada como recepcionista, quando na verdade eu era Telefonista de um hospital. Onde telefonista tem carga horária menor e salário um pouco maior. Posso entrar na justiça como desvio de função?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 17 de novembro de 2014

    Oi, Mariana! A diferença de valor só vale para quem comprovadamente usa a moto como parte da sua atividade de trabalho. Dá mais uma olhada aqui neste link para tirar tuas dúvidas.

  • Jefer diz: 20 de novembro de 2014

    Trabalho em um supermercado exerço a função de conferente só que minha carteira é assinada como uma categoria de salario mais baixo, isso é um desviu de função como devo proceder se for o caso?

  • Alexandre Batista Cardoso diz: 21 de novembro de 2014

    Por 2 anos fui Técnico de segurança da atual empresa que trabalho,porém realizava contratação de pessoas,assinava ctps ,compra de materiais,fazia folha de ponto,relação de horas extras,locava equipamentos,envio de notas fiscais,tenho e-mais e documentos que comprovam tudo isso,de acordo com NR-04,o técnico de segurança têm que dedicar 8 hs diária para as atividades de técnico de segurança,além disso o art. 6º do Decreto n.º 92.530, de 9 de abril de 1986,determina quais são as atribuições do técnico de segurança,gostaria de saber se isto se configura desvio de função,ou talvez acumulo de função? e também tenho mais duas dúvidas,fui transferido para outro estado,o qual trabalhei 11 meses,depois regressei para o estado anterior,neste caso tem direito ao acréscimo de 25% sobre o salário a título de transferência? e por fim a última dúvida,após os 2 anos como técnico fui promovido a encarregado de setor de obras,pesquisei o cbo,e pelo que entendi está ligada a construção civil,porém trabalho com metal,tubos,é área industrial e não têm haver com construção civil,na mesma empresa,em outra localidade,tem pessoas que fazem o mesmo trabalho que eu faço,porém estão registrado como encarregado de tubulação,neste caso judicialmente eu posso pleitear equiparação salarial,ou quem sabe desvio de função?Me oriente por favor.

  • Marcos diz: 21 de novembro de 2014

    Por 3 anos a empresa usa minha conta bancária,para depositar dinheiro para compra de materiais,por algumas vezes usou para pagamento de rescisão,pagamento de salario de funcionário,e pagamento de vale transporte e alimentação,e nunca arcou com nenhuma tarifa bancária,tenho e-mail provando que pedi para não ser depositado,mas eles continuaram a depositar,para não perder emprego deixei de questionar,gostaria se posso processar a empresa por isso,e cobrar o ressarcimento das despesas bancárias ou outros direitos?

  • João Paulo diz: 21 de novembro de 2014

    Caso eu consiga na justiça prova o desvio de função ou acumulo de função,a minha rescisão deve ser paga considerando inclusive o essa diferença sobre as horas extras pagas no período em que desenvolvi outras funções ou acumulo de funções,neste caso implicaria poderia implicar também o ressarcimento sobre a quantia que não entro no imposto de renda?pergunto por que se eu caso sendo provado acumulo ou desvio de função,consequentemente haverá reparação financeira retroativa no salário, e nas horas extras,porém isso se configurando implica que houve uma perda no valor a ser declarado no imposto de renda,neste caso também posso pleitear judicialmente reparação financeira retroativa no imposto de renda?a ser pago pela empresa?

  • Franciany Rocha diz: 21 de novembro de 2014

    Cobri 15 dias de férias de uma pessoa que tem a mesma função que eu só que,em outra unidade que não é a que fui contratada.Tenho direito de receber metade do salário dela mesmo trabalhando dentro da minha carga horária de trabalho?Combinaram comigo e com minha colega de cobrir as férias da outra e dividir o salário dela conosco,me pagaram mas não pagaram ela,agora querem descontar este valor no meu salário porque contei pra minha colega que me pagaram.Como devo proceder caso isso aconteça?
    Obrigada

  • Franciany Rocha diz: 21 de novembro de 2014

    Cobri 15 dias de férias de uma pessoa que tem a mesma função que eu só que,em outra unidade que não é a que fui contratada.Tenho direito de receber metade do salário dela mesmo trabalhando dentro da minha carga horária de trabalho?
    Obrigada

  • Cáren Cecília Baldo diz: 21 de novembro de 2014

    Jefer, já conversaste com tua chefia direta a respeito deste problema?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 21 de novembro de 2014

    Marcos, a empresa não tem uma conta própria para movimentar esses valores?

  • GERALDO ANTONIO SILVA NETO diz: 21 de novembro de 2014

    Eu Trabalho numa Fazenda na Função de Supervisor de Lavoura . e agora estou trabalhando mais com tratores que não e minha função.oque eu posso fazer posso falar que só vou fazer a minha função ?

  • Cáren Cecília Baldo diz: 21 de novembro de 2014

    Podes conversar com a tua chefia sobre isso, Geraldo.

  • Marcos diz: 21 de novembro de 2014

    A empresa tem conta bancária,mas como a matriz é em Manaus-Am ,e o local de obra é na Bahia,e mesma não me enviou nenhum cartão bancário ou qualquer dados de conta bancaria da mesma,por anos ela usa a minha conta

  • Cáren Cecília Baldo diz: 21 de novembro de 2014

    Eu não acredito que isso esteja certo, Marcos. Seria interessante conversares com um advogado a respeito, ou até mesmo buscar orientações na delegacia do trabalho da tua cidade.

Envie seu Comentário