Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "carteira de habilitação"

Divulgada lista com sorteados pelo programa CNH Social

17 de dezembro de 2013 3

Foi divulgada hoje pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) a lista com os 7 mil selecionados para a primeira edição do programa CNH Social.

Os nomes dos sorteados podem ser conferidos aqui.

Mais de 171 mil pessoas inscreveram-se no programa, que pretende oferecer habilitações sem custo para que pessoas de baixa renda tenham mais oportunidades no mercado de trabalho.

O sorteio das vagas teve coordenação técnica da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs) e foi realizado em duas etapas, por meio do aplicativo da Nota Fiscal Gaúcha. Na primeira etapa, foram selecionados 1.976 candidatos pelas cotas reservadas para mulheres e negros. A segunda etapa ocorreu ontem, 16 de dezembro, e sorteou 5.024 vagas entre todos os inscritos.

As pessoas beneficiadas pelo programa estarão isentas do pagamento de todas as taxas para os serviços de habilitação, dos exames médicos e psicológicos, do curso teórico-técnico, do curso prático de direção veicular e locação de veículos e também dos exames teórico e prático.

Saiba os próximos passos

Entre 17 de dezembro e 31 de janeiro, os candidatos selecionados no sorteio deverão realizar a abertura do processo de habilitação no CFC em que realizaram a inscrição, conforme o serviço e a categoria escolhidos no momento da inscrição.

Além das condições e documentos necessários para a abertura do procedimento de habilitação (Renach) – confira a lista completa abaixo -, o candidato deverá apresentar comprovação de que, à época da abertura do serviço, estava domiciliado no Estado por no mínimo dois anos.

Segunda chamada para vagas que sobrarem

Em caso de não preenchimento de todas as vagas, será realizada uma segunda chamada no dia 7 de fevereiro, com novo sorteio das vagas disponíveis. O candidato convocado em segunda chamada deverá comparecer, entre 10 e 28 de fevereiro de 2014, ao CFC em que realizou a inscrição para abertura de seu processo de habilitação.


CONFIRA OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA QUEM JÁ FOI SORTEADO

Documentos para abertura do Renach

- Carteira de Identidade (original e cópia)
- CPF (original e cópia) – dispensando-se este documento se o número constar na Carteira de Identidade
- Comprovante de residência atual (original e cópia)
- Os CFCs já estão realizando a captura digital de imagens, portanto, NÃO é mais necessário levar fotos

Documentos para acesso ao programa

- Comprovação de que, à época da abertura do serviço, estava domiciliado no Estado de Rio Grande do Sul há no mínimo dois anos.  Serão aceitos os seguintes documentos:

1. comprovante de residência no nome do selecionado – contas de água, luz e telefone – com no mínimo dois anos de postagem.
2. declaração, assinada pelo proprietário/locatário do imóvel onde reside o selecionado, atestando domicílio do candidato há, no mínimo, dois anos. Nesse caso, deve-se apresentar, além da declaração, cópia de documento de identidade e de comprovante de residência no nome do declarante.
3. comprovante de matrícula em qualquer instituição de ensino no Estado do Rio Grande do Sul, com no mínimo dois anos de expedição.
4. contrato de trabalho, contracheque ou documento correlato que comprove vínculo empregatício no Estado há, no mínimo, dois anos.

- Declaração de responsabilidade sobre as informações prestadas e de que conhece e aceita todas as condições de participação do Programa CNH Social (anexo I deste Edital).

Sorteio da CNH Social aconteceu nesta quinta-feira - resultados só serão divulgados no dia 17

12 de dezembro de 2013 9

Foi realizada hoje,  12 de dezembro, a primeira etapa do sorteio da CNH Social, programa do Detran-RS. Foram selecionados os candidatos inscritos para as vagas das cotas reservadas para mulheres e negros. Os beneficiados, no entanto, só serão conhecidos no dia 17 de dezembro, após a segunda etapa do sorteio.

Nesta quinta-feira, foram selecionados 1.976 candidatos pelas cotas, para um total de 3.150 vagas disponíveis. As 1.174 vagas restantes entrarão no sorteio das vagas gerais, que acontecerá no dia 16 de dezembro, totalizando 5.024 oportunidades para primeira habilitação, mudança e adição de categoria.

Segunda chamada

O sorteio, que tem coordenação técnica da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs), é realizado por meio do aplicativo da Nota Fiscal Gaúcha. São usados números de referência da Loteria Federal, que fazem correspondência com o CPF dos inscritos homologados.

A listagem com os nomes dos selecionados será divulgada na terça-feira, 17 de dezembro, no Diário Oficial do Estado e no site www.detran.rs.gov.br, conforme cronograma do edital.

Em caso de não preenchimento de todas as vagas, será realizada uma segunda chamada no dia 7 de fevereiro, a partir de um novo sorteio das vagas disponíveis.

Amanhã: sorteio da CNH Social acontece nesta quinta-feira

11 de dezembro de 2013 12

Amanhã, 12 de dezembro, acontecerá o primeiro sorteio do programa CNH Social, do Detran-RS, que irá possibilitar a confecção de 7 mil carteiras de habilitação gratuitas para a população de baixa renda.

Nesta quinta-feira, serão sorteadas as vagas destinadas à população negra e às mulheres – estas últimas que formam a maioria dos 171.194 inscritos: 77% são do sexo feminino – ou 132 mil inscritas. Destas, 125,5 mil se candidatam às vagas para tirar a carteira de motorista pela primeira vez.

Na próxima segunda-feira, dia 16 de dezembro, acontecerá o sorteio geral, que inclui todos os inscritos não selecionados na primeira etapa, para todas as vagas não preenchidas por meio das cotas.

Sob o comando da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs), será usado para o sorteio o mesmo aplicativo da Nota Fiscal Gaúcha, seguindo regras idênticas de aleatoriedade, segurança e auditoria daquele programa. A geração dos bilhetes será feita conforme os números da loteria federal.

As listas de correspondência entre o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos inscritos homologados e o número dos bilhetes será divulgada previamente pelo Detran-RS, garantindo o sigilo da identidade do candidato.

A divulgação oficial do resultado será no dia 17 de dezembro, no site do Detran-RS.

Mulheres que querem tirar a primeira habilitação formam maioria dos inscritos no programa CNH Social

04 de dezembro de 2013 0

O programa CNH Social, que oferece 7 mil vagas gratuitas para a confecção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), caiu na preferência das mulheres. Do total de 171.194 inscritos, 77% são do sexo feminino – ou 132 mil inscritas. Destas, 125,5 mil se candidatam às vagas para tirar a carteira de motorista pela primeira vez.

A habilitação para as categorias A e B representou 90% das inscrições do programa (mais de 154 mil). O programa garante 50% das vagas de mudança de categoria para as mulheres, levando em conta os maiores índices de desemprego, qualidade das ocupações e diferença na remuneração. A previsão do edital era de 2,1 mil vagas para mulheres, sendo que o número de interessadas foi de 2.134.

Os municípios com o maior número de inscritos são Porto Alegre (19.857), Bagé (5.438), Pelotas (5.258), Canoas (4.786), Santa Maria (4.485), São Leopoldo (4.236), Caxias do Sul (3.791), Uruguaiana (3.465), Alegrete (3.291) e Ijuí (3.161).

O sorteio dos candidatos acontecerá em duas etapas, nos dias 12 e 16 de dezembro, sob o comando da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs). O aplicativo usado será o mesmo da Nota Fiscal Gaúcha, seguindo regras idênticas de aleatoriedade, segurança e auditoria daquele programa.

A geração dos bilhetes será feita conforme os números da loteria federal. As listas de correspondência entre o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos inscritos homologados e o número dos bilhetes será divulgada previamente pelo Detran-RS, garantindo o sigilo da identidade do candidato.

O sorteio será realizado em duas etapas. No dia 12, serão sorteadas as vagas destinadas à população negra e às mulheres. E, no dia 16, será o sorteio geral, que inclui todos os inscritos não selecionados na primeira etapa, para todas as vagas não preenchidas por meio das cotas. A divulgação do resultado será no dia 17 de dezembro, no site do Detran-RS.

CNH Social: inscrições até sexta-feira

27 de novembro de 2013 15

Atenção, interessados em tirar a carteira de motorista sem custos: o programa CNH Social, do Detran-RS, terá seu último dia de inscrições na próxima sexta-feira, 29 de novembro.

O objetivo do programa é possibilitar melhores oportunidades profissionais à população de baixa renda, a partir da certificação proporcionada pelo documento. Serão oferecidas 7 mil habilitações gratuitas, por sorteio. Os selecionados passarão pelas aulas e testes, mas não precisarão pagar por nenhuma das etapas.

Quem pode

Para concorrer, é preciso estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Além disso, é necessário ter pelo menos 18 anos de idade, ser morador do Rio Grande do Sul há pelo menos dois anos e ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.034), ou de até dois salários mínimos (R$ 1.356) para desempregados há mais de dois anos.

Metade das vagas de mudança de categoria será destinada às mulheres, e 15% do total, à população negra.

Divisão

Os benefícios serão distribuídos a seguinte forma: 1,4 mil para primeiras habilitações, 1,4 mil para adições de categoria e 4,2 mil para mudanças de categoria. Destas, 840 são destinadas à mudança para categoria C, 2.940 à mudança para categoria D, e 420 à mudança para categoria E.

É possível habilitar-se pela primeira vez para dirigir moto (categoria A) ou carro (categoria B). Na adição de categoria, será permitido à pessoa que já tem habilitação para carro (categoria B) habilitar-se para conduzir moto (categoria A) e vice-versa.

Já quem pretende solicitar a mudança de categoria devem ser motoristas com CNH categoria B (carro) que poderão habilitar-se para dirigir veículos de transporte de carga (categoria C) e veículos de transporte de passageiros (D). Para a categoria C, é necessário ter pelo menos um ano de categoria B e, para a categoria D, dois anos de categoria B e 21 anos completos. Motoristas com as categorias C e D poderão habilitar-se para dirigir veículos articulados de transporte de carga e/ou passageiros (categoria E). Habilitados na categoria C devem ter um ano de habilitação nesta categoria para habilitarem-se à categoria E.

Não poderão participar da seleção aqueles que já estão com serviço de habilitação aberto no Detran-RS, nem quem cometeu crimes na condução de veículo ou teve a CNH ou a Permissão para Dirigir cassada ou suspensa.

Como se inscrever

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pessoalmente nos Centros de Formação de Condutores (CFC). Confira a lista completa com os endereços de todos os CFCs aqui.

Os candidatos deverão apresentar, no momento da inscrição, documento de identificação oficial com foto, Número de Identificação Social (NIS) e indicar o serviço de habilitação, a categoria pretendida e o número da Carteira Nacional de Habilitação, se houver.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas neste link.

Detran-RS reabre concurso público para 216 vagas

14 de junho de 2013 0

O novo edital do concurso público do Detran-RS para preenchimento de 216 vagas de nível médio, técnico e superior foi publicado hoje, 14 de junho, no Diário Oficial do Estado. O concurso estava suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) desde 26 de fevereiro.

De acordo com a assessoria de imprensa do TCE-RS, o relatório técnico destacava, entre outras questões, a existência de desproporcionalidade na tabela de pontuação de títulos. A Carteira Nacional de Habilitação de categoria E, segundo exame dos auditores do TCE-RS, possuía o dobro da pontuação máxima de dois cursos de pós-graduação em área distinta da de trânsito.

De acordo com o Detran-RS, no novo edital (04/2013), foram realizadas as adequações sugeridas pelo Tribunal, com mudanças em dois pontos, somente para o cargo de técnico superior. Saíram da pontuação por títulos as categorias de Carteira Nacional de Habilitação e o curso de instrutor de trânsito. O novo edital inclui, entretanto, a exigência de dois anos de habilitação nas categorias B, C, D ou E (e suas combinações), e a obrigatoriedade de participação, após o ingresso, em curso de formação para exercer a função de examinador de trânsito.

O edital abre novo prazo para inscrições, hoje até 8 de julho, no site www.fundatec.org.br. A taxa de inscrição para cargos com exigência de escolaridade superior é de R$ 137,19 e, para nível de escolaridade médio e médio/técnico, R$ 60,17.

Os candidatos já inscritos não precisam fazer nova inscrição. As provas objetivas estão previstas para o dia 25 de agosto, em Porto Alegre. Todas as alterações no edital estão grifadas em vermelho.

Sobre o concurso

As vagas de técnico são para as áreas de Informática, Redes de Computadores e Mecânica. Entre os cursos superiores, serão selecionados profissionais de Administração, Análise de Sistemas, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Estatística, Medicina e Secretariado Executivo para os cargos de Técnico Superior Administrativo e Técnico Superior em Trânsito. Para o cargo de técnico superior, exige-se qualquer curso superior.

Com jornada de trabalho de 40 horas semanais, os candidatos nomeados poderão ser designados para exercer suas atribuições na sede do Detran-RS, em Porto Alegre, ou em qualquer outro município do Estado. Os salários básicos variam de R$ 1.672,92 para assistente administrativo e operacional (nível médio), R$ 1.939,11 para auxiliar técnico (nível técnico) e R$ 4.724,35 para técnico superior (nível superior). E são acrescidos de até 20% correspondentes à Gratificação de Produtividade Trânsito (GPT), sobre o vencimento básico do grau A do respectivo cargo. A gratificação é proporcional, condicionada ao alcance das metas institucionais.

Confira aqui o novo edital.

Projeto cria nova categoria de habilitação para condução de tratores

03 de maio de 2013 1

A Câmara dos Deputados analisa projeto que cria uma nova categoria de habilitação para flexibilizar a autorização para condução de tratores e outros equipamentos pesados. De acordo com a proposta (PL 4993/13), do deputado Ademir Camilo (PSD-MG), a nova categoria de habilitação (F) será destinada ao operador de trator de roda, trator de esteira, trator misto ou ao operador de equipamento automotor destinado à movimentação de cargas ou à execução de trabalhos agrícolas, de terraplanagem, de construção ou de pavimentação.

Atualmente o Código de Trânsito Brasileiro reconhece cinco categorias de habilitação (de A a E), confira:

– A: condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral;

– B: condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não supere os 3,5 mil kg e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista;

– C: condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a 3,5 mil kg;

– D: condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros cuja lotação exceda a 8 lugares, excluído o do motorista;

– E: condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas Categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque ou articulada, tenha mais de 6 mil kg de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a 8 lugares, ou seja enquadrada na categoria trailer.

Limitação

Atualmente, os veículos previstos na eventual categoria F só podem ser conduzidos na via pública por condutor habilitado nas categorias C, D ou E.

- Essa situação traz inúmeras dificuldades para o acesso do trabalhador operador de máquinas e equipamentos da Construção Pesada – acredita o deputado, que complementa:

- Por outro lado, essas áreas do mercado de trabalho têm falta de mão-de-obra qualificada, o que significa prejuízo para as empresas do setor e para o país como um todo, considerando a perda de produtividade e o atraso em obras importantes.

A proposta também determina que o Contran estabelecerá os procedimentos para a certificação de operadores de máquina e equipamentos. Quem tiver essa certificação poderá operar os veículos da categoria F dentro dos limites de propriedade particular.

O Ministério do Trabalho também participará desse processo, sendo facultado o credenciamento de sindicatos de trabalhadores da construção pesada e central para a realização da aprendizagem e dos respectivos exames. A lei entrará em vigor 90 dias depois de sua publicação.

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Viação e Transportes e Constituição e Justiça e de Cidadania.

(Agência Câmara de Notícias)