Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Microcrédito"

Canoas: microcrédito cultural até hoje

15 de julho de 2014 0

Termina hoje o prazo para que artistas ou grupos artísticos de Canoas inscrevam os seus projetos no Programa Microcrédito Cultural 2014. O programa objetiva o estímulo a projetos culturais desenvolvidos por artistas de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

Vale para pessoas físicas ou jurídicas sem fins lucrativo e destina-se a artistas e/ou grupos artísticos, preferencialmente iniciantes, que promovam a arte e a cultura no município.

Serão destinados R$ 4 mil a cada um dos 50 projetos selecionados, de diferentes linguagens artísticas. Os incentivos serão concedidos a trabalhos voltados para música, dança, artes visuais, artes cênicas, tradição ou folclore.

SAIBA MAIS

Os projetos podem ser enviados à Central de Atendimento ao Cidadão, na Rua Ipiranga, 120, Centro. Mais informações pelo telefone 3466-7039 ou pelo email atendimentocidadao@gmail.com.

Canoas: microcrédito cultural tem inscrições prorrogadas

09 de julho de 2014 0

Até o próximo dia 15 de julho, artistas ou grupos artísticos iniciantes de Canoas podem inscrever projetos no Programa Microcrédito Cultural 2014. O prazo, que iria até 25 de junho, foi prorrogado e publicado no site www.canoas.rs.gov.br.

O Programa Microcrédito Cultural objetiva o estímulo a projetos culturais desenvolvidos por artistas de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). O programa incentiva pessoas físicas ou jurídicas sem fins lucrativos a realizar projetos artístico-culturais. Ele destina-se a artistas e∕ou grupos artísticos, preferencialmente iniciantes, que promovam arte e cultura na cidade.

Serão destinados R$ 4 mil a cada um dos 50 projetos selecionados, de diferentes linguagens artísticas. Serão concedidos incentivos a trabalhos voltados para música, dança, artes visuais, artes cênicas, tradição ou folclore.

Como encaminhar projetos

Os projetos podem ser enviados à Central de Atendimento ao Cidadão, que fica na Rua Ipiranga, 120, no Centro. Mais informações pelo telefone 3466-7039 ou pelo email atendimentocidadao@gmail.com.

Microcrédito na Vila Cruzeiro, em Porto Alegre

05 de junho de 2014 0

Nesta sexta-feira, dia 6 de junho, o projeto Smic Perto de Você oferecerá orientações sobre microcrédito na Vila Cruzeiro, em Porto Alegre. A equipe ficará na creche Boa Esperança (Rua Osmar Santos Freitas), das 16h às 18h.

O microcrédito é uma linha de financiamento voltada a micros e pequenos empresários interessados em abrir uma empresa ou melhorar um negócio. Podem solicitá-lo pessoas físicas ou jurídicas, formais ou informais e empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte de forma individual ou associativa.

O sistema funciona com valores que vão de R$ 4 mil a R$ 15 mil.

Mulheres são as que mais procuram o microcrédito

22 de dezembro de 2013 0

As mulheres são as que mais procuram o microcrédito para investir em pequenos negócios. No banco Santander, o percentual de participação feminina é de 69%. No Banco do Brasil, 57% dos clientes do segmento são mulheres. A presença feminina (65%) também supera a masculina no Banco do Nordeste.

Para o superintendente de Microcrédito do Santander, Jerônimo Ramos, as mulheres sabem gerenciar melhor os pequenos negócios do que os homens.

- Elas têm um comportamento melhor que os homens na hora de pagar – diz.

O diretor de Desenvolvimento Sustentável e Microfinança do Banco do Nordeste, Stélio Gama Lyra, destaca que as mulheres têm mais dificuldades de conseguir emprego.

- Elas precisam de horário flexível e assim podem cuidar da família. São sacoleiras, cabeleireiras, vendedoras de cosméticos – conta.

Sem dinheiro para pagar babá

Esse é o caso da revendedora de cosméticos Jualice Pereira Lobato, 44 anos. Ela tem três filhos é há nove anos vende os produtos.

- Eu precisava de uma atividade em que tivesse tempo para ficar em casa. Nunca pude trabalhar fora porque não podia deixar meus filhos com qualquer pessoa, e pagar uma babá sai caro – destaca.

Jualice conta que conheceu o microcrédito em uma reunião de revendedoras, quando um representante de um banco apresentou o produto. Para ter acesso ao crédito, foi necessária a criação de um grupo solidário, formado por pessoas de confiança para pegar o empréstimo e assumir o pagamento. No início, eram três vendedoras, e agora são sete. No primeiro empréstimo, cada uma pegou R$ 800. O mais recente ficou em R$ 6 mil para cada uma.

- A gente paga um boleto só dos empréstimos das sete vendedoras – explica Jualice.

Comércio de roupas lidera empréstimos

De acordo com Jerônimo Ramos, 95% dos clientes de microcrédito do banco pagam os empréstimos em dia. No Santander, o valor médio do empréstimo é R$ 2,3 mil, e o pagamento leva o tempo médio de oito meses. A maior parte do dinheiro vai para o comércio de roupas, 25%, seguido por pequenos mercados de bairro (21%) e indústria da beleza (16%), como a revenda de cosméticos, salões, entre outros.

No Banco do Nordeste, o valor médio dos empréstimos é R$ 1,222 mil. O prazo médio para pagamento do empréstimo é 19 meses, no caso de investimentos, como compra de máquinas e reformas, e oito meses, quando o dinheiro é aplicado no capital de giro (usado no dia a dia do negócio, como compra de produtos).

(Com informações da Agência Brasil)

Essa vai para a Vila Dique: microcrédito para empreendedores da região

03 de dezembro de 2013 0

Durante o dia de hoje, equipes da Smic de Porto Alegre estarão na Vila Dique para oferecer financiamento a juros baixos para quem quer abrir uma pequena empresa ou melhorar seu negócio. O atendimento será das 11h às 18h na Rua Bernardino Silveira Amorim, 557.

Também serão fornecidas informações relativas à formalização de pequenos empreendimentos, sobre como conseguir alvará de localização e funcionamento e orientações sobre os direitos do consumidor.

Saiba mais

* O microcrédito é um financiamento com juros de 0,41% ao mês para pessoas físicas ou jurídicas interessadas em abrir uma pequena empresa ou melhorar seu negócio.

* O crédito para pequenos empreendedores é oferecido pela prefeitura, por meio da Smic, em parceria com Banrisul, Caixa e Banco do Brasil.

* O sistema funciona com empréstimo de pequenas quantias, entre R$ 100 e R$ 15 mil, para empreendedores individuais, microempresários e produtores rurais, que pode ser utilizado para capital de giro, compra de materiais e investimentos.

* Mais informações podem ser solicitadas pelo telefone 3289-4825 ou e pelo e-mail microcredito@smic.prefpoa.com.br.

Zona Norte: microcrédito para atingidos pela cheia

08 de outubro de 2013 0

Os micro e pequenos empreendedores do Bairro Sarandi, em Porto Alegre, que foram atingidos pelo rompimento de um dique em agosto deste ano, terão acesso a linhas de microcrédito para recomeçar suas atividades.

A Portosol, instituição comunitária de crédito, dá início hoje às operações de empréstimo para empreendimentos formais ou informais que necessitem de recursos para investir em sua atividade, como aquisição de mercadorias, matéria-prima, equipamentos ou reforma, por meio do Programa Gaúcho de Microcrédito.

Diretor da Portosol, Cristiano Mross explica que qualquer empresa ou pessoa que trabalhe por conta e fature até R$ 120 mil por ano poderá se habilitar ao crédito.

Hoje, haverá uma solenidade de entrega do crédito aos sete primeiros pré-selecionados.

Saiba mais

Os empréstimos do microcrédito vão de R$ 100 a R$ 15 mil, com juros mensais de 0,41% e pagamento em até 24 vezes. O crédito pode ser individual, com avalista ou grupo solidário (de três a cinco empreendedores).

Como solicitar

Interessados em pedir o microcrédito devem comparecer ao escritório da Portosol na Zona Norte: Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 3140, loja 9

O horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 13h às 17h30min.

Mais informações: 3366-1709.

Estudantes do Pronatec poderão solicitar microcrédito em Porto Alegre

09 de julho de 2013 0

A Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego (SMTE) está promovendo encontros voltados ao Empreendedorismo com formandos dos cursos do Pronatec. Os estudantes recebem informações sobre as linhas de crédito disponíveis para quem deseja se estabelecer como prestador de serviço ou microempresário.

As parcerias são feitas com a Caixa Econômica Federal e seu Programa Nacional de Microcrédito e, também, com o Banrisul e seu Programa Gaúcho de Microcrédito.

O objetivo é que as pessoas tenham melhores condições de trabalho, ainda que em casa, com melhorias no espaço, aquisição de equipamentos e produtos, com os recursos disponíveis para capital de giro a juros a partir 5% ao ano.

Silvia Maria Kaiser, supervisora de Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa, informa que são oferecidas linhas de crédito de R$ 4 mil e R$ 8 mil em seis e 12 meses, respectivamente, com pagamento em parcelas fixas.

As condições são de que o candidato tenha faturamento de até R$ 120 mil ao ano, tenha pelo menos 18 anos, não tenha restrição cadastral e passe pela análise de crédito. Roberto Zimmer, gerente executivo da Unidade Microcrédito do Banrisul, explica que o banco oferece financiamentos de R$ 100 a R$ 15 mil em 12 meses, por meio do agente Portosol, em Porto Alegre.

Microcrédito na Vila Brás, em São Leopoldo, neste sábado

14 de junho de 2013 0

A prefeitura de São Leopoldo lançará o Programa Municipal de Microcrédito Mão na Roda para os moradores da Vila Brás. O lançamento será amanhã, 15 de junho, às 9h30min, na sede da Associação dos Moradores da Vila Brás (Avenida Leopoldo Wasun, 984).

Oficializada a regionalização do microcrédito, agentes vão prestar atendimento em espaço cedido pela Associação todas as segundas-feiras, das 13h30min às 16h30min. A primeira ação está agendada para segunda-feira, dia 17 de junho. No local, os empreendedores vão encontrar todas as informações sobre como captar recursos para incrementar os negócios.

Conforme as regras do Programa Gaúcho de Microcrédito, a primeira operação de empréstimo é de no máximo R$ 4 mil, valor que é liberado se o contratante não tiver histórico de inadimplência.

Caem juros do microcrédito

04 de junho de 2013 0

Já está valendo a nova taxa anual de juros para o Microcrédito Produtivo Orientado, programa do governo federal. Desde ontem, o valor, que era de 8%, caiu para 5% quando o empréstimo for solicitado nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

- A questão dos pequenos negócios é imprescindível para o futuro e o presente do país – justificou a presidente Dilma Rousseff no início de maio, ao anunciar a redução dos juros do programa de financiamento indicado para microempreendedores individuais.

Os empréstimos podem ser solicitados até um limite de valores (veja no quadro abaixo). Na Caixa, não é necessário ter avalista para retirar os valores – o que simplifica bastante o processo.

Quanto ao microcrédito orientado oferecido pela prefeitura de Porto Alegre, até ontem não havia uma definição sobre a mudança na taxa de juros, de acordo com a assessoria de imprensa da Smic. Também não estava determinado um prazo para que essa decisão fosse tomada.

Fique por dentro do programa

Como funciona

São empréstimos de pequenas quantias, de até R$ 15 mil, com taxa de 0,40% ao mês, para pessoas físicas ou jurídicas empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte, com faturamento bruto anual de até R$ 120 mil.

O pagamento pode ser feito em até 18 meses.

No que o dinheiro pode ser utilizado

Para fomentar capital de giro e dar liquidez ao negócio, efetuar compra de materiais ou insumos e para fazer investimentos, como ampliação da loja.

Como fazer

Procure uma agência do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.

Governo anuncia redução nos juros para microempreendedores

06 de maio de 2013 0

A presidente Dilma anunciou hoje, 6 de maio, que a taxa de juros para microempreendedores vai cair de 8% para 5% ao ano. A mudança no Programa de Microcrédito Produtivo e Orientado, o Crescer, está prevista para o fim deste mês.

- Eu desconheço qualquer país do mundo que, em tão pouco tempo, realizou uma mobilização dessa envergadura para formalizar, por um lado, e apoiar dando crédito a esse conjunto de empreendedores – declarou, ao comentar os resultados do Microempreendedor Individual (MEI), que deve alcançar a marca de 3 milhões de cadastrados nos próximos dias.

(Com informações da Agência Brasil)