Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lombada eletrônica na BR-470, em Gaspar, amanhece danificada

18 de janeiro de 2012 4

Um das seis lombadas eletrônicas existentes em três trechos da BR-470, em Gaspar, amanheceu esta quarta-feira danificada. Quem passa pelo local percebe que o equipamento que fica no Km 39 está inclinado. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local nesta manhã, mas desconhece os motivos de a lombada ter sido atingida.

Equipamento fica no Km 39 (Foto: Artur Moser)

Apesar dos danos, o equipamento, que fica no sentido Litoral/Oeste do Estado, opera normalmente e marca a velocidade dos veículos. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) de Rio do Sul, que responde pelo trecho, foi procurado pela reportagem, mas o engenheiro responsável Eliffas Marques não foi encontrado na unidade.

Comentários (4)

  • arno scharf diz: 18 de janeiro de 2012

    Boa tarde !
    Gostei. Estou até pensando em comprar um caminhão velho para atropelar as demais de ré é claro.Infelizmente estamos num país de quinto mundo e ninguém pensa no prejuízo que estas lombadas trazem ao progresso. Enquanto isso o Prefeitinho de Gaspar não consegue acabar as casas doadas pelos Árabes – estão se acabando abandonadas. É uma vergonha.
    SDS – Arno Scharf
    auditor
    Blumenau/SC.

  • arno scharf diz: 18 de janeiro de 2012

    EM complemento tenho a dizer que o trevo de Gaspar é que foi feito errado. Onde já se viu o cara sair numa BR e entrar no meio da pista para esperar entrar na mesma ? ? ? Confunde qualquer um, muito mais os Navalhas que andam as soltas nas BRS.
    É coisa de engenheiro pouca prática ou fraquíssimo igual a Senadora. Aliás a DILMA não iria fazer uma limpa no DNIT. Já vem tarde.
    SDS – Arno Scharf
    auditor
    Blumenau/SC.

  • Dieter diz: 19 de janeiro de 2012

    Arno Scharf, se colocar lombadas em uma BR é coisa de país de quinto mundo, é porque o povo que aqui habita é de sexto. Não adianta falar que em regiões de grande fluxo com saídas/entradas de cidades (perímetro urbano), onde carros podem cruzar a via, o motorista deve diminuir a velocidade para garantir a segurança de ambos. O povo aqui só cumpre algo quando é obrigado, você que é auditor deve saber muito bem disso. Claro que a grande maioria só vai andar em baixa velocidade para passar na lombada, porque “Meu Deus, isso aqui é uma BR, não faz sentido eu andar a 60km/h”, eu sei disso e pensar assim só comprova o pensamento pequeno/egoista de povo de sexto mundo.

    Antes de dar ré nas lombadas, lembre que foi você que ajudou a pagá-la e uma hora poderá ser você precisando cruzar a BR. Você vai querer fazer isso com segurança sem querer que venham carros a 140km/h. Certo?

  • Frank diz: 5 de abril de 2012

    Eu estava passando no local, foi uma carreta que estava dando a ré e não viu o radar.

Envie seu Comentário