Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Especialista aponta hipóteses que podem ter causado problema no asfalto do Viaduto da Via Expressa

23 de fevereiro de 2012 14


A liberação do trânsito no Viaduto da Via Expressa, no fim da tarde desta quinta-feira, deixou motoristas aliviados. Resta agora descobrir as causas das falhas no asfalto, que apareceram um dia depois da entrega da obra, e provocaram a interdição do local para o conserto, quarta-feira. A previsão é de que a origem do defeito — importante para evitar a repetição do problema — seja confirmada em 30 dias, quando ficará pronto o laudo dos materiais enviados para análise de laboratório.

Aberto ao tráfego sábado de manhã, um trecho de 15 metros apresentou deformação, formando um buraco e ranhuras na última curva da alça de saída rumo à BR-470, no sentido Blumenau-Indaial. Seriam três as possíveis causas do defeito, segundo o professor e engenheiro de tráfego José Nuno Wendt, que a pedido do Santa, avaliou as fotos feitas no local quarta-feira. Para o especialistas, um problema de drenagem seria a mais provável origem do problema que levou à substituição do asfalto:

— Olhando as imagens, parece haver água escorrendo da massa asfáltica e uma mancha escura, que parece ser umidade. Se realmente houver água vertendo do pavimento, então o problema é a drenagem.

FOTO: Jandyr Nascimento

Obra ficou pronta nesta quinta-feira (FOTO: Jandyr Nascimento)

Caso seja esta a falha, Wendt explica que a solução seria implantar valas abertas ou fechadas, mas com drenos subterrâneos. Assim, haveria captação e remoção de água. O secretário municipal de Obras, Alexandre Brollo, não descarta a possibilidade do problema estar na drenagem, mas considera a hipótese a menos provável:

— A falha ocorreu nas duas camadas superiores do asfalto. Não chegou a mexer na base da estrutura.

A ligação entre as duas primeiras camadas asfálticas pode ter dado origem ao defeito na opinião de Brollo. A hipótese coincide com a segunda provável causa apontada por Wendt: uma falha na preparação dos componentes da massa asfáltica teria provocado as deformações.

— A colocação de um dos produtos de forma errada pode prejudicar o asfalto e causar problemas futuros, como o que ocorreu — justifica o especialista.

Wendt avalia também que a má execução do serviço pode ter provocado o problema. Engenheiro da SulCatarinense, empresa responsável pela construção do viaduto, André Moretti disse que apenas a prefeitura estava autorizada a manifestar-se sobre o caso. A empreiteira terminou ontem a recuperação asfáltica. A base do asfalto foi reforçada e as camadas superiores refeitas. Brollo espera que nenhum problema novo apareça:

— Sempre pode acontecer algo que não estamos esperando, mas acredito que dessa vez o viaduto esteja 100%.

O contrato entre a SulCatarinense e a prefeitura prevê uma garantia de seis meses a partir da data de entrega do viaduto. Com isso, todas as despesas geradas pelo defeito terão de ser arcadas pela empreiteira.


Comentários (14)

  • cleber silveira diz: 23 de fevereiro de 2012

    oi
    olha aquele problema no asfalto no viaduto da via expressa
    e uma obra mal feita pq ali proximo tinha um tipo de lagoa algo meio parecido
    o que fizeram vez de tirar aquele lodo que fizeram so jogaram barro dentro
    o asfalto ja danificou em so ser usado no feriado imagina quando for em dias normais
    de trabalho valeu abraco

  • André diz: 24 de fevereiro de 2012

    Só mais uma obra pública mal feita como outras tantas.
    Viaduto invertido, ciclo vias sobre calçadas, faixa de onibus só onde não precisa investir muito, etc, etc, …

  • Claudio diz: 24 de fevereiro de 2012

    Ou seja, a construtora vai fazer de tudo para que nos próximos 6 meses nada aconteça.
    E se acontecer depois de 6 meses nosso IPTU quem paga!!!!!

    Aposto que até final do ano teremos mais uma via de acesso de Blumenau cheia de buracos e falhas!

  • antonio siebert dos santos diz: 24 de fevereiro de 2012

    o santa na internet é completo não precisa pagar ao contrario de um tal diarinho dequi de itajai se não pagar adiantado só fica sabendo das manchetes e algumas besteirinhas o santa ta bom demais

  • Rodrigo diz: 24 de fevereiro de 2012

    Falha de drenagem..só se for no próprio asfalto..pq nem sequer choveu …e o cara diz – Falha drenagem…KKKKKKKKKK..só pode ser mais uma piada….e o povo é quem paga….em vez de investir uma vez e bem investido, contratando uma empresa séria, com produto de qualidade, entre outros, para não precisar ficar depois fazendo remendos e concertos…tudo ficaria bom…mas….no Brasil…praticamente tudo é superfaturado e com mão de obra desqualificada e produtos de má qualidade…dá nisso né..

  • Marcelo diz: 24 de fevereiro de 2012

    É semáforo no centro sem utilidade, viaduto Br 470 que quase não adianta de nada, trânsito intenso para nós que lutamos tanto para comprar carro ( sonhos de consumo ) para que siga possa transitar livremente nos corredores, obras mal executadas como esta ultima .
    O que sera que vem depois antes das eleições ?

  • Renato Medeiros diz: 24 de fevereiro de 2012

    SEIS MESES de garantia numa obra COM ESSE VALOR ?
    Que contrato bom esse né?

    Imagina, você vai comprar um carro de 30mil e tem garantia de 1 ano… Daí você compra uma Ferrari, e te dão garantia apenas de 6 meses…
    Maravilha de contrato. Vou abrir uma empreiteira

  • Walfrido diz: 24 de fevereiro de 2012

    Só quero comentar uma coisa: tudo que é feita às pressas é mal acabado.
    Foi o que aconteceu desta vez no Viaduto Via Expressa.
    Aliás, fora este caso, tenho observado que demais obras realizadas pela Prefeitura não tem começo e nem fim. Sou morador do Bairro Garcia, e uma parte da rua Amazonas foi reurbanizada ou restaurada até a Souza Cruz. Neste trecho, pasmem, não existem limites entre calçadas e a rua. As calçadas simplesmente foram destruídas pelas obras e nunca foram recuperadas. Meio-fio, apenas, lembranças do passado. Em dias de chuvas os pedestres terão que fazer muito esforço para seguir o seu caminho.
    Governo JPK é simplesmente uma lástima, um desastre. Lamenta-se que se tenha tanto descaso com as vidas dos blumenauenses, que sinceramente são gente de muita luta, de muita garra.
    Apenas, queremos que caia fora e nunca mais volte à Blumenau, esse tal de JPK.
    Estamos cansados de tantas explorações e má vontade de nossos políticos em Blumenau, que só pensam em seus umbigos, em seus aumentos salariais.

  • Adagir Saggin diz: 24 de fevereiro de 2012

    Concordo com Rodrigo, falha de drenagem, é piada!!! Quando chover vem tudo para baixo, pois estamos num período seco. Se havia um veio de água, qualquer pessoa de bom censo e responsável trataria o problema.

  • Marcio diz: 24 de fevereiro de 2012

    O “especialista” está precisando de óculos… Vejam neste link do próprio blog http://wp.clicrbs.com.br/transitonovale/2012/02/22/prefeitura-libera-trecho-do-viaduto-da-via-expressa-interditado-a-tarde/?topo=52,2,18,,159,e159 ou procurem a foto que mostra as rachaduras: o que ele pensou ser água foi piche aplicado pela prefeitura, tentando segurar o asfalto no feriadão (informações do próprio Alexandre Brollo).

  • PAULO RAIMAR diz: 24 de fevereiro de 2012

    Quero ver quem vai pagar por isto!!!!!

    Vamos descontar do salário de quem este erro??? Ou vai sobrar pra nosso IPTU pagar esta burrada?
    Por lei a garantia nas estradas não deveria ser de 5 anos???

  • Carlos Henrique diz: 24 de fevereiro de 2012

    E como é que fica esse viaduto e suas alças de acesso quando a VIA EXPRESSA continuar, conforme projeto em andamento?

  • cleber silveira diz: 24 de fevereiro de 2012

    oi amigos
    adagi e rodrigo
    por um lado concordo com eles que foi falha
    de drenagem por que ali tinha algo parecido com uma lagoa
    mais vez eles tirarem o lodo nao fizeram isso
    so jogaram barro dentro pra tampa o buraco porisso que
    foi a falha de drenagem um servico mal feito
    valeu abraco

  • Olegário diz: 10 de março de 2012

    Meuu senhor, quanta besteira falam aqui. Mas opinar todo mundo pode, já que é recurso público, mesmo com essas críticas burras e sem embasamento técnico. Se houve falha, passei lá e vi que foi corrigida. Drenagem? se houvesse falta de drenagem como isso afetaria a capa de asfalto. O que eu vejo é que houve um contratempo na execução, rapidamente detectado e corrigido e pelos responsáveis. E digo mais… Parabéns!!! a todos profissionais que executaram uma obra de grande importância para Blumenau e para a BR-470. Esse viaduto funciona muito bem, nem dá pra comparar com o da MAFISA. 6 meses, vamos nos informar gente. A garantia é muito maior que isso, e pelo que sei da empreiteira, tem muita competência técnica pra garantir isso. Tenho dito

Envie seu Comentário