Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ponte próxima à prefeitura de Blumenau ficará em meia pista por 15 dias

23 de março de 2012 8

A ponte que liga as avenidas Beira-Rio e Martin Luther, no Centro de Blumenau, ficará interditada por 15 dias a partir de segunda-feira, das 8h às 17h. A prefeitura fará trabalhos de reparos na estrutura, que tem o nome de Prefeito Genhard Neufert. A previsão é de que a reforma do estaqueamento da parte superior dure 15 dias.

Durante este período a Guarda de Trânsito estará no local orientando os motoristas. O processo para reforma na ponte foi feito em caráter emergencial e teve o custo de R$ 310 mil. Na parte inferior, a prefeitura concluiu os serviços. A justificativa da Secretaria de Obras é de que as chuvas e enchentes dos últimos anos prejudicaram a estrutura e forçaram a realização da obra.

Comentários (8)

  • Fernando diz: 24 de março de 2012

    porque não reformaram isso qdo fizeram a porcaria do corredor de onibus que ninguem gostou. Blumenau, um atraso de vida.

  • Luiz diz: 24 de março de 2012

    Interditada ou em meia pista?????????????????????????????????????????????????????????????????

  • Harold Danzberg diz: 24 de março de 2012

    Por que não realizar a obra no período da noite?
    Fazer isto das 8 as 17 vai se problema na certa para o trânsito….

  • Felipe diz: 24 de março de 2012

    Que bom que a prefeitura está fazendo a manutenção das pontes da cidade. O colapso de uma dessas pontes importantes seria terrível pra cidade.

  • LUIZ CARLOS GULIAS CABRAL diz: 25 de março de 2012

    Isso é resultado da falta de inspeções e manutenções periódicas.
    Temos insistido nessa questão mas infelizmente o Poder Público é omisso e só toma providências quando ocorre uma tragédia ou ela é iminente. Sem falar nos custos que se elevam astronomicamente.
    Se forem verificar, diversas pontes em Bluemnau necessitam de alguma intervenção em termos de reparo ou reforço estrutural. A ponte na foz do Ribeirão Garcia, por exemplo, está “apodrecendo” e, pelo jeito, somente tomarão uma providência quando ocorrer um acidente grave ou quando for possível decretar uma emergência…
    Luiz Carlos Gulias Cabral
    Engenheiro civil – CREA-SC:3465-5

  • Jair Mohr diz: 26 de março de 2012

    Bom dia se a obra não for emergencial não rende um cascalho como vão fazer uma obra sem lecitação olha o fantastico ai?

  • Dieter diz: 26 de março de 2012

    Ah Luiz Carlos, quanto mais alto o custo, mais alta a gorjeta. Entendes porque sempre deixam pra última hora?

  • Carlos Riekmann diz: 26 de março de 2012

    Sim concordo com o Cabral. Inclusive na ponte da 2 de setembro na Itoupava Norte próximo ao trevo da parada 1, se você inspecionar a ponte por baixo vai verificar que as armaduras estão todas aparentes e com corrosão. Um perigo! Tirando que essa ponde não tem drenagem adequada, em dias de chuva a agua não escoa para fora dela!

Envie seu Comentário