Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Termina cirurgia de mulher ferida em acidente com ônibus

29 de março de 2012 51

Atualizada às 18h

Karina Helena Rodrigues, de 27 anos, motociclista que se envolveu em um acidente com um ônibus no início da manhã desta quinta-feira, já está no Centro de Terapia Intensiva (U.T.I) do Hospital Santa Isabel. A jovem passou por cirurgia, que durou cerca de 10 horas. 

O procedimento teve início logo após a entrada dela no hospital, por volta das 7h45min. O estado de saúde dela é considerado grave.

A batida foi no fim da Rua Antônio da Veiga. O ônibus atravessava a Rua São Paulo para acessar a Rua Desembargador Oscar Leitão. A motociclista atingiu a lateral do ônibus. A jovem teve ferimentos na região da bacia e cortes nas pernas, mas foi levada para o hospital consciente.

Comentários (51)

  • Júlio Cesar Mazzini diz: 29 de março de 2012

    Lamentável, como todos os acidentes que ocorrem diuturnamente em nossa vias públicas. Quanto à culpa, não nos cabe julgar. Cabe-nos, sim, exigir de nossas autoridades melhores investimentos na educação da população, o que implicará em motoristas, motociclistas e pedestres qualificados e conscientes. Só a educação nos proporcionará convívio harmonioso e evitará situações como ésta.
    Júlio.

  • Fernanda Mirela Vargas diz: 29 de março de 2012

    Concordo com o o comentário do Julio. A situação chegou a um ponto de “quase” selvageria! Acredito que conhecimento todos tem, e que, o que falta realmente é gentileza e respeito. Fernanda

  • EDERSON diz: 29 de março de 2012

    REALMENTE É LAMENTAVEL A QUANTIDADE DE ACIDENTES EM BLUMENAU COM MOTOS, TIVE UM ACIDENTE DE MOTO A MAIS DE ANOS ONDE FRATUREI A BACIA, E O DO FRUTO DESSE ACIDENTE FIQUEI COM SEQUELAS ATÉ HOJE O INDIVIDUO FICOU PARADA NA SEGUNDA FAIXA ONDE VIM A COLIDIR COM O MESMO O CIDADÃO PODERIA TER ANDADO MAIS UNS 200 METROS ONDE TEM UMA ROTATORIA MAIS NÃO A IMPRUDENCIA DELE QUASE ME CUSTOU A VIDA MUITOS MOTOQUEIROS TEM CULPA SIM MAIS TEM MUITO CONDUTOR DE CARRO EM BLUMENAU QUE NÃO RESPEITA NADA NEM AO MENOS DÃO SINAL PARA ENTRAR, EM QUALQUER RUA ACHO QUE COM TANTO RIGOR PARA TIRAR A CARTEIRA DE HABILITAÇÃO, MAIS TEM PESSOAS QUE SAEM DA AUTO ESCOLA SEM SABER DIRIGIR É LAMENTAVEL.

  • Zimmermann diz: 29 de março de 2012

    So sei dizer que nunca vi tantos acidentes em Blumenau depois que implantaram os corredores de onibus. Vale a pena todos fazerem um questionamento, nao sobre os corredores, mas a maneira que foram implantados. Blumenau nao tem estrutura para esse projeto, as ruas ficaram super estreitas, ficaram muito mais perigosas do que ja eram. Sera que ninguèm percebe isso?

  • Sidney diz: 29 de março de 2012

    Tenho moto a quinze anos, e ja trabalhei com ela.
    Porem nos anos passados, menos carros, menas motos, mais respeito.
    É facil dizer qe a moto e sempre culpada, e os motoristas?
    Tambem culpados sim…
    Na minha opinião, os mal motoristas deveriam andar de moto uma vez pra saber como e dificil e aprender a respeitar mais as motos.
    Motoqueiros e motociclistas…
    se esbarrao um no outro, se um pingo de educação, paro e conto as motos na sinaleira,
    ja contei 27 motos esperando p sair, se nao cuidar acho que ate te chutao pra sair na frente…
    Porem me sinto com medo e com certeza os motoristas de onibus, nao queren nen saben, são grandes e o resto @#$%@.
    pois é. anden devagar todos se respeitem
    RESPEITEM A VIDA…

  • marcus vinicius diz: 29 de março de 2012

    Se não me engano a sinaleira do fim da Antônio da Veiga está no intermitente hoje depois do almoço passei por lá! melhoras para a moça! :/ vi a foto do acidente dela e como motoqueiro fiquei impressionado!

  • Jandir Soares diz: 29 de março de 2012

    Uma coléga aqui do trabalho chegou em estado de choque, pois, presenciou todo o acontecimento, disse ela que foi uma cena horrível, vendo a menina em baixo do ônibus gritando por socorro. Fé em Deus vai dar tudo certo.

  • Maicon diz: 29 de março de 2012

    O fato gerador de todos os acidentes é a imprudência. Um acidente não acontece “sem querer”. Ora é a velocidade, ora é a falta de atenção, etc.

    O fato é: temos que ser mais educados no trânsito. Respeitar as placas e sermos mais cordiais!

    Sobre os corredores de ônibus: não acredito que afetaram o trânsito em nossa cidade. Só analisarmos o caso da rua São Paulo. Aonde eram vagas de estacionamento fizeram via normal da estrada. Ou seja, saiu as vagas de estacionamento e permitiu-se o fluxo de veículos nestes locais. Retiraram uma via e fizeram desta uma exclusiva para transporte coletivo. Resumindo, temos ainda duas faixas para nossa circulação! Claro, agora podemos ver o quanto os ônibus vão rápidos quando não precisam ficar esperando centenas veículos tumultuados, um querendo passar na frente do outro…

    Tudo está na mesma para nós, motoristas, motociclistas, etc. Para o transporte coletivo melhorou, e muito!

    Engana-se quem acredita que a via de transporte coletivo atrapalhou nossas vidas. Se todos respeitassem as placas, com certeza, o transito fluiria normalmente.

  • Marilene diz: 29 de março de 2012

    Quando será percebido que a realidade geográfica e viária da cidade não permite a implantação de corredores de ônibus. Este ônibus acelerou quando viu que o semáforo da São Paulo com a Antônio da Veiga abriu, já estámos em movimento e o ônibus cruzou a frente! E a pobre moça, ia tranquila e foi colhida pelo ônibus. A velocidade do ônibus era inadequada para o local.

  • Sandro diz: 29 de março de 2012

    Não querendo julgar a culpa de ninguém… Mas observem como os ônibus em Blumenau estão andando em alta velocidade, os corredores viraram pista de corrida. Na Antonio da Veiga semana passada fui jogado pra calçada quando eu andava de bike pela “sarjeta”, foi um onibus em alta velocidade que sequer teve preopcupação em passar ao meu lado com uma distância segura conforme determina a lei.
    Depois desse dia eu tomei uma decisão: somente andarei de bike sobre as calçadas, melhor eu atropelar um pedestre a ser atropelado por um ônibus guiado por loucos.

  • Rafael diz: 29 de março de 2012

    Concordo com a opinião que os corredores de ônibus estreitaram ainda mais as pistas e tem criado situações perigosas. Só reparar nos números de acidentes envolvendo os coletivos nas últimas semanas. Foi forçado um projeto onde não havia espaço adequado para o mesmo. Que a moça tenha força, ânimo e que se recupere bem.

  • Juca diz: 29 de março de 2012

    O Semafaro da Antônio da Veiga estava no intermitente para o Onibus, E Verde para a motociclista. Mais um caso de falta de treinamento para os motoristas do consorcio SIGA.
    Essa moça não estaria passando por isso se tivesse mais educação e respeito no transito.

  • celso diz: 29 de março de 2012

    Felizmente a moça não foi mais uma vitima fatal. Quem tem moto fica ligado. A coisa tá feia para os motoqueiros, motociclistas e respeitando ou não eles batendo com culpa ou sem culpa o PARACHOQUE É O SEU PRÓPRIO CORPO. E ai gente educada que anda no trânsito. Depois de bater não adiante se foi o culpado ou não. Pode ser mais um a visitar a terra do pé junto.

  • Alemão diz: 29 de março de 2012

    A falta de respeito no trânsito de Blumenau está grande.

    Os motoristas daqui acham que tem super poderes. Acham que podem parar de repente, cortar a frente dos outros, parar aonde não deve.

    Além disto sem contar aos “motoristas” que acham que pisca é para bonito, que ele não serve para nada. Ou os apresadinhos que acham que podem furar a fila e serem espertos.

    Acha que deveria ter maior fiscalização da nossa guarda municipal, pois isto eles não verificam.

  • Gerson Luiz diz: 29 de março de 2012

    O culpado por esse acidente é o irresponsável do departamento de trânsito (o Santa deveria apurar quem foi) que teve a ¨brilhante¨ ideia de deixar em horário de pico o semáforo intermitente na Rua Antônio da Veiga (de onde veio o ônibus), não levando em consideração o intenso tráfego da Rua São Paulo (de onde vinha a motociclista) criando assim uma armadilha para os transeuntes, principalmente para os pedestres que quisessem atravessar a rua Antônio da Veiga.
    E o acidente não serviu de lição, pois mantiveram o sinal nessa condição mesmo depois do acontecido. CAMBADA DE INCOMPETENTES!!!

  • Daiane Stirle diz: 29 de março de 2012

    Ficam nessa briga de quem foi ou não culpado, sendo que nossa colega de trabalho esta com a vida por um fio… Ao invés de ficarem discutindo, pedimos por favor que Orem, peçam a Deus pela vida da Karina, é nossa colega, nossa irmã. É só isso que podemos pedir agora. : (

  • Rosa diz: 29 de março de 2012

    A notícia deveria ser corrigida para: acidente deixa mulher GRAVEMENTE FERIDA. Quantos acidentes que já ocorreram desde que esses corredores foram implantados? Já presenciei muitos e muitos, mas graças a Deus que agora estão começando a publicar. As estradas ficaram muitos estreitas, e agora todos tem que dividir o pouco espaço que sobrou, e os ônibus se acham os reis da estrada agora. Meudeusdocéu, o cara que projetou e diz que funcionaria igual em Curitiba deve ser um LOUCO, bom talvez louco por dinheiro. E agora a população vai pagar com a vida, por causa de um prefeito incompetente.

  • Teresa diz: 29 de março de 2012

    Passei hoje proximo o local, na sinaleira do Giassi, o transito estava um caos,porque ali as sinaleiras nao estao funcionando, e o guarda estava na calcada falando ao celular tranquilamente, em vez de estar guiando o transito.Desse jeito vai morrer muita gente ainda, infelizmente!!!

  • Beatriz diz: 29 de março de 2012

    Concordo com o Rafael, quando diz o número exorbitante de acidentes nas últimas semanas envolvendo o transporte coletivo. Existe o corredor para facilitar, porém o excesso de velocidade não está sendo “fiscalizado”, virou pista de corrida sim, é só parar para observar. Fica aqui uma sugestão para os órgãos competentes “treinar” esses motoristas que são responsáveis por levar e trazer centenas de pessoas diariamente.

  • Paula diz: 29 de março de 2012

    O semafaro no final da Antonio da Veiga não está funcionando devido a obras na rua, infelizmente, ao passar hoje por este local, estava a maior confusão com os carros que vinham no sentido Antonio da Veiga para a rua São Paulo, não sabiam direito o que fazer e tambem com os pedestres atravessando sem a devida sinalização, e para o meu espanto, aonde estava o guarda de transito??? Não tinha nenhum no local, isto era exatamente as 17:35hrs, horario de maior movimento.

  • miltinho diz: 29 de março de 2012

    Primeiro, que a imensa maioria de MOTOCICLISTAS nao sabem realmente pilotar moto. Noçao de direçao defensiva, pilotagem etc.simplesmente sobem na moto e agem como achar melhor.
    O erro começa na formaçao desses condutores. Claro que isso se extende tambem a motoristas de carro\onibus porem, com uma moto cuidado deve ser redobrado, triplicado. O que nao ocorre. Ninguem repeista ninguem moto x carro e carro x moto.

    Civilidade e educaçao no transito. Se nao temos vias e projetos de mobilidade eficientes, no minimo temos que ser coerentes. Falta educaçao.

  • miltinho diz: 29 de março de 2012

    Mas aqui vendo os comentarios, repensei. O que ocorre frequentemente. As criticas caem sempre na ponta do problema. Hospital sem leito? culpa do médico. Roubaram meu carro? Culpa da Policia. Bati de moto, culpa do motorista.
    Mas ninguem cita o real culpado da causa do problema. POLITICOS. Quais cabem resolver os maleficios da sociedade, porem nada fazem\pouco fazem. E nunca vao fazer sabe por que????? Pq nós culpamos td mundo,cobramos todos,menos…eles!
    Entao continuam atras de suas mesas burocraticas, deixando vcs, eleitores, p\ epoca da camapanha. Ja que bode expiatorio, ta cheio…p\ que se preocupar! Reflita

  • Maria diz: 29 de março de 2012

    Realmente, esses motoristas de ônibus deveriam fazer um curso de reciclagem para motoristas de vez em quando, para saber como dirigir, parecem uns malucos, não respeitam mesmo nem carros nem pedestres, muito menos motociclistas.
    Que Deus que dê forças para a fmília dessa moça, e que ajude para que ela se restabeleça logo.

  • Michel Imme Sabbagh diz: 29 de março de 2012

    O que mais me impressiona é ver nossos “atores sociais” enaltecendo o tempo mais curto em 15 minutos do deslocamento dos ônibus em Blumenau, com os corredores de ônibus. Deveriam é se preocupar em humanizar o trânsito de Blumenau, afinal quem tem pressa, se for para correr o risco de alguém morrer na disputa por um pedaço de estrada? hoje de manhã soube que a Acib vai fazer uma campanha. em boa hora, pois ja se sabe que mortes e sequelas no transito em Blumenau viraram epidemia, segundo relato do dirigente da associação, Ronaldo Baumgarten, que foi “cutucado” por um médico do Hospital Santo Antônio informando da falta de leitos para atender às cirurgias de acidentados no trânsito de Blumenau, onde as estatísticas sobem assustadoramente. Reação já. por favor, gestores públicos!!!

  • Andre diz: 29 de março de 2012

    Sim estes motoristas de onibus sao tudo folgado mesmo, ja andavam num porrete sem corredor, agora que ganharam o corredor vão igual piloto de corrida e passam por cima de todo mundo . A SINALEIRA ESTAVA VERDE PARA A MOTOCICLISTA E INTERMITENTE PARA O ONIBUS, PORTANTO O ONIBUS DEVERIA ESPERAR E NAO INVADIR A PISTA E EXIGIR QUE A MOTOCICLISTA PARASSE. ja viram a velocidade que eles saem de dentro do terminal da fonte?. ja vi no minimo uns 3 atropelamentos ali!

  • Mayara diz: 29 de março de 2012

    Creio que o culpado, os motoristas descuidados, para não chamar 70% de incompetentes, deveria refazer a auto escola pois não sabem respeitar limites de velocidade!! Não sabem serem educados no trânsito e todos nós que andamos de ônibus vemos como eles são afobados no volante!! Eu espero que esse motorista INCOMPETENTE tenha uma punição merecida por desgraçar a vida de uma jovem que não teve culpa de nada!! Rezamos pela recuperação dessa jovem lutadora e tenho certeza que sairá dessa bem e recuperada!! Moto não deveria existir e os motoristas cavalos do consócio siga deveriam serem reabilitados!!

  • J. A. diz: 29 de março de 2012

    Diriigir em Blumenau é complicado pela maquiagem que é feita:corredor de ônibus. Não se vias novas priorizando, veículos,pedestres e ciclistas. Dizer que o transporte coletivo é bom e poderíamos usar deixando os veículos em casa. Nâo dá. Imaginem 1000 veículos em casa e esses motoristas e “caronas” usarem o transporte público. Não tem estrutura para isso. O que falta aos adminsitradores públicos é uma visão futurista e não imediatista. Ainda temos pontes de madeira em área central; se vai daqui para Gaspar na mesma rua Itajaí de 60 anos atrás; para I. Central a mesma rua sem duplicação de 60 anos atrás. Tá na hora de acordar Blumenau! Quanto aos motoristas, uma boa parte não conhece as regras básicas de trânsito. Dirigem por costume.

  • José Mateus diz: 29 de março de 2012

    Esta jovem tem a idade de meu filho mais velho, 27 anos. Me solidarizo com os familiares e relato que o descaso das autoridades com motoristas perigosos é uma vergonha. Como não temos escolha, devemos confiar que os motoristas de transporte coletivo estejam devidamente capacitados, entretanto o que se nota nas estradas é um quadro bem diferente. Hoje temos mais uma vitima, e assim seguimos em frente. Quando será que a população e as autoridades virão de fato tomar providências. Chega de tamanho descaso com os acidentes de transito. neste momento difícil, devemos apoiar a todos os envolvidos.

  • Luciano diz: 29 de março de 2012

    todos sao responsaveis, seja de moto, de carro, busao ou caminhao. e os pedestres tbem. assim como em qualquer lugar….um bom ato no transito incentiva o outro. eu e meu pai temos uma empresa de transporte de caminhoes. sempre privamos o proximo( e sim…tem motorista de pesados que é folgado), mas o que vemos na maioria sao pessoas que nao tem noçao das coisas, se enfiam na frente de um onibus ou caminhao nao tendo a noçao que mesmo em baixa velocidade…..o veiculo maior nao para no momento exato. nao tem noçao do perigo mesmo. entao……mantenham distancia segura, e se nao tiver certeza…..nao arrisque !!! é melhor ficar na duvida mesmo !!! com certeza as auto escolas ensinam pouca coisa, devem mostrar mais afundo o que acontece com uma pessoa vitima de acidente. eu tenho medo dessa gurizada que esta tirando carteira de motorista. espero que a Karina saia bem dessa, Torco por ela !!!!

  • Roger Gonçalves diz: 29 de março de 2012

    Eu moro em frente ao Giasse edf, Labs e gostaria de deixar meu depoimento.

    É triste como um Local tão movimentado esta causando tantas fatalidades, vou fazer 2 breves relatos:

    Perdi a conta de quantas vezes eu tive que levantar da cama de madrugada e ajudar as pessoas feridas a sairem de seus carros. já vi no cruzamento da Rua são Paulo com a rua da cacha. agua doce gente quase morrer em 5 anos e só agora a sinalera mesmo depois da zero hora continua funcionando. quanto ao cruzamento aonde o correu esse acidente eu acho que é mal sinalizado e a guarda faz um trabalho que não é eficaz. semana passada as 12:01 meu amigo de trabalho bateu a 40km por hora no mesmo lugar só que no lugar do onibus foi uma moça com uma sportge e meu amigo com um caroo branco. a batida poderia ter matado os pedestres. bommmm acho que ta na hora do prefeito avaliar quem está tocando a pasta do transito porque ta feio a coisa aqui no centro imagina nos bairros mais afastados. lembrando que a obra do viaduto da mafisa é uma piada. e nós aqui não cobramos nada. daqui a pouco vem os pardais dai ferro de vez para quem depende do transito para trabalhar. pense nisso galera, temos é que ser forte e cobrar o zelo da cidade e a preservação da vida.

  • Andressa diz: 29 de março de 2012

    Concordo que os motoristas de onibus estão exagerando na velocidade. Mas só quem usa o transporte coletivo pra se locomover na cidade sabe que melhorou e muito o tempo que levamos pra fazer alguns trajetos. Os motoristas de carros acham que por serem a maioria devem ocupar tudo, os passageiros dos ônibus tem que além de sofrer com a superlotação, tem que ficar 3 vezes mais tempo no trânsito por ter que parar em vários pontos e esperar o embarque e desembarque.

  • Lizi diz: 29 de março de 2012

    Realmente Blumenau virou a terra dos “LOUCOS”, ninguém respeita ninguém, e não se importam com a vida dos outros! O trânsito esta uma bagunça e tem muitos motoristas irresponsáveis SIM, dirigem feito LOUCOS! Deveriam ser multados pela velocidade alta.
    Isso é uma questão PUBLICA, esses ônibus estão toda vida ATRASADOS e LOTADOS, os motoristas querem cumprir horário e não querem perder os minutos de descanso dai andam voando. Eu gostaria de saber quando isso vai se resolver, por que dizem que vão fazer melhorias, que vai ter mais ônibus mas é tudo mentira, iludem o povo, mas o aumento da passagem eles não esquecem.
    Quantas pessoas mais terão que se ferir ou morrer pra alguém fazer alguma coisa???
    Que DEUS ilumine e proteja a KARINA HELENA RODRIGUES, e que ela mesma possa nos contar o que realmente aconteceu!!!

  • Deise diz: 29 de março de 2012

    O que está acontecendo com nossa cidade???
    É exatamente o que foi mencionado, a disputa por um pedaço de estrada…mas assim? Desse jeito???
    Pessoas passando por cima de outras LITERALMENTE…e aí, a troco de que????
    Acredito sim, nossa cidade não tem estrutura nenhuma para esses MALDITOS corredores de ônibus, esse trânsito cada vez mais caótico COM ou SEM essas MMMMMMM de corredores! E ainda com esses motoristas incompetentes querendo levar TUDO que vem pela frente…
    E como fica a vida dessa garota agora??? Alguém sabe explicar???
    Só resta orar mto por ela, que ela se recupere bem e Deus dê mta força a ela e a família.

  • Jaison diz: 29 de março de 2012

    Pessoal, não adianta reclamar de quem é a culpa, só vale lembrar que se não tiver consciência, educação e um pouco de paciência de todos, nosso trânsito não vai melhorar….
    Lembrando ainda que a frota de veiculos em nossa cidade aumentou muito, não é a mesma de antigamente, a segurança depende de cada um e não dos orgãos públicos…..
    Preservam a suas vidas, tenham um pouco de calma no trânsito, a sua vida está em suas mãos!

  • Ana diz: 29 de março de 2012

    Acho que a reciclagem dos motoristas de onibus deveria ser mensal, com enfase em DIREÇÃO DEFENSIVA, pois eles são grandes e já presenciei varias vezes eles tocam em cima de carro moto , eles nem querem saber……..

  • Jose luiz diz: 29 de março de 2012

    Aonde está o Ministerio Publico desta cidade os promotores de Justiça. Não enxergam o caos que transformaram o nosso transito. Alguem tem que ser responsabilizado por isto. Cade o prefeito que esta escondido em seu gabinete e deixa seu amiguinho do Seterb fazendo estas m….as pela cidade.

  • Alex diz: 29 de março de 2012

    na minha opniao ja que o sinal estava interminente caberia ao seterb estar ali para monitorar o transito e evitar acidentes mas não… agora da uma caneta para um guarda e coloca ele num cruzamento meia hora!!! vamo acordar galera a vida nao é só multar…

  • Osni diz: 30 de março de 2012

    Creio que as duas classes são bem problemáticas, sem querer entrar no mérito de culpa do acidente em questão. Motociclistas em geral não dão a mínima para as normas de trânsito, ultrapassando em qualquer lugar, invadindo a pista contrária mesmo quando esta tem trânsito intenso, ficam buzinando para que os carros se espremam para lhes dar passagem, ultrapassam pela direita rente às calçadas, andam sobre as calçadas e nunca – nunca – param em faixas de pedestres. Já os motoristas de ônibus realmente extrapolam na velocidade, pois se trata de veículos muito pesados e difíceis de frear. Também nunca – repito, nunca – param diante de faixas de pedestre, nunca dão preferência para alguém que esteja contornando rotatórias, e no meu caso, que uso bicicleta para ir da Velha ao Centro diariamente, frequentemente sou fechado em curvas, esquinas e paradas de ônibus. Aqueles biarticulados passam por mim para em seguida encostarem em um ponto, vinte metros adiante. Custaria muito tempo de suas preciosas vidas esperar eu passar pela esquina o pelo ponto para depois entrarem? A questão não é de falta de conhecimento da lei ou de educação, mas de caráter e princípios de cidadania.

  • Flavio Reis diz: 30 de março de 2012

    Alguns motoristas de ônibus acham que são donos da estrada, é necessário lembrar que corredor de ônibus não é porte de arma, repeito pelo vida e pelo próximo acima de tudo….

  • José Luiz ( 2) diz: 30 de março de 2012

    ” Aonde está o Ministerio Publico desta cidade os promotores de Justiça. Não enxergam o caos que transformaram o nosso transito. Alguem tem que ser responsabilizado por isto. Cade o prefeito que esta escondido em seu gabinete e deixa seu amiguinho do Seterb fazendo estas m….as pela cidade.” ( 2)

    É muito fácil agora colocar a culpa em nós cidadãos comuns, ” ELES” ( os que tem o PODER) estão atingindo os objetivos e rindo da nossa cara. Eles querem mesmo que nós assumimos a culpa de suas incompetências, de seus jogos políticos sujos.

  • nanda diz: 30 de março de 2012

    ela tinha habilitação?

  • amanda diz: 30 de março de 2012

    depois que implataram o corredor de onibus coisas estao acontecendo, sempre tem um acidente por semana envolvendo pessoas e onibus, será que ninguem ve isso? e o deppartamento de transito o que acha disso? cade a entrevista com um guarda de transito municipal, como aconteceu o acidente?

  • Allan diz: 30 de março de 2012

    Enquanto ônibus, automóveis e motos dividirem o mesmo espaço, é questão de tempo para ocorrer acidente. Todo dia tem um ou mais na cidade.
    Lamentável o acidente com a menina, tbm fiquei chocado. Deus conforte ela e a família.

  • paula diz: 30 de março de 2012

    o fato de os onibus estarem andando assim rapido,tambem pode ser considerado culpa do proprio seterb ou siga, pois não aumentaram a frota de onibus e os motoristas tem que cumprir horarios,senao sao multados.

  • Walfrido diz: 30 de março de 2012

    Só quero chamar a atenção que os corredores de ônibus são corredores da morte.
    Tem me chamado atenção que os onibus são na maioria causadores de acidentes que poderiam ser evitados se não fossem as pressas desses motoristas desses coletivos.
    Furam em sinal vermelho. Não são gentis, são verdadeeiros brutamontes, que descontam seus maus humores no volante.
    Digo que esses ônibus de Blumenau são verdadeiros monstros em nossas ruas.
    Cabe haver mais fiscalização em relação à velocidade nos corredores de ônibus.
    As autoridades simplesmente se omitem em suas obrigações.
    Nos corredores de ônibus não há qualquer proteção junto às calçadas, onde deveriam ser colocados grades protetores.
    Infelizmente, aqui em Blumenau tudo é feito às pressas, com pouco planejamento.
    Está na hora de nossos políticos atuais cairem fora para darem lugar a pessoas mais competentes.

  • Bruno Roberto diz: 30 de março de 2012

    Lamentável a realidade de nosso trânsito, bem como, a formação de nossos “motoristas”.
    Já comentei aqui que, importam as ruas, sua conservação e sinalização, mas acima de tudo, a educação e consciência do ato de conduzir um veículo é quem fará a diferença nesta novela terrível e de mal gosto que nos brinda a cada dia com sangue, dor e separação.
    Muito se fala sobre a velocidade do ônibus em seu corredor EXCLUSIVO, mas é um fato, uma solução coerente em todos os seus aspectos, e combatê-las como tenho visto por parte de tantos aqui que citam a redução dos espaços em vias devido a implantação destes corredores não é a solução, e sim, andar na contra-mão do conhecimento humano e suas soluções encontradas para a mobilidade urbana.
    É óbvio que devemos pelas mais diversas razões privilegiar o transporte coletivo em detrimento do individual, espaçoso e nada coerente uso do automóvel particular.
    Ao invés de combater as faixas, porque não pedem mais ônibus? Mais linhas? Mais estrutura para o deslocamento coletivo, embora tenhamos algo muito próximo do ideal aqui em Blumenau, ou que busquem-se alternativas como a carona solidária, que no mínimo retiraria 3 outros veículos de nossas vias!
    Notem que quando fala-se dos motoqueiros, dos motoristas de ônibus e também dos tão sofridos motoristas particulares, fica-se na linha do direito de cada um, mas pouco se fala sobre os deveres de cada um.
    No trânsito, há deveres, obrigações e leis, bem como, técnicas ensinadas nas auto-escolas e que são criticadas por todos, pois exige esforço, estudo e dedicação.
    Alguém aqui falou sobre a direção defensiva?
    Alguém aqui lembra do seu conceito que é….
    ….dirigir de maneira a evitar acidentes, considerando as condições adversas e atitudes de outros motoristas, ou seja, faça você, previna-se você e não espere isto dos outros!
    Não, não houve qualquer menção a isto, mas sim, da preservação de nosso direito de dirigir e também matar!
    Mudem seus comportamentos!

  • Janaine diz: 30 de março de 2012

    Concordo que estão extrapolando a velocidade nos corredores de ônibus – mas vale lembrar que sempre generalizamos quando se trata de um “manifesto”, qualquer categoria aqui em Blumenau se encaixa na falta de consciência no trânsito, que concordamos….hoje em Blumenau chega a ser ridículo considerando a educação cultural que temos! Dar sinal de luz por exemplo, é simples, essencial, demonstra educação e respeito, Mas nem todos são capazes.
    E concordo com os comentários acima que mencionam forças políticas….ficamos então no aguardo de uma força maior para rever nosso trânsito, principalmente a questão do limite de velocidade em nossa cidade.

  • Claudia diz: 30 de março de 2012

    Quase fui atropelada por um motoqueiro estes dias , pois o mesmo não respeito o farol vermelho para ele e passou a todo vapor .. a falta de respeito com os demais tb conta nesta hr. E não tinha nenhum guarda de trânsito no momento , isto ocorreu na sinaleira da Rua São Paulo tb. O q mais me indignou foi a arrogância das autoridades quando liguei para relatar o caso , riram da minha cara.. Este é mundo q vivemos ninguém se respeita mais.

  • rubens ivan diz: 30 de março de 2012

    oproblema nao e o prefeito o problema esta em nossa legislaçao desde quando uma pessoa que nunca dirigiu na vida completa 18 anos faz so 14 horas de aula pratica e se diz estar pronta para dirigir e so ver as estatisticas 80 por cento dos acidentes sao jovens de 18 a 25 anos envolvidos em acidentes acham que sao super herois o mal do ser humano e querer sempre achar um culpado para as coisas erradas que acontece

  • VIVIANE NOLASCO diz: 30 de março de 2012

    O PROBLEMA É QUE NINGUÉM RESPEITA NINGUÉM…PERDI UMA FILHA A 5 ANOS ALI NA BEIRA RIO DIA 15.01.2007.PRÓXIMO A HAVAN SIMPLISMENTE UM TURISTA DE FORA PAROU DO NADA PARA LER PLACAS DE SINALIZAÇÃO E O NAMORADO DELA TAMBÉM DESATENTO BATEU ATRAZ ELA MORREU HORAS DEPOIS DE TRAUMATISMO CRANIANO.O QUE EU POSSO DIZER É QUE ISSO NÃO VAI ACABAR NUNCA OS MOTORISTAS FAZEM DO TRANSITO UM ESCAPE PARA O STRESS,OS MOTORISTAS DE ONIBUS ACHAM QUE SÃO OS BONS,O MOTOCICLISTA QUER VOAR.ENFIM FALTA MUITA EDUCAÇÃO NO TRANSITO….SINTO MUITO PELA MINHA FILHA E OUTRAS VITIMAS QUE AINDA ESTÃO POR VIR….

  • Alessandra diz: 3 de abril de 2012

    Com todo respeito ao comentário de todos, sem querer desenterrar ningúem mas o comentário da colega acima (Viviane Nolasco), sinto muito pela sua perda! Mas uma coisa me chamou atenção na sua opnião a FALTA DE ATENÇÃO do seu ex genro que ceifou a vida de sua filha! Resumindo faltam ATENÇÃO, EDUCAÇÃO, BOM SENSO E PRINCIPALMENTE AMOR AO PROXIMO!

    Testemunho meu: Ontem (segunda-feira 02/04/12) por volta das 19:05 na frente do Giassi com aquela futura estação de metro que a Foz está implantando naquele buraco, presenciei um comboio com três ônibus vindo pela pista da direita, e simplesmente o primeiro da fila ENFIOU o ônibus na direção do carro que estava a minha frente e os outros dois foram grudando deixando o motorista da minha frente completamente sem ação, pois, se ele seguisse com o carro seria “jogado” contra o canteiro central. Resumindo… dos três ônibus o primeiro passou o segundo parou no semáforo e o terceiro ficou atravessado no meio das duas pistas não deixando quem queria sair ou entrar do Giassi seguir seu caminho, nos que já vinhamos na pista que eles invadiram seguir em frente sem que eles saissem do lugar, ou seja se eu não passo os carros de passeio também não passam… e ainda se acham na razão!
    Andem quem tiver coragem nos ônibus das linhas 603 – 606 e 605 (Tribess, Nova Esperança e Rodiviária) para ver oque eles fazem com um ônibus… coisa que muito motorista de carro de passeio consciente não faz, principalmente nas curvas!
    Não nego existem muitos motoristas de ônibus GENTIS mas em contra partida alguns outros….
    Enquanto isso a vida segue e esses corredores serão a “FUTURA SOLUÇÃO” do problema do transito de Blumenau!…. acurto muito curto prazo…

Envie seu Comentário