Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Motociclista morre ao colidir em poste no Salto do Norte

05 de agosto de 2012 23

Fernando Rafael Metzner, 29 anos, morreu a caminho do Hospital Santa Isabel, depois de colidir num poste na Rua Pomerode, 677, Bairro Salto do Norte, em Blumenau, neste sábado, às 18h30min. Metzner conduzia uma moto Honda CG 125. Luciano de Oliveira, 35 anos, estava na carona da moto e foi encaminhado ao Hospital Santa Isabel com lesões leves.

Comentários (23)

  • jiau diz: 5 de agosto de 2012

    É, mais uma vítima fatal por motocicletas. Também da maneira irresponsável que a grande e maioria absoluta anda, esses números vão aumentar, infelizmente, até o final do ano. Não respeitam faixa contínua, ultrapassando veículos nessa situação. Isso o mínimo,fora a alta velocidade com que a grande maioria anda. Motocicleta não pode andar igual veículo de quatro rodas. Moto, são bicicletas motorizadas apenas. Cuidado e prudência é o mínimo. Se estou errado, porque não se consegue fazer seguro de motocicletas ou se se consegue a valores absurdos? Sabem porque? O índice de acidentes de motos em relação ao número delas, é muito grande. Seguradora então, teria prejuízos. E juízo ao motociclistas e a guarda de trânsito comece a multar ou punir essas ultrapassagens que são feitas por cima das faixas contínuas.

  • Adriano azevedo diz: 5 de agosto de 2012

    vai sabe c o cara nao foi desviar de tantos buracos q nos temos em bnu

  • Carlos Alberto diz: 6 de agosto de 2012

    Concordo plenamente com o Jiau. Para o usuário de moto não tem legislação. Não respeitam, ultrapassam pela direita, esquerda, calçada, furam sinal, buzinam para o motorista do carro sair de sua frente para ultrapassar e assim por diante. E pior ainda, que aqueles que devem dar o exemplo (agentes de trânsito, PM) fazem o mesmo (alguns).
    O que realmente precisa, é que nossos deputados federal e senadores, criem vergonha na cara e aprovem a legislação específica para usuários de motos, que só assim, ñós contribuintes teremos alívio quanto ao pagamento do INSS para esses irresponsáveis.

  • Alvir diz: 6 de agosto de 2012

    Sr. Jiau,
    não podes julgar todos os motociclistas por uma minoria,
    pois assim como existe maus motociclistas também existem os maus motoristas,
    que não dão passagem as motos quando o transito está parado,
    posicionam o carro em cima da faixa amarela pra ninguém passar,
    cada moto é um carro a menos na fila, a moto passa e vai embora.
    Minha moto tem seguro total, muito mais barato que qualquer carro menos de milR$.
    A motocicleta é um ótimo veiculo,
    tem que saber usar,
    e tem que saber respeitar,
    um grande abraço.

  • Eduardo diz: 6 de agosto de 2012

    Alvir, perfeito seu comentário! Concordo plenamente.
    Circulo diariamente pela rua Bahia, e nos horários de rush o transito fica parado direto.
    A rua Bahia é bastante larga, se os carros parados ficassem mais a direita, haveria um corredor enorme onde as motos poderiam transitar facilmente sem precisar invadir a pista contrária. Mas não é o q acontece. Mesmo parados, alguns motoristas insistem em manter seu carro em cima da faixa central. Sinceramente não entendo esse comportamento. É como se o sujeito pensasse: “se eu não posso andar, ninguém mais pode”. O que esse cidadão não analisa, é justamente o q o Alvir falou, cada moto que passa é um carro a menos p/ gerar engarrafamentos.
    Espero que um dia desses possamos todos conviver mais humanamente no transito.
    Abraços,

  • Everton diz: 6 de agosto de 2012

    Bom dia!
    Sinceramente, dar lado para uma motocicleta passar? Pq? Passam raspando os carros, isso qdo não o fazem pela direita.
    Se temos leis a cumprir, que todos cumpram. Além disso qtas vezes vemos motociclistas ultrapassando em locais proibidos mesmo quando o trânsito esta fluindo?

  • Alvir diz: 6 de agosto de 2012

    Sr. Everton,
    concordo que as leis de trânsito sejam cumpridas,
    pelos motociclistas e pelos motoristas,
    a moto pode passar quando o trânsito está parado.
    Porque bloquear a passagem como muitos fazem?
    Se eu não consigo andar então ninguém anda.
    Não são as motos que geram os congestionamentos.
    Novamente:
    ” A motocicleta é um ótimo veiculo,
    tem que saber usar,
    e tem que saber respeitar.”
    um grande abraço.

  • Michael diz: 6 de agosto de 2012

    Sou usuário de carro e moto, se eu andar de moto atras dos carros (sem ultrapassar), a grande maioria dos carros que vem atras da moto, quer passa-la, ficam colados atras da moto, até conseguirem passar.Pra que? se na frente já tem outro carro.
    Quanto aos motoristas de carro que estão reclamando das motos que passam na frente dos carros, o problema é a dor de cotovelo de serem ultrapassados por “seres inferiores”, motociclistas.Imaginem o quanto vai melhorar o trânsito se nenhuma moto ultrapassar mais, se cada moto ocupar o lugar de um carro…

  • juca diz: 6 de agosto de 2012

    Concordo com o Alvir a muito motoristas / motociclistas mal educados mas acho que a culpa e do sistema de ensino das auto escolas que nao deixam os motoristas / motociclistas preparados para as ruas veja as estatisticas a maioria tem menos de 25 anos sao jovens, ao Sr Everton passo na rua bahia diariamente para trabalho o sentido Ponte Salto/Indaial até daria para andar na pista da esquerda mas se o motoriasta fizer isso o carro chega desmontado ao final da mesma pois são muitos Buracos e remendos Sentido contrario Indaial/Ponte Salto não tem tantos Problemas…

  • Eduardo diz: 6 de agosto de 2012

    Everton, sinceramente, pq NÃO dar passagem?
    Como falei anteriormente, a pista é larga, os carros estão parados mesmo, não tem jeito, tem que esperar o transito fluir. Dando um espaço, ninguém vai passar raspando, e não tem chance de danificar seu carro.
    Que fique bem claro, que só concordo com o uso do corredor quando os veículos estiverem parados (o que ultimamente acontece muito, infelizmente). Se o transito está andando, o lugar da moto é na fila, acompanhando o fluxo.
    Concordo com vc, que tem muito “motoqueiro” nas ruas, que não respeitam nada. Mas não dá p/ generalizar.
    Um dos grandes problemas na sociedade é esse: “Pq eu vou facilitar a vida do outro? Não ganho nada com isso!”.

  • daniel diz: 6 de agosto de 2012

    Sou usuário de carro e moto e vejo a moto como um veículo de locomoção mais rápido !! em dias de congestionamento, o que não dá para aceitar em pleno 2012 é certos motoristas mal educados que não conseguem chegar a seu destino e ficam parados em cima da faixa !!! trancando tudo ou falando no celular !!! e ainda pior não dão a vez e ficam irritados quando passa uma moto !!! lei bonita seria essa: de a vez ao motocilista !!!! quem está dentro de um carro tem muito mais conforto pode ouvir uma musica não pega chuva nem senti frio e ainda não felizes hipócritas vão aprender a ser educados pois gentileza gera gentileza .

  • Fábio diz: 6 de agosto de 2012

    Motoqueiro é uma pessoa, motociclista é outra, não vamos confundir!!!! Sou motorista, motociclista e usuário de ônibus, sei muito bem as diferenças e nem por isso sou louco em cima de 2, 4 ou mais rodas!!! O que precisamos é o tal negócio, não façam para os outros o que você não quer para você!!…cidadão está com pressão, deixa passar, deixa se matar sozinho; mas não tem sempre aqueles que querem se matar juntos…dai da no que dá!!!

  • Fabiana diz: 6 de agosto de 2012

    Boa tarde, é mais fato triste para nós blumenauenses. Mas porque tanta velocidade, se for ver pela estatisticas a maioria dos acidentes graves são com homens, e com velocidade acima do permitido, porque não andar mais devagar, ha o trabalho exige que eu chegue antes? Mas se você não chegar, você acha que eles vão se preocupar, não! Simplismente vão colocar outro no seu lugar, e você meu caro amigo vai ficar no banco reserva. Nunca se esqueça que, ha outras familias nas ruas de nossa cidade e que principalmente você deixou em casa quem você mais ama, então pense nela e volte com muita segurança, pois ela também te ama e deseja lhe ver novamente.
    Bjs

  • Dieter Ivo diz: 6 de agosto de 2012

    Boa tarde senhores, acidente mata motociclista… isto não foi um acidente, foi uma tentativa homicídio com sucesso. Melhor não causar danos aos outros.

  • Everton diz: 6 de agosto de 2012

    Outra coisa, não é pq o trânsito esta parado, que o “motoqueiro” pode sair ultrapassando todo mundo.
    Em Blumenau é o maior risco vc querer atravessar uma pista de carro(os carros param para eu atravessar a rua, mas vem um motoqueiro ultrapassando todo mundo na pista que não deve), acaba gerando um acidente e pior, a culpa é do motorista do carro e não do motoqueiro que estava andando onde não devia.
    Não fico do lado, exatamente para que esse tipo de situação não ocorra.

  • ROSE diz: 6 de agosto de 2012

    SOMENTE ACHO QUE TODOS TEM RAZÃO EM PARTE, JÁ SOFRI MUITO E AINDO SOFRO COM MOTOCICLISTAS ULTRAPASSANDO PELA DIREITA, TODOS OS DIAS NA FORTALEZA PERTO DO COANTORNO PARA ENTRADA DA TAMARINDO, ISSO ACONTECE SEMPRE, AI VC BATE, E ESTÁ ERRADO PARAM 50.000 PARA TE MASSACRAR… SÃO TODOS IRRESPONSÁVEIS, HÁ CLARO MOTISTAS TAMBÉM QUE NÃO RESPEITAM AS LEIS, MAS EXISTEM MUITO MAS MUITOTOTOTO MAIS MOTOCICLISTAS…. CRIEM VERGONHA NA CARA E JUIZO……..

  • André Silva diz: 6 de agosto de 2012

    Sr. Everton, o seu comentário, mostra a sua falta de conhecimento da legislação de trânsito. Sim, se o trânsito está parado, ou até mesmo lento, as motos podem passar, desde que não seja na contramão ou no acostamento. Infelizmente, motoristas de carro, invejosos que são, descontam sua frustração de estarem presos nos engarrafamentos, sobre os motociclistas, fechando-lhes a passagem.
    Se o sr. fica irritado, bravo, P.Da.Vida preso no trânsito, não desconte nas motos, ligue para o 156 e fale com a prefeitura, que não investe em ruas, ou melhor, vá de ônibus, use os corredores de ônibus do prefeito, ou melhor, compre uma moto.

    Sobre a lei:

    Dizia o Art. 56. “É proibida ao condutor de motocicletas, motonetas e ciclomotores a passagem entre veículos de filas adjacentes ou entre a calçada e veículos de fila adjacente a ela.” (vetado)

    Foi vetado pelo então Presidente Fernando Henrique Cardoso, com a seguinte justificativa:

    “Ao proibir o condutor de motocicletas e motonetas a passagem entre veículos de filas adjacentes, o dispositivo restringe sobremaneira a utilização deste tipo de veículo que, em todo o mundo, é largamente utilizado como forma de garantir maior agilidade de deslocamento. Ademais, a segurança dos motoristas está, em maior escala, relacionada aos quesitos de velocidade, de prudência e de utilização dos equipamentos de segurança obrigatórios, os quais encontram no Código limitações e padrões rígidos para todos os tipos de veículos motorizados. Importante também ressaltar que, pelo disposto no art. 57 do Código, a restrição fica mantida para os ciclomotores, uma vez que, em função de suas limitações de velocidade e de estrutura, poderiam estar expostos a maior risco de acidente nessas situações”

    Portanto sr. motorista de carro, de passagem para a moto. Ajude o trânsito. Não desconte na moto, algo que é culpa do prefeito. Vá lá na prefeitura reclamar. E obrigado por respeitar as leis de trânsito.

  • Everton diz: 8 de agosto de 2012

    Caro André Silva,

    Muitas ruas se quer tem espaço para passar um carro e uma moto na mesma pista, ainda mais qdo os motoqueiros estão em alta velocidade.
    Pelo jeito vc não leu o que escrevi, pois quais motequeiros apenas fazer ultrapassagens na pista que deve? Se eu de carro tenho que ficar atrás de outro esperando o trânsito andar, pq o motoqueiro não pode fazer o mesmo? Acho que isso explica a quantidade de acidentes envolvendo motociclistas quase sempre sozinhos, ou seja, não cumprindo as leis de trânsito.

  • André Silva diz: 9 de agosto de 2012

    Sr. Everton

    Noto uma ponta de inveja sua, sobre o fato de teres que ficar parado na fila. Se o sr. colaborasse com o trânsito, deixaria um canto para a moto passar.
    Já me deparei com muitos motoristas iguais ao sr. Uns chegam a jogar o carro para trancar a moto e não deixá-la passar.
    Pra que isso? É só ir um pouco pro lado e pronto. O sr. estará ajudando o trânsito.

    Como eu disse, não culpe a moto pelo sr. estar parado na fila. Fale com o prefeito. Outra coisa, votar certo nas próximas eleições, também ajuda.

    E por fim lembre-se: Se até o Fernando Henrique Cardoso (ex-presidente do Brasil) concorda que as motos PODEM e DEVEM passar pelo meio dos carros, pois essa é a concepção original delas, porque o sr. não poderia entender algo assim simples?

    Pense bem! Ajude o trânsito. Um pouquinho pro lado, já ajuda, e tudo bem se ainda existir alguma rua onde não dê. Mas em 99% dá. Ajude o trânsito.

  • Alemão diz: 10 de agosto de 2012

    Sr. André Silva, Uma pergunta:
    Quando uma fila esta formada, uma moto pode ultrapassar a fila, mesmo que a via contenha faixas duplas proibindo a ultrapassam nos dois sentidos? Algumas dessas vias ainda contam com tachões, proibindo (ou melhor tentando impedir) a ultrapassagem…
    Eu realemte devo ter perdido essa aula de trânsito. O que me espanta, é que meu carro sempre é ultrapassado nesses locais por motoqueiros, mas apenas quando não há agentes de trânsito ou policiais rodoviários. Nesses casos, os motoqueiros aguardam sua vez na fila. Mas basta um dia não ter ‘lei’ no local, os motoqueiros ultrapassam por todos os lados…
    Como você explica isso: os motoqueiros não ultrapassem em locais proibidos, quando há agentes fiscalizando, mesmo que seja regulamentado por lei.

  • André Silva diz: 10 de agosto de 2012

    Sim, Sr. Alemão. Uma moto pode e deve passar, MAS, entre a faixa dupla e o carro. Nunca na contramão. E é por isso que eu levantei a bandeira. Na maioria de nossas ruas, se os carros ficarem um pouco mais a direita, tem espaço de sobra para a moto passar entre o carro e o centro da pista. Infelizmente, em uma atitude de pura inveja, os motoristas ficam bem sobre a faixa central, impedindo as motos de passarem, e é onde ocorre as infrações de trânsito. Com motos passando na contramão, mas pode ter certeza, não são todos.
    Eu acho que todo motorista de carro, deveria andar 6 mêses de moto e vice-versa, para um conhecer melhor o outro.
    Eu tenho carro, para andar co a família, e tenho moto para ir trabalhar. Quando ando de carro, sempre deixo espaço para motos, inclusive nos semáforos, quando sou o primeiro da fila, sempre paro antes, um 3 metros. Ali na frente, cabem as motos.
    Voces não acham que elas ali na frente, é melhor do que do seu lado?
    Por fim, pensem: Imaginem todos os motociclistas de carro !! Pensaram? Viu, seria um caos maior ainda. Então, vamos nos ajudar.

  • ANGELA APARECIDA diz: 26 de setembro de 2012

    MEU DEUS EU FICO LENDO ESSE ABSURDO……TUDO BEM TEM REALMENTE MOTOQUEIROS QUE PEDEM PARA SE ACIDENTAR MAS TEM MUITOS MOTORISTAS DE CARROS QUE TBEM SÃO MUITO INRRESPONSAVEIS…RESPEITEM A DOR DESSA MÃE QUE
    PERDEU ESSE FILHO NESSE ACIDENTE.TENTEM SE RESPEITAR E RESPEITAR OS OUTROS!!!!

  • Michel diz: 8 de dezembro de 2012

    Como diziam os militares, “todo golpe é válido desde que não seja descoberto”, portanto, os motoqueiros andam onde eles quiserem, se a fiscalização pegar ou não, é outro problema e ponto final.

Envie seu Comentário