Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PRF flagra veículo a 150 Km/h na BR-470

08 de janeiro de 2013 83

Uma BMW, com placas de Pomerode, foi flagrada a 150 Km/h no fim da tarde de ontem na BR-470. O local da fiscalização não foi informado pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Registro do radar / Foto: Divulgação PRF

O veículo foi flagrado durante uma ação com radar na rodovia. Segundo a PRF, esta é quarta autuação por excesso de velocidade que o mesmo carro registra. Além disso, o veículo também já foi notificado por ultrapassagem indevida.

Comentários (83)

  • Edwig Schmoeller diz: 8 de janeiro de 2013

    Essa BMW não é do dono daquela empresa ali próximo a saída pra Jaraguá ???

  • Marlon Ruttmann diz: 8 de janeiro de 2013

    Agora conta uma novidade… :P
    Todo mundo sabe que o pessoal usa e abusa de velocidade na 470. Se fizessem fiscalização todo dia e noticiassem todo dia, todo santo dia veríamos notícias como essa. Agora o que espanta é como este motorista reincidente pela quarta vez autuado, continua nas ruas. Ainda acho o limite de pontos anuais na carteira muito alto, dá pra fazer muito bobagem e continuar dirigindo…

  • Roberto diz: 8 de janeiro de 2013

    Não sei pq isso tem que virar noticia, como se fosse algo extraordinário, tem carro que vai a 260km, é multar e apreender a habilitação e pronto. bla bla bla bla

  • Ronnie diz: 8 de janeiro de 2013

    Se é o JP Zana ele ia estar de Picassão a 200 km/h!!! ISSA!

  • William diz: 8 de janeiro de 2013

    Deixa o cara andar, oras… Se ele bater sozinho, o problema é dele. Se atropelar um animal, o risco de acidente é dele.
    Nenhum energúmeno vai jogar o carro no contra-fluxo. Só assim colocará a vida de alguém em risco.
    Tem motor, é pra andar!!! Se não, pra que tanta tecnologia?

  • Zelão Tesdesco diz: 8 de janeiro de 2013

    Com toda a tecnologia embarcada nesse carro, com certeza é mais seguro andar a 150km/h numa BMW do que a 80km/h num fusca, corcel, belina, etc…

    Não estou dizendo que se tem que andar acima dos limites de velocidade, mas os critérios precisam ser revistos um cara andando a 80km/h com certas “carroças” que estamos acostumados a ver por ai está correndo o mesmo risco ou talves até mais que o cara da BMW a 150km/h.

  • Eduardo Rosa diz: 8 de janeiro de 2013

    esses dias vi um policial rodoviaria no acostamento parado namorando em horario de trabalho, porque isso vocês não colocam? e quanto aos buracos da 470?

  • Anonimus diz: 8 de janeiro de 2013

    Andar a 80km em uma rodovia, é pedir para que uma carreta carregada passe por cima, sou prova de que a maioria dos caminhoneiros não anda a menos que 100km. Se tem motor, que acelere o que der. Duvido que um policial com uma BMW dessas ande a 80Km, kkk duviiido. Agora isso não vale para aquele motorista de domingo ou para aquele que acabou de aprender a dirigir. Vamos mudar Brasil, rodovias com velocidade MÍNIMA DE 110km e não de Máximo 110km, porque de nada adianta a duplicação de todo o Brasil se ainda temor motoristas de domingo nas grandes rodovias.

  • Vinicius diz: 8 de janeiro de 2013

    Enquanto isso aqui na Alemanha, voltei de Berlin a 160Km/h e tive que voltar na pista beeem da direita hahahaha

    O pessoal tá certo, essa BMW a 150Km/h com ABS, para em uma distância MUITO menor e com mais segurança do que muito CACOS que andam a 80, 90Km/h.

  • Wilmut Eisenbock diz: 8 de janeiro de 2013

    Edwig Schmoeller, acho que não, ele trocou a BMW por uma caçamba e uma retroescavadeira.

  • Sidnei diz: 8 de janeiro de 2013

    Willian….. O Problema, que geralmente quem toma esse tipo de atitude, não bate sozinho, não atropela um animal, e sim tira vida de pessoas, que não tem culpa de nada e de pessoas irresponsáveis como a desse cidadão, que não respeita os limites de velocidade.
    Agora dizer que só pq tem motor, tecnologia, tantos cavalos, Airbag, abs, etc, é para andar em alta velocidade é de tamanha ignorância… Pense Nisso… Você ou alguém de sua família pode ser prejudicado um dia, por essas atitudes estupidas.. De infligir a Lei…. Mesmo que seja falha a lei Brasileira… #Fica a Dica…

  • Paulo diz: 8 de janeiro de 2013

    80 km/h é uma palhaçada, a velocidade máxima deveria ser de no mínimo 110kmh.

  • Pedro diz: 8 de janeiro de 2013

    OHHHHHHHHHHHHHHHH, uma BMW a 150 KMh, com meu fusca eu andava a 160.

  • BOMBEIRO MILITAR SC diz: 8 de janeiro de 2013

    Essa é para os bobões que estão achando que o cara esta certo só porque tem uma BMW, pois como Bombeiro Militar atendo quase que diariamente acidentes graves, que acabam tirando a vida de pessoas inocentes, muitas vezes de crianças e na maioria das vezes tem carros modernos envolvidos, com motores potentes e cheios de dispositivos de segurança, os quais acabam salvando a vida do riquinho do carrão e matando inocentes. Um exemplo disso foi o acidente envolvendo um filho de um tal de ex-prefeiro de Balneário Camboriú, lembram? Ou vocês acham que só porque o cara tinha um carrão deveria ter corrido mesmo. Pessoas como vocês, que estão defendendo a alta velocidade é que vão acabar matando pessoas no trânsito e achando normal.. Pura ipocrisia.

  • Eduardo diz: 8 de janeiro de 2013

    Respeite a lei! Não dá pra fazer uma pra cada tipo de carro!

  • Henrique diz: 8 de janeiro de 2013

    Quanta hipocrisia.
    Perigoso é transitar em qualquer velocidade em nossas rodovias de terceiro mundo, cheias de buracos, motoristas bêbados e policiais corruptos.

  • Matheus diz: 8 de janeiro de 2013

    O limite de velocidade deveria ser 40 km nesta rodovia

  • Leonardo diz: 8 de janeiro de 2013

    A 150Km/h eu ando com meu carro 1.0, esse aí está devagar, dá para chegar a 200Km/h tranquilamente, tem tecnologia pra isso, tem controle de tração, ABS, pneus largos, etc. Não tem nada de extraordinário nisso. O Santa tem que começar a divulgar notícias mais interessantes.

  • Mateus diz: 8 de janeiro de 2013

    Nesta rodovia o limite de velocodade deveria ser 40km

  • Carlos diz: 8 de janeiro de 2013

    A LEI (Codigo de Transito) determina regras, normas, aprovadas pelos congressistas que elegemos, e se a Lei diz que o limite é 80 KM /h , entao e 80 KM/h, se o veiculo tem todos estes itens de seguranca como falam, otimo, imagina tudo isso a 80, seria seguranca maxima, agora, se voces querem andar a 110 ou 150,querem se matar nas belas e seguras rodovias de nosso estado, entao, andem a 200 , e se nao querem respeitar as leis de transito,solicitem aos seus congressistas que elegeram as mudancas que gostariam, mas parem de falar tanta besteira, pois a lei em nosso pais e esta, nao facam comparacao com outros paises, nos moramos aqui.

  • Leonardo diz: 8 de janeiro de 2013

    Repito o que eu digo, 150Km/h para este modelo é uma velocidade aceitável. O problema não é andar, o problema é não saber a hora de pisar no freio. Essa tecnologia toda ajuda, mas nada disso adianta se não tiver a inteligência do motorista. A maioria dos acidentes causadas por esses carrões certamente ocorreram porque o motorista estava alcoolizado, fez ultrapassagem forçada ou não soube a hora de diminuir a velocidade. Por isso a inteligência é fundamental. Não é a velocidade que mata.

  • sidnei diz: 8 de janeiro de 2013

    Querem correr , vão para autódromos. Nas rodovias, respeitem as leis. Quem ultrapassa os limites de velocidade em demasia é um idiota.

  • Marco diz: 8 de janeiro de 2013

    Imbecilidade andar tão rápido na BR470 (pista simples). Não tenho dúvidas que uma BMW trafegue com segurança a 150km/h. Infração, mas ainda mais seguro que muito carro a 80km/h. O problema é que com a baixa qualidade da pista e dos motoristas, a chance de acidente é alta, e em casos assim algum inocente pode morrer.

    Pergunta para fechar: trafegar acima de 50% do limite deve apreender a CNH. Vai ser feito?!

  • ENETO diz: 8 de janeiro de 2013

    e DAI???? Pararam o carro ? ou sera que ele seguiu seu destino e a sua unica pena sera pagar multa!!!! O radar esta para punir ou para preservar a vida? O trabalho do esta do (Policia Rodoviaria) é preservar a vida e não arrecadar dinheiro e descobrir que o carro é reincidente. O correto seria seria parar o veiculo assim que foi flagrado o excesso de velocidade e nao deixa-lo seguir e simplesmente multá-lo. O que me impede de ir até Salvador a 200 km p/ hora? radar? E se eu tiver condições de pagar as multas ? Se ninguem me parar eu vou até Salvador e volto e simplesmente arcarei com as multas . E a preservação da minha vida e a de terceiros onde fica???

  • Ricardo Roeder diz: 8 de janeiro de 2013

    Se fosse 250 km/h a reportagem teria algum sentido.

  • alan diz: 8 de janeiro de 2013

    Esse cara envergonha a familia, as Bemas como a da foto só cortam a 225 km/h no modelo 320 e 250 km / na M3, quer dizer 150 é coisa de principiante, ta todo mundo tirando sarro, já que vai fazer bobagem, vai no limite, voce pisa e o motor comeca a falhar, vai perder a carteira mesmo, kkk.

  • Carlos Alberto diz: 8 de janeiro de 2013

    Abaixo as BMW! Viva a carroça! A PRF só trabalha se tem radar, se não tem, fica descansando.

  • fe diz: 8 de janeiro de 2013

    Sério que isso é notícia?

  • William diz: 8 de janeiro de 2013

    Se o motorista não está alcoolizado, tem consciência e principalmente experiência com uma ligeira direção defensiva, não vejo nada de mais. Acho até pouco 150km/h. Acidentes são causados por imprudências ou raros defeitos no veículo. De fato, ninguém anda a 80km/h em uma reta bem asfaltada.

  • Henrique diz: 8 de janeiro de 2013

    Duvido que este tenha sido o único carro nesta velocidade. Só virou notícia porque é uma BMW e o pessoal gosta de pegar no pé. A estrada sim que infelzimente é só uma M…

  • Lene diz: 8 de janeiro de 2013

    Respeitar os limites de velocidade é apenas parte de nossa responsabilidade…. as coisas precisam ser compatíveis… a tecnologia do veículo é indiscutível…. já a da rodovia …

  • Jaison diz: 8 de janeiro de 2013

    Concordo com o bombeiro.

  • Giba santana diz: 8 de janeiro de 2013

    E dai ? qual é o objetivo dessa noticia ? todo dia tem carro andando a 150 Km/h. Eu ando a 150 com um palio, essa BMW se o cara quiser anda a 220 km. É errado claro pois tem limite de velocidade nas rodovias , mas o noticia pra encher linguiça heim!

  • Rubens Adriane de Souza diz: 8 de janeiro de 2013

    Rodovias ruins, policiciais corruptos, motorista irresponsaveis, tudo isso com uma falta de educação, respeito e cultura faz com que 150Km/h seja normal para uma bmw.

  • Ermenegildo diz: 8 de janeiro de 2013

    Que engraçado…qdo tem uma tranqueira andando a 40 km por hora, caindo aos pedaçõs, puxando uma filha de mais de 20 carros, poluindo, atrasando a viagem, (sem contar as troçentas lombadas ), ou um caminhão poluindo., caindo mais ainda aos pedaços, com excesso de carga daí ninguem “flagra” né ? O que é mais perigoso: uma BMW a 150 ? Ou um domingueiro a 40 por hora na 470…(sem entrar no mérito da infração)

  • PEREIRA diz: 8 de janeiro de 2013

    Sem dúvidas para educar o brasileiro tem que mexer no bolso. Se tal veiculo é potente, importado certamente não foi desenvolvido para andar na BR-470, que é uma rodovia movimentada e encontra-se com situações precárias.
    Se tens pressa de chegar em algum lugar saia mais cedo de casa.
    Aquele cidadão que possui um fusquinha ou um ford belina também paga os impostos e tem direito a usar a rodovia assim como o cidadão bem sucedido da BMW.
    Procure se ater as estatisticas de morte nessa rodovia e verás que a maior causa delas é o exesso de velocidade combinado com outros fatores. Parabéns a PRF.

  • joao diz: 8 de janeiro de 2013

    Deveriam vender somente carros que andassem no máximo a 80 km por. kkkkkkkk, que piada heim ???? O cara tem uma bwm ou qualquer outro carro desse nível prá andar a 80 por hora…isso é uma piada de brasileiro, só aqui mesmo no Brasil, vão duplicar e consertar as BRs, governo de incompetentes…é mais fácil multar mesmo…não dá trabalho…

  • Cidadão de Blumenau diz: 8 de janeiro de 2013

    Há que se lamentar comentários como estes que validam a atitude (irresponsável) deste motorista apenas e tão somente pelo fato de estar dirigindo um carro importado… Como se este mesmo veículo, por conta da “tecnologia embarcada”, estivesse imune a qquer tipo de acidente…! Hipocrisia é de fato a melhor definição para estes comentários! Este tipo de comportamento/comentários deixa claro que os problemas (grande parte deles) do trânsito vão muito além das leis, dos buracos, dos carros e seus pseudo” pilotos”… A educação no sentido mais literal da palavra e principalmente o Respeito pelo próximo surgem como luz no final do túnel…

  • Cris diz: 8 de janeiro de 2013

    Concordo com o Bombeiro Militar SC, com o Eduardo e com o Henrique, basta ver acidentes com “carrões” que mataram famílias inteiras: com Honda Civic (http://wp.clicrbs.com.br/ultimasnoticias/2012/11/19/identificadas-vitimas-de-acidente-na-br-386/) ou com Hilux (http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2012/12/acidente-deixa-cinco-mortos-e-seis-feridos-na-br-101-em-picarras-sc.html). Esses e tantos outros que acontecem com pessoas que acreditam estar em carros “seguros”, com tecnologia, bla bla bla….mas que causam acidentes matando muitas pessoas, muitas vezes pessoas que não tem nada a ver com a imprudência do motorista…

  • EU diz: 8 de janeiro de 2013

    Engraçado né? Se bater problema é dele , se atropelar um animal problema é dele , ninguem coloca o carro contra fluxo.OK Quero ver se ele perde o controle e invade a contra pista, deveria bater d frente com um desses ignorantes ai q nem sabe o que estao falando ou atropelar alguém da familia d vcs q estão falando asneiras.
    Como é noticiado diariamente ” motorista perde controle e mata”, ta na hora d acorda”ENERGÚMENO”
    Concordo q o carro tem motor, mas nos não temos rodovia pra isso.
    Moro na 470 , porem transito nela diariamente , presencio muita desgraça, falta d responsabilidade, motoristas q nao sabem o q falam ,o q fazem , no minimo compraram a CNH…LAMENTÁVEL

  • MORENA diz: 8 de janeiro de 2013

    Apoio vc BOMBEIRO, vcs nas estradas e nos aqui noa hospitais lutando contra a morte de uns irresponsáveis e infelizes com esses tipos de comentários acima.
    Muito triste sabe q tem gente com essa mentalidade.

  • Pedro diz: 8 de janeiro de 2013

    O carro deveria ser recolhido a uma delegacia e proprietário, condutor deveriam ser penalizados com multas e cassação da CNH. Geralmente os proprietários destes veiculos se acham intangiveis pelo poder aquisitivo dos mesmos.

  • Pereira diz: 8 de janeiro de 2013

    Achar bonito isso é aplaudir a irresponsabilidade no transito. Nossa BR-470 não suporta tanta ignorancia. Temos uma rodovia com um enorme fluxo e condições precarias. E certamente o proprietario do fusquinha ou do ford belina também pagam impostos e tem direito igual ao proprietario da BMW. Seria interessante vc ler as estatisticas de morte na 470 e verás que o maior indice de morte é o exesso de velocidade combinado com outros fatores.Precisamos de mais fiscalização , principalmento nos finais de semana.

  • waldir diz: 8 de janeiro de 2013

    FACIL,JÁ QUE O PODER AQUISITIVO DELE É TÃO ALTO MANDE ELE CONSTRUIR UMA RODOVIA SÓ PARA ELE E TANTOS OUTROS SE MATAREM ,NINGUÉM MERESCE MORRER POR CONTA DESTE E TANTOS OUTROS IRRESPONSAVEIS,QUE PENSAM SER O DONO DO MUNDO CADEIA É POUCO NÓS DEVERIAMOS TER PRISÕES SÓ PARA CRIME DE TRANSITO,E ESTE SERIA CONSIDERADO UM CRIME GRAVE COM UMA PENA DE PELO MENOS 10 ANOS EM REGIME FECHADO.POIS QUANDO SE MATA ALGUEM EM QUALQUER CIRCUNSTANCIA A PENA MINIMA É DE 20 ANOS.

  • Robson diz: 8 de janeiro de 2013

    Tecnologia o carro tem de sobra,mas o motorista tem responsabilidade???
    Santa Catarina um dos piores estados do Brasil em relação a rodovias não duplicadas….

  • Altino Junior diz: 8 de janeiro de 2013

    Li a noticia e fiquei muito triste. Mas ao ler os comentários, onde a maioria apóia a atitude do tal motorista, com base nos mais diversos aspectos, fiquei mais do que triste: fiquei perplexo e decepcionado com o nível de cidadania e conscientização das pessoas que postaram suas opiniões. E isso porque são pessoas que leem jornal e tem acesso a internet, ou seja, deveriam ter capacidade de desenvolver seu sendo critico. Fico imaginando que tipo de cidadão se esconde atrás desses leitores que acham normal “uma BMW importada” andar nessa velocidade em uma estrada que bate recordes diarios de morte. Claro que precisamos de melhores estradas, policiais mais capacitados e de um governo mais atuante. Mas achar que é normal a atitude descrita na reportagem realmente mostra o tipo de povo que temos….. LAMENTÁVEL e VERGONHOSO!!!

  • Jalmor diz: 8 de janeiro de 2013

    Já que estamos falando de velocidade, gostaria que alguém me explicasse porque que ali em Gaspar tem tres lombadas eletrônicas com velocidade máxima de 60 Km/h e uma, a última no sentido Bnu/Navegantes com velocidade máxima de 50 Km/h.

  • RIcardo diz: 8 de janeiro de 2013

    Posso mandar minha foto da multa ultrapassando a incriveis 92km/h uma kombi que deveria estar a no maximo 60 km/h.

  • Sandro diz: 8 de janeiro de 2013

    Acho que seria extraordinário se fosse o meu fusca a 150 Km/h… Aí valia até colocar na capa e eu ainda deixava mostrar a placa. Mas como é a BMW então faz assim: multa e está tudo certo!

  • Luciano de Blumenau diz: 8 de janeiro de 2013

    Olha !!

    Concordo com certas opiniões sobre carro e tecnologia que postaram aqui.

    Mas também é o seguinte….um carro como esse na mão de um motorista decente é uma coisa !!O carro e o modo de dirigir é seguro !!!

    Agora de nada adianta ter 300 cavalos de potencia e toda tecnologia se o motorista é um tremendo JUMENTO mau preparado !!! Dae acaba virando uma arma !!

    Acelerar todo mundo sabe……quero ver é parar !!
    E não venham com esse papo de ABS pra cá e AIR BAG pra lá !!
    Essa tecnologia toda na mão de um motorista ruim…….é a mesma coisa que nada !!

    Se não estão felizes em andar a 80/120 km/h em uma rodovia NÃO DUPLICADA e congestionada….é simples minha gente !!!
    Comprem um avião ou helicoptero !! Assim não tem congestionamento e passam por cima de todos !!rsrsrsrs

  • Décio Isleb diz: 8 de janeiro de 2013

    O dono do carro certamente tem dinheiro e pouco se preocupa com as multas, tanto é que já é a 5ª… ou seja, vai resolver continuar multando (enchendo o bolso do governo) ????

  • Conrado diz: 9 de janeiro de 2013

    É a BMW Série 3 nova, ele está amaciando o motor

  • ED_BNU diz: 9 de janeiro de 2013

    Não importa que carro esse cidadão tem. E se fosse um carro nacional e ainda popular, eu garanto que a polícia havia parado para dar a multa e apreender o carro. Como se trata de um carro importado, e todos sabem, não é para qualquer um ter um carro desses, a polícia nem para por nao saber com quem está lhe tratando, vai a saber se ele parar esse indivíduo o policial vai se dar mal. É lamentavel isso. È bem capaz desse cara recorrer da multa e ainda consegui. Eu levei uma multa e fui recorrer, pois é 11 anos que tenho carteira, nunca levei uma multa, e o nosso estado negou a minha justificativa. A rodovia que eu estava é para andar a 60km/h e fui pego a 60km/h, e tive que pagar.

  • Bruno Blumenau diz: 9 de janeiro de 2013

    Quanta babaquice, quero ver esses babacas que gostam de andar a 150 km/h sentir como funciona a “tecnologia embarcada” de um velório de um de seus familiares…e dá pra ver como falta educação pra esse povo desde o chevete até as BMW…e tá faltando também fiscalização pesada…

  • Nicolás Alejandro Guañabens diz: 9 de janeiro de 2013

    Andar numa BMW a 150 km/h… é como andar num carro popular a 80 km/h, o tempo de freagem dos 2 carros até parar vai ser a mesma! , quantos acidentes envolvem carros populares carregando nnnn passageiros, ou antigos em mal estado nas rodovias?, vejam as estatísticas!
    Pela qualidade da frota que roda nas nossas estradas (?) somos obrigados a nivelar por baixo a velocidade máxima…, pela segurança mínima que temos nas rodovias nosso destino é igual a todos, ficar nos engarrafamentos e dar graças a Deus quando chegamos no destino sem nenhum susto ou coisa pior.

  • Paulo diz: 9 de janeiro de 2013

    Porque não duplicam, triplicam, quadriplicam a 470? nosso dinheiro vai pelo ralo todo dia, deverim investir em infraestrutura neste pais…

  • Ermenegildo diz: 9 de janeiro de 2013

    Dúvido que esse bando de hipócritas aqui em cima anda a 80km por hora em QUALQUER rodovia de SC. Causar acidente é uma coisa. Andar a 150 km por hora é outra. Vejam as estatísticas. Quem causa mais acidente. Quem anda a 150km por hora ou um bando de caminhoneiro chapado (SEM FISCALIZAÇÃO). Proibam a venda desses carros então. Bando de hipócritas, vão andar a 80 km por hora. Bando de mentirosos…até parece que cumprem leis..BRASILEIROS…

  • Felipe diz: 9 de janeiro de 2013

    Concordo com Roberto, 150 até meu Santana 1991 vai de boa, e alguém acha que para um cara que tem uma BMW esta 70 km acima do limite e levar multa vai estragar o sono dele?

  • TIego diz: 9 de janeiro de 2013

    Ando na 470 todos os dias e me da sono andar a 80 Km/h, sem brincadeira…., mesmo pq nao se consegue manter uma velocidade constante. Nestes casos, pisamos um pouco mais onde é possível.
    O fato de a pessoa ter um carro melhor não quer dizer que ele é “riquinho”, eu não sou rico e tenho um carro que me proporciona todos os itens de segurança e tem um belo motor. Comprei ele exatamente por isso. Risco são esses carros em péssimas condições de uso (muitas vezes que nem poderiam estar rodando) que ficam “perambulando” pela rodovia. Cada um tem uma opinião sobre esse assunto. Eu tento respeitar, mas não da, não tem como…

  • Charles diz: 9 de janeiro de 2013

    Senhores que falam em altas velocidades, inclusive Bombeiros,… ninguem de vcs jamais ultrapassou o limite de velocidade? Nunca? Em nenhum lugar? Que bom! Obrigado por falar palavras bonitas aos outros. Acidentes acontecem todos os dias com carros otimos, bons, medios, ruins, caindo aos pedaços. Não defendo o cara da BMW, mas tb não posso condená-lo pois tb erro e por isso tenho que cuidar do meu nariz ao invés que ciritcar os outros!

  • Renan Lorenci diz: 9 de janeiro de 2013

    engraçado que ninguem fala em duplicação da BR 470, só exste esse abuso na velocidade devido a precariedade das nossas rodovias, se voce conseguisse andar numa media de 100km/h, voce nao precisaria cometer essas loucuras, mas na 470 mesmo voce andando a 200km/h voce não consegue fazer media de 80km/h vindo do litoral pro oeste… ao invés de ficarem multando multando, ipva, impostos, dupliquem essa rodovia, vai salvar a vida de muita gente que paga impostos mais caros do mundo e não tem o mínimo de retorno.

  • Felipe diz: 9 de janeiro de 2013

    Engraçado é que nos comentários está cheio de entendidos sobre carros potentes e suas tecnologias, mais que provavelmente não trafegam todos os dias pela br 470, ou simplesmente assistem a filmes como velozes e furiosos e se acham o tal atras de um volante. Concordo que a velocidade de 150km/h não seja algo tão absurdo assim, mais como se diz, existe lugar para andar em altas velocidades, e certamente a br 470, a rodovia da morte, como já foi mencionado em outras ocasiões, não é uma delas, com pista simples, curvas perigosas e tráfego intenso de veículos. Utilizo a rodovia diariamente e já perdi a conta de quantas cenas de desrespeito e imprudência já presenciei, cenas estas que muitas vezes vão parar nas capas de jornais que lamentam a morte de famílias inteiras, tiradas por algum playboyzinho inconsequente que estava passeando com o seu carrão.

  • Rodrigo diz: 9 de janeiro de 2013

    Bom dia, sou da seguinte opinião, os acidentes ocorrem com maior frequência quando você está devagar (olhando para os lados, conversando, achando que naquela velocidade não irá acontecer nada, distraído, ao telefone) ou bêbado em alta velocidade achando que é o cara com os reflexos alterados (caso do filho do ex-prefeito de Balneário pois havia saído de uma festa se não me engano). Fora isso o que contribui muito para os acidentes são pessoas atravessando fora das faixas apropriadas, bicicletas dividindo espaços com os carros até mesmo pedestres, obras mal sinalizadas (tem até o caso noticiado de um carro caindo em um rio de Porto Belo esses dias atrás e ele não estava a 150Km/h), falta de conservação e sinalização das rodovias (devido a isso adoro pedágios mesmo sabendo que é um absurdo mais é a única forma de haver mais segurança para andar de carro, já imaginou na BR101 a 100Km/h você encontrar um pneu de caminhão no meio da pista, mau conservação dos veículos, além de umas relíquias de mais de 10 anos andando na estrada, carros com motor 1.0, caminhões e ônibus achando que podem realizar ultrapassagem, pessoas consideradas idosas andando que nem tartaruga com os reflexos mais baixos do que um bêbado, não sabendo nem como agir e ir no transito que vivemos nos dias atuais). Agora me respondam uma pergunta, para que Camaro de 400 cv são fabricados e vendidos, só aqui em BNU deve haver uns 10 desses, para andarem a 50Km/h, também não digo que devem andar constantemente a 150Km/h, mais sou da seguinte opinião, ter um carro acima de 150cv por exemplo deveria possuir CNH acima da categoria B, possuir GPS que ajuda na navegação da pista alertando sobre intensidade das curvas, que ocorra em um lugar que houvesse condições para isso sem muito fluxo de veículos naquele momento, duvido que a BMW estava a 150Km/h com carros a sua frente andando a 80km/h, não haveria condições disso nessa rodovia e olha que conheço esse trecho desde Rio do Sul à BR 101 na palma da minha mão. Finalizando sou favorável desde que com cautela e responsabilidade. Também vale salientar que esses carros são vendidos com limitadores de velocidade e essa é estabelecida conforme a país se não me engano que o carro é vendido, resumindo se um Camaro é limitado a 250Km/h é permitido andar aqui em algum lugar desse país a essa velocidade, pois sabemos que com 400cv 250Km/h é muito a menos do que ele pode chegar.

  • Jacqueline diz: 9 de janeiro de 2013

    Depois de ler todos os comentários sobre esta reportagem, fiz questão pela primeira vez de também comentar. Sou engenheira civil e já trabalhei e trabalho com projetos de rodovias. Os projetos são feitos baseados numa velocidade base, todos os critérios como o raio das curvas são em função da velocidade a ser trafegada na estrada. Se a placa de regulamentação (esta placa é a que determina a obrigatoriedade de ser seguida) de velocidade máxima permitida na rodovia, naquele trecho, for de 80 km/h, ela não está somente ali pra controlar a velocidade e sim também porque aquele trecho não permite que a velocidade seja maior, por exemplo o raio da curva só permitir um carro naquela velocidade máxima, acima disso pode causar a saída da pista do veículo. Nos projetos de sinalização além dos parâmetros físicos de projeto que determinam qual velocidade utilizar nas placas, existem os que são determinados por ser uma área urbana, por exemplo, esta devendo ter velocidade menor pelo maior números de acessos a rodovia. Mas isso tudo que eu escrevi imagino que todos saibam o porque de algumas velocidades baixas em trechos que parecem permitir andar mais rápido. As placas de trânsito são lei, e na nossa democracia as leis é quem ditam as regras para uma boa convivência no geral. Se você tem uma BMW ou um carro popular não interessa se ele tem potência ou não. Se quer andar a 150 km/h ande, mas em uma rodovia que esta velocidade seja permitida pela sinalização nela instalada. No Brasil existe? Nunca vi. Vai existir? Poderia sem problemas se alguma rodovia fosse projetada com a velocidade de 150 km/h como base. Mas agora eu pergunto o que tu ganha em chegar uns minutos adiantado andando acima da velocidade permitida colocando a sua vida em risco, das pessoas que estão no seu veículo, dos terceiros que fazem uso da mesma rodovia do mesmo trajeto? Não costumo andar muito pela BR-470, justamente evito ela por eu andar na velocidade permitida e sentir mesmo que os veículos vão praticamente passar por cima de mim, e sempre possível facilito a ultrapassagem dos mesmo. Mas neste final de ano tive que fazer uso da rodovia andando num honda civic dos meus pais e na velocidade permitida com um movimento intenso na rodovia e mais uma vez vendo imprudência de motoristas, tanto de velocidade quanto de ultrapassagens inseguras. Respeitem a sinalização, quando existe não respeitam e quando não existe (trafeguem numa rodovia sem sinalização pra sentirem a falta dela) reclamam!

  • Heinz diz: 9 de janeiro de 2013

    Na Alemanha em geral não tem limite de velocidade na “Autobahn” – tipo BR, mais nas ruas sem duplicação o limite é 100 km/h o na zona urbana é 50 km/h.
    Lá com 82 mio. habitantes o numero das vitimas fatais do transito nos últimos anos é igual do numero das vitimas em Santa Catarina!!!
    Falta qualidade das estradas, planejamento com padrão adequado, sinalizações, educação dos condutores, fiscalização do estado técnico dos veículos, modificação do sistema da IPVA (porque um carro velho, inseguro, com giração de polução alta, paga menos que um veiculo moderno?), é finalmente responsabilidade dos políticos que não tomam previdências de melhorar o sistema integral do transito.

  • zanyr f gomes jr diz: 9 de janeiro de 2013

    seguinte, a lei foi feita para todos, este motorista deve sim, levar uma multa pesada, e muito irresponsavel. e as pessoas que comentaram a favor dele, sao outros irresponsaveis.

  • Paulo diz: 9 de janeiro de 2013

    Interessante é que é a quarta autuação por excesso de velocidade.
    As multas deveriam ter um adicional, que tal 5% do valor (de tabela) do veículo utilizado para cometer a infração? Ele estaria pagando 20% do valor da BMW. Queria ver até quando iria a arrogância dele, e dos que batem palmas para este tipo de comportamento.

  • Gerson Luiz diz: 9 de janeiro de 2013

    A maioria dos cometários acima é bem típico dos “blumenauenses fundamentais” definidos pelo Maicon Tenfen .

  • Luis Carlos Frischknecht diz: 9 de janeiro de 2013

    Quanto comentário abestalhado.
    A solução é fiscalizar, fiscalizar, fiscalizar e punir os imprudentes.
    Já é hora dos Policiais Federais e Estaduais sair de seus postos e ir para as Rodovias fiscalizar.

  • alex diz: 9 de janeiro de 2013

    Gente falta EDUCAÇÃO para nosso BRASIL…. uma política que esta sempre com intenção de troca de “favores” de troca de “apoios”… e NÃO uma política A FAVOR DA POPULAÇÃO. Radares são a verdadeira maquina de caça níquel com “certificação e aprovação” … CONCORDO que 150 km/h é um tanto elevada a velocidade, mas também combinamos aqui que 80 km/h é uma diretriz muito antiga. Mas para vc realizar uma ultrapassagem de uma carreta na BR470 se nao for a 150 não passa uma carreta.. a nao ser que seja morro a cima. Onde esta a política para alterar estas diretriz em 100 ou 110 ????.. porque não se aprova algo? Qualquer veiculo hoje tem condição de rodar com segurança na velocidade de 100 ou 110 … um fusca a 80 acho que é muito mais perigoso como ja foi dito, que um veiculo de hoje a 110 nem me refiro a tal BMW, veículos nacionais tem plenas condições de rodar a 100 ou 110. Os fatos de perigo na BR470 são vários.. falta de conservação, o grande fluxo, falta de experiência dos motoristas a alta velocidade e a imprudência ou seja falta de EDUCAÇÃO. Um veiculo com um motor maior mais potente é excelente para vc realizar uma ultrapassagem pois vc terá mais segurança mas não para forçar uma ultrapassagem. Prova de falta de EDUCAÇÃO COM TODA A POPULAÇÃO e o trecho de duplicação sul da BR101 que não termina. Onde esta o planejamento do nosso Brasil? Onde começa??? EDUCAÇÃO GENTE.. alunos que fazem de conta que apreende professores que não podem fazer nada para corrigir pois são repreendidos por regras, falta investimento no principal item do nosso Brasil…. onde este BRASIL vai parar? Pais que lavam as mãos com educação dos filhos acham porque dao presentes ou pagam uma escola particular a escola tem que se virar com o filho… mas vejam .. EDUCAÇÃO VEM DE CASA… e continua com o aprendizado nas escolas que se reflete no bom convívio entre colegas..que se REFLETE POR FIM NO DIA DIA DA SOCIEDADE QUANDO ASSIM ESTARÃO TRABALHANDO…… OU ANDANDO DE CARRO PELA NOSSAS RODOVIAS.

  • Bruno diz: 9 de janeiro de 2013

    É por isso que essa região é tão tosca. A peãozada está sempre babando ovo pra granfininho, defendendo que, se pode pagar, tem que passar por cima da lei mesmo. Isso vale pra velocidade, bebidas alcoolicas, entre outras coisas. Por isso que a patronagem tá cada vez mais rica nessa região, pagando um salário de esmola pra quem rala o dia todo, porque sabem que esse povo chucro tem essa mentalidade provinciana.

  • rogerio diz: 9 de janeiro de 2013

    bom dia a todos minha funcao e motorista trabalho a 10 anos viajo por ai os problemas das estradas sao varios 1 rodovias em pessimo estado motoristas imprudentes e nao apto para dirigir voce ve todos os dias varios fazendo bobagem nao podemos contribuir com esse tipo de atitude andar a 150 por hora e nem a 80 no meu ver a velocidade minima e maxima deveria ser de 100km duplicada 120km e ser mais energico na hora de habilitar alguem ao volanta todos os dias vejo aqui em blumenau motoristas sem nocao principalmente mulheres que nao conseguem estacionar um carro onde caberia um caminhao sem nocao nao estou dizendo que mulher nao dirige bem conheco algumas que sao muito boas no volanta o que precisa acabar e com essas meninas no volante que se acham a tal patricinhas que papai da um carro zero paga a carteira e saem por ai se achando .

  • gilberto diz: 9 de janeiro de 2013

    Para estes que acham que deve aumentar o limite de velocidade segue a dica o dia que voçês tiveren um parente entrevado em uma cadeira de rodas por causa de acidentes que acontecem por estes motivos, talves voçês mudem de ideia.

  • Marco Rotta (@marcorotta) diz: 9 de janeiro de 2013

    E como sempre, o argumento de muitos é de que tendo condições (dinheiro) para garantir mais segurança (para si, claro!) dentro de um carro de maior qualidade, tudo bem “dar uma flexibilizada na lei”. Afinal, “no meu carro caro e excelente, dirigido por este super-herói que voz fala, a lei deveria ser outra”.

    Parabéns! É esta linha de raciocínio torta que fez do Brasil a porcaria que é. ZERO de visão coletiva e decência para cumprir as leias (sendo elas boas ou não)…

  • BOMBEIRO MILITAR SC diz: 9 de janeiro de 2013

    JACQUELINE… Parabéns por sua explanação, pois você soube colocar em linhas o verdadeiro motivo para o qual todos devem obedecer os limites de velocidade, resumindo que oque limita uma velocidade máxima em uma rodovia não é o tipo do veículos e sim para qual velocidade a rodovia é projetada, portanto, se o limite máximo é 80 Km/h, vamos andar a 80 Km/h e não a 150, só porque o veículo suporta isso. A duplicação da rodovia BR 470 está em tramites de acontecer, portanto, se depois da duplicação, a velocidade for alterada para 110 Km/h, aí sim poderemos aumentar nossa velocidade, mas não para 150…. aaa, mais daí o povo com carrão vai querer andar a 190, 200 ou 210 e vão continuar falando que seus carros tem tecnologias para isso.

  • alex. diz: 9 de janeiro de 2013

    A pergunta que fica é O QUE PLANTAMOS NO PASSADO? BOM PLANTAMOS O FAMOSO JEITINHO…. temos que plantar que o MUNDO É DOS CERTOS… E NÃO DOS ESPERTOS… ai vamos colher realmente o que todos querem.. ou ao menos uma grande maioria quer…caso contrario.. nosso amigo bombeiro vai continar a tentar ajudar pessoas em acidentes cada vez mais graves e de nada vai adiantar nossa amiga JAQUELINE projetar nossas estradas. (GENTE EDUCAÇÃO)….

  • Rafael diz: 9 de janeiro de 2013

    Já foi a época em que pessoas acima de 18 anos eram consideradas maior de idade. Ou seja, responsável e consciente de seus atos. Cabe uma revisão da idade que inicia a maior idade. A maioria dos comentários acima, aprovando a atitude um outro irresponsável é mais uma prova disso. Ou Vocês acham que rodovia é sinônimo de pista de corrida?

  • Rodrigo diz: 10 de janeiro de 2013

    Bom dia, respeito o comentário de todos, porém vejo de outras formas, entendo que uma rodovia é projetada e sinalizada para uma determinada velocidade, porém cansei já de entrar em curvas quase que no dobro da velocidade e o carro não se quer derrapa devido o controle de estabilidade e tração para quem não conhece esse sistema pode ser compreendido através desse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=OJXLwA6K4s4 . Sou contra a sinalização muitas vezes, sobre as sinaleiras que só faz o transito parar mais ainda, tem lugares que até concordo que tenha mais outros sinceramente só atrapalha. Vejo também que não é pegar um carro de um amigo e sair metendo como foi noticiado com um Porsche senão me engano em SP, que o amigo ou não sei quem pegou e saiu sem conhecer do carro e bateu. Carro pode ser considerado como uma arma ou melhor dizendo é uma arma, para usarmos devemos ter muita cautela principalmente se não conhece o mesmo. Muitos podem dizer o que ele está falando, simples “exemplo”, tenho um Bravo 10 ou 20 anos, conheço a forma de direção desse carro muito bem sei que em uma determinada curva marca 60 mais sempre passo a 80 por ela porque sei que meu carro suporta muito bem isso sem problemas, dai pego um carro de um amigo, exemplo uma Montana e vou fazer um teste na mesma curva não vai dar muito certo isso não. Digo isso porque antes de aventurar-se a qualquer velocidade temos que ter conhecimento do que temos na mão, temos que ponderar se da ou não da para fazer algo naquele horário ou não, consciência, responsabilidade e sempre gradativamente, etc. Agora não vejo nada contra de um cidadão as 3 da manhã em seu carrão na BR470 possa colocar assim uns 160Km/H da BR101 até BNU tranquilo, no máximo vai encontrar 3 carros andando nesse trajeto nesse horário, a rodovia permite essa velocidade quase que inteira, tem trajetos que realmente não da, ai vem a experiência junto com a consciência que te faz pisar no freio. Resumindo estamos em uma sociedade, sei que tem leis e elas estão ai para serem cumpridas para o bom convívio, porém não vejo mau se em algum momento uma pessoa quiser dar uma corrida em uma estrada desde que ela saiba o que está fazendo. Sei que é um fato muito polemico e, concordo com as punições desde que você realmente cometa elas. Não entenderão, exemplo matei alguém, simples deveria saber que não era para correr senão tivesse certeza, perde sua carteira para o resto da vida, a só capotou o carro, simples por um ano sem carteira, poderia ter matado alguém e, assim vai, acho que iria punir de uma melhor forma, dando liberdade da pessoas curtir também de forma responsável. Outro exemplo básico quer pegar quantas mulheres quiser sem proteção, pode pegar, engravidou, se ferra para assumir e pagar a pensão senão cadeia, olha é a forma de aplicação de lei que mais acho correta, faça o que quiser mais se acontecer isso, ou aquilo, se prepara. Bom seria isso, tenha um bom dia a todos.

  • Rodrigo Borgonovo diz: 10 de janeiro de 2013

    Grande parte dos engarrafamentos que encontramos na BR470 são culpa de “motoristas” como esse aí. Se todos respeitassem a sinalização, os limites de velocidade e principalmente a distancia a ser mantida do carro da frente, reduziria bastante o numero de acidentes e mortes no transito. Andando pela BR470 no trecho de Gaspar, aonde tem lombadas eletronicas e sinalização indicativa de velocidade de 50/60 km/h, são inúmeras as cenas de imprudencia e falta de educação de muitos “motoristas” que dizem que carro é pra acelerar, que tem segurança, ABS, Controle de tração, etc. Esses imprudentes ultrapassam em faixa continua, andam grudados no carro da frente, nao respeitam as leis, colocam a propria vida e a de inocentes em risco. Pra quê? Pra chegar no acesso à BR101, ou em qualquer destino 2 ou 3 minutos antes de quem respeita a sinalização, causando filas, situações de risco e até acidentes. Experientem, sigam sua viagem respeitando a sinalização. A rodovia não é pista de corrida. Vá a 80, inclusive economiza combustivel, e dirigir passa a ser prazeroso, tem tanta paisagem bonita que pode ser apreciada em nossa regiao.

  • Felipe diz: 10 de janeiro de 2013

    O amigo Rodrigo cita no comentário acima o fato de se dirigir as 3 da manha com o carro em alta velocidade. Porém, se observarmos a imagem, o fato ocorreu as 17:36 de uma segunda feira. Não fosse o fato de ser inicio de ano ainda, nesse dia da semana e nesse horário teríamos várias crianças retornando da escola para casa. Agora imagine a situação de uma criança atravessando a rua repentinamente, pegando o motorista de surpresa, o motorista teria mais tempo para reagir a situação a 80km/h ou a 150km/h?

  • BOMBEIRO MILITAR SC diz: 10 de janeiro de 2013

    Lembram de um atropelamento que ocorreu no ano passado na região de Gaspar, onde uma mãe e uma criança que atravessavam a rodovia foram atropelados e morreram? Será que o veículo que atropelou não estava acima do limite? Pois tenho certeza que se estivesse dentro do limite máximo do local(60Km/h) essas duas vidas estariam salvas hoje em dia, pois daria tempo de desviar.
    Dias atras fui atender uma ocorrência de uma pessoa passando mal na sua residência, chegando lá me cortou o coração em constatar que se tratava de uma mesma senhora que eu havia atendido no mês de outubro/2012 e infelizmete ela estará pelo resto da vida em uma cama, pois ficou paraplégica.
    Só para terem uma idéia, os dois atropelamentos anteriores aconteceram em horários que na teoria são sem movimentos na rodovias. A primeira foi na BR 470 um pouco antes da meia noite e a segunda foi na rua Gustavo Zimmermenn, perto das 04:30 da madrugada.
    Horário nenhum justificam excessos de velocidades…. pois por experiência própria sei que os acidentes mais graves acontecem de madrugada.

  • Raygs diz: 5 de abril de 2013

    Polêmica e polêmica…

    Penso que infringir a lei de trânsito é um direito no estado democrático. Àqueles que infringirem, que hajam as penalidades e pronto.

    Não se pode dizer que o BMW em questão, trafegando a 150 km/h é um irresponsável, que isso é um absurdo e blá blá blá…

    Essa velocidade é MUITO grande para alguns modelos de carros e NADA para outros.
    E convenhamos… Isso é indiscutível não é mesmo?

    Outro exemplo que corrobora claramente a questão

    Essas estradas, ou melhor, as respectivas sinalizações, em muitos casos, foram feitas a décadas, não acompanhando a dinâmica evolução dos automóveis.

    Quem nunca, ao vir a sinalização de 60 KM/H em um trecho da estrada – muitas vezes em curva -, por exemplo, trafegou a 120 KM/H, sem qualquer dificuldade, ou seja, claramente MUITO longe do que seria o limite do carro??

    Nestes momentos vale a pergunta..
    Por que esta velocidade tão baixa?

    Se “velocidade” fosse, de fato, o problema, na Alemanha os índices de acidentes seria gigantescamente grandes, mas, ao contrários, são gigantescamente baixos.

    Ninguém se pergunta sobre o porquê?

    O problema, o desrespeito etc., podem estar intrinsecamente ligados, portanto, às más condições da estrada. E vale ressaltar que estrada boa não é apenas uma estrada com um bom asfalto, mas com espaço, inclinação, capacidade de absorção d’água etc..

    É muito difícil, e muitas vezes incompreensível, trafegar a 80 KM/H em curvas abertas ou a 110KM/H m retas. Não faz sentido, à exceção, é claro, da indústria da multa.

    Eu trafego bem acima dos 150 KM/h, com responsabilidade – apesar de muitos não compreenderem -. Dirijo desde 1989, sempre viajando bastante e jamais sofri acidentes.

    Um ponto a se pensar é que sempre investi em automóveis que oferecessem segurança ativa – passiva – (freios de qualidade, suspensão independente) e corretiva (ABS, EBD controle de tração etc.).

    Nestes anos todos posso garantir que MUITOS acidentes foram evitados, também, pelo auxílio deste tipo de segurança. Vi muitos acidentes, com carros em velocidade significativamente menor que a minha, mas que não dispunham destes dispositivos de segurança que, sim, fazem TODA a diferença.

    RESUMO…

    A beleza ou a falta dela está nos olhos de quem a vê, assim como a velocidade está para o carro que se tem, ou seja, trafegar a 110 KM/s com um Celta, certamente envolve mais perigo do que trafegar a 160 KM/H em um BMW.

    Vale pensar nisso…

  • Eduardo SC diz: 5 de abril de 2013

    Depois de ler todos os comentarios o que me chamou a atençao foi o da Eng. Jackeline. A rodovia eh projetada e os limites das curvas sao calculados, ok, acredito. Maaas tem que colocar em questao que esta rodovia foi projetada no tempo das carroças, onde soh perambulavam brasilias, fuscas, opalas e com aqueles pneus horriveis da epoca. Achar que acima da 80km/h nao se faz uma curva ja foi um argumento forçado pra provar a opiniao.
    Em momento nenhum quero defender o individuo da BMW, mas um limite de 110km/h seria possivel, concordando com o Raygs.

Envie seu Comentário