Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Comissão aprova mudanças no trânsito de Blumenau

25 de outubro de 2013 24

Comissão de Planejamento de Trânsito e Transporte de Blumenau estabeleceu prazos para alterações em cinco pontos da cidade em reunião ocorrida na tarde desta quinta-feira. A primeira via a receber modificações é a Rua Cruzeiro, que terá mudança de sentido em até 30 dias, segundo a Secretaria de Planejamento.

Outros locais com quatro alterações agendadas até o final de 2013 são as ruas John Kennedy, General Osório, João Pessoa e Gustavo Zimmermann com a Guilherme Scharf. Confira na tabela:

Mudanças no trânsito em Bluemnau

Dirk Reiter, diretor de Planejamento Viário, explica que as mudanças são tanto para melhorar o fluxo de veículos, quanto para beneficiar as condições de segurança.

Outro assunto levado à discussão por integrantes da comissão formada por representantes das Secretarias de Planejamento (Seplan), Obras, Serviços Urbanos e Guarda de Trânsito, foram as alterações no acesso da Rua Paulo Zimmermann à 7 de Setembro, no Centro. O coordenador de Projetos da Seplan, Luis Paulo Bueno, detalha que a intenção é transformar a Rua 7 em sentido único a partir da Paulo Zimmermann, permitindo que veículos acessem a esquerda livremente.

_ Esta medida é principalmente para evitar que os ônibus fiquem muito tempo parados na Paulo Zimmermann. Para que eles consigam atravessar todas as pistas da Rua 7 até o corredor de exclusivo _ explica Bueno.

O teste ainda não tem data prevista e deve ocorrer com apoio do Seterb e da Guarda de Trânsito. Junto com esta alteração, também se planeja a inversão do sentido da Rua Getúlio Vargas.

Outros assuntos discutidos foram a possibilidade de alterar horários da Área Azul em transversais da Rua 2 de Setembro e do Bairro Victor Konder. O secretário de Planejamento, Alexandre Gevaerd, afirmou ainda que foi adiada a inversão do sentido na Rua Elesbão Pinto.

Comentários (24)

  • Alexandre diz: 25 de outubro de 2013

    A matéria é falha ao não detalhar, em mapa, as alterações relatadas no item 4, uma das principais, na minha ótica.

  • Paulo diz: 25 de outubro de 2013

    Também senti falta do detalhamento do item 4, o maior e mais complexo.

  • Leonardo diz: 25 de outubro de 2013

    Ótima esta mudança na rua Cruzeiro, que vai desafogar o trânsito na Antônio da Veiga, mas ainda assim é preciso proibir o estacionamento entre a rua Arthur Koehler e a rua Joinville, na Antônio da Veiga, dando maior vazão ao transito na sinaleira.

  • Nonato Amorim diz: 25 de outubro de 2013

    Ok, Sarita! Morador das proximidades da Rua Cruzeiro não vejo grande vantagem na mudança. Porém, contumaz usuário do “morro da companhia”, sentido centro-bairro eu pergunto: quando vamos deixar de fazer aquela volta imensa por trás da Vila Germânica para, descendo do morro, acessar a rua João Pessoa no sentido Velha? Essa é uma mudança prá lá de necessária. Abraços…

  • Raul Schramm diz: 25 de outubro de 2013

    Porque não quadricular rua Joinville com rua Almirante Barroso, pintar faixa dividindo duas pistas da rua Benjamin Constant no trevo da rua da marreca com a rua Dona Emma, na rua Almirante Barroso com a rua Theodoro Holtrup sinalizar e dividir o inicio da Theodoro para que os veiculos que vem nos dois sentidos da Almirante adentrem a Theodoro ao mesmo tempo melhorando o fluxo consideravelmente, rua São Paulo na sinaleira da praça da gaitas Hering, vão lá dá uma olhadinha a partir das 17:30 e resolvam com uma faixa quadriculada, pois tem um monte de motoristas que trancam o cruzamento, isto são pequenos exemplos que não é necessário grandes quantias para melhorar o trânsito, falta é competência, vontade de fazer alguma coisa, comecem a fazer as pequenas coisas que já é suficiente, vai melhorar muito, mas façam já, não venham com desculpas esfarrapadas.

  • Ramon diz: 25 de outubro de 2013

    A mudança na rua Cruzeiro é o típico exemplo de desorganização e falta de planejamento a longo prazo na urbanização em Blumenau. Essa rua já era de mão dupla a bastante tempo atrás. Quando mudaram para mão única, era fato que a Antonio da Veiga ficaria sobrecarregada.
    Parece que a cada mudança de gestão, tenta-se reinventar a roda!

  • Ramon diz: 25 de outubro de 2013

    Parabéns, Raul Schramm! São ótimas as sugestões enviadas. Também sempre senti falta dessas alterações nas ruas Joinville, Almirante Barroso e Theodoro Holtrup.

    Abs!

  • Rafael diz: 25 de outubro de 2013

    Na segunda alteração, para agilizar o trânsito e criar fluxo continuo, todo os veículos que estão saindo da Rua Frei Estanislau Schaette, centro para o bairro, deverão converter a direita, e fazer retorno na rótula em frente a Cooper.
    E todos os veículos que estiverem dentro das rótulas deverão ter preferência.

  • Marcio diz: 25 de outubro de 2013

    Na mudança n°2 onde deve desafogar a Rua Frei Estanislau Schaette deve funcionar, porém vai travar quem vem da rua dos caçadores que são obrigados a dar preferência, ou seja, pra mim e outros tantos que moram e trabalham na rua dos caçadores e transversais (não são poucos) só piorou. Mas em Blumenau é assim mesmo, não existe um estudo, tudo é feito na prática, se não der certo é remediado com outra alternaiva furada daqui alguns anos.

  • Karamuru diz: 25 de outubro de 2013

    O transito nas Ruas Gustavo Zimermann e Dr. Pedro Zimmermann estão de mal a pior, precisamos de melhorias urgentes, para melhorar o fluxo daquela regiao, sugiro retirada das sinaleiras e construçao de uma rotatória no cruzamento da guilherme scharf e Dr. pedro Zimmermann e duplicar a via sentido centro. Está um caos e nenhum expert da prefeitura aparece na regiao para apresentar melhorias efetivas.

  • Hewerton diz: 25 de outubro de 2013

    Bom Dia
    Ja que estão a alterar tanto o transito em varios pontos da cidade, porque não pensam em alterar tambem o sentido de fluxo na Rua Amazonas e Hermann Huscher. Passando a primeira a ter sentido unico Bairro-Centro com o corredor de onibus no contra fluxo, e a segunda Centro-Bairro, quem sabe assim diminuiriam as filas em horarios de picos.
    Abraços
    Hewerton

  • Veri diz: 25 de outubro de 2013

    A mudança nº 4 ficou muito perigosa para quem vem da Marechal e quer seguir para o morro, principalmente pela alta velocidade dos veículos que vem da João Pessoa, sem contar que a indicação de pare em função da pista dupla da João Pessoa gera fila na Marechal.

  • país retrógrado diz: 25 de outubro de 2013

    Inverte daqui muda dali!! Mas o que ninguém quer enxergar é que o transporte particular (por automóveis) é defasado e não há solução para esse problema! países desenvolvidos (Alemanha, França etc) já perceberam isso a mais de 20 anos, e por isso hoje tem excelência em transporte coletivo e intermodal com bicicletas. Mas brasiltrouxa não aprende mesmo… talvez quanto tudo estiver parado e ninguém mais conseguir ir e vir, quem sabe mudam essa cultura de focada quase todas nos retrógrados automóveis.

  • Silvério Oechsler diz: 25 de outubro de 2013

    Acredito que a vazão do fluxo que vem do Água Verde não melhorará em nada o tempo do percurso, pois o gargalo da Estanislau continuará. Façam mão única nos horários de rush entre a Catharina Braun e o trevo da Benjamin!! E outra coisa, chega de ficar parando a preferencial pra a galera que fica cortando pelas quebradas entrar na frente, chega dessa “cortesia” que só atrapalha mais pessoal!!

  • Rafael F. diz: 25 de outubro de 2013

    Segunda pista na João Pessoa, sentido bairro? Mas desde onde? Porque a guarda de trânsito já está lá toda manhã para fazer uma segunda pista provisória, mas no sentido centro. Isso não será mais feito, então?

  • Marco diz: 25 de outubro de 2013

    Sugestão para melhorar o fluxo na frente da Escola Barão, tanto no início como no fim da manhã: passar a área azul para o lado direito da via (sentido bairro-centro), permitindo que no lado esquerdo os pais parem para desembarcar e embarcar os alunos. Ninguém usa a passarela mesmo…nem mesmo os funcionários da escola. É simples e tenho certeza que melhorará substancialmente.

  • André Silva diz: 25 de outubro de 2013

    A Rua Cruzeiro era mão dupla, mas como a ocorrência de acidentes era grande, pois é uma rua estreita, a prefeitura proibiu o estacionamento em ambos os lados. Acidentes terminaram, mas os comerciantes da rua meteram a boca no trombone, resultado, a prefeitura fez dela uma rua de mão única.
    Agora vem a pergunta: Os acidentes vão voltar a ocorrer, ou a prefeitura vai convencer os comerciantes daquela rua ?
    Parece que o passado não ensina nada, ou tem gente que realmente acha que a rua virou mão única por um capricho de um anjinho.
    E coitado de que vem da Ponta Aguda e quer ir para a Rua 7, entre a Amadeu da Luz e o Corpo de Bombeiros. Vai ter que dar a volta.

  • clóvis coradini diz: 25 de outubro de 2013

    A SOLUÇÃO PARA A DR.PEDRO ZIMMERMANN É BEM SIMPLES.BASTA RECUAR O SEMÁFORO QUE CONTROLA O FLUXO BAIRRO CENTRO PARA ANTES DA GUILHERME SHARF.GENTE!TÃO SIMPLES COMO 2 E 2 SÃO 4.O QUE TRAVA O TRÂNSITO DAQUELA REGIÃO É A SAÍDA DOS VEÍCULOS SAINDO DA GUILHERME.

  • Thiago diz: 26 de outubro de 2013

    Com certeza Blumenau é a capital da desorganização no transito! Ta certo que o número de carros tem aumentado, mas se tem mais carros, tem mais IPVA a receber, portanto, tem mais verba para investir nas ruas, correto? NÃO EXISTE INVESTIMENTO NAS RUAS DE BLUMENAU. Cade todo esse dinheirão que o povo desembolsa? Além do planejamento urbano ser PÉSSIMO, os motoristas da cidade também não ajudam. A maioria acredita que as ruas transversais tem a preferência. Param uma via principal para dar a vez ao amigo. E os amigos que estão atras como é que ficam? Isso é atitude de desrespeito com os demais de trás para se fazer de bonzinho com os da frente. Em cada escola deveria ter uma passarela para as crianças atravessarem as ruas como é na escola Barão do Rio Branco. Enfim, minha decepção com o transito de Blumenau é tanta que da até vontade de ir embora!!!

  • Neusa diz: 26 de outubro de 2013

    Rafael tem razão, porque não fazer permanente a segunda pista na João Pessoa bairro/centro onde hoje os guardas colocam os cones toda manhã…Hewerton, boa a idéia na rua Amazonas… e quem vem da Estanislau Schaetter boa idéia do Rafael,fazer retorno na Cooper.

  • NEY RUBENS RUTZEN diz: 26 de outubro de 2013

    Achei boa a idéia do Item 2 ,porém tenho uma sugestão. Que o pessoal da Escola Albert Einstein saia pelos fundos, saindo na rótula em frente a Cooper, ganharias se segundos preciosos na sinaleira e fluiria muito melhor o transito, que é caótico nesse local a qualquer hora do dia.

  • nilton diz: 27 de outubro de 2013

    Na mudança nº 2, quem for para o Centro e tiver que ir até a rótula da Caçadores, não vai retornar, simplesmente vai tocar pela Rua João Pessoa. Isso então vai ficar uma maravilha.

  • edson diz: 27 de outubro de 2013

    A reportagem não ficou clara, igual ao plano de gestão da prefeitura. Blumenau tem ruas estreitas devido a topografia e uma população acostumada a ter tudo na porta. Isto não combina. A solução é fazer mais ruas de mão única.

  • Jorge diz: 27 de outubro de 2013

    Em relação a modificação da Stanislau, acresceria ainda a seguinte mudança. Quem quiser acessar a General Osório, sentido rua dos Caçadores, deve ir até o trevo da Cooper, assim eliminaria o semáforo para os veículos, devendo ficar para os pedestres. Sei que ia dar uma travada para quem vem do bairro. Mas com o semáforo livre…
    Outra sugestão é que, vindo da Caçadores a preferência é de que está no rotatória. Há espaço para deixar ambos os lados livres, dividindo a pista é claro. São transformações que podem dar certo. Não dá para querer planejamento, já que toda malha viária está pronta há muito tempo(lá sim deveríamos ter planejado). É esperar pra ver.

Envie seu Comentário