Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Crime e castigo

27 de setembro de 2007 12

O defensor Coelho, Atlético Mineiro, vai ter quatro meses para pensar na estupidez que cometeu. Ele foi suspenso por agredir covardemente o atacante Kérlon, Cruzeiro, no clássico de duas semanas atrás. O STJD cumpriu a missão profilática : alertou a todos os que se uniram na corrente da grosseria a favor da agressão de Coelho que a justiça desportiva não vai tolerar cenas de tamanha insensatez e violência.

Foi em boa hora. De treinadores a zagueiros, passando por ilustres jornalistas, houve muita gente para dizer que Kérlon mereceu a agressão que sofreu. Teria debochado do adversário ao driblar com a cabeça, estaria provocando o rival, humilhando os menos dotados tecnicamente. Respeitando as opiniões que vão nesta direção, não posso deixar de discordar e mais ; considero-as um festival ilimitado de sandices. Não consigo compreender, por mais que me coloque no lugar de quem pensa assim, como é possível justificar uma agressão a quem conduz a bola com uma das partes do corpo que a regra permite. Quando Coelho agrediu estupidamente a Kérlon, o cruzeirense estava indefeso. Olhava apenas para a bola que conduzia com a testa, talvez nem tenha percebido que do outro lado vinha vociferante um homem humilhado…este, ao contrário, bateu em que não podia se defender. Como o agressor pode ter razão, por CRISTO  ???!!!

Bem, o tribunal deu a luz alta. Agora, quem for pensar em agredir o adversário habilidoso terá que repensar imediatamente. Ou encarar 120 dias para revisar os conceitos da própria carreira…

Postado por Maurício Saraiva

Comentários (12)

  • Alex Nunes diz: 28 de setembro de 2007

    Luis Henrique Vargas, lamentável seu comentário, acho que vc que nunca jogou futebol, uma agressão como aquela na Copa Paquetá daria 360 dias de suspenção ao agressor. É só marcar o Kerlon em cima, com lealdade que ele não terá possibilidade de levantar a bola para botar na cabeça. Simples e prático

  • Alexandre diz: 28 de setembro de 2007

    Oi Maurício, tô contigo nessa, e se tu rever o lance, note que após o Coelho agredir o Kerlon, ele volta e gospe no Kerlon caído, este Coelho além de ser violento é um baita porcão. Só pela gusparada, o Hugo pegou 120 dias.

  • Cleiton dos Santos diz: 28 de setembro de 2007

    Mauricio, quantos jogos tu já disputou profissionalmente? Só sabe ver o jogo das cadeiras né?? TREINO É JOGO, JOGO É GUERRA, lembra? ;] Falando nisso, onde foi parar o Botafogo futebol-arte contra os “perversos”, “malvados”, “monstros” do River Plate??? HEIN? Responde aí. :)

  • Anderson diz: 28 de setembro de 2007

    ta muito maniqueista essa historia! quem sabe nao lincham o Coelho logo?? ou retirem ele do meio do “futebol arte”? convenhamos, ja teve lances muito piores que o do Coelho que o cara é suspenso por 3, 4 jogos… ou as vezes impune.

  • Christian M diz: 28 de setembro de 2007

    Olha, concordo em defender o futebol “arte” mas, nao acho que a agreca foi la estas coisas. Estamos cansados de ver entradas muito mais criminosas e o sujeito nem vai pra rua. Tem que se ter criterio. Acho que o Coelho so pegou 4 meses de suspensao pela polemica que gerou entorno do caso.

  • Christian M diz: 28 de setembro de 2007

    E tem mais, se um adversario fizer algo parecido dentro do Olimpico eu espero que algum jogador do Gremio (de preferencia o Sandro Goiano) chute a cabeca dele, mas procurando a bola e claro…

  • Luis Enrique de Vargas diz: 28 de setembro de 2007

    O problema é que 95% da imprensa esportiva nunca chutaram uma bola. Desconhecem o que é disputar uma partida de futebol, mesmo sendo uma pelada. Por isso que estão criticando o Coelho.

  • Gustavo diz: 28 de setembro de 2007

    Se o Sr.Coelho faz o q fez,dentro de uma FEBEM,até concordo q se possa achar q lá a”lógica”das coisas funcionem assim.Só q na próxima dividida o Sr. Coelho teria sua perna quebrada por um contrário,dentro da mesma lógica.Atletas são exemplos de sucesso,saúde,dinheiro,etc.Que exemplo deu o Sr Coelho?

  • Filipe Carvalho diz: 28 de setembro de 2007

    Olá amigos, tudo bem? Acredito que a pena para o coelho foi branda, devido tal agressão, mas a pena imposta para o Marcão, não por ser colorado, mas achei absurda, temos de rever alguns conceitos, uma agressão não se compara a um doping? Pelo menos para mim!!!! Abraços

  • Pablo diz: 29 de setembro de 2007

    A questão básica é: o Kerlon faz isso quando seu time está perdendo? Se não, porque faz quando está ganhando (no caso, um clássico)?
    É muito fácil falar de fora, quando tanto faz o resultado de campo.

  • baltasar leal diz: 29 de setembro de 2007

    mauricio nao concordocom a posiçao de voces de defender o tal “futebol arte” porke o kerlon nao fez isso quando o cuzeiro tava perdendo garrincha ja começava o jogo driblando se ele vier no olimpico e fizer o drible serei o primeiro a mandar quebrar ele no meiosem demagogia va dala em minas abraços

  • jonas diz: 29 de setembro de 2007

    tudo muito bonito e muito romantico esse negócio de futebol arte! futebol bom de assistir é pegado, na bola, sangue nos olhos e coração na chuteira! sem juizes apitando qualquer coisa ou lances enfeitados… isso ganha até copa!!! olha a italia, por exemplo, gatuso, materazzi, de rossi…

Envie seu Comentário