Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pensar, decidir e agir

22 de junho de 2009 5

Os três verbos do título devem estar na mente dos dirigentes colorados neste momento em que se somam cinco partidas sem vitória, das quais três com derrota. O time desencaixou, e este processo não foi repentino nem decorrente da perda de titulares importantes.

O Inter, ainda com Nilmar, D`Alessandro, Kléber e Bolívar começou a mudar para pior no primeiro jogo do Brasileirão. Contra os reservas do Corínthians, a vitória veio pela genialidade de Nilmar. Depois, se viu em campo apenas um time acossado pelo adversário o tempo inteiro, o mesmo que foi visto também contra o Flamengo no Maracanã pela Copa do Brasil. Houve a oscilante partida contra o Coritiba fora de casa, classificação assegurada pelo regulamento. Em todos aqueles momentos, dirigentes e treinador asseveravam que tratava-se de uma estratégia, jogar se defendendo e definindo no contraataque. Na verdade, tratava-se de uma equivocada mudança de ideia de jogo. Contra o Corínthians semana passada, o Inter só jogou futebol depois de levar dois a zero. Ontem, contra o Flamengo, constrangimento; o time gaúcho não jogou e foi goleado.

Com o desencaixe do coletivo, apareceram os defeitos individuais. A zaga de Índio e Álvaro nunca esteve tão lenta. Andrezinho baixou de produção, Giuliano ainda mais e Alecsandro sucumbiu completamente. Aí, entra outro capítulo deste processo de involução. Por que Tite considera Leandrão uma opção prioritária em relação a Tales Cunha e Marquinhos ? Os dois meninos são talentosos, ainda que inexperientes. Leandrão, ao contrário, tem experiência, mas parece ter batido no teto quanto à qualidade como centroavante. Resultado : por mais que Leandrão se esforçasse – chegou a ser expulso por excesso de empolgação em São Paulo -, o Inter ficou na dependência de um jogador que não vive momento bom o suficiente para assumir esta tarefa.

É hora de pensar, decidir e agir.

Postado por Maurício Saraiva

Comentários (5)

  • gilberto nascimentro diz: 22 de junho de 2009

    Contra quem o Inter jogou bem?Náutico, Guarani,é piada,vcs.da imprensa vermelha, mais uma vez,fizeram propaganda enganosa, como se vê o Inter só joga contra time de 2ª classe,ganhando na sorte,então de onde vcs.tiraram que se tratava do melhor time do Brasil?com base em jogos do Gauchão?é o 3ºano consecutivo que inventam uma fábula e depois é técnico novo e velhas desculpas.A saída do Tite é só questão de dias.Adeus rolo compressor,carrosel,qual será o rótulo do ano que vem? é só marketing.

  • RUBEM CRUZ diz: 23 de junho de 2009

    reclamando dos juizes? OS ERROS MAIS COMENTADOS NO REMENDÃO SÃO AQUELES QUE OS PREJUDICAM,COMO EM 2005 QUE TEVE CARREATA E VOLTA OLIMPICA,gol impedido contra um time egipcio PELO MUNDIAL,”NÃO EXISTE”,AQUELES DOIS GOLS ROUBADOS DO NACIONAL RESPONSÁVEL DIRETO PELA LIBERTADORES “NÃO EXISTE”,AQUELE DA FINAL DA COPA DO BRASIL UNICO TITULO NACIONAL DESDE OS ANOS 70,”NÃO EXISTE” E OUTROS MENORES QUE TAMBÉM AJUDARAM DE ALGUMA FORMA MAS “NÃO EXISTEM”,E ACHAM QUE VÃO GOLEAR O CORINTHIANS…

  • JOSE CARLOS diz: 22 de junho de 2009

    O CASTIGO VEIO À CAVALO E ATROPELOU O PANGARÉ PARAGUAIO. MAURÍCIO TU TIVESTES, JUNTO COM TEUS COLEGAS DA IMPRENSA COLORADA, CULPA DESTA SITUAÇÃO.FORAM VOCES QUE BADALARAM O ANO INTEIRO O TIME E O PLANTEL DO INTER, EM TODOS OS ORGÃOS DA RBS,DIÀRIAMENTE. E OS CARAS ACREDITARAM!FORAM CHAMADOS DE CAMPEÕES DE TUDO,DE NOVO ROLO COMPRESSOR,DE CACHORRO GRANDE,DE MELHOR TIME E PLANTEL DO BRASIL. A CASA CAIU,MAS NÃO FOI ONTEM,OS SINAIS JÁ APARECIAM DESDE O INÍCIO DA COPA DO BRASIL,QD PERDERAM NO NORDESTE.

  • HELOÍSA PIRES diz: 22 de junho de 2009

    Maurício. Acabei de escrever no post do Jader. Disse, lá, que achei a dinâmica do gol do Brasil contra à Itália(contra), parecida com a dinâmica do gol do Nilmar no Grenal de Erechim. Tanto o Nilmar(Inter) quanto o Ramires(Seleção),voavam pelo meio de campo, enquanto o Taison(Inter) e Kaká e Robinho(Seleção) em revezamento, corriam pela lateral do campo em direção ao gol. Taison cruzou para o Nilmar = GOL. Robinho cruzou para o Ramires, mas teve a antecipação do zagueiro = GOL. O que te parece?

  • CLAUDIO diz: 23 de junho de 2009

    O jogo que eu vi pela SporTV foi outro? O Inter entrou jogando para a frente e intimidando o Flamengo, que só dava chutões fazendo ligação direta da defesa para o ataque. O problema do Inter não foi jogar retrancado só se defendendo. Foi achar que iria fazer um gol a qualquer momento pois era superior ao Flamengo em crise. O inter foi goleado pois tentou jogar como time grande, prá frente e esqueceu que estava com 6 reervas em campo.

Envie seu Comentário