Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cuidado...

26 de junho de 2009 8

Como diria Xande, vocalista do grupo Xande do Revelação, muita calma nessa hora…Uma acusação de racismo é sempre impactante, considerando que já viramos o século e ainda haja alguém que acredita ser melhor do que o outro por ser branco ou preto. Se Maxi Lopez chamou Eli Carlos de macaco, o atacante do Grêmio errou e deveria-se pedir perdão. Uma declaração tão simples – desculpe, errei - zeraria a questão e poderíamos falar apenas de Grêmio x Cruzeiro.

Se o jogador do Cruzeiro estiver forjando a acusação, também é grave.

O mundo do futebol é uma redução do mundo real. O racismo que existe na sociedade tem também neste meio, embora se esconda no silêncio muito mais do que apareça nas palavras. Acaba vindo à tona em situações em que os jogadores se desentendem e, sob violenta emoção, dizem o que está escondido nos descaminhos da maneira como aprenderam a ver a vida. O processo até o fim da discriminação racial é longo e tortuoso. Sequer sei se estarei vivo para ver sua extinção. Mas a busca tem que ser incessante como faz a FIFA em suas competições internacionais.

Curiosamente, há jogadores da raça negra que consideram uma demasia levar o que é dito dentro de campo para um espectro mais amplo de crime. Os meias Alex, ex-Cruzeiro e Tinta, ex-dupla grenal, acreditam que não deveria-se levar adiante uma desavença do calor do jogo.

Em casos envolvendo racismo, prefiro o rigor da FIFA. A mesma entidade,que se excede orientando punição para quem comemora gol fora do campo e dando poder ilimitado ao árbitro para apresentar cartão se suspeitar de simulação de falta, acerta ao coibir a mínima manifestação de discriminação racial.

Os dirigentes gremistas precisam antever o que vem por aí. Seria trágico se a torcida entoasse cânticos racistas ou chamasse Eli Carlos de macaco no jogo da próxima quinta-feira. É jogo de Conmebol, ou seja, FIFA. A punição para cenas como esta poderia ser fatal, caso o Grêmio avance às finais da Libertadores. É preciso reduzir o evento da semana que vem ao que ele é ; um extraordinário jogo de futebol. Vale o grito, o incentivo, a cantoria em português ou castelhano, mas nada que avance para esta seara traiçoeira do comportamento humano.

Nada.

Postado por Maurício Saraiva

Comentários (8)

  • Pedro diz: 27 de junho de 2009

    Maurício

    Cuidado nos teus comentários durante os jogos. Vc e seus colegas de mídia gostam de chamar o Max de “Barbi”, clara alusão a sua cor e corte de cabelo, além é claro, de uma conotação sexual pejorativa…

    E se chamassem o Edicarlos de “Anastácia”???? Certamente daria cadeia!!!!

    Esse é o Brasil!!! Essa é a imprensa isenta!!!

    E se a torcida chamar ele de Branca de Neve???

  • JOSE CARLOS diz: 26 de junho de 2009

    hehehe,QUEM VAI IMPEDIR A TORCIDA DE CANTAR,VAIR,XINGAR,DESTRATAR O ELICARLOS E A MACACADA DO CRUZEIRO ?EM PRIMEIRO LUGAR ESTE TERMO FAZ PARTE DA LÍNGUA FALADA NOS ESTÁDIOS,ASSIM COMO:FILHA DA PUTA,LADRÃO,CORNO,PORCO,MACACO,BAMBI,VEADO E OUTROS BICHOS.ESTES XINGAMENTOS NÃO TEM CONOTAÇÃO RACISTA OU SEXUAL,TANTO QUE A TORCIDA DO INTER CANTA,AH EU SOU MACACO E MUITOS VESTEM MÁSCARAS DE MACACO,A DO PALMEIRAS COLOCA A DO PORCO.NA TORCIDA DO GREMIO E DO INTER,NEGROS E BRANCOS CANTAM JUNTOS AS MÚSICAS

  • Joelso diz: 26 de junho de 2009

    Parabéns Maurício!!! Você foi muito feliz no que escreveu. Nós torcedores devemos focar no jogo e incentivar apenas, sem atos hostis, sejam de quaquer natureza. Mostrar que o Grêmio tem uma torcida à sua altura.

  • JOSÉ CARLOS diz: 26 de junho de 2009

    O QUE QUE TU DIZ MANU DE P.ALEGRE,QUANDO A TORCIDA DO TEU INTER,QUE ONTEM PERDEU PRA LDU,GRITA:”AH EU SOU MACACO!”?
    OU QUANDO APARECE AQUELES CARAS COM MÁSCARAS DE GORILA NO BEIRA RIO???TU NÃO SABIA TAMBÉM,O ESPERTO,QUE TANTO NEGROS COMO BRANCOS CANTAM JUNTOS LÁ NA GERAL O “CHORA MACACO IMUNDO”?ESTES TERMOS FAZEM PARTE DO FOLCLORE,ASSIM COMO O SACY,UM PERNETA DE COR NEGRA,SIMBOLO DO INTER.E DAÍ?QUAL O PROBLEMA?O PALMEIRAS NÃO TROCOU O PAPAGAIO PELO PORCO? ONDE TEM PRECONCEITO AÍ??? NENHUM!!!

  • Matheus diz: 26 de junho de 2009

    Ainda bem Mauricio que vc é comentarista esportivo,ainda bem! Evidente que não se resolve uma ação preconceituosa com um simples e singelo pedido de “perdão eu errei e estou arrependido”,fosse assim as inumeras ações de calunia e difamação que lotam os cartórios judiciais estariam por hora resolvidos. Excessos a parte, nada justifica uma atitude preconceituosa dessas, ainda mais vindo de uma pessoa tão popular, sob pena de alimentarmos essas atitudes,em contrapartida é preciso se apurar os fatos

  • Nicole diz: 26 de junho de 2009

    Maurício e Jader,vim aqui só pra comentar uma coisa que está me preocupando muito,os fatos extra-campo da decisão da próxima quarta contra o Corinthians.Sou colorada desde pequena e fui uma das primeiras pessoas a acessar o site http://www.eutenhocerteza.com.br,e achei uma ótima iniciativa da torcida,com mensagens e vídeos incentivadores,mas vejo a impresa nacional estimulando a violencia valorizando cometários atiçadores do Mano,supervalorizando questões da torcida corinthiana,me preocupa o resultado.

  • lucas diz: 26 de junho de 2009

    Estao passando a mao por cima da xuxa, assim como fazem com a geral, nao da mais para suportar este tipo de atitude, é tiro em torcedor, racismo de jogadores, que vem sempre do lado azul ou da torcida do juventude..e este jose carlos só pode estar de palhaçada, é nestas horas q dou graças a deus por ser colorado

  • Manu – O clube do povo contra o racismo diz: 26 de junho de 2009

    Como se a torcida racista do gremio não fizesse “cantoria” chamando os colorados de macacos há muito tempo… Só não vê quem não quer! Hipocrisia total esse post!

Envie seu Comentário