Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Anormalidade

29 de junho de 2009 2

Grêmio e Inter precisarão de toda ajuda que puderem para seus desafios de meio de semana. Se os jogos contra Cruzeiro e Corínthians forem normais, os mineiros serão finalistas da Libertadores e os paulistas, campeões da Copa do Brasil.

Transformar as partidas em algo anormal é a tarefa da dupla grenal. E leia-se anormal pelo sentido exato; jogar muito mais futebol do que jogaram até aqui e contar com o urro ininterrupto dos seus torcedores. Não estou pregando anormalidades nocivas como, por exemplo, tentar tirar Ronaldo do jogo batendo nele. Muito menos incentivando que os gremistas chamem Eli Carlos de macaco. Não se trata de ser selvagem, mas de intimidar os adversários pelas vias legais, isto é, jogando bola.

O Inter estará completo, volta Nilmar, sua mais reluzente estrela ofensiva. Vai subir a produção de Taison, vai animar D`Alessandro e inflamar os colorados. No Grêmio, é preciso criar um fato novo. Pode até ser o colombiano Perea, seis meses longe do futebol. Certamente não será Alex Mineiro, tampouco Jonas. Os gremistas precisam ver no time algo que os faça crer. Não bastará só a mística e a griffe heróica.

Ser competente é preciso.

Postado por Maurício Saraiva

Comentários (2)

  • Junior diz: 29 de junho de 2009

    Então vc quer dizer que seria anormal a dupla vencer por 2 a 0 e que foi normal os adversários terem feito esse placar, ou seja, Cruzeiro e Corintians ganharam ao natural e Grêmio e Inter serão anormais se vencerem??? Discordo, acho normal a dupla fazer 2 a 0 pois os times são todos do mesmo nível.

  • Zeno Fiorenzini diz: 29 de junho de 2009

    O que quié isso, Maurício!? Imaginas que o Perea seria o fato novo que nos faria crer na possibilidade de vitória, de novo!? Tais fumando o quê, cara?

Envie seu Comentário