Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Suspeita de erro médico é a causa de 35% dos processos abertos pelo Cremers

12 de julho de 2012 1

O Conselho Regional de Medicina recebe pelo menos uma denúncia por dia, que vira sindicância. Este ano o Cremers já abriu 24 processos éticos e apura mais 228 sindicâncias, abertas a partir de denúncias de outros médicos, de pacientes ou do Ministério Público. Destes processos em andamento, em sete são investigados indícios de erro médico, número que o Cremers considera baixo.

No ano passado foram 56 casos. A média dos últimos cinco anos mostra que de 10 a 15% das sindicâncias resultam em processos. O caso da colocação de um pino na perna errada de uma senhora, em Novo Hamburgo, na semana passada, e um transplante realizado por engano no hospital de clínicas de Porto Alegre, em maio, estão sendo apurados.

A estudante Jéssica Vinhola, de 18 anos, voltou a trabalhar há dois dias, após ter recebido uma córnea nova no olho que não precisava. Ela tinha que corrigir o olho esquerdo, mas os médicos fizeram a cirurgia no direito. Em junho, realizaram a operação no olho com problemas, mas o transtorno foi suficiente para que ela perdesse o semestre na faculdade de direito e tivesse a vida “bagunçada”, como menciona a mãe, Simone Vinhola.

As sindicâncias demoram pelo menos dois meses para serem concluídas, já o processo pode levar dois anos. Desde 95, seis médicos foram cassados pelo Cremers. Eles podem também ser punidos de outras formas, como com advertência, censura e suspensão.

Comentários (1)

  • Responsáveis por erro médico contra idosa em Novo Hamburgo podem pegar 5 anos de prisão | Últimas Notícias diz: 12 de julho de 2012

    [...] O Conselho Regional de Medicina já iniciou investigação. Nesta manhã, reportagem de Renata Colombo revelou que suspeita de erro médico é causa de 35% dos processos abertos pelo CREMERS. [...]

Envie seu Comentário