Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Rafael dos Anjos"

Ground and Pound #51: Ouça sobre a grande luta de Rafael dos Anjos no México e a chance de ouro para Lineker

04 de novembro de 2016 0

No podcast desta semana Sérgio Boaz e Nícolas Andrade tudo sobre o UFC no México e a grande chance de John Lineker no final do ano.

Sérgio Boaz: Rafael dos Anjos precisa estar esperto, Tony Ferguson é favorito

01 de novembro de 2016 0

No Trocação no Youtube desta semana, Sérgio Boaz fala sobre o grande desafio de Rafael dos Anjos contra Tony Ferguson no final de semana. Apesar de ser ex-campeão, brasileiro precisará trabalhar e muito para superar um adversário complicado como o de sábado.

Rafael dos Anjos critica critérios do UFC, mas afirma: "Sei o caminho para chegar de volta ao topo"

24 de setembro de 2016 0

14333703_1188881214488343_583372137966503167_n

*Por Nícolas Andrade

O lutador brasileiro Rafael dos Anjos foi o entrevistado deste sábado do Trocação Pura. No bate-papo com Sérgio Boaz, o ex-campeão dos leves comentou sua preparação para encarar Tony Ferguson, no dia 5 de novembro, no México. Em Los Angeles, onde se prepara para o duelo, o atleta falou sobre seu adversário, comentou a negativa do UFC em realizar uma revanche imediata contra Eddie Alvarez e comentou a atual situação da companhia.

Confira os principais trechos:

A luta contra Tony Ferguson

“Estou bem ansioso, com fome de vitórias. Já estive nessa posição antes. Sei o caminho para chegar de volta ao topo. Vou trabalhar duro. Estou com saúde, estou novo, sem lesão, mal posso esperar por novembro. Acho que o Tony Ferguson é um lutador duríssimo e é o cara que vai me credenciar para uma futura disputa de cinturão.”

A negociação da luta com Ferguson

“Não escolho luta, não tento fazer cartel pegando lutinha mole. No UFC só lutei com os melhores. Venho lutando com os melhores há oito anos. Quero uma luta que me credencie ao cinturão. Ninguém melhor que o Tony Ferguson que vem de vitórias. Não vou mudar nunca. Gosto de desafios e enfrentar os caras mais duros do peso.”

A negativa de uma revanche contra Alvarez

“Por exemplo, na minha luta foi rápida. Eu estava dominando as ações quando eu tomei um soco e o cara aproveitou a oportunidade. Na do Fabrício também. Na minha opinião o Fabrício estava tendo a vantagem, mas foi rápida. E a do José Aldo, também, praticamente não teve luta. Acho que quando um lutador perde assim, merece uma revanche. Não foi uma coisa que você foi completamente dominado pelo adversário, e realmente o cara foi melhor. É no MMA, acontece. Nós somos lutadores que merecíamos isso.

Mas, o UFC  tem outros planos. Como o Conor McGregor, quer aproveitar a imagem dele como campeão. Nos pesos-pesados ter um campeão americano. Ter um peso leve americano. Isso influencia. Não sei se agrada ter tantos campeões brasileiros, até pelo fato de o Brasil não vender pay-per-view. Quem compra pay-per-view mora fora do Brasil. Quem compra no Brasil já tem o Canal Combate, tem a assinatura. Manda quem pode, obedece quem tem juízo.”

Privilégios de lutadores como Conor McGregor

“Ele tem os privilégios. Ele vende bastante. O momento do UFC agora não é o quanto você é bom e sim o quanto você vende. Sinto que os lutadores estão perdendo um pouco o estímulo para ser campeão, ser o melhor, ganhar o cinturão. Não é sobre isso. É sobre vender mais, ganhar mais dinheiro. O que adianta ter o cinturão se o cara que não tem ganha vinte vezes mais. Os lutadores estão perdendo a vontade de ser campeão. Todos querem o “money fight”, a luta pelo dinheiro.”

 

Rafael dos Anjos perde e Brasil fica sem cinturões no UFC

08 de julho de 2016 0

UFC-FIGHT-NIGHT-VEGAS_0060

 

*Por Nícolas Andrade

O final de semana do UFC 200 não começou nada bom para o Brasil. O único detentor de um cinturão do país, Rafael dos Anjos, foi derrotado por Eddie Alvarez por nocaute técnico. Com isso, o norte-americano é o novo campeão dos leves.

Rafael, claro, já pediu sua revanche: “Essa divisão é muito dura, e tenho certeza que recuperarei meu cinturão. Eu voltarei. Eu realmente gostaria de uma revanche, é algo que estou buscando.”

Pelo histórico recente do UFC, isso será difícil, e Rafael vai ter que trabalhar duro para voltar ao topo da categoria. Restam Cláudia Gadelha, Amanda Nunes e José Aldo, que busca um cinturão interino, para deixar o país com pelo menos um campeão já neste final de semana.

 

Dana White, Rafael dos Anjos e técnico se pronunciam sobre anúncio de aposentadoria de McGregor

20 de abril de 2016 0

12928297_1251906744877622_28471404193460150_n

*Por Nícolas Andrade

Um pequeno tweet do irlandês Conor McGregor gerou uma repercussão mundial e colocou em dúvida o evento principal do tão aguardado UFC 200. O Notorious escreveu: “Decidi me aposentar jovem. Obrigado pela grana. Vejo vocês mais tarde.”

Desde então, ninguém sabe se o irlandês está aposentado de verdade ou foi apenas mais uma de suas jogadas midiáticas. Fato é que ele está fora do UFC 200. O anúncio foi feito por Dana White, que falou sobre a polêmica. O mandatário afirmou que Conor se recusou a comparecer a uma coletiva, em Las Vegas: “Obviamente, nós ainda temos uma boa relação com Conor. Eu respeito Conor como lutador e gosto dele como pessoa. Mas você não pode decidir não aparecer nessas coisas. Você tem que participar”, declarou ao Sportscenter.

Nos bastidores, sabe-se que Conor ganhou “superpoderes” nos últimos tempos por toda a mídia que trouxe ao esporte, principalmente na Europa. Houve todo um tratamento especial ao irlandês que é campeão dos penas, lutaria pelo cinturão dos leves contra Rafael dos Anjos e por uma lesão do brasileiro subiu aos meio-médios para encarar Nate Diaz. Ao perder a luta, logo ganhou uma revanche, ignorando os 10 anos de José Aldo como campeão dos penas e que foi relegado a buscar um cinturão interino. Porém, falhar em um compromisso oficial não é um erro “tolerável” para a companhia.

Vale ressaltar ainda, que o irlandês ficou bastante impressionado com a morte do lutador português João Carvalho, pois o seu adversário era companheiro de treinos do campeão dos penas que estava no local acompanhando a luta.

Rafael dos Anjos postou uma mensagem sobre o assunto: “McGregor disse que não fugiria da adversidade e anuncia sua aposentadoria, alguém pode me explicar isso? #frouxo”

O técnico de McGregor, John Kavanagh postou: “Foi bom enquanto durou.”

Um ponto importante levantado pelo peso-pesado Josh Barnett é que a multa para um atleta deixar o UFC é muito alta e a cláusula de aposentadoria é muito mais “acessível”:

Donald Cerrone, claro, pediu para entrar no lugar do irlandês no card do UFC 200.

Resta saber agora o futuro de McGregor, o futuro de seu cinturão e o futuro do UFC 200, principal evento da companhia no ano, que está sem uma luta principal.

Rafael dos Anjos vai defender cinturão contra ex-campeão do Bellator

15 de abril de 2016 0

*Por Nícolas Andrade

O brasileiro Rafael dos Anjos já sabe quem será seu próximo adversário no UFC. Ele vai defender o cinturão dos leves contra Eddie Alvarez, antigo campeão do Belllator, que estreou na companhia em 2014. A luta será no dia 7 de julho em Las Vegas, no MGM Grand Garden.

Rafael lutaria contra Conor McGregor no UFC 196, mas uma lesão o impediu. Com isso o irlandês enfrentou Nate Diaz, em luta que terá uma reedição no UFC 200. Recuperado, o brasileiro vai encarar Alvarez, que foi campeão no Bellator e estreou com derrota no UFC para Donald Cerrone. Em seguida, o atleta americano venceu Gilbert Melendez e Anthony Pettis, se credenciando para a luta.

GroundAndPound #23: ouça sobre a lesão de Rafael dos Anjos, a volta de Spider e a vitória de Gracie

25 de fevereiro de 2016 0

12741968_1236540303027246_8102061900376984692_n

No podcast Ground and Pound desta semana, Sérgio Boaz e Nícolas Andrade analisam a semana conturbada no UFC. Rafael dos Anjos deixou o card do evento marcado para 5 de março e será substituído por Nate Diaz. Tem ainda o retorno de Anderson Silva ao octógono. O programa discute também a volta de Royce Gracie e o evento do Bellator ocorrido no final de semana.

Faça o download

Ouça outros podcasts

Lesionado, Rafael dos Anjos está fora de luta contra Conor McGregor

23 de fevereiro de 2016 1

12439215_1028162073893592_7902291110471042016_n

O fantasma das lesões parece que seguirá atormentando o UFC em 2016. Assim como no ano passado, mais uma grande luta precisará ser alterada por conta de uma lesão. Rafael dos Anjos quebrou o pé e foi retirado do card do UFC 196. Conor McGregor, em princípio está mantido no evento.

Leia mais notícias sobre Rafael dos Anjos
Leia mais notícias sobre Conor McGregor

Lutadores como Anthony Pettis e Donald Cerrone já se ofereceram para encarar Conor, mas o Ultimate ainda não se pronunciou sobre o assunto. Uma luta contra José Aldo, claro, é muito solicitada pelos fãs via redes sociais, mas como o irlandês preparou todo o seu camp para lutar entre os leves, baixar o peso para penas, pouco tempo antes da luta, seria arriscado.

Ainda nesta semana a nova luta principal do UFC 196, em 5 de março, deve ser anunciada. Vale lembrar que na mesma noite Holly Holm e Miesha Tate duelam pelos galos femininos. A luta pode se tornar a principal do evento caso Conor McGregor seja retirado do card.

Opinião de Sérgio Boaz

Sérgio Boaz fala sobre a grande carga de treinos no UFC, algo que pode estar levando tantos lutadores de elite a lesões.

Atualização

Por volta das 14h o Combate publicou uma fala de Dedé Pederneiras sobre a possibilidade de José Aldo lutar: “O Dana (White, presidente do UFC) me ligou de madrugada, contando do ocorrido e perguntando se o Aldo estava em “shape” para poder lutar. Eu disse que não estava e que não tinha tempo hábil, era muito pouco, e infelizmente ele não podia lutar na semana seguinte.”

GroundAndPound #22: ouça sobre a maior luta de Rafael dos Anjos, o apetite de Aldo e muito mais

19 de fevereiro de 2016 0

12744078_1229566843724592_5359860042422614607_n

No podcast Ground and Pound desta semana, Nícolas Andrade e Pedro Trindade comentam as declarações desta semana de Ronda Rousey ainda tentando encontrar forças para se recuperar da derrota sofrida para Holly Holm. Tem ainda a luta mais importante da carreira de Rafael dos Anjos, o apetite de José Aldo e o duelo de Cowboys no UFC.

Faça o download

Ouça outros podcasts

Carlão Barreto aposta em vitória de Rafael dos Anjos sobre McGregor: "É mais agressivo"

16 de janeiro de 2016 0

12509467_1023450421031424_5214486324793012350_n

O comentarista e ex-lutador Carlão Barreto foi o entrevistado deste sábado no Trocação Pura. No bate-papo com Sérgio Boaz, Carlão comentou sobre as próximas grandes lutas do UFC. Confira alguns trechos da entrevista.

TJ Dillashaw x Dominick Cruz

“Uma luta muito esperada, desafio de campeões. Combate técnico, dinâmico. Sou fã do Dominick Cruz, mas o TJ vem em um ritmo mais forte.”

Rafael dos Anjos x Conor McGregor

“O UFC resolveu fazer isso com o McGregor, cara que faz um bom marketing. O UFC é uma empresa. Acho que o Aldo devia fazer uma revanche, mas é página virada. O Rafael é mais agressivo, proativo, é o cara a ser batido. Acho dificil o McGregor achar brecha para vencer. Acho que é uma luta para ganhar uma grana e fazer um barulho. Acho que ele sairá frustrado deste combate e no final do ano ele luta pelos penas.”

Fabrício Werdum x Cain Velasquez

“Respeito muito o Velasquez, acho um grande lutador. Mas pelo que vi na última luta, não mudou muito o jogo dele. Acho que o Werdum tem todas as condições de vencê-lo. Werdum tem todas as armas para vencer o Cain Velasquez.”