Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Com fratura no pé, McGregor pode retornar só em 2017

23 de agosto de 2016 0

13728996_1318230464911916_4963339078931366788_n

*Por Nícolas Andrade

A expectativa de uma luta entre José Aldo e Conor McGregor ainda em 2016 diminuiu consideravelmente após o anúncio da suspensão médica do irlandês dias depois do UFC 202. O atleta sofreu uma fratura no pé e fica afastado, oficialmente, até fevereiro de 2017. Há uma pequena possibilidade de ele retornar antes, com o aval de um ortopedista.

A suspensão mínima para treinos, porém, vai até 20 de outubro. Se McGregor voltar neste período ele teria apenas dois meses de preparação para lutar antes de 2017, algo que é improvável visto que ele voltaria a lutar na sua divisão e precisaria voltar a cortar muito peso.

Por isso, é possível que o Ultimate escale McGregor e Aldo para abrir os trabalhos em 2017.

Após vitória de Conor McGregor, José Aldo desafia o irlandês para duelo valendo cinturão

22 de agosto de 2016 0

13925144_1333964686671827_5994393203949179735_n

*Por Nícolas Andrade

Conor McGregor venceu Nate Diaz por decisão no UFC 202 realizado em Las Vegas. Com isso, o placar entre os lutadores ficou 1 a 1. Quem aguarda uma terceira edição da disputa, porém, vai ter que esperar. Dana White já afirmou que não pretende fechar esta trinca tão cedo.

Por isso, José Aldo que é o campeão interino dos penas já se antecipou e pediu sua chance. “Volte para a sua divisão e eu te vejo no UFC 205, ou largue o cinturão!”, postou o brasileiro.

Há expectativa de que os dois duelem até o final do ano. Resta saber se o UFC, enfim, vai marcar esta revanche.

 

Sérgio Boaz: Chegou a hora de McGregor e Diaz entregarem tudo que prometeram

19 de agosto de 2016 0

14051626_1366209223393686_6243422415067617945_n

O UFC 202 foi cercado de muita provocação, xingamentos e até uma coletiva de imprensa cancelada por conta de desentendimento dos atletas. Mas no sábado, McGregor e Diaz precisam provar que são capazes de realizar um grande evento dentro do octógono.

Dana White quer MMA como esporte olímpico: "Faz sentido"

18 de agosto de 2016 0

13903404_1357931060888169_488162688582888035_n

*Por Nícolas Andrade

O sucesso dos Jogos Olímpicos, claro, foi assunto nas entrevistas prévias do UFC 202. Dana White, que segue como presidente do Ultimate mesmo depois da venda da companhia, falou sobre a competição e confirmou que vem trabalhando para tornar o MMA um esporte olímpico.

“Estamos trabalhando nisso há uns três, quatro, cinco anos, mas deveríamos ser. Com certeza deveríamos. Eles têm judô, que usa finalizações e estrangulamentos. Eles têm boxe, no qual se pode socar o corpo e a cabeça. Eles têm taekwondo, onde você pode usar chutes e socos. Tudo o que fazemos já está nos Jogos Olímpicos, então faz sentido”, defendeu à ESPN.

Para Tóquio isso será impossível já que as modalidades novas foram anunciadas na semana passada e serão: Surf, Caratê, Escalada, Beisebol e Skate. Outras modalidades como Futebol Americano, Wakeboard e Sumô, se pré-candidataram mas não foram aceitas pelo COI.

 

Junior Cigano diz que ficou "pequeno" em foto com Michael Phelps

17 de agosto de 2016 0

cigano-phelps

O peso-pesado Junior Cigano aproveitou sua estada como comentarista olímpico para tietar o astro das piscinas Michael Phelps. Em foto postada no Instagram, o lutador diz que ficou “pequeno” perto do americano: “Até em tamanho ele não quer perder?”, brincou Cigano.

Cigano vem comentando as lutas de boxe que são transmitidas pela Rede Globo. Ontem, ao lado de Galvão Bueno, foi ao delírio com o ouro de Róbson Conceição. No UFC, o ex-campeão está sem oponente marcado e vem de vitória contra Ben Rothwell.

Sérgio Boaz: "Vem aí o milionário dia 20 que vai definir o futuro de McGregor"

11 de agosto de 2016 0

13728996_1318230464911916_4963339078931366788_n

O UFC 202 está chegando e o Sérgio Boaz confia que o resultado vai definir o futuro de Conor McGregor. Se vencer, o irlandês pode subir de divisão de uma vez por todas. Se perder, José Aldo já deve ter sua revanche marcada nos dias seguintes ao evento.

Jon Jones e Lyoto Machida são retirados de rankings do UFC

09 de agosto de 2016 0

12745493_525120037668389_4701930855683586485_n

Dois astros do UFC não aparecem na nova atualização dos rankings do UFC. Jon Jones e Lyoto Machida, ambos pegos em exames antidoping recentes, estão de fora da nova listagem. Jones que já liderou o levantamento peso por peso da companhia não aparece nem entre os 15 melhores dos meio-pesados, com Anthony Johnson tomando a ponta.

Lyoto que vinha oscilando entre posições medianas de sua categoria, a dos médios, também está de fora da listagem. Os dois atletas ainda não foram julgados mas estão fora dos planos a médio prazo do UFC.

 

Ronaldo Jacaré entra na onda do Pokémon Go para desafiar Bisping

05 de agosto de 2016 0

screen_shot_2016-08-04_at_6.47.19_pm

Ronaldo Jacaré encontrou uma forma inusitada de desafiar, mais uma vez, o campeão dos médios Michael Bisping. O brasileiro postou em suas redes sociais uma montagem do jogo Pokemon Go, onde ele tenta capturar o inglês.

Na noite de ontem ele postou: “Estou procurando esse #PokeBisping para um duelo. Alguém o viu por aí ou ele corre só de mim? #TimeJacaré”

Jacaré era visto pela maioria da crítica e dos fãs o desafiante número um para encarar Bisping, mas um pedido de Dan Henderson acabou mudando os planos do Ultimate. O veterano vai encarar o inglês, no UFC 204 e se aposentará independente do resultado.

A expectativa é que Jacaré, enfim, seja anunciado como desafiante após o combate que deve ocorrer em 8 de outubro.

Sérgio Boaz: "Não dá mais para fazer previsões no UFC"

04 de agosto de 2016 0

Bisping2

O último final de semana marcou a queda de mais um campeão no UFC. O Sérgio Boaz estreia o “Trocação no Youtube” analisando essa troca de títulos que vem sendo cada vez mais comum na companhia e a dificuldade em projetar qualquer resultado nas lutas do evento.

No ano das surpresas, mais um título troca de mãos e UFC tem poucos campeões longevos

01 de agosto de 2016 0

proxy

*Por Nícolas Andrade

O UFC 201 contou com mais uma grande surpresa para os fãs do MMA. Tyron Woodley acabou com o campeão dos meio-médios, Robbie Lawler, ainda no primeiro round, em um verdadeiro atropelamento. E as trocas de cinturão em 2016 só aumentam. No momento, das 10 categorias, apenas 3 possuem campeões com mais de um ano de reinado.

Veja o levantamento:

Moscas – Campeão: Demetrious Johnson – Vencido em: 2012

Johnson é o campeão mais longevo no UFC. Desde 2012 o título dos moscas está em suas mãos. Até por isso, Johnson é o líder no ranking peso-por-peso da companhia.

Galos – Campeão: Dominick Cruz – Vencido em: 2016

Cruz poderia estar perto do reinado de Johnson, mas as lesões atrapalharam. Seu atual legado vem desde janeiro deste ano e ele já defendeu uma vez o seu cinturão.

Penas – Campeão: Conor McGregor – Vencido em: 2015 (dezembro)

McGregor vai certamente completar um ano como campeão do UFC. Mas isso não significa um lutador dominante em sua categoria. O irlandês subiu para enfrentar Rafael dos Anjos, a luta acabou sendo contra Nate Diaz, por conta de uma lesão do brasileiro, e McGregor perdeu. Agora, foi marcada uma revanche. Enquanto isso, José Aldo faturou o cinturão interino.

Leves – Campeão: Eddie Alvarez – Vencido em: 2016

Alvarez bateu Rafael dos Anjos no mês passado durante o UFC 200. Está no aguardo de sua primeira defesa de cinturão.

Meio-Médios – Campeão: Tyron Woodley – Vencido em: 2016

Venceu no último sábado e se tornou mais um campeão recente.

Médios – Campeão: Michael Bisping – Vencido em: 2016

O campeão mais improvável da lista se valeu da lesão de Chris Weidman para encarar Luke Rockhold, venceu e se tornou campeão. Seu primeiro desafio será contra o veterano Dan Henderson.

Meio-Pesados – Campeão: Daniel Cormier – Vencido em: 2015

Cormier venceu em maio do ano passado o título dos meio-pesados. Em 2016 completou um ano com o cinturão, mas nesse período enfrentou apenas Alexander Gustafsson e Anderson Silva, este último com apenas três dias de preparação e em uma luta onde o cinturão não estava em jogo.

Pesados – Campeão: Stipe Miocic – Vencido em: 2016

Este é o título mais dolorido para os gaúchos. Fabrício Werdum perdeu no UFC Curitiba para Miocic e deixou a lista dos campeões.

Palhas Femininos: Campeã : Joanna Jedrzejczyk – Vencido em: 2015

Joanna completa o trio de campeões com mais de um ano no posto. Em 2016 já bateu Claudia Gadelha, na semana do UFC 200.

Galos Femininos: Campeã: Amanda Nunes – Vencido em: 2016

A maior campeã do UFC 200 foi brasileira. Amanda Nunes bateu Miesha Tate e ficou com o “maluco” cinturão dos galos femininos que já teve quatro campeãs em dois anos.