Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Júnior Cigano"

Rafael dos Anjos vence "Cowboy" e segue como campeão do UFC; Cigano é nocauteado

20 de dezembro de 2015 0

1654206_1193570570657553_4399958079334525723_n

O UFC em Orlando teve boas e más notícias para a torcida brasileira. O maior destaque foi a vitória de Rafael dos Anjos sobre Donald Cerrone, o “Cowboy”, e segue como campeão dos leves. O brasileiro venceu por nocaute, ainda no primeiro round e demonstrou toda sua maturidade como campeão dentro do octógono dominando as ações da luta.

Ao final da luta, Rafael desafiou Conor McGregor que já afirmou seu desejo de subir de categoria.

Já Júnior Cigano foi nocauteado por Alistair Overeem. A vitória veio no segundo round e foi surpreendente, porque Cigano era amplo favorito. Agora, Overeem se coloca como candidato a lutar pelo cinturão que, hoje, é de Fabrício Werdum.

Destaque ainda para a vitória de Charles do Bronx contra Myles Jury por finalização.

UFC 160 traz confrontos de Pezão vs. Velasquez e Cigano vs. Hunt

23 de maio de 2013 0

* Por Sérgio Boaz

Las Vegas, Nevada, Estados Unidos, receberá neste sábado na famosa Arena do MGM Hotel o UFC 160.

Na luta principal da noite, o simpático brasileiro Antônio “Pezão” Silva vai encarar o excelente Cain Velasquez, atual detentor do cinturão dos pesados. Estive na última luta do “Pezão” em Vegas, e fiquei bem impressionado com a evolução do jogo dele na vitória diante de Alistair Overeem. Velasquez, contudo, é de outra linhagem, já derrotou o próprio “Pezão” por nocaute. “Pezão” possui uma grande envergadura e a mão está pesada, vive um momento de confiança e pode surpreender.

O retorno de Júnior Cigano está recheado de expectativas, após perder o cinturão no final de 2012 para Cain, o catarinense jura que recuperará a hegemonia da categoria até o final do ano. A primeira pedra no caminho é o experiente Mark Hunt. Não acredito que consiga neutralizar o brasileiro, mas não custa ficar atento ao seu forte poder de nocautear.

Pelo categoria dos meio-pesados, Glover Teixeira, trilha um caminho com cara de um futuro campeão. Precisará suplantar muitos adversários até bater na porta para disputar o cinturão. Ele vai enfrentar o lutador da Nova Zelândia James Te Huna.

Fique por dentro de tudo o que acontece no esporte que mais cresce no mundo. Acompanhe entrevista com os grandes campeões, previsões de lutas, calendários no programa Trocação Pura, aos sábados, às 14h10min.

Perdeu algum programa? Clique aqui.

Luiz Dórea: "Cigano é um campeão da vida"

11 de maio de 2013 0

Luiz Dórea, técnico de boxe do ex-campeão peso-pesado Júnior Cigano, fala como está a mão do lutador para o retorno no dia 25 de maio contra Mark Hunt. O projeto “Campeões da Vida” e o reality show “TUF 2″ entre os times de Minotauro e Werdum.

Um dos maiores nomes da história do jiu-jitsu está no Estado, ministrando seminários. Trata-se de Fernando Margarida. Ele conta sobre sua trajetória vencedora na arte suave e a importância da defesa pessoal para as mulheres. “As mulheres estão cada vez mais buscando defesa pessoal”, afirma o primeiro campeão mundial peso-absoluto.

Confira estes e outros destaques que envolveram o esporte durante a semana no Trocação Pura deste sábado,11.

* Por Sérgio Boaz

Fique por dentro de tudo o que acontece no esporte que mais cresce no mundo. Acompanhe entrevista com os grandes campeões, previsões de lutas, calendários no programa Trocação Pura, aos sábados, às 14h10min.

Perdeu algum programa? Clique aqui.

Brasil pergunta: O que houve com Cigano?

04 de janeiro de 2013 2

Fui atrás da resposta ouvindo a opinião abalizada sobre o questionamento.

Entrevistei para o programa Trocação Pura do próximo sábado, um ex-lutador de MMA, faixa preta do saudoso mestre Carlson Gracie-Carlão Barreto. Com um vasto conhecimento e uma facilidade incrível para se expressar, ele ressaltou a dificuldade que Cigano teve para mudar a estratégia da luta, “Faltou plano B”, afirmou.

O resto vocês curtirão no programa de sábado. O futuro da categoria peso-pesado, a festa para Cain Velasques no retorno com o cinturão novamente em seu poder.

Fique por dentro de tudo o que acontece no esporte que mais cresce no mundo. Acompanhe entrevista com os grandes campeões, previsões de lutas, calendários no programa Trocação Pura, aos sábados, às 14h10min.

Perdeu algum programa? Clique aqui.

* Por Sérgio Boaz.

Cigano merece a revanche

02 de janeiro de 2013 4

Foi um verdadeiro passeio de Cain Velasquez sobre Júnior Cigano. O brasileiro foi irreconhecível, não conseguiu imprimir seu jogo, foi totalmente anulado e, o pior, provou do próprio veneno quando recebeu um duro golpe que o levou à lona.

Na realidade, vendo e revendo o combate, chega-se à conclusão de que Velasquez portou-se como um verdadeiro lutador de MMA (mistura de artes marciais), no início da luta, Cain tentou colocar Cigano para baixo, porém, não obteve sucesso.

Neste momento, surgiu o lutador completo, se utilizou do boxe para surpreender Cigano.

Já passou, os técnicos vão refletir, e Cigano pode voltar melhor. Como cada um venceu uma de forma contundente, Dana White, deve dar nova chance ao brasileiro. Imaginem o que seria esta trilogia.

* Por Sérgio Boaz.

Em combate dramático, Cigano é massacrado, e Velasquez resgata cinturão

30 de dezembro de 2012 0

Em combate dramático, Cigano é massacrado pelas mãos ferozes de Velasquez, que comemora a recuperação do cinturão dos pesos-pesados, título perdido para o brasileiro em novembro do ano passado.

Já passava das 3h da manhã quando o brasileiro Júnior Cigano entrou no octógono sob a incessante pressão das vaias da torcida mexicana, presente em peso para prestigiar o norte-americano Cain Velasquez na luta que marcou a revanche pelo cinturão dos pesos-pesados no UFC 155, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Cigano estava completamente irreconhecível em uma luta atípica, deixando o caminho livre para as investidas de Velasquez. O primeiro round foi decisivo para determinar o resultado final. O norte-americano surpreendeu o brasileiro com seu wrestling e sua pressão incessante dentro do octógono. Mas o golpe fatal veio com um soco direto de direita no primeiro round, mostrando que Velasquez também pode dominar o boxe.

- Eu me preparei o ano inteiro. Esta foi a luta mais difícil, eu estava muito cansado – disse Cain.

No segundo round, Cigano já se mostrou bastante abalado e os sinais de cansaço foram se tornando mais e mais visíveis. No terceiro round, com o rosto bem castigado, Cigano se deixou levar pelos golpes do adversário, sem se defender, nem ao menos atacar, e o desgaste físico dos dois lutadores tomou conta do octógono. No quarto round, Cigano começa a mostrar sinais de recuperação e melhor trocação, mas o domínio de Velasquez é eminente. No último round, o treinador do brasileiro bem que tentou levantar o moral do lutador, lembrando do cinturão e de toda a trajetória para chegar até lá, mas o resultado já estava selado: a volta de um velho novo campeão.

Esta foi considerada por especialistas a pior luta de Cigano. O brasileiro perdeu os cinco rounds. O resultado oficial por decisão unânime do jurados foi 50 a 45, 50 a 43 e 50 a 44.

- Nesta noite, ele foi melhor do que eu. Ele foi em frente o tempo todo. Ele foi muito eficaz. O jogo dele é bastante efetivo, mas eu aprendi na minha vida que nenhuma derrota vai me vencer. Cain Velasquez, eu vou voltar e pegar o meu cinturão de novo – reconheceu Cigano.

Com a vitória de Velasquez, os Estados Unidos passam a ter cinco títulos do UFC. Cain Velasquez, Jon Jones, Ben Henderson, Dominick Cruz e Demetrious Johnson são os representantes. E o Brasil, por sua vez, agora tem três cinturões: Anderson Silva, José Aldo e Renan Barão.

Confira os outros resultados da noite:

- Jim Miller venceu Joe Lauzon por decisão unânime (29 a 28, 29 a 28 e 29 a 28)

- Costa Phillipou venceu Tim Boetsch por nocaute técnico

- Yushin Okami venceu Alan Belcher por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 29 a 28)

- Derek Brunson venceu Chris Leben por decisão unânime (29 a 28, 29 a 28 e 29 a 28)

- Eddie Wineland venceu Brad Pickett por decisão dividida (30 a 27, 28 a 29 e 30 a 27)

- Erik Perez venceu Byron Bloodworth por nocaute técnico

- Jamie Varner venceu Melvin Guillard por decisão divida (30 a 27, 27 a 30 e 30 a 27)

- Myles Jury venceu Michael Johnson por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)

- Todd Duffee venceu Philip De Fries por nocaute

- Max Holloway venceu Leonard Garcia por decisão dividida (29 a 28, 28 a 29 e 29 a 28)

- John Moraga venceu Chris Cariaso por finalização (guilhotina)

Cigano garante estar pronto para Velasquez em qualquer situação

29 de dezembro de 2012 0

Na madrugada deste domingo, Júnior Cigano dos Santos coloca se cinturão peso-pesado outra vez em disputa numa revanche muito aguardada contra Cain Velasquez. Além do boxe, Cigano tem uma nova arma para combater o chão perigoso do adversário, a faixa preta em jiu jitsu.

O Jungle Fight realizado na semana passada em Porto Alegre também tem repercussão no programa. O presidente do evento Wallid Ismail promete repetir a dose: “Porto Alegre é uma terra de guerreiros. Jungle voltará em março”.

E ainda a participação do mestre Márcio Miranda, falando sobre a vitória de seus pupilos.

Fique por dentro de tudo o que acontece no esporte que mais cresce no mundo. Acompanhe entrevista com os grandes campeões, previsões de lutas, calendários no programa Trocação Pura, aos sábados, às 14h03min.

Perdeu algum programa? Clique aqui.

Boxe vs Wrestling

29 de dezembro de 2012 0

Será o boxe afiadíssimo e de mãos rápidas de Júnior Cigano diante de um wrestling não menos afiado de Cain Velasquez.

Na primeira vez o boxe venceu fácil, com um nocaute devastador ainda no primeiro round. O próprio Velasquez reconhece que o brasileiro tem as mãos mais poderosas do UFC. Desta vez, porém, o norte-americano, filho de mexicanos, garante estar mais preparado do que nunca para botar Cigano para baixo e jogar no seu território. O brazuca, por sua vez, afirma que para ele não tem tempo ruim: “Onde a luta se desenrolar eu estarei pronto”.

Façam suas apostas! A madrugada será tensa. Eu não me atrevo a dar palpites, mas também faço parte do bando de loucos que confia em Cigano.

* Por Sérgio Boaz.

Júnior Cigano e Cain Velasquez travam duelo pelo título dos pesados

27 de dezembro de 2012 0

A luta entre Cigano e Cain Velasquez no próximo sábado, 29, em Las Vegas, nos Estados Unidos, pelo UFC 155 está sendo aguardada como uma revanche cheia de alternativas. Quando tirou o cinturão de Velasquez, Cigano não tomou conhecimento do adversário, e o massacrou com um nocaute espetacular.

Cain, sonha com uma luta no chão, porém, Júnior Cigano garante estar bem preparado para desenvolver seu jogo em qualquer situação.

Acredito numa luta eletrizante, contudo, se as mãos rápidas e afiadas entrarem, Velasquez será difícil para o norte-americano.

O maior perigo que corre Cigano é se Velasquez encurtar a distância e conseguir colocá-lo no chão, embora o brasileiro tenha recebido recentemente sua faixa preta de jiu jitsu. Luta será transmitida exclusivamente pelo Canal Combate.

* Por Sérgio Boaz.

Porto Alegre receberá maior evento de lutas da América Latina em dezembro

24 de novembro de 2012 0

No Trocação Pura deste sábado, 24, o ex-lutador e empresário Wallid Ismail fala do maior evento de lutas da América Latina que estará em Porto Alegre no dia 21 de dezembro: o Jungle Fight, que já revelou grandes nomes para o UFC.

- O esporte no Rio Grande do Sul vai crescer incrivelmente. Eu não tenho dúvida alguma de que vários campeões vão sair do Rio Grande do Sul, como o Fabrício Werdum que começou no Jungle Fight. Vai ser incrível. Nós estamos indo ao Rio Grande do Sul para movimentar o esporte e mostrar a força do Sul – revela Ismail ao repórter Sérgio Boaz.

Júnior Cigano dos Santos acelera os treinos para a revanche do dia 29 de dezembro contra Cain Velasquez, em Las Vegas. Treinando no Corinthians, ele conta como pretende triunfar para manter o cinturão. Júnior Cigano avisa: “Estou preparado para vencer Cain em qualquer situação”. E ainda, notícias de um final de ano que será concorrido no MMA.

O que: Jungle Fight 47
Quando: 21 de dezembro de 2012, em Porto Alegre (RS)
Card: Ildemar Marajó x Itamar Rosa – final Jungle Belt até 84kg
Sidney “Junior Abedi” Oliveira x Arinaldo da Silva – final Jungle Belt até 57kg
Sean “Cubby” x Dimitry Zebroski – semifinal 70kg
Lucio Curado x Ary Santos – semifinal 70kg

Ingressos: arquibancada, R$ 30; cadeira premium, R$ 200
Onde comprar: no site www.livepass.com.br (somente cartão de crédito) e nas lojas My Ticket do Centro (Rua dos Andradas, 1.425, loja 69, de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h às 14h) e do Moinhos de Vento (Rua Padre Chagas, 327, loja 6, de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 10h às 15h).

Fique por dentro de tudo o que acontece no esporte que mais cresce no mundo. Acompanhe entrevista com os grandes campeões, previsões de lutas, calendários no programa Trocação Pura, aos sábados, às 14h03min.

Perdeu algum programa? Clique aqui.