Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "rafael dos anjos"

Lesionado, Rafael dos Anjos está fora de luta contra Conor McGregor

23 de fevereiro de 2016 1

12439215_1028162073893592_7902291110471042016_n

O fantasma das lesões parece que seguirá atormentando o UFC em 2016. Assim como no ano passado, mais uma grande luta precisará ser alterada por conta de uma lesão. Rafael dos Anjos quebrou o pé e foi retirado do card do UFC 196. Conor McGregor, em princípio está mantido no evento.

Leia mais notícias sobre Rafael dos Anjos
Leia mais notícias sobre Conor McGregor

Lutadores como Anthony Pettis e Donald Cerrone já se ofereceram para encarar Conor, mas o Ultimate ainda não se pronunciou sobre o assunto. Uma luta contra José Aldo, claro, é muito solicitada pelos fãs via redes sociais, mas como o irlandês preparou todo o seu camp para lutar entre os leves, baixar o peso para penas, pouco tempo antes da luta, seria arriscado.

Ainda nesta semana a nova luta principal do UFC 196, em 5 de março, deve ser anunciada. Vale lembrar que na mesma noite Holly Holm e Miesha Tate duelam pelos galos femininos. A luta pode se tornar a principal do evento caso Conor McGregor seja retirado do card.

Opinião de Sérgio Boaz

Sérgio Boaz fala sobre a grande carga de treinos no UFC, algo que pode estar levando tantos lutadores de elite a lesões.

Atualização

Por volta das 14h o Combate publicou uma fala de Dedé Pederneiras sobre a possibilidade de José Aldo lutar: “O Dana (White, presidente do UFC) me ligou de madrugada, contando do ocorrido e perguntando se o Aldo estava em “shape” para poder lutar. Eu disse que não estava e que não tinha tempo hábil, era muito pouco, e infelizmente ele não podia lutar na semana seguinte.”

GroundAndPound #22: ouça sobre a maior luta de Rafael dos Anjos, o apetite de Aldo e muito mais

19 de fevereiro de 2016 0

12744078_1229566843724592_5359860042422614607_n

No podcast Ground and Pound desta semana, Nícolas Andrade e Pedro Trindade comentam as declarações desta semana de Ronda Rousey ainda tentando encontrar forças para se recuperar da derrota sofrida para Holly Holm. Tem ainda a luta mais importante da carreira de Rafael dos Anjos, o apetite de José Aldo e o duelo de Cowboys no UFC.

Faça o download

Ouça outros podcasts

Rafael dos Anjos afirma: "Estou no melhor momento da minha carreira"

11 de janeiro de 2016 0

Sem título

O campeão dos leves do UFC, Rafael dos Anjos, foi o entrevistado de Sérgio Boaz no Trocação Pura de sábado. O brasileiro comentou como foi sua vitória sobre Donald Cerrone, projetou seu futuro e, claro, falou sobre Conor McGregor, contra quem deve lutar ainda no primeiro semestre.

Inicialmente, Rafael contou como foi a estratégia contra Donald Cerrone: “Não posso fugir do meu jogo, andar para frente. Mas, eu sabia que tinha 25 minutos para acabar a luta. Eu vi que em pé acertei uma joelhada e ele sentiu e eu vi a oportunidade de acabar a luta”, contou. O brasileiro disse ainda que já sabia dos defeitos do americano: “Sei que o Cerrone já tem uma história, é bem fraco na barriga ali, quando eu acertei a joelhada ele saiu do clinch e já estava dobrando, foi aí que andei mais pra frente, acertei o chute, consegui botar pressão e terminar a luta.”

Rafael dos Anjos disse ainda que está se sentindo muito bem como campeão: “Acho que isso é só o começo, ainda tem muita coisa para acontecer ainda. Tenho certeza que não foi nem a metade do que estar por vir. Estou no melhor momento da minha carreira, com 31 anos, maduro mentalmente e fisicamente.”

Sobre Conor McGregor, o campeão afirmou: “Ele está querendo fazer história, ele colocou os dois cinturões dele na Irlanda em eventos locais. Mas UFC é outro nível. Conseguir dois cinturões do UFC não é fácil. Se ele vier tentar a sorte, o azar vai ser certo. Estarei preparado. Quem quiser tomar o que é meu, estou pronto para defender.”

Confira a entrevista e o programa de sábado:

Rafael dos Anjos vence "Cowboy" e segue como campeão do UFC; Cigano é nocauteado

20 de dezembro de 2015 0

1654206_1193570570657553_4399958079334525723_n

O UFC em Orlando teve boas e más notícias para a torcida brasileira. O maior destaque foi a vitória de Rafael dos Anjos sobre Donald Cerrone, o “Cowboy”, e segue como campeão dos leves. O brasileiro venceu por nocaute, ainda no primeiro round e demonstrou toda sua maturidade como campeão dentro do octógono dominando as ações da luta.

Ao final da luta, Rafael desafiou Conor McGregor que já afirmou seu desejo de subir de categoria.

Já Júnior Cigano foi nocauteado por Alistair Overeem. A vitória veio no segundo round e foi surpreendente, porque Cigano era amplo favorito. Agora, Overeem se coloca como candidato a lutar pelo cinturão que, hoje, é de Fabrício Werdum.

Destaque ainda para a vitória de Charles do Bronx contra Myles Jury por finalização.

Rafael dos Anjos conta como lesão no joelho quase o impediu de lutar pelo cinturão; confira entrevista

31 de março de 2015 0

10391029_1040809355933676_5461133023054829887_n

O primeiro campeão brasileiro da história dos pesos leves do UFC quase renunciou a sua chance pelo título. Rafael dos Anjos revelou em entrevista exclusiva para Sérgio Boaz que por muito pouco não precisou deixar o card do UFC 185. O atleta contou que um problema no joelho impediu alguns movimentos.

Rafael dos Anjos é o 13º brasileiro campeão do UFC; veja a lista

“Eu machuquei três semanas antes da luta, tanto que estou parado agora. Nos primeiros 45 dias tenho que tomar cuidado e preciso ficar três meses sem lutar. É uma lesão no colateral lateral, 50% dos ligamentos rompidos, mais um pouco precisaria de cirurgia, quase desisti da luta”, revelou o campeão.

A lesão prejudicou um pouco sua estratégia, mas Rafael conta que superou o fato e se manteve atento ao que seus treinadores pediram. “A estratégia era colocar pressão em todos os rounds, bater duro e intimidar no começo da luta”, contou.

Rafael dos Anjos disse que Pettis enfrentava adversários que ficavam receosos de atacar. “Todo mundo que luta contra o Pettis vai respeitando muito, então nossa estratégia, junto com o Mestre Gordo e o Mestre Rafael Cordeiro era bater pesado e dominar o octógono”, disse.

Por fim o brasileiro revelou o porque ignorou a lesão para lutar. “Se eu perdesse essa oportunidade a gente não sabe se viria outra. Eu vim lutando com os melhores, ganhei dos melhores e merecia isso”, comentou Rafael.

Ouça o bate-papo completo no Trocação Pura do próximo sábado, às 14h.

Sábado pode ter cinturão inédito para o Brasil no UFC

13 de março de 2015 0

1

O Texas vai receber neste sábado (14) o UFC 185. No cardápio para os amantes do MMA estão ótimos duelos e duas disputas de cinturão, sendo que uma delas pode trazer um cinturão inédito para o Brasil. Rafael dos Anjos desafia Anthony Pettis pelo título dos leves. Vindo de ótimas vitórias, dos Anjos vinha trabalhando forte pela chance de encarar o campeão e se diz pronto para atingir o topo da categoria. Pettis também está em boa fase e o combate promete ser bem movimentado.

Na segunda luta principal da noite, Carla Esparza campeã peso palha feminino encara a polonesa Joanna Jedrzejczyk para resolver uma rivalidade que veio sendo criada desde a confirmação do duelo. O ex-campeão dos meio-médios, Johny Hendricks, encara o experiente Matt Brown para tentar se recuperar da perda do cinturão.

Os pesados Roy Nelson e Alistair Overeem fazem o duelo mais explosivo da noite. O card ainda conta com a brasileira Larissa Pacheco, que abre a noite, contra Germaine de Randamie e o irmão de Anthony Pettis, Sérgio Pettis encarando Ryan Benoit.

Capturar

Sérgio Boaz: "Rafael dos Anjos pode trazer o cinturão para o Brasil"

11 de março de 2015 0

63779_873813692661765_7795704395203999817_n

Rafael dos Anjos encara Anthony Pettis no sábado e pode ser o primeiro brasileiro campeão dos leves do UFC. O evento ocorre em Dallas e a luta promete ser emocionante para a torcida pela boa fase que vivem os dois lutadores. Sérgio Boaz analisa o combate e diz que Rafael tem boas chances de trazer o título inédito para o Brasil e surpreender o campeão.

Confira:

Brasil vai disputar cinco cinturões em cinco meses no UFC

04 de março de 2015 0

FW

As últimas disputas de cinturão no UFC com lutadores brasileiros não vêm animando o público local. Júnior Cigano, Anderson Silva e Renan Barão perderam seus títulos. Glover Teixeira, Lyoto Machida e Antônio Pezão foram derrotados em seus desafios. Anderson e Cigano perderam suas revanches. Só José Aldo conseguiu se manter intacto como campeão.

Mas, tudo isso pode mudar nos próximos meses. Até julho, o país vai disputar cinco cinturões do UFC. Além de mais uma defesa de Aldo, os lutadores Vítor Belfort, Fabrício Werdum, Renan Barão e Rafael dos Anjos vão ter a chance de trazer um título para os brasileiros.

Veja os confrontos

Anthony Pettis x Rafael dos Anjos – Peso Leve

UFC-185-poster

A luta ocorre em 14 de março, no UFC 185, em Dallas. O americano Pettis vem de ótima fase, mas o brasileiro surge como principal rival pelo cinturão. Com a decadência da carreira de Ben Henderson e o afastamento por lesão de Khabib Nurmagomedov, o duelo do dia 14 foi sendo desenhado e se concretizou após a vitória de ambos os atletas no mês de dezembro.

TJ Dillashaw x Renan Barão – Peso Galo

UFC_186_pre_sale

Barão vai ao Canadá encarar o atleta que tirou seu título dos galos em 2014. Depois de problemas no corte de peso e uma vitória convincente pra cima de Mitch Gagnon, Barão ganhou mais uma chance do UFC e vai pra cima do americano. O mesmo card reserva o grande retorno de Rampage Jackson à companhia. Ele encara Fábio Maldonado.

Chris Weidman x Vítor Belfort – Peso Médio

ufc_187_belfort_weidman_jones_johnson

O duelo está marcado para o dia 23 de maio em Las Vegas. Mas nada garante que vá mesmo acontecer, visto que a luta já foi desmarcada outras tantas vezes por problemas com os atletas. Até por isso, Jon Jones e Anthony Johnson farão o combate principal do card, para evitar um evento em Vegas sem a disputa de cinturão. Caso o duelo se confirme e ocorra, Belfort vai enfim ter a chance de voltar a ser campeão do UFC contra Weidman que tirou o cinturão de Anderson Silva, venceu o brasileiro pela segunda vez e depois derrotou Lyoto Machida.

Cain Velasquez x Fabrício Werdum – Peso Pesado

maxresdefault

Vai ter gaúcho no octógono do UFC 188, em 13 de junho, na Cidade do México. O duelo deveria ter acontecido em novembro do ano passado. O palco foi montado para os mexicanos mas Velasquez sentiu uma lesão e deu lugar a Mark Hunt. A luta valeu o cinturão interino dos pesados e foi vencida por Werdum. Agora, um novo duelo no México vai unificar os títulos.

José Aldo x Conor McGregor – Peso Pena

maxresdefault (1)

No UFC 189, será a vez de Aldo defender o único cinturão que está atualmente no Brasil.  O duelo ocorre em 11 de julho, em Las Vegas. Será a chance de o brasileiro calar o falastrão irlandês que já prometeu levar o título dos penas do UFC para a Europa.

Desafiante ao título dos leves, dos Anjos diz: "Mudei minha vida inteira em busca deste dia"

25 de fevereiro de 2015 0

10518642_745758278800641_677794305251679302_n

O brasileiro Rafael dos Anjos, desafiante ao cinturão dos leves, falou em entrevista ao Trocação Pura sobre sua preparação para o UFC 185. Segundo ele é o momento mais esperado de sua vida.

“Tô no UFC a seis anos, tenho bastante bagagem e experiência. A disputa chegou na hora perfeita e eu tenho me preparado durante todos estes anos pra esse dia. A confiança está a mil”, disse.

Sobre as declarações de Anthony Pettis, que se considera melhor em todos as aspectos que o brasileiro, dos Anjos preferiu não polemizar. “As vezes pode trazer mais confiança pra ele. Falar agora todo mundo fala”, disse o atleta sem muitas palavras sobre o adversário

O brasileiro disse que está pronto para ser campeão. “Mudei minha vida inteira em busca deste dia”, declarou o lutador que está confiante em trazer o título inédito dos leves para o Brasil.

O UFC 185 ocorre em 14 de março no Texas.

Ouça a entrevista de Sérgio Boaz com Rafael dos Anjos:

Rafael dos Anjos vence a quinta luta consecutiva no UFC

29 de agosto de 2013 0
Divulgação/UFC

Divulgação/UFC

O brasileiro Rafael dos Anjos venceu na última quarta-feira Donald Cerrone, pela divisão dos leves do UFC, em evento realizado nos EUA. A vitória veio por decisão dos juízes e deu a Rafael uma invencibilidade que já dura cinco lutas. O seu cartel apresenta agora 20 vitórias e seis derrotas. Em seu melhor momento na carreira, o lutador brasileiro se credencia para uma luta em breve pelo cinturão dos leves que está com Ben Henderson.

Na luta principal da noite Carlos Condit venceu Martin Kampmann, na divisão dos meio-medios, por nocaute técnico no quarto round da luta. Outro bom momento do card ocorrido em Indianapolis, foi o combate entre o vencedor do TUF 17, Kelvin Gastelum e  Brian Melancon muito pela atuação de Gastelum que foi pra cima do adversário desde o início do combate e venceu por finalização ainda no primeiro round.

Confira os resultados do UFC Fight Night 27:

Carlos Condit venceu Martin Kampmann
Rafael dos Anjos venceu Donald Cerrone
Kelvin Gastelum venceu Brian Melancon
Court McGee venceu Robert Whittake
Takeya Mizugaki venceu Erik Perez
Brad Tavares venceu Bubba McDaniel

Brandon Thatch venceu Justin Edwards
Dylan Andrews venceu Papy Abedi
Darren Elkins venceu Hatsu Hioki
Jason High venceu James Head
Zak Cummings venceu Ben Alloway
A luta entre Roger Bowling e Abel Trujillo terminou sem resultado por uma joelhada ilegal aplicada por  Trujillo