Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "ufc"

Wanderlei Silva convida José Aldo para lutar no Japão

29 de setembro de 2016 0
Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

No dia em que José Aldo anunciou aposentadoria do UFC, Wanderlei Silva convidou o brasileiro para lutar no Japão. Em vídeo no Facebook, Wanderlei elogiou o colega, prestou solidariedade ao momento e fez o convite.

Wanderlei Silva é a próxima atração do Trocação Pura, na Gaúcha, às 14h do próximo sábado (1). Confira um trecho:

Fotógrafo registra sofrimento de Miesha Tate para perder peso antes do UFC 200

14 de julho de 2016 0

Fotógrafo acompanha sofrimento de Tate para perder peso (Joe Amon/Espn.com)

Por Pedro Trindade

Ser campeão do Ultimate requer alguns sacríficos. Entre os desafios enfrentados pelos postulantes a detentores do cinturão está o de não ultrapassar o limite de peso exigido em sua categoria. Caso ocorrido com a ex-campeã dos galos da organização, Miesha Tate.

Antes de ser derrotada pela brasileira Amanda Nunes no UFC 200, Tate penou para bater os 61 kg na pesagem oficial do evento – duzentos gramas abaixo do limite dos galos. O site ESPN.com publicou uma série de imagens registradas pelo fotógrafo Joe Amon, que acompanhou a lutadora durante os dias que antecederam o evento.

Em uma das fotos, Miesha Tate aparece deitada sobre uma toalha, com aparência de cansada. O namorado de Tate, Bryan Caraway, carrega uma bolsa de gelo e na outra mão verifica a frequência cardíaca dela. Ao fundo, os treinadores preparam uma banheira quente para ela acelerar a perda de líquidos.

No dia da pesagem, ocorrida em Las Vegas, Tate teve que ficar completamente nua para atingir o limite dos pesos galo.

VÍDEO: Sérgio Boaz analisa o show de Amanda Nunes no UFC 200

10 de julho de 2016 0

Na luta principal do UFC 200, neste sábado, em Las Vegas, a baiana Amanda Nunes deu show e finalizou Miesha Tate no primeiro round, conquistando o cinturão feminino do peso-galo. Ela se tornou a primeira brasileira campeã do UFC.

Dana White diz que boatos sobre venda bilionária do UFC não são verdadeiros

22 de junho de 2016 0

dana-white

As informações de que o UFC estaria sendo vendido por cerca de R$ 14 bilhões a empresários chineses não são verdadeiras, disse Dana White. Segundo o norte-americano, a negociação não está nos seus planos.

“Essa é uma das coisas mais deturpadas da história da companhia. Tenho batalhado muito para fazer as coisas darem certo no UFC. Não vou simplesmente entregar tudo a outro regime. Não se preocupem com esse assunto. Essa é a última coisa que as pessoas que trabalham no UFC  têm de se preocupar”, declarou em entrevista ao programa UFC Unfiltered.

Os rumores vêm da imprensa norte-americana desde maio. Na semana passada, a ESPN-EUA voltou a repercutir a suposta proposta dos chineses.

Sem Renan Barão, três brasileiros surgem como o futuro do país na categoria dos pesos-galos

25 de março de 2016 0
Thomas Almeida

Thomas Almeida

Nos últimos dias, Renan Barão anunciou que vai subir de categoria no UFC e lutar pelos leves. Detentor do cinturão por cerca de dois anos, o atleta deixa um legado na divisão. De olho em uma oportunidade, três brasileiros surgem como o futuro do país na categoria.

O primeiro é Raphael Assunção. Ele vem de sete vitórias na categoria, incluindo uma sobre TJ Dillashaw que até pouco tempo era o dono do cinturão. Raphael não luta desde outubro do ano passado e ocupa a 3ª posição no ranking do UFC. Uma revanche contra Dillashaw pode definir o próximo adversário do campeão Dominick Cruz, que encara Urijah Faber em junho.

Um pouco mais atrás na fila vem Thomas Almeida. O brasileiro é uma das sensações do UFC na atualidade e está invicto em suas 20 lutas no MMA profissional. Faltam ainda lutas contra os grandes nomes da categoria, mas a 7ª posição no ranking mostra que isso está cada vez mais perto.

O terceiro nome da lista é mais experiente, Johnny Eduardo, de 37 anos. 10º no ranking ele vem de derrota para Aljamain Sterling e acabou ficando para trás na fila do cinturão. Porém, uma boa sequência pode dar ao brasileiro a chance de ser o campeão.

Vale lembrar que Renan Barão ainda ocupa a quarta colocação no ranking do UFC (empatado com Sterling), por isso, Thomas e Johnny devem subir de posição no próximo levantamento, ficando ainda mais próximos da luta pelo cinturão.

Sérgio Boaz: "Conor McGregor levou a lição que merecia"

07 de março de 2016 1

Cc2mlluWwAAjh0y

Conor McGregor perdeu para Nate Diaz no final de semana e voltará para a divisão dos penas, onde é o dono do cinturão. Sérgio Boaz analisa o momento do irlandês e projeta seu futuro no UFC. Ele ainda fala sobre a grande luta entre Miesha Tate e Holly Holm e quem seria a provável adversária de Ronda Rosey em sua próxima luta.

No retorno após doping, Anderson Silva é derrotado por Michael Bisping

27 de fevereiro de 2016 1
Brasileiro ainda contestou resultado e citou corrupção em Londres como no Brasil

Brasileiro ainda contestou resultado e citou corrupção em Londres como no Brasil

O inglês Michael Bisping derrotou Anderson Silva por decisão unânime neste sábado (27), em Londres. O dono da casa encarou a luta com mais concentração, especialmente nos dois primeiros rounds, quando o brasileiro, por diversas vezes, baixou a guarda e começou a brincar – algo que já fizera em outros combates.

O grande momento para Anderson Silva foi no terceiro round, quando Michael perdeu o protetor bucal e se distraiu. Com isso, levou uma joelhada voadora e foi à nocaute. Spider imediatamente comemorou, achando que a luta havia terminado. Porém, ainda faltavam alguns segundos. Mesmo com o rosto machucado, o inglês suportou momentos de muitas dificuldades, segurando a luta até o final.

No quinto e último round, Anderson Silva ainda tentou tirar proveito do mau estado físico do adversário para buscar a vitória. Tão logo foi anunciada a decisão, Bisping evidentemente comemorou de joelhos com o seu público e elogiou o adversário.

“Eu sempre admirei este cara. Obrigada pela luta, Anderson”, disse.

Os dois se encontraram no meio do octógono e, de joelhos, se reverenciaram. Anderson, inconformado com o resultado, foi contundente em sua entrevista:

“Se não dá de um jeito, eles levam do outro. Isso aqui é como o Brasil. Corrupção total”.

O outro brasileiro em ação, Thales Leites perdeu para Gegart Mousasi, iraniano naturalizado holandês, por decisão unânime, na mesma categoria de Anderson Silva.

Werdum x Miocic em Curitiba

23 de fevereiro de 2016 0
Foto: Marcelo Carôllo / Agencia RBS

Foto: Marcelo Carôllo / Agencia RBS

O gaúcho Fabricio Werdum, campeão peso-pesado do UFC, está muito próximo de realizar seu sonho de lutar no Brasil. O UFC confirmará para Curitiba, no dia 14 de maio, sua luta diante de Stipe Miocic.

Também no card, outro grande duelo entre brasileiros está programado. O experiente Vitor Belfort vai encarar Ronaldo Jacaré pela categoria dos médios, até 84 kg, dominada atualmente pelo norte-americano Luke Rockhold.

O local que está sendo cogitado para as lutas é o estádio do Atlético Paranaense, a Arena da Baixada.

A propósito, Werdum está chegando ao Brasil e estará no fim de semana em Porto Alegre. Na noite de sexta-feira, ele participa de evento em uma cervejaria que produz uma cerveja com o seu nome – a MaltStore, na Rua Padre Chagas.

A um mês da volta ao octógono, Anderson Silva publica vídeo de treino em rede social

28 de janeiro de 2016 0

Por Sérgio Boaz

Há um ano sem lutar – punido no exame anti-doping na luta que derrotou Nick Diaz -, o ex-campeão dos médios, do UFC, Anderson Silva, demonstra alegria com o retorno. Ele divulgou nas suas redes sociais, alguns bastidores de seus treinamentos para a luta do dia 27 de fevereiro contra o inglês Michael Bisping, no UFC Londres.

Na legenda, os dizeres “ser um campeão não é ser melhor que ninguém, mas conseguir ser melhor que você mesmo, superar os seus talentos o máximo que puder, levar seu conhecimento no nível mais alto de sua existência”.

Confira o vídeo publicado pelo Spider:

Com lesão nas costas, Werdum anuncia que não vai lutar contra Stipe Miocic

25 de janeiro de 2016 0

 

17553190

Por Sérgio Boaz

Tem mais uma reviravolta no card principal do UFC 196. Após Cain Velásquez ter se lesionado e anunciado a desistência da disputa do cinturão dos pesos-pesados, o campeão Fabricio Werdum comunicou, no início da noite desta segunda-feira (25), que não está 100% para lutar contra Stipe Miocic. Ele sofreu uma lesão nas costas no treino de sexta e, numa reunião com a equipe, decidiu que não entrará no octógono no próximo dia 6.

“Na sexta-feira passada eu machuquei as costas, tive um estiramento bem forte. Cheguei a fazer massagem, fui no médico, mas não consegui treinar como deveria. Decidi não lutar pelo fato de não estar 100%”, revelou o Vai, Cavalo.

Sobre o pedido de desculpas de Velásquez, Werdum eximiu o adversário de qualquer responsabilidade e foi taxativo ao dizer que não há culpados. Segundo ele, a intensidade dos treinos no dia a dia desencadeia contusões.

“O Cain não tem culpa, ninguém tem culpa. A gente treina muito forte, as lesões sempre acontecem”, avaliou.

Werdum disse que a decisão dele é fruto da busca pelo equilíbrio entre mente e corpo, e por não estar 100%, optou por não correr o risco.

“O que pesou bastante é o fato de eu ter demorado muito pra chegar aqui, ser o campeão. Eu não posso jogar tudo pela janela. Não posso arriscar uma carreira de 20 anos por orgulho”, refletiu.

Ainda não há definição do Ultimate sobre o adversário de Stipe Miocic. O card ocorre no dia 6 de fevereiro, em Las Vegas.