Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Feijoada completa

04 de julho de 2009 4

Concorridíssima/Valther Ostermann

Estive na concorridíssima feijoada do Batalhão, sábado, 3. Já é tradição do nosso 23º. BI servir, em julho, o prato nacional. Ainda bem que é em julho; fosse no verão de Blumenau, precisaria de ambulância na porta, como dizia o genial Sérgio Porto. Feijoada é prato gorduroso, pesado, rico em condimentação. Dizem que não a digerimos, ela é que nos digere.

No entanto, é saborosa. Cairia bem como prato nacional de países frios. Canadá, por exemplo. Ou Noruega. Mas, se o Brasil tropical não tem lógica, tem gosto. E gosta de feijoada. A gordura excessiva é dissolvida com caipirinha e estamos conversados. Para tudo tem solução, não tem?

O prato é tão popular que inspirou até nosso maior letrista, Chico Buarque. Sua música Feijoada completa é quase uma receita.

 

Postado por Valther Ostermann

Comentários (4)

  • Blogueiro diz: 7 de julho de 2009

    Esqueci de citar: Francis Hime no piano, Altamiro Carrilho na flauta. Este último é o maior do mundo.Virtuose.

  • Rodrigo diz: 5 de julho de 2009

    Ó, Valtinho. tenho ingresso preço de custo pra feijoada de sábado que vem, na Vila Germânica (é da feira da amizade, minha sogra tem clube de mães). Precisar é só pedir (hehehehe)

    Do blogueiro:  Pessoal, todo mundo na feijoada da sogra do Rodrigo, no próximo sábado. É por uma boa causa.

  • Valdemir Nicoletti diz: 6 de julho de 2009

    Quanto custa o ingresso pra feijoada da sogra do Rodrigo?

  • Gerson Luiz diz: 5 de julho de 2009

    Só prá inticar… A única coisa boa para se fazer no inverno é comer feijoada.

Envie seu Comentário