Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pão com banha

11 de julho de 2009 24

Lembrei do pão com banha no Santa de papel, edição deste fim de semana. Gente, precisa ver o retorno que deu! Reminiscências, lembranças de sabores e aromas do tempo de criança, quando a vida não era tão complicada.

Pão com banha, para a atual geração, deve soar extravagante, no mínimo. Para nós, daquele tempo, era tudo de bom. Pão de casa, feito pela mãe no forno de tijolos, banha fresca, natural, sem conservantes, salpicada com açúcar ou cebolinha verde, generosa caneca de café com um leite que não vinha em caixinhas. Espantava o frio, forrava o estômago, carregava de energia a garotada que “pareciam atafonas”, diziam as mães.

Quer saber? Pode parecer extravagante, mas como era gostoso!

Postado por Vather Ostermann

Comentários (24)

  • Bueno diz: 14 de julho de 2009

    Ali na padaria da esquina eu pedi pão com banha e a atendente fez cara de nojo.Argh.

  • Sidnei Venturi diz: 15 de julho de 2009

    Só em outubro, Pessoa Comum ??
    Mas acho que o assunto vai longe. Ja percebi que o Valther ainda nao jogou ele pra 2a. página.

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    É , o bom mesmo é aquela caseira da colonia, fresquinha como qualquer outro alimento direto do campo… mas até serve a industrializada na falta da primeira, porém sempre em pequenas quantidades. Daí a aversão de algumas pessoas a este nosso sabor de infancia, quando falamos em banha, logo vem a mente aquele pacote de 500 gramas vendido em mercado, daí o porque do pessoal torcer o nariz… mas que é bom isso é, experimente! em pequenas quantidades pessoal!

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    Walther, acho que precisamos ensinar nossos amigos a comerem pão com banha, rsrsrsrsr… de repente organizar um café da tarde… um leva o pão, outro o café um terceiro o açucar e mais alguem a banha, pronto! acredito que seria uma reunião pra dar inveja a muitos chefs de cozinha, kkkkkkk…

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    E pra quem não tem coragem de comer pão com banha, experimenta colocar margarina no lugar da banha, e depois o açucar, não é a mesma coisa, nem o mesmo sabor, apenas fica parecido. Porque o sabor verdadeiro e original mesmo, é pão com banha e açucar, e está falado… rsrsrsrsr

  • Pessoa Comum diz: 14 de julho de 2009

    Ainda tem que matar um porco da colônia? Não vai ser fácil, então.

  • Pessoa Comum diz: 14 de julho de 2009

    Nicoletti, ainda não ¨criei¨ coragem. Não vou comprar meio quilo de banha só para experimentar umas gramas, então preciso esperar ir na casa de alguém que come banha. Assim que experimentar, darei meu parecer a respeito da ¨iguaria¨. Ai, meu Deus, será que sobrevivo…

  • DeBlu diz: 2 de outubro de 2009

    Olá, já que alguém ai comentou sobre melado, deixa eu comentar algumas lembranças de minha infância. Meus pais compravam melado em grandes quantidades, naquelas latas de 10 quilos ou mais diretamente dos sítios dos meus tios, então no café da manhã com pão da mama feito no forno a lenha, passava uma generosa camada de nata ou queijo branco no pão, em seguida cortava em cubículos a fatia, garfava e mergulhava no melado. O melado era espesso não essas coisa que estão aí no mercado. Saudades…

    Do blogueiro: Essa fez correr água da boca…

  • Luis Aguiar diz: 30 de setembro de 2009

    Tava procurando algumas coisas no google e me deparei com isso! Pão com banha! Tenho 42 anos, e achei que era só descendente de Russo que tinham essa mania… Faltou o torresmo em cima do pão…huahuhauha Só pra registrar, que isso fez parte de minha infância, e que não morri até hoje de colesterol,nem por ter bebido leite apojado da vaca entre outras coisas. Parabéns pela lembrança. A história tem de ser contada, quem sabe um dia não voltem alguns hábitos saudáveis, tão condenados hoje. Abraço.

    Do blogueiro: Bem vindo à turma do pão com banha,Luis…

  • RUBENS BACHMANN diz: 16 de julho de 2009

    É VALTHER…QUANDO CONTO AOS PEQUENOS QUE MINHA MÃE CONSERVAVA CARNE FRITA DE GALINHA NA LATA DE BANHA NINGUÉM ACREDITA. ERA SÓ ESQUENTAR E COMER! A GENTE NÃO TINHA “FRIGIDAIRE”.

    Do blogueiro: É verdade,Rasputim. Conservava inclusive aquele pernil de colônia assado no forno a lenha.

  • Sidnei Venturi diz: 15 de julho de 2009

    Acho que a coisa vai longe. To pensando até em usar um pseudônimo p/ continuar no assunto. Se o meu cardiologista descobre que eu to nessa de pao com banha e açúcar, sal e sabe-se lá o que mais pode aparecer, eu to ferrado.

  • Sidnei Venturi diz: 14 de julho de 2009

    Valdemir, em breve vou visitar familiares ali no Belchior Baixo e lá c/ certeza tem a iguaria, pois o pessoal lá é colono plantador de arroz e cria uns porquinhos pro gasto, como se diz por lá. Abs.

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    O Curt Heise fez uma colocação interessante, banha com sal, confesso que esta eu nunca experimentei, mas porque não experimentar né? assim que tiver oportunidade, vou provar Curt!

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    Pessoa comum, eu o Walther e tantos outros que já comeram pão com banha, garantimos a vc que vc sobrevive sim a essa experiencia! e quem sabe pode até ensinar a seus sobrinhos,rsrsrsrsrs… só não exagera e nem coma já pensando que não vai gostar, porque então vc pode deixar de sentir o sabor, pois seu subconciente de cara vai rejeitar oque seus olhos estiverem vendo…(escrevi bonito agora, caramba rsrsrrsr) mas vc sobrevive sim!!! grande abraço!

  • Sidnei Venturi diz: 14 de julho de 2009

    Pois é Nicoletti, a banha em questao é aquela da colônia, de “porco matado”.
    Nao aquela do supermercado. Esclarece aí, por favor.

  • Valdemir Nicoletti diz: 15 de julho de 2009

    Pessoa Comum, porque esperar tanto pra experimentar pão com banha e açucar? Ainda faltam tres meses pra chegar outubro e vc vai esperar? Eu diria; Vc não sabe oque está perdendo!!!!

  • Valdemir Nicoletti diz: 13 de julho de 2009

    E então, pergunto ao SIDNEI VENTURI e a PESSOA COMUM; experimentaram o pão com banha e açucar? gostaram???

  • Curt Heise diz: 14 de julho de 2009

    Lí todos os comentários. Mas nenhum que mencione “pão com banha e com sal”. Assim eu conhecí esta iguaria. E no embalo quero mencionar o Bijú. Para quem não conhece: é feito com massa que dá origem a farinha de mandióca, e com manteiga fresquinha e melado. Aqui na feira da PROEB tem a venda – mas não é aquele que eu conhecí.

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    Bueno, a moça da padaria é mais uma que não sabe oque é pão com banha, o problema é que muitas vezes quando falamos banha, oque vem a cabeça das pessoas é aquela gordura exagerada de certos alimentos e tal. Pois na verdade na hora de colocar no pão, também não pode exagerar, é preciso passar um fina camada e por cima aquele açucar.É quase como comer margarina com açucar, não é a mesma coisa, mas é quase igual.

  • Pessoa Comum diz: 16 de julho de 2009

    Sidnei e Valdemir, porque em outubro vou para a colônia. Mas se encontrar a tal banha por aqui, experimento antes. Quando eu conseguir provar, informarei neste mesmo post que desbancou até a ¨Viagem¨ do blogueiro…rsrs.

  • Valdemir Nicoletti diz: 14 de julho de 2009

    Sidnei, depois nos conta se gostou ou não gostou? Acredito que vc vai gostar!!! Ainda mais que lá entre eles também deve ter alguem que ainda hoje aprecia este alimento, pois eles tem a matéria prima fresquinha, rsrsrsr…grande abraço!

  • Valdemir Nicoletti diz: 11 de julho de 2009

    É verdade! bem lembrado! pão com banha e açucar, uma delícia caseira! E aos sábados, aquele cheirinho de cuca sendo assada no forno, que depois ficava aquela coisinha macia que não dava pra parar de comer… e a mãe da gente ( a minha usava muito esse termo também)chamava a gente de atafona.
    Que infancia linda e deliciosa tivemos!!!

  • Pessoa Comum diz: 12 de julho de 2009

    Eu comia pão com melado e nata fresquinha, pão com recheio de uva (delicioso), batata assada no forno, polenta assada na chapa do fogão à lenha. Mas pão com banha (argh), nunca. Vou experimentar só para sentir que gosto tem.

  • Sidnei Venturi diz: 13 de julho de 2009

    Como falam bem desse bendito pao com banha.
    Sou obrigado a experimentar.

Envie seu Comentário