Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Que charge, Cao!

17 de julho de 2009 1

Só três entenderam.../Charge de Cao Hering

O Cao Hering é cheio de talentos. Chega a ser um desaforo!

Cartunista de mão cheia, com três traços retrata alguém. Quando quer e a preguiça deixa.

Dono de um texto primoroso que pode ser conferido aos domingos, no Santa de papel.

Frasista competente, com frases citadas em livro de outrem.

Cantor nas horas vagas. Já gravou um CD, ou dois. Para consumo próprio.

O Cao é o cara, diria Obama, mas até aí nada de mais, o Obama diz isto para todos. Então digo eu: o Cao é o cara!

Para não parecer babação, aqui vai um tranco, só para regular: a charge da edição de sexta-feira, hoje, 17, reproduzida acá sem pedir licença, ficou – eu não resisto a um bom trocadilho – caótica.

Senão, vejamos: faltou uma preposição. A fala era para ser “Eu, como presidênti du Senado, vô processá quem subichtituiu o meu nômi nas placas no Maranhão por Escabiosey!”

Mas não fez falta, poucos entenderiam assim mesmo. Pretensão do Cao, achar que todo mundo sabe que escabiose é sinônimo de sarna.

Entenderam a intenção? Sarna, Sarney, escabiose, Escabiosey…

Só ele, Deus e o Edgar Gonçalves entenderam.

O Cao, às vezes, viaja.

Postado por Valther Ostermann

Comentários (1)

  • Bueno diz: 18 de julho de 2009

    e quando viaja, saí da frente!

Envie seu Comentário