Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pobre Brasília

24 de julho de 2009 1

São eles, não somos nós!/Rodolfo Stuckert, Câmara.gov/reprodução autorizada

É comum referir-se à Brasília quando se pretende dar um pau nos políticos federais, ou no próprio Governo. Há uma injustiça aí que incomoda os brasilienses. Os naturais ou habitantes de lá se queixam da generalização.

- Não somos nós, não é Brasília. São os políticos. E políticos de todos os Estados da Federação.

A queixa é procedente, mas não tem jeito: convencionou-se citar Brasília, não há quem conserte. Culpa dos políticos que vivem aprontando.

Um exemplo é esta brincadeira que transcrevo abaixo, atualmente rolando na internet. Se você fosse brasiliense, não ficaria chateado?

MÁQUINA DE PEGAR LADRÃO

Nos EUA fabricaram uma máquina que pega ladrões.

  • Testaram em New York: em 5 minutos a máquina apanhou 15 ladrões.
  • Levaram para a China, e em 3 minutos a máquina apanhou 35.
  • Na África do Sul, em 2 minutos a máquina apanhou 60 ladrões.
  • Trouxeram para Brasília. Em 1 minuto roubaram a máquina!

Postado por Valther Ostermann

Comentários (1)

  • Pessoa Comum diz: 24 de julho de 2009

    É um erro generalizar. Fazer o quê, se há até quem diga que a unanimidade é burra mesmo quando burra é a falta de unanimidade.

Envie seu Comentário