Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Natal sempre igual

18 de novembro de 2009 3

Nem ele aguenta mais./Divulgação

Na proximidade do Natal, em todos os anos, fico na torcida para que nenhuma propaganda tenha Jingle Bells como fundo musical.

Esperança vã, claro. O repeteco vem logo nos primeiros reclames. Criatividade passa longe da propaganda de Natal.

Mas piorou – muito – este ano. Agora, além daquela música, que é linda, mas ficou insuportável pelo excesso de uso, temos que aturar também o “imperdível”. Dá até a impressão que os publicitários supõem que o adjetivo faz parte da palavra oferta. Toda oferta é imperdível. Mas é, hein?

E dizer que o Brasil já foi considerado um dos mais criativos do mundo, em matéria de propaganda e publicidade…

Postado por Valther Ostermann

Comentários (3)

  • Pessoa Comum diz: 19 de novembro de 2009

    Esse aí tá no trono? Papai-Noel é igual político: promete mundos e fundos para as criancinhas pobres e não cumpre quase nada. Aquela estorinha de neve, veadinhos, trenó…, sempre as mesmas mentiras de sempre. Sorri para todos no Natal e depois some.

  • Leandro Nunes diz: 19 de novembro de 2009

    Realmente, sem citar nomes… mas várias empresas, principalmente as que vendem móveis e eletrodomésticos, nunca fizeram uma propaganda diferente!! Ta faltando alguém que `manja` de propaganda nisso.

  • André diz: 19 de novembro de 2009

    Jingle Bells ao som de harpas é (era) a cara da loja Prosdócimo.

Envie seu Comentário