Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não deixe o samba morrer

29 de novembro de 2010 1

O samba, para quem não sabe, é símbolo de identidade nacional. Ritmo popular brasileiro, anda esquecido, soterrado sob uma avalanche de porcarias que a mídia adora expor.

Mas nem tudo está perdido: em Blumenau, a Confraria do Samba, formada por um grupo de abnegados, busca o resgate do samba autêntico, a verdadeira voz do Brasil. Eis aí um registro de sua participação no Jornal do Almoço (RBS TV), no último sábado, apresentado pela simpática Cinthia Canziani, secundada por este blogueiro.

Detalhe: na mesa dos rapazes, cerveja. Na mesa de Camila, a flautista do grupo, somente um copo com água. Deve ser por causa do instrumento.

(Foto: Valther Ostermann)

Comentários (1)

  • Alf Pintarelli diz: 1 de dezembro de 2010

    Os jornais alardeiam que o tráfico do Rio perdeu 100 milhões de reais. Penso que há uma inversão de valores na informação. É como se um ladrão de carros que estivesse preso dissesse que este mes perdeu 30 mil reais por não estar em atividade. É a sociedade quem deixou de perder.

Envie seu Comentário