Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Zé Alencar

29 de março de 2011 3

A morte redime os políticos. E ressuscita os chavões. O ex-vice-presidente José Alencar faleceu hoje, depois de bater de frente com o câncer. Não foi sem luta, a morte teve que suar para levá-lo. Grande sujeito, o Zé Alencar, na doença.

Agora, a redenção e os chavões. Todos, absolutamente todos os políticos enaltecem o político que se foi. Quem sempre bateu no Zé, bate agora naquela tecla que todos batem: “Zé Alencar deixa um vazio… o Brsil perde um grande homem… personagem da história… exemplo de patriota…”

É difícil detectar alguma sinceridade nas manifestações. Diria até que é impossível. Assim como também é praticamente impossível fugir dos chavões. O que dizer numa ocasião assim?

Mas que a morte redime, redime. Pelo menos no curto prazo.


Comentários (3)

  • eduardo machado -blumenau diz: 29 de março de 2011

    Nas eleições é a mesma coisa,depois estão todos agarrados,na lama!

  • Natal Marchi diz: 29 de março de 2011

    Pena que alguns heróis sejam condecorados só após a morte. Ao menos essa é a atitude de uma parcela das pessoas.

  • Pericles Sevegnani diz: 29 de março de 2011

    Valther, realmente, quando morre um politico, vemos um festival de chavoes.

    Porem, arrisco-me a dizer que Alencar foi um dos ultimos politicos serios e decentes deste pais.

    Infelizmente, nao poderei dizer a mesma coisa do Sarney, Renan, Collor, Dirceu, Maluf, Erenice, Genoino, etc…

Envie seu Comentário