Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Proibido, e daí?

12 de abril de 2011 7

A foto do Alex Werner, da famosa pinguela que liga a Alameda Rio Branco à Rua Amazonas, ou seja, Centro-Garcia,  fala por si: sinalização de trânsito é para inglês ver.

Comentários (7)

  • Ada diz: 12 de abril de 2011

    Sugestão: Alarga a pinguela e deixa passar moto. Daqui a pouco tem até carro entalado lá. Isso me lembra aquela escadaria em frente à Funerária Hass, que liga a Martin Luther com a Rua São Paulo. Já vi um monte de moto atravessando ali. Credo heheh

  • Gerson Luiz diz: 12 de abril de 2011

    “Se você não pode combater o inimigo, junte-se a ele”
    Nesse caso, construir ali mais um pontilhão exclusivo para motos e bicicletas. Porém, quem não vai gostar muito da ideia são os moradores do local, por causa dos motoqueiros babacas que andam com o escapamento aberto.

  • Bruno Conti diz: 12 de abril de 2011

    Mas tá certo Walter, a placa diz que é proibido ir de moto e cara aí ta voltando… ehehehe … Como o povo é bem educado, provavelmente foi isso que ele pensou..

  • John Nobody diz: 12 de abril de 2011

    Pela grande quantidade de motos no mercado, não podemos fingir que não existem. Solução: pinguela em dobro; uma para pedestres, outra para motos.

  • Braz dos Santos diz: 12 de abril de 2011

    No Brasil, parece que as pessoas estão perdendo completamente a noção do que é cerrto e do que é errado. E, para que se readquira essa noção, só sentindo no bolso. Sugiro a coloicação de um guarda nesse local, de preferência que fique escondido, e multe todo mundo. Quando os motoqueiros perceberem que estão sendo multados, cm uma multa atrás da outra, garanto como eles vão parar de passar por essa pinguelaO grande roblema do nosso país se chama IMPUNIDADE. Quando as essoas tiverem consciência de que, se praticarem um delito serão efetivamente punidas, o Brasil mudará.

  • Leandro Karasinski diz: 12 de abril de 2011

    Concordo com o Bruno Conti. (rs)

  • CURTO&GROSSO diz: 13 de abril de 2011

    Este é o retrato de um Brasil das leis não cumpridas e onde grande parte da população perdeu a vergonha na cara e a outra ainda se torna omissa e conivente.
    Pelo visto, Blumenau e região não ficam de fora e acabam dando a sua parcela nesta esculhambação institucionalizada.
    Quantas saudades de uma Blumenau que já foi exemplo de tantas coisas boas !

Envie seu Comentário