Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Deu no jornal

17 de abril de 2012 3

“Paul McCartney é ativista social e militante pelo direito dos animais há 40 anos”

Para quem não se lembra, ele declarou, há tempo, que jamais se apresentará na China, pela maneira cruel como abatem cachorros lá. O cara tem atitude. Além de ser o mais talentoso músico de duas gerações, é generoso – doou os direitos, à época,  da música Hey Jude para Julian, o filho desprezado de John Lennon - , não é metido a besta e, multimilionário e setentão, adora o que faz e continuando fazendo melhor que ninguém.

Como não gostar de um cara assim?

Comentários (3)

  • Gerson Luiz diz: 18 de abril de 2012

    Para ser coerente com a causa vegetariana, ele (e todos os vegetarianos) então só pode(m) comer produtos vegetais orgânicos. Porque quem não come carne por pena dos animais não pode consumir produtos que em suas lavouras sejam usados agrotóxicos. Uma lagarta, um gafanhoto, um percevejo, uma formiga, uma vespa, etc. são seres vivos tanto quanto uma vaca, um porco, uma ave ou um cachorro. É hipocrisia desse tipo de vegetariano dizer que não se pode matar animais para comer, mas matar outros animais para que não comam a comida deles pode? Pior que ser abatido para servir de alimento para outra espécie é morrer envenado e ficar jogado na natureza.

  • Charles R. K. diz: 18 de abril de 2012

    Ainda bem que ele não ficou sabendo da farra do boi…

  • Marcos diz: 18 de abril de 2012

    Já não se pode dizer o mesmo do seu Ringo Star que é o maior C* Doce.

Envie seu Comentário