Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O matador

22 de abril de 2012 1

O rei da Espanha, Juan Carlos, sem ter o que fazer, foi à África matar elefantes.

Pegou mal, foi duramente criticado mundo afora, pediu desculpas pelo mau jeito, os espanhóis perdoaram. Ora, um povo que se diverte massacrando touros perdoa fácil um deslize destes.

Mas o resto do mundo, não. A imagem de Sua Majestade trincou. Tomara que não entre em depressão e, para relaxar,venha para o litoral catarinense praticar a Farra do Boi.

Comentários (1)

  • Natal Marchi diz: 22 de abril de 2012

    As palavras comovem pessoas; os exemplos arrastam multidões. O Rei da Espanha deu um péssimo exemplo. Pedir desculpas de certos procedimentos é pura hipocrisia. Ou será que a posição do indivíduo credencia-o a cometer aberrações? O cidadão comum deve estar perguntando: “se ele pode, por que eu não posso”? É lógico que um erro não justifica outro, mas que a atitude do citado rei foi extravagante, disso não há dúvida.

Envie seu Comentário