Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Retorno dos impostos

28 de maio de 2012 5

Às vezes fico irritado com as perguntas do Ibsen, aquele norueguês que teima em entender o Brasil e vive ligando. Parece-me que cada pergunta traz embutida uma crítica ao meu país. Menos mal que não são ligações a cobrar. Outro dia, retaliei:

– Ibsen, o teu país tem carga tributária superior à nossa, e olha que a nossa é das maiores do mundo. E aí, como fica?

Antes que respondesse, desliguei, rindo por dentro: ferrei o gringo!

A resposta veio em outra ligação, mais tarde:

– É verdade, aqui quem ganha bem recolhe até 45% para o Imposto de Renda. Mas todas as necessidades básicas são garantidas pelo Estado. O ensino é gratuito até a universidade. A qualidade é tão boa que até os príncipes da Noruega estudam em colégios públicos. Os hospitais, médicos e dentistas dispensam pagamento. A mulher que dá a luz recebe US$ 400 por mês até a criança completar 3 anos de idade e US$ 150 até o filho completar 16 anos. Estudantes que terminam o 2º grau e querem sair de casa têm direito, por lei, a receber do governo US$ 10 mil: US$ 7 mil emprestados a juros de 7% ao ano e US$ 3 mil simplesmente doados. Além disso…

Desliguei novamente, desta vez chorando por dentro.

Comentários (5)

  • Juliano diz: 28 de maio de 2012

    Mas infelizmente brasileiro não nasceu pra social-democracia….bom, eleitor comum até pensa que isso é coisa de comunista.

  • Marcos diz: 30 de maio de 2012

    É a terra prometida.

  • Luciana S. diz: 30 de maio de 2012

    Na proxima reencarnação quero nascer lá, parece coisa de outro mundo!!!
    Adorei a parte em que vc diz que “riu por dentro” e depois “desta vez chorei por dentro”!!! rsrs

  • Schmitt diz: 30 de maio de 2012

    brasileiro nasceu pra pastar em manada mesmo!

  • CURTO&GROSSO diz: 1 de junho de 2012

    O PIB nacional se encontra na faixa dos R$ 4,2 trilhões e a arrecadação do governo com essa enorme gama de impostos, na faixa de R$ 1,6 trilhões. Em uma conta rápida e simples se pode deduzir que os governos se apropriam de 40% de tudo aquilo que é produzido em nosso país.
    O governo aplica mal, rouba e ainda farrea com este enorme montante e obriga grande parte da população a gastar em duplicidade de forma a obter saúde, educação, transporte e segurança e tantas outras necessidades básicas em padrões minímos aceitáveis.
    Considerando-se ainda que existe ainda uma grande parcela da população que está ai apenas para receber e consumir e pouco ou nada contribuir em termos de arrecadação, pode-se deduzir que a carga tributária para alguns se transforma em 68% a 73% e portanto, sobrando para os mais penalizados apenas uma média de 30% daquilo que conseguem auferir de maneira a verem supridas todas as suas outras necessidades tais como alimentação, vestuário, moradia, etc…
    Da minha parte e como 30% de algo que não é muito representa quase nada, vou levando a vida mas sempre tentando reverter esta luta desigual .
    Assim, realmente não é possivel ser feliz !!!

Envie seu Comentário