Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Melhor que o céu

17 de julho de 2012 3

Aquele senador que assumiu o lugar do Demóstenes, Wilder Morais (DEM-GO), foi ao Congresso, tomou posse do mandato e foi para casa. Só retornará dia primeiro de agosto. Mas, por queles minutos em que lá compareceu, e sem ter feito nada mais que repetir um juramento lido, vai receber R$ 13 mil R$ 16,3 mil.

Também receberá do Senado uma ajuda de custo para despesas com mudança.

O Senado é, de fato, melhor que o céu, pois não precisa morrer para chegar lá.

Eis o juramento do senador, que aliás, é dito por todos quando entram no céu, digo no Senado:

“Prometo guardar a constituição federal e as leis do país. Desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador que o povo me conferiu.”

Não é uma graça?

Comentários (3)

  • MENDONÇA diz: 18 de julho de 2012

    SE NÃO FOSSE TRÁGICO, SERIA COMICO. INFELIZMENTE, NÃO É UMA GRAÇA, É UMA VERGONHA. ESSE PAÍS REALMENTE NÃO É UM PAÍS SÉRIO. O PRINCÍPIO BÁSICO DA JUSTIÇA, “NINGUÉM É JUIZ EM CAUSA PRÓPRIA”, NÃO É SEGUIDO PELOS POLÍTICOS. O BRASIL PRECISA COMEÇAR TUDO DE NOVO.

  • André diz: 19 de julho de 2012

    É,…mas o brasileiro merece. Não me sensibiliza mais, ver pessoas morrendo nos corredores dos hospitais. O brasileiro merece.

  • Natal Marchi diz: 23 de julho de 2012

    Não é em vão que se diz que o céu é aqui mesmo. E o inferno, também.

Envie seu Comentário